História Quero teu perdão ( jikook) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Jikook, Lemon, Romance, Violencia, Yaoi
Exibições 81
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, vai demorar um pouco para ter o lemon do Jimin e do Kook
Mas se vocês quiserem eu posso fazer um capitulo estra VHope
Comentem nos comentários o que vocês acham

Capítulo 8 - Masturbação


JungKook on

 

Fazia uma semana desde que o Jimin avia falado que mudaria, eu não consegui entender o que ele quis dizer com isso, mas, para mim ele parece o mesmo, vive me bulinando, mexendo comigo, e muito esquentadinho, ele até reclamou de mim, falou que eu deveria falar mais palavrões e que eu sou muito certinho, eu não sei onde isso pode ser algo ruim.

O Tae e o Hobi estão me obrigando a ficar no pátio no intervalo todos os dias, eu não gosto muito dessa ideia porque eu sempre tenho vontade de olhar para o Jimin para ver o que ele está fazendo, mas sei que eu não posso, então eu tenho que ficar me controlando, o que é horrível.

Agora eu estou indo para a casa do Jimin, quando cheguei toquei a campainha como de costume e esperei ele atender a porta, não demorou muito e logo ele abriu a porta e me deu espaço para passar, assim que passei por ele, parei e fiquei esperando ele trancar a porta, assim que ele fez isso, ele me puxou com tudo, e deu início a um beijo, eu já estava tão acostumado a ser beijado por ele que eu nem tentava mas me afastar dele, eu só deixava ele me beijar a vontade e ficava retribuindo para ele não reclamar.

Sinto Jimin parar o beijo, fazendo eu abrir os olhos, sim eu fecho os olhos quando beijo ele.

—Vem vamos comer --- diz ele indo para a cozinha, eu só sigo ele.

—Você ainda não comeu? --- questiono quando chego na cozinha.

—Não, hoje eu resolvi te esperar --- diz ele, isso estava muito estranho.

—P-por que? --- pergunto

—E eu preciso de um motivo para isso? Senta logo, eu vou arrumar o seu prato --- fala ele

—Ta bom ---digo.

Depois que comemos, fomos para o seu quarto e começamos a estudar, depois de mais ou menos duas horas, ele para de me explicar a matéria.

—JungKook, acho que já está na hora da nossa aula prática --- diz ele olhando para mim com um sorriso malicioso.

—T-ta bom --- digo vermelho, eu já estava acostumado a ter ele me beijando muito todos os dias, eu até que estava gostando dessas nossas aulas praticas como diz ele.

Ele se aproxima de mim, e me empurra com tudo me fazendo deitar na cama, eu não estava gostando disso, ele sabe que eu não gosto de ficar deitado quando estamos nós beijando, ele sobe em cima de mim e me dá um beijo longo.

—Hoje a gente vai brincar de um jeito diferente --- diz ele

—C-como? --- questiono com medo da resposta.

—JungKook, você já se masturbou? --- pergunta ele, na hora eu gelo.

—Q-que tipo de pergunta é essa? --- falo supervermelho.

Ele solta uma risada, meu coração estava acelerado, eu estava com medo do que ele poderia fazer comigo.

—Você sabe qual a diferença entre a masturbação dos passivos e a dos ativos? --- pergunta ele com aquele olhar malicioso, eu não respondi --- Responda!

—N-não --- falo e ele ri de novo.

—É isso que eu vou te ensinar hoje --- fala ele perto do meu ouvido.

Eu não sabia o que falar nem o que fazer, como assim ele vai me ensinar a diferença. Meus pensamentos são interrompidos quando sinto uma mão entrar por baixo da minha calça e cueca, na hora eu me contorço um pouco e tento tirar a sua mão de lá, mas, ele segura meu membro e dá uma leve apertada, me arrancando um gemido.

—Se você não se comportar eu irei apertar, e você sabe que eu faço mesmo --- me alerta.

—Por favor Jimin, deixa eu em paz, eu não ligo que você fique me beijando, mas isso já é demais, por favor tira a mão --- peço tentando me acalmar.

—Eu sou seu professor pequeno, tenho que ensinar tudo o que você não sabe --- diz ele rindo --- Agora, eu vou mostrar como os ativos gostam de ser masturbados.

Ele começa a massagear o meu membro bem devagar, fazendo eu ficar ereto, logo ele começa a fazer movimentos vai e vem bem devagar, aquilo era bom, mas, também era muito constrangedor, Jimin começa a acelerar os movimentos, me deixando louco, eu me segurava para não gemer. Quando estava quase gozando Jimin para de fazer os movimentos, na hora eu olho para ele com um olhar de reprovação.

—O que foi? Para alguém que nem queria brincar você já está muito animadinho --- diz ele rindo um pouco --- Agora eu vou te mostrar a parte do passivo, e a que provavelmente você mais vai gostar.

Ele solta o meu membro e desce um pouco a mão, chegando na minha entrada, assim que ele toca bem de leve nela eu não aguento e gemo.

—Calma, eu ainda nem comecei --- diz ele rindo.

Eu começa a passar o dedo de leva lá me provocando, logo ele começa a tentar a forçar a minha entrada mas ainda sem me penetrar. Se avisar ele me penetrar de uma vez com um dedo arrancando um gemido auto, ele nem espera eu me acostumar com a sensação e já me penetra outro dedo, aquilo estava doendo, eu nunca tinha me masturbado desse jeito, parecia realmente ser mais gostoso do que do outro jeito mas, eu nunca nem tinha pensado em fazer desse jeito. Assim que me acostumo com a sensação ele começa a fazer movimento de tesoura dentro de mim, fazendo eu soltar vários gemidos, depois de um pequeno tempo, ele penetra o terceiro dedo, me fazendo gemer mais, eu por instinto arqueio as castas na tentativa de sentir mais daquilo, eu queria muito mais.

Jimin tira do nada os dedos de mim, e eu acabo gemendo em reprovação, olha para mão dele e assim que vejo que ele irá tirar a mão da minha calça, eu a seguro, olho para ele e vejo ele me encará.

—Solta a minha mão --- diz ele calmo mais sério ao mesmo tempo.

Eu faço com a cabeça o sinal de não. Ele pega novamente no meu membro ereto e ameça apertar.

—Tem certeza que não vai soltar? —diz ele.

Sem escolha eu solto sua mão.

—J-jimin --- chamo-o enquanto o mesmo sai de cima de mim.

—O que é? --- questiona ele.

—Você não vai terminar? --- pergunto muito constrangido, eu ainda estava muito duro, ele nem avia esperado eu gozar para tirar a mão.

—Não, eu nunca masturbo os outros, só fiz isso dessa vez porque eu imaginei que você realmente não sabia como fazer --- diz ele

—M-mas eu ainda to du… --- eu não consegui dizer o resto, ele avia olha diretamente para o meu membro nessa hora.

—Que azar o seu, vai ter que se acalmar sozinho, e nem pense em se satisfazer na minha casa, se você quiser se masturbar se masturbe na sua, se quiser posso até mandar umas fotos no meu pau para te dar inspiração --- diz ele rindo um pouco.

O resto do dia foi um inferno, eu demorei muito para conseguir me acalmar e ele nem se importou, quando eu fui para casa, assim que entrei fui para o meu quarto e notei que avia algumas mensagens, quando abri vi quera várias fotos do membro do Jimin, e alguns vídeos do Jimin de masturbando, na hora eu voltei a ficar ereto, e o que eu fiz? Isso mesmo me masturbei igual o Jimin estava fazendo comigo, sorte minha que meus pais não estavam em casa.


Notas Finais


obrigada por lerem e ficam a vontade para darem dicas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...