História R U Mine? - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Cho Chang, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Lilá Brown, Luna Lovegood, Personagens Originais, Ronald Weasley
Tags Amizade, Amor, Colegial, Comedia, Drama, Harmione, Harmiony, Harry, Harry Potter, Hentai, Magia, Novela, Romance, Sexo
Visualizações 234
Palavras 6.842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bitches and gentlemen
shady's back

e ai pessoal. vim trazer o capitulo que eu tinha prometido ontem e não postei por causa de minha internet que me trollou. MY BAD
então e só isso
boa leitura (qualquer erro me desculpe eu revisei mas eu sou meio cego então provavelmente pode ter algum erro)

Capítulo 14 - I Bet You Look Good on the Dancefloor


Pov. Hermione

Eu estava junto com Parvati e Valerie no dormitório me arrumando para a festa, as duas já estavam prontas e estavam me ajudando  

- Parvati você não acha que esse vestido não está muito curto não? – perguntei a ela me olhando no espelho 

- Não! está perfeito Hermione você está simplesmente incrível, e além do mais suas pernas são muito bonitas para você ficar cobrindo elas

- Eu so quero ver a cara do Harry quando ele te ver Hermione você está incrível – falou Valerie

Eu me olhei mais uma vez no espelho, e realmente eu não podia negar que eu estava muito bonita em um belo vestido preto com alguns detalhes brancos

- Então já podemos ir? - perguntou Parvati e eu assenti junto com Valerie

E todas nós descemos para o salão comunal. E eu logo avistei Harry que estava conversando com Rony e rindo de alguma coisa

- Minha nossa Hermione! Harry está uma delícia, mais do que o normal – falou Parvati

 Eu não podia negar ele estava mesmo olhei para ele de novo o admirando. Harry estava vestindo um blazer preto com uma camisa de botão branca por dentro e uma calça jeans, Ele tinha puxado as mangas do blazer até o antebraço mostrando suas tatuagens, seus cabelos estavam bagunçados e ainda um pouco molhados. Nossa! Ele estava muito sexy parecia até mais velho

Eu fui em direção aonde Harry estava com Rony. assim que ele me viu parou de conversar com Rony, ele ficou me olhando fixamente enquanto eu andava até ele deu um pequeno sorriso e depois mordeu o lábio inferior

- Olá meninos - falei fazendo Rony que estava de costas para mim me notar e arregalar os olhos

- Nossa! Hermione você está linda! – falou Rony

- Obrigada – falei sorrindo

- Bom eu já vou indo tenho que encontrar a Claire tchau –  Rony falou saindo

Assim que Rony saiu Harry se aproximou de mim olhando fixamente nos meus olhos

- Você está muito gostosa – ele falou no meu ouvido com uma voz rouca que fez meu corpo todo estremecer

- O-obrigado

- Droga mione! por que você tinha que ficar assim tão gostosa. você não sabe o esforço que eu estou fazendo agora para não levar você daqui e tirar esse seu vestido – ele falou e eu ri

- Mal posso esperar por isso – falei em seu ouvido o fazendo se arrepiar e depois sorrir malicioso – agora vamos antes que você me coma aqui mesmo – ele riu alto

Saímos do salão comunal e fomos até a sala precisa, chegando lá tinha um garoto na porta eu acho que era para verificar quem entra. Assim que ele nos viu sorriu para Harry provavelmente se conheciam

- Harry! que bom te ver estava sumido – falou o garoto apertando a mão de Harry sorrindo

- E bom te ver também Garrett. Hermione esse e o Garrett ele do sétimo ano da Lufa – Lufa e também e ele quem organiza praticamente todas as festas de Hogwarts 

- Que são um sucesso graças ao seu namorado. Prazer em conhecer Hermione – ele falou sorrindo   

- O prazer e meu – falei simpática

- Podem entrar - ele falou nos dando passagem – e Harry

- Sim

- Depois quero uma partida de Beer Pong –  Harry sorriu e assentiu e eu fiquei sem entender nada

Nós entramos e me impressionei com o que vi, O lugar estava realmente incrível parecia uma balada trouxa varias pessoas dançando bebendo casais se pegando sem nenhuma vergonha

- Você quer beber alguma coisa? - Harry perguntou e eu assenti e ele me puxou até um lugar que parecia um bar onde você fazia seu próprio drink tinha várias bebidas a maioria parecia ser trouxa. Harry começou a preparar um drink muito rápido parecia ter feito várias vezes ele adicionou uma coisa que fez com que o liquido branco adquirisse uma coloração vermelha muito forte, depois ele pegou o shot e sem hesitar bebeu de uma vez e depois fez uma cara feia

- O que e isso que você tomou? – perguntei 

- Blood Moon e uma coisa que eu inventei sempre tomo um quando eu chego – ele falou 

- Eu quero um - falei

- Tem certeza? E muito forte 

- Acha que eu não aguento? – perguntei desafiadora e ele sorriu e começou a preparar um para mim

Ele terminou e me deu o pequeno copo e eu olhei aquela coisa de perto parecia sangue

- O que tem aqui? – perguntei

- Beba e descubra – ele falou sorrindo

Eu olhei para o copo mais uma vez e dei de ombros e virei a dose, e caralho! aquilo desceu rasgando a minha garganta eu fiz uma careta esse troço era muito forte, parecia whisky de fogo so que muito mais forte e com gosto de cereja 

- Toma isso vai melhorar – Harry falou me entregando um copo maior

- O que e isso?

- E cerveja amanteigada – ele falou e eu virei o copo

- Ei vai com calma mocinha, vem vamos sentar um pouco – ele me puxou para se sentar em um sofá com ele

Eu o olhava enquanto ele terminava de tomar sua cerveja, eu queria perguntar algumas coisas, mas não sabia se era hora. Ele terminou e olhou para mim e sorriu

- Pode perguntar – ele falou

- Por que acha que eu quero perguntar alguma coisa – eu falei e ele riu

- Mione eu te conheço a anos sei que você não aguenta ficar sem respostas, então pode perguntar

- Tudo bem. Primeiro o que tinha naquele drink?

- Bom... tinha whisky de fogo, vodka e licor de cereja. Próxima

-  Por que Garrett falou que as festas dele eram um sucesso graças a você? – eu perguntei e ele riu

- E uma longa história, mas vou tentar resumir ela. Bom... quando eu estava na Londres trouxa a Kaylle costumava me levar para várias festas e podemos dizer que diferente dos bruxos os trouxas sabem como dar uma festa e eu so fui descobrir isso na minha primeira festa aqui em hogwarts. Então eu dei algumas ideias a Garrett com base no que eu vi nas festas trouxas e ele as colocou em pratica

- Sei. E o que é Beer Pong? 

- Daqui a pouco nós vamos jogar e você vai ver

- Nos?

- E eu e você, nós seremos um time – falou sorrindo eu arqueio sobrancelha estava com medo desse jogo – mais alguma pergunta?

- Por que tem gente jogando xadrez numa festa? – falei apontando um garoto e uma garota jogando

- Não é um simples jogo de xadrez envolve mais coisa

- E o que envolve?

- So jogando para descobrir – ele falou sorrindo      

- Tudo bem vamos joga eu e você – falei confiante mesmo não sabendo do que se tratava e ele sorriu 

- Já volto – ele falou saindo

Logo depois eu volto com o jogo e uma garrafa de alguma bebida e dois copos

- Bom primeiro vou te explicar como funciona. O jogo e muito simples toda vez que você perde uma peça você toma uma dose de tequila – ele falou mostrando a garrafa –  no final o perdedor toma três doses e o vencedor tem direito a fazer um pedido ao perdedor, mas o perdedor so aceita o pedido se quiser. Entendeu? 

- Sim

- Então vamos ao jogo

Começamos o jogo e em dois movimentos eu já tinha perdido uma peça e tive que tomar uma dose, eu era horrível em xadrez so sabia o básico. O jogo terminou rápido e Harry foi bonzinho e so me fez perder quatro peças antes do xeque-mate no total eu tomei sete doses enquanto Harry tomou três e eu acho que ele me deixou pega essas peças

- Como pode ser tão inteligente e ser horrível no xadrez? –  ele perguntou sorrindo          

- Eu não sei – falei rindo alto a bebida já tinha me pegado – então qual o seu pedido? - perguntei me aproximando dele

- Eu não sei me diga você

- O que você pedia para as garotas quando ganhava delas?

- Eu não pedia nada elas me davam por achar que eu merecia – ele falou deixando seu rosto rente ao meu

- Você e tão lindo sabia? – falei olhando nos seus olhos logo depois desviando para os seus lábios tão convidativos e sem esperar mais eu o beijei e logo fui correspondida por ele que atacavam meus lábios com vontade, a sua língua macia encostava na minha travando uma pequena batalha enquanto eu sentia o gosto da bebida que estava em nossas bocas. Ele agarrou minha cintura e me puxou para o seu colo me fazendo sentar nele com uma perna de cada lado sem parar o beijo. Ele quebrou o beijo mordendo o meu lábio inferior me fazendo arfar, e eu comecei a rebolar no seu colo sentindo nossos sexos se chocarem mesmo que por cima das roupas fazendo ele gemer, eu comecei a morder seu pescoço e dar pequenas mordidas enquanto suas mãos desceram para minha cintura controlando meus movimentos me fazendo rebolar no seu membro com mais vontade que agora eu o já podia sentir duro como pedra, eu estava tão excitada que se continuasse assim não demoraria a gozar. Eu continuei com os movimentos sentindo seu membro cada vez mais duro e me fazendo salivar imaginando ele dentro de mim, Harry levou uma de suas mãos até a minha nuca e mais uma vez selamos nossos lábios em um beijo feroz enquanto a sua outra mão saiu da minha cintura e adentrou por baixo do meu vestido apertando minha bunda com força me fazendo gemer quebrando o beijo, eu estava quase lá mais aí uma coisa atrapalhou nos trazendo de volta a realidade

- Ei seus safados! procurem um quarto – alguém falou e depois riu

Eu simplesmente queria matar quem interrompeu mais de repente veio uma coisa em minha mente já confusa por causa da bebida estávamos no meio de uma festa e eu estava em um tipo “de sexo com roupas”. Mas para minha surpresa quando eu olhei em volta as pessoas não estavam nem aí para o que estávamos fazendo por que estavam muito ocupadas dançando bebendo ou fazendo coisas muito piores do que eu Harry fazíamos

- Serio! vocês estavam quase trepando aqui – falou a pessoa sentando do nosso lado me fazendo ver quem era

- O que você quer Parvati? – perguntei ríspida

- Nossa! Para que tanta hostilidade eu so vim conversar com a minha amiga

- Mas você não veio em uma boa hora. não viu que eu estava ocupada – continuei no meu tom ríspido

- Desculpe eu so precisava conversar com você, mas eu já estou indo –  ela falou com raiva e saiu batendo o pé – e eu revirei os olhos com a sua atitude

- Oque? – perguntei a Harry que me olhava em repreenda

- Você devia ir falar com ela – Harry falou

- O que! Por que?  Ela me interrompe no meio do... – do que? Do seu orgasmo – ele completou rindo – era eu quem deveria estar com raiva eu estava quase lá até ela chegar aqui e atrapalhar – eu falei e ele riu

- Eu prometo que te faço gozar quantas vezes você quiser – falou malicioso me fazendo rir - mas você precisa ir falar com ela e sua amiga

- Tudo bem! mas eu vou cobrar o que você falou -eu falei e ele sorriu – pode cobrar – ele falou eu o beijei e sai do seu colo quase caindo, mas me equilibrando a tempo e fui atrás de Parvati tentando não cair

 

Pov. Harry                        

Eu continuei sentado no sofá esperando mione voltar, até que vejo uma garota vindo na minha direção  sorrindo para mim e depois sentando do meu lado

- Oi Harry – ela falou dando um gole na sua bebida

- Oi Romilda. se divertindo? – perguntei sendo simpático, mas eu queria mesmo era que ela fosse embora eu conhecia Romilda muito bem e sabia o que ela queria                                           

- Estou, mas não do jeito que eu queria – falou maliciosa e depois cruzou as pernas lentamente de uma forma provocante fazendo seu vestido subir mostrando mais suas coxas, e eu por instinto olhei a fazendo sorrir – pode olhar eu não ligo afinal você já fez muito mais do que isso – ela falou como sempre maliciosa

- O que você quer?   

- Por acha que eu quero alguma coisa – falou chegando mais perto 

- Por que eu te conheço

- Ah! você me conhece muito bem por sinal – falou no mesmo to de malicia e depois botando a mão na minha coxa e se aproximando ainda mais – Eu sinto sua falta eu preciso de você Harry você e o único que me satisfaz – ela sussurrou no meu ouvido

- Não vai rolar eu tenho namorada Romilda – falei firme

- Eu não sou ciumenta e ela não precisa saber. – ela falou e eu arregalei os olhos ela estava me pedindo para eu trair Hermione – você não tem saudades dos nossos momentos? Se lembra de quando você me pegava e me fodia daquele jeito que so você sabia enquanto eu gritava seu nome e pedia por mais, se lembra de como você gostava de me foder – ela continuo falando várias coisas tentando me fazer ficar tentado o que não estava funcionado, mas por um minuto eu me lembrei desses momentos, eu não podia negar que Romilda era bem gostosa e o sexo era muito bom, mas não passava disso era so prazer sem nenhum sentimento, e agora eu tinha Hermione que era a garota perfeita a garota que eu amo eu nunca a iria trair ela nem trocá-la por sexo 

- Sinto muito Romilda – falei tirando sua mão da minha coxa e me afastando dela - mas não vai acontecer mais nada entre nós eu amo a Hermione e nunca iria trai-la

- Não seria traição se ela não soubesse - ela falou sorrindo e eu acompanhei – vamos lá Harry eu sei que você quer. E eu aposto que a certinha da Hermione não faz gostoso como eu faço se e que vocês já fizeram alguma coisa – ela falou e eu ri alto     

- Não se deixe enganar pelas aparências – falei com um meio sorriso

- Harry... - ela ia falar, mas eu a interrompi 

- Romilda você pode falar o que quiser, mas eu não vou mudar minha opinião eu amo a Hermione  AMO. E eu não a trocaria ela por nada por que ela foi a melhor coisa que já me aconteceu na vida. Você não deve entender do que eu estou falando agora, mas Quando você amar alguém você vai saber que do que eu estou falando... então eu acho melhor você ir agora

- Mas... ela tentou, mas foi interrompida de novo por uma voz que eu conhecia muito bem

- Você não ouviu garota e melhor você ir! – a voz soou de forma ríspida. eu me virei para ver Hermione com as mãos na cintura fuzilando Romilda com o olhar que engoliu em seco e saiu sem falar nada

- Está aí a quanto tempo? – perguntei

- O suficiente – falou sentando ao meu lado de cara emburrada

- Então você ouviu-o a conversa?

- Boa parte dela

- E esta brava comigo? 

- Não! Não estou brava com você

- Sua cara diz o contrário – falei me aproximando dela e ela me olhou deixando seu rosto próximo ao meu

- Não estou brava com você estou irritada com aquela garota falando aquelas coisas e se jogando para cima de você. Sabe por um momento eu pensei que você fosse ceder a ela

- Oque! Eu nunca faria isso eu te amo

- Eu sei que nunca faria isso me desculpe por ter duvidado de você – falou pegando minha mão e apertando de forma carinhosa 

- Tudo bem – falei a beijando

- Harry e verdade aquilo que você falou?

- Oque?

- Sobre eu ser a melhor coisa que já aconteceu na sua vida

- E verdade mione – eu falei e ela abriu um sorriso lindo – e verdade se não fosse você eu provavelmente nem estaria aqui teria morrido no primeiro ano – falei e ela riu

- Também não e para tanto – ela falou ainda rindo – adoro quando você sorrir assim sabia – falei tirando um mexa do seu cabelo do rosto – so você me faz sorrir assim

- Harry! – Eu escutei alguém me chamar e olhei vendo que era Garrett

- E aí pronto para perder para mim no Beer Pong? – ele perguntou

- Nunca perdi para você e não vai ser hoje que vou perder – falei sorrindo – mas hoje vamos jogar em dupla eu Hermione enfrentaremos você e qualquer um que escolher – eu conclui e ele abriu um sorriso

- Certo te espero na mesa já está tudo pronto – ele falou e saiu

Eu olhei para Hermione e sorri – vamos nos divertir um pouco? – falei sorrindo e ela me acompanhou

- Vamos, mas eu acho que você fez uma péssima escolha me colocando como sua parceira com certeza vamos perder por minha causa. Eu sou horrível em qualquer tipo de jogo – ela falou eu ri do seu pessimismo

- Você e muito pessimista você nem conhece o jogo

- Eu sou realista nunca fui boa em jogos

- Tudo bem vamos logo Garrett deve estar nos esperando – falei pegando sua mão e indo em direção onde seria o jogo

Chegando na mesa onde seria o jogo tinha várias pessoas em volta querendo ver o jogo. Vi que tudo estava pronto e Garrett me esperava junto com Alice que aparentemente seria sua dupla

- Pensei em trazer uma garota também para deixar as coisas no mesmo nível – Garrett falou assim que eu me posicionei no meu lado da mesa com Hermione

Hermione me cutucou chamando minha atenção – você vai me dizer como o jogo funciona ou não?

- Ah certo tinha esquecido desculpe. O jogo e muito simples está vendo essa bolinha – falei mostrando a bolinha em minhas mãos e ela assentiu – tudo que você tem que fazer e tentar acerta os copos deles – falei apontando os copos do outro lado mesa onde estavam Garrett e Alice – se você acerta um deles tem que beber a cerveja do copo que foi acertado vence quem acabar com todos os copos do adversário entendeu?

- Entendi esse jogo e divertido – falou sorrindo

- Ótimo! Você so vai ter que joga a bolinha eu me encarrego de beber quando eles acertarem

- Oque! Não

- Mione isso não e cerveja amanteigada normal ela e batizada – eu falei e ela franziu o cenho não entendendo o que eu falei – batizada quer dizer que ela está misturada com outra coisa tipo vodka ou tequila ou outra coisa

- Mesmo assim eu consigo – falou convicta 

- Tem certeza? Não quero que fique bêbada – eu falei e ela riu

- Vamos nos divertir Harry – ela falou e eu assenti

 

Começamos o jogo e para minha surpresa e para dela também Hermione estava indo bem não era uma coisa sensacional, mas estava ajudando muito. Ela estava muito feliz toda vez que acertava comemorava com uma dancinha estranha, mas pessoas em volta pareciam gostar da dança dela. Ela tinha tomado uns dois três copos daquela cerveja batizada e estava muito soltinha

- Tem certeza que nunca jogou isso? – perguntei depois de ela ter acertado um copo pela quinta vez – ela apenas riu alto visivelmente alterada pela bebida

O jogo terminou depois de um tempo com eu e Hermione vencendo fazendo Garrett e Alice beber todos os vinte copos de cerveja e Garrett querendo dar uma de cavalheiro bebeu a maioria dos copos ficando totalmente bêbado, enquanto eu e Hermione so tínhamos bebido cinco cada um

- Nossa! Isso foi divertido – Hermione falou sorrindo enlaçando meu pescoço com seus braços

- Foi mesmo você e boa – falei a beijando e depois lê dando um selinho demorado

Ficando nos olhando por um tempo até ela de repente pegar a minha mão e me puxar para que eu fosse com ela

- Para onde estamos indo? – Perguntei confuso

- Dançar – ela falou olhando para mim e sorrindo e me puxando até a pista de dança

Começamos a dançar e Hermione me surpreendia ela dançava de uma forma sensual, me abraçava roçava seu corpo no meu e ia até o chão, eu sorri e sem perde tempo entrei no seu jogo eu a agarrava e passava a mão pelas laterais do seu corpo. Logo todos os olhares se voltarem para nós, mas Hermione parecia não ligar. Ela se virou ficando de costas para mim juntando seu corpo ao meu, e continuava a balançar sensualmente no ritmo da música e eu acompanhava todos seus movimentos enquanto deslizava minhas mãos pelo seu corpo. Eu nunca tinha visto Hermione desse jeito não sabia se era por causa da bebida ou sei lá o que so sabia que eu estava adorando aquilo. Ela se jogava para trás procurando mais contato com meu corpo enquanto o cheiro da sua pele e de seu perfume invadiam meus sentindos me deixando perdido. Agarrei o corpo de dela enquanto ela continuava a rebolar, ela se virou e enlaçou meu pescoço e ficamos apenas nos encarando e quando eu me aproximei para beijá-la ela virou o corpo novamente fazendo seus cabelos atingir meu rosto, eu sorri com sua atitude ela estava me provocando eu estava gostando disso isso estava me deixando excitado

- Você e má Hermione – sussurrei em seu ouvido e ela sorriu de um jeito safada e voltou a dançar de uma forma mais sensual e provocante do que antes. Hermione podia estar bêbada, mas ela sabia exatamente o que estava fazendo ela sabia que estava me deixando louco, e não tinha como negar eu estava excitado e ela sabia disso. Ela começou a roçar e rebolar sua bunda no meu membro que já estava duro ela continuou o ato com habilidade e eu gemi no seu ouvido e ela mais uma vez sorriu safada, eu estava a ponto de explodir. Eu a virei para ficar de frente para mim e agarrei sua cintura com força

- Você não pode me provocar assim – falei

- Não sei do que está falando –  se fez de desentendida sorrindo

- Vamos - ela falou depois deu um uns segundos nos encarando e saiu me puxando da pista de dança. Nós andamos até o banheiro feminino que estava vazio e eu entendi o que ela queria, entrei com ela em uma das cabines logo depois trancando a porta

A olhei e vi que ela tinha um sorriso malicioso nos lábios que foi retribuído por um meu. Tirei meu blazer e peguei a varinha murmurando um abaffiato, Me aproximei dela e a prensei na parede a beijando com ferocidade e urgência em um beijo cheio de luxuria e desejo, suas mãos foram para minha nuca a arranhando e logo depois subindo e acariciando meus cabelos com vontade, enquanto minhas mãos foram direto para o seu vestido o puxando para cima me dando passe livre para sua intimidade que já estava encharcada. meus dedos foram até sua intimidade a acariciando por cima do pano molhado de sua calcinha, ela gemeu alto com o meu toque quebrando nosso beijo. Continuei estimulando sua intimidade por cima da calcinha com movimentes ritmados enquanto eu atacava seu pescoço com os meus lábios, entre beijos e mordidas eu dei um chupão que provavelmente ficaria a marca e ela arfou com a minha atitude. Afastei sua calcinha fazendo meus dedos entrarem em contato real com sua intimidade a penetrei com dois dedos a fazendo a gemer alto com meu ato, acelerei os movimentos dos meus dedos até sentir suas pernas tremerem e sua intimidade se contrair apertando meus dedos, e eu senti seu liquido escorrer pelos meus dedos após um longo gemido dela tirei eles de sua intimidade levando até a sua boca a fazendo chupar e sentir seu próprio gosto

- Me fode – ela falou sorrindo e eu me surpreendi nunca tinha visto Hermione falar desse jeito

- Oque? – Perguntei para ver se ela repetiria

- Me fode! – Ela falou de um jeito que me excitou mais ainda.

Ela levou suas mãos até a minha calça a desabotoando e puxando meu membro para fora que já estava duro e começou a masturba-lo com vontade me fazendo gemer sem quebrar o contato visual comigo

- Me fode! – ela falou olhando nos meus olhos e eu pude ver todo desejo e luxuria que seu olhar transmitia e eu sorri

E sem perder tempo eu a suspendi e ela enlaçou suas pernas na minha cintura. Eu levei meu membro até sua entrada que estava livre da calcinha que ela tinha se livrado sem eu perceber e fiquei roçando nossos sexos sem penetra-la

- N-Não me...t-tortura – ela falou entre gemidos

Atendendo ao seu pedido eu a penetrei com força fazendo ela soltar um gemido muito alto. Comecei a estoca-la com vontade e rapidez, eu sentia sua intimidade me aperta a cada movimento meu. Eu continuei mantendo o ritmo enquanto escutava Hermione gemer no meu ouvido pedindo por mais, os gemidos dela eram como música para os meus ouvidos

- M-Mais ...forte H-Harry – ela gemeu em meu ouvido

E eu atendi o seu pedindo a estocando com mais força e mais fundo a fazendo gritar de prazer com meu ato. Eu segui com meu ritmo acelerado de estocadas e logo senti suas pernas tremerem e sua intimidade apertar meu membro cada vez mais. ela estava prestes a ter outro orgasmo que não demorou muito, mais algumas estocadas e eu senti seu líquido descer melando todo meu membro enquanto escutava sua respiração ofegante

Eu a desci e a virei de costa a prensando contra a parede

- Ainda não terminamos – sussurrei em seu ouvido a fazendo rir ofegante

Dei um tapa na sua bunda a fazendo solta um gritinho

Me fode! – Ela falou empinando a bunda para mim e eu sorri com malicia e a penetrei com força a fazendo gritar e logo depois gemer.

Eu comecei a movimentar meu quadril a estocando profundamente em ritmo acelerado conforme ela pedia por mais

- Está gostando mione? – Sussurrei em seu ouvido mordendo sua orelha

- S-Sim M-Mais forte...por favor

Acelerei mais ainda o ritmo atendendo o seu pedido, eu logo percebi que eu não aguentaria muito mais tempo e pelo jeito que a intimidade de Hermione estava me apertando ela também não. Mantive o ritmo das estocadas até que meu orgasmo finalmente veio junto com o dela quase que sincronizados

Eu sai de dentro dela e me sentei no chão ofegante e ela caiu por cima de mim. Ficamos um tempo em silêncio onde tudo que se podia ouvir era o som das nossas respirações ofegantes   

- Não acredito que fizemos sexo no banheiro de uma festa...isso foi incrível – ela falou rindo ainda ofegante eu a acompanhei

- Onde aprendeu a dançar daquele jeito? – Perguntei

- Você gostou?

- Acho que você já sabe a resposta

- E acho que sim – falou rindo – sinceramente eu não sei so estava agindo por instinto  

- Vamos voltar para festa – eu falei e ela assentiu, nos arrumamos e saímos do banheiro voltando para festa e depois de um tempo encontramos Rony

 

- Onde vocês estavam? todos estávamos procurando vocês, vimos vocês dançando na pista depois sumiram - falou Rony  

- Nos...estávamos.... Transando no banheiro – Hermione falou com a voz embargada mostrando sua embriagues e Rony arregalou olhos com que Hermione disse e eu apenas sorri da sua cara

- Tabom mocinha chega de beber por hoje – falei tirando o copo de vodka da sua mão

- Oque! Não! Por favor amor esse e o último – falou fazendo biquinho 

- Não Hermione! você já bebeu muito daqui a pouco não vai conseguir nem ficar de pé

- Chato! – exclamou emburrada cruzando os braços e eu ri de sua atitude

- Você vai me agradecer amanhã. Enfim por que estavam nos procurando? – me dirigir a Rony que acompanhava minha conversa com Hermione calado

- E que o pessoal está todo reunido pensei que quisesse se juntar a nos

- Claro! vamos

Então nós fomos até uma área a onde tinha alguns sofás e puffs aonde o pessoal conversava e bebia animadamente. chegamos e cumprimentamos todos e depois e me sentei em um dos sofás e Hermione sentou no meu colo

- Ei Hermione! vimos você e o Harry dançando e caramba não sabia que você sabia dançar desse jeito você arrasou – Diana falou e todos em volta concordaram fazendo Hermione corar levemente com os elogios

Ficamos conversando um bom tempo sobre vários assuntos e dando várias risadas. Hermione já não estava mais emburrada e conversava animadamente com todos a sua volta eu até deixei ela tomar um copo de cerveja trouxa que ela ficou insistindo para experimentar e eu acabei cedendo 

- Eu tenho... que... ir no banheiro – Hermione falou se levantando e logo depois perdendo o equilíbrio e caindo sentada no meu colo novamente – oi Harry! - ela falou sorrindo

- Você está muito bêbada! – falou Luna que não estava muito diferente de Hermione

- Não estou não! – Falou se levantando novamente. Ela estava sim

- Você quer que vá com você? – perguntei

- Não precisa - ela falou saindo. Eu a segui com os olhos vendo ela ir em direção ao banheiro, quando eu vejo um garoto se aproximar dela por traz e falar alguma coisa no seu ouvido e depois passar a mão na sua bunda. Meu sangue ferveu na hora quem aquele cara pensa que e, mas quando eu menos espero eu vejo Hermione se vira e dá um soco no rosto do garoto o fazendo cambalear, sem perder tempo eu corri até Hermione

- O que aconteceu? – perguntei 

- Esse idiota! me chamou de gostosa e depois passou a mão na minha bunda

Na hora eu fui para cima do cara e o puxei pela camisa, mas me surpreendi ao ver quem era o garoto

- Simas? – falei confuso olhando o garoto visivelmente bêbado com o nariz escorrendo sangue na minha frente. Nossa! o soco foi tão forte assim     

- Harry? – falou com a voz embargada – Hermione? – ele olhou para ela percebendo o que tinha acontecido – oh desculpe Harry não sabia que era ela

- Ah então se fosse outra garota estava tudo bem? – perguntei e ele ficou sem saber o que dizer – cara o que você fez foi errado, Você está bêbado por que não vai embora antes que você arrume uma confusão. já pensou se fosse a namorada de outro cara eu acho que ele não seria tão compreenssivo quanto eu estou sendo – falei pondo a mão no se ombro

- Tudo bem acho que está certo – ele falou e sorriu amarelo – e me desculpe Hermione – ele falou e saiu       

- Eu pensei que você ia bater nele - Hermione falou depois que Simas saiu

- não! voce já o castigou bastante – falei rindo – aliais que soco foi aquele o que você anda comendo? – ela riu alto – acho que você quebrou o nariz dele

- Também não e para tanto – ela falou ainda rindo 

Depois daquela confusão voltamos para onde estávamos com nossos amigos e falamos o que tinha acontecido, e eles se acabaram de rir quando eu disse que Hermione tinha dado um soco em Simas. Eu e Hermione ficamos mais um pouco curtindo a festa, até nos despedimos do pessoal que ainda ficaria mais um pouco e fomos embora

Estávamos andando pelos corredores escuros de Hogwarts apenas com a minha varinha iluminando o caminho, Hermione andava saltitando e rodando e não parava de falar um segundo, ela era muito engraçada bêbada

- Mione! – a repreendi – fala baixo você que acordar todo o castelo – ela apenas riu

Chegamos no salão comunal praticamente comigo carregado ela. Ela já falava coisas que eu não conseguia entender direito. Subi com ela até o dormitório das meninas depois adentrando o quarto onde ela dividia com Parvati e lilá que estava vazio. Eu a fiz sentar na sua cama

- Você precisa tomar banho – falei

- Eu não quero – resmungou se jogando na cama

- Mas vai! Um banho vai te fazer muito bem

- você me ajuda? – perguntou manhosa me fazendo rir – e para isso que eu estou aqui.  Agora vem falei a puxando e a levando até o banheiro. Eu a ajudei a tirar o seu vestido e não pude evitar olha para o seu corpo maravilhoso. A coloquei debaixo e do chuveiro e liguei

- Ta gelada! – ela reclamou quando a agua encontrou seu corpo – e eu ri do seu desespero

Eu fiquei olhando aquela bela visão que era Hermione tomando banho e tentando de alguma forma me controlar e não entra naquele chuveiro. 

Ela me viu olhando fixo para ela e riu -por que não entra aqui comigo – ela falou de uma forma provocante me fazendo quase ceder ao seu chamado – vem Harry – ela falou me chamando com o dedo de uma forma mais provocante ainda. Eu não ia conseguir resistir seu ficasse ali mais tempo eu iria ceder, então a única saída foi sair do banheiro e esperar ela terminar. Assim que eu saio do banheiro eu ouço Hermione gargalha alto por eu ter fugido 

Depois de um tempo eu escuto o som do chuveiro sendo desligado e Hermione me chamar, eu vou até o banheiro para ver o que ela quer já sabendo o que ela queria

- Harry você pode... – ela parou de falar quando eu mostrei a toalha na minha mão que era o que ela queria –  você e o melhor sabia? pode trazer aqui?

Eu fui até ela e estendi o braço para ela pegar a toalha, mas em um ato rápido ela me puxou para dentro do box colando nossos corpos e depois selando nossos lábios em um beijo feroz e apaixonante, comecei a passear minhas mãos pelo seu corpo recém banhando quando Hermione sorrateiramente abre o chuveiro molhando nos dois, rapidamente eu quebro o beijo e saiu do box todo molhado.

E olho para Hermione vendo ela morrer de rir com a situação

- Desculpe Harry, mas eu não resistir – falou ainda sem parar de sorrir

- Isso vai ter volta Granger – falei serio mais ainda sim rindo   

Hermione já estava vestida com o seu pijama deitada em sua cama e eu já estava pronto para sair

- Harry fica aqui até eu dormir – ela falou fazendo uma carinha muito fofa que eu não tinha como recusar

Eu me sentei ao seu lado fiquei a admirando

- Essa foi a melhor noite da minha vida, nunca tinha me divertido tanto assim e você ainda estava lá comigo foi perfeito – ela falou com um grande sorriso

- Com certeza foi

- Harry você e feliz comigo? - perguntou de repente

- Claro! Mione por...

- Eu te satisfaço?

- Mione por que está perguntando isso?

- So responda

- Mione e claro que sim. Mas por que está me perguntando isso? – perguntei e ela ficou calada, e na hora eu me lembrei da conversa com Romilda que Hermione escutou – e por causa do que a Romilda falou, não é? – ela assentiu

- Mione você não deve ligar para...

- Eu sei Harry, mas mesmo assim eu não consigo... eu sei que você me ama e já me deu provas suficientes disso, mas mesmo assim tem vezes que eu não consigo não me sentir insegura. Tem vezes que eu penso por que você fica comigo, eu não passo de uma nerd chata e irritante que fica corrigindo as pessoas. você poderia ter qualquer garota que...

- Cala boca mione! – Exclamei e ela me olhou surpresa – para quem e tão inteligente você ta falando muita besteira – suspirei e a encarei – mione sabe por que eu fico com você? Por que eu amo estar com você, eu amo ficar com você, amo o doce cheiro que você exalar, amo escutar sua voz, amo até essa nerd irritante que fica corrigindo as pessoas – ela abriu um pequeno sorriso – amo tudo isso em você por que faz você única. Entendo que se sinta insegura e normal eu também me sinto as vezes

- Sente? – Ela perguntou surpresa

- Claro que sinto mione, as vezes eu penso na possibilidade de você enjoar de mim ou encontra outra pessoa...

- Harry isso nunca vai acontecer eu te amo. o que eu sinto por você e maior do que qualquer coisa que eu já fui capaz de sentir na vida, nem lendo todos os livros do mundo eu conseguiria explicar isso que eu sinto por você – ela falou isso e eu abri um sorriso que não cabia no meu rosto

- Viu e isso que eu estou falando quando e meu sinto inseguro eu lembro disso do nosso amor e o quanto ele forte o quanto ele e intenso. Eu quero que pense nisso toda vez que se sentir insegura de novo

- Tudo bem

- Ótimo! agora vá dormir e para de pensar nessas besteiras – ela abriu um pequeno sorriso

- Eu te amo – ela falou fechando os olhos

- Também te amo – falei beijando sua testa

- Espera me esqueci de uma coisa – ela falou indo até sua mesinha de cabeceira e tirando uma caixinha, ela abriu e tirou um colar de lá o colar que eu tinha dado a ela

- Eu sempre durmo com ele me faz sonhar com você – ela falou colocando o colar

- Serio? - Perguntei sorrindo – e ela assentiu fechando os olhos visivelmente cansada                     

  (...)

 

Pov. Hermione

Eu abri os olhos devagar tentando me acostumar com a claridade que irritavam meus olhos, Minha cabeça doía parecia que ia explodir, me sentei na cama esfregando as têmporas com as pontas dos dedos olhei em volta e vi Parvati toda esparramada na sua cama ainda com a roupa da festa. De repente meu estomago embrulha e eu sinto uma ânsia de vomitar corro para o banheiro na mesma hora colocando a cabeça na privada. Que nojo pensei depois de vomitar lavei minha boca e aproveitei para escovar os dentes, me olhei no espelho eu estava horrível passei a mão no meu pescoço onde tinha duas marcas de chupões feitos por Harry e sorri me lembrando da noite passada que tinha sido incrível, eu so me arrependia de ter bebido tanto eu realmente exagerei e agora estou com essa ressaca monstra

Voltei para minha cama pronta para me deitar quando eu noto uma coisa na minha mesinha de cabeceira, era um frasco de poção com um bilhete que eu peguei e na hora abri um sorriso reconhecendo a letra

Bilhete: on

Como vai sua primeira ressaca? aposto que horrível. Sua cabeça está te matando? Aposto que está. Bom eu deixei essa poção para você, tome ela depois durma mais um pouco que você vai se sentir melhor, espero que fique bem beijos te amo

Ass: HP

Bilhete: off                                 

Terminei o bilhete com grande sorriso no rosto Harry não existia esse garoto e perfeito, tomei a poção que não tinha gosto de nada e voltei a me deitar sem me preocupar com a hora era domingo então não teria problema

Me acordei não sei quanto tempo mais tarde Me sentido bem melhor aquela poção realmente funciona. Tomei banho e vesti uma roupa qualquer e desci para o salão comunal queria ver Harry e enche-lo de beijos por cuidar tão bem de mim pensei sorrindo

Assim que eu chego no salão comunal que estava praticamente vazio provavelmente o pessoal ainda estava se recuperando da festa me lembro de que quando eu e Harry fomos embora ontem ainda tinha bastante gente e já era bem tarde quando saímos

Passo meu olho por todo salão procurando quem eu queria até encontra-lo lá no fundo sentando em um sofá concentrado no livro que lia. Abro um sorriso enorme e vou até ele

- Oi – falei sorrindo tirando sua atenção do livro

- Oi mione você está bem? – ele perguntou fechando o livro e fazendo sinal para eu sentar do seu lado.

Mais e o ignorei e sentei no seu colo e o enchi de beijos por todo rosto e por último selando nossos lábios o fazendo rir

- Isso responde sua pergunta? – perguntei e ele assentiu

- Então tomou a poção que eu deixei? -  ele perguntou e eu assenti – e se lembra de alguma coisa de ontem à noite?

- Claro que eu me lembro, eu nunca me perdoaria se eu me esquecesse a noite incrível de ontem

- E foi incrível mesmo. A noite que você ficou bêbada, transou no banheiro, arrasou na pista, ganhou no beer pong jogando pela primeira vez, e não menos importante o soco que você deu no Simas. essa noite eu nunca vou esquecer foi a melhor festa que eu já fui – ele falou rindo e eu o acompanhei – quem diria Hermione Granger fazendo todas essas coisas

- Não tenho culpa se meu namorado me corrompeu

- Eu corrompi você? - Ele perguntou e eu assenti mordendo o lábio e ele sorriu


Notas Finais


então o que acharam? comentem

então e isso ate aproxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...