História R U Mine? - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Cho Chang, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Lilá Brown, Luna Lovegood, Personagens Originais, Ronald Weasley
Tags Amizade, Amor, Colegial, Comedia, Drama, Harmione, Harmiony, Harry, Harry Potter, Hentai, Magia, Novela, Romance, Sexo
Visualizações 182
Palavras 3.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


shady's back

e ai pessoal estou de volta desculpa a demora mas a facul ta me matando mas trouxe um cap bem legal pra vocês
espero que gostem ele esta bem maior que os anteriores
então e isso boa leitura

nos vemos la embaixo

Capítulo 5 - Valerie


Havia se passado duas semanas desde o dia em que mione tinha flagrado Harry transando com cho. Ela já conseguia fala normalmente com o ele, mas de vez em quando aquela cena vinha na sua cabeça e ela se imaginava no lugar de cho. Fora isso estava tudo normal ela ia bem nas aulas sua amizade com Harry e Rony ia muito bem, a única coisa que a incomodava era que Harry continuava pegando várias garotas e era impressionante como ela sempre flagrava ele com essas garotas parecia karma todo lugar que ela ia Harry estava lá com alguma garota. Certa vez ela viu ele beijando duas garotas ao mesmo tempo e ficou incrédula como Harry tinha virado esse pegador.

Hermione andava pelos corredores estava atrasada para aula de transfiguração quando viu um amontoado de pessoas e alguém gritando, era uma voz que ela conhecia ela foi até lá para ver o que estava acontecendo

Chegando lá ela viu Harry abraçando uma garota ruiva que chorava muito e tremia também ela tinha hematomas nos rostos e no corpo.

No chão estava um garoto da sonserina ela estava todo ensanguentada parecia ter levado surra.

 - QUE ISSO LE SIRVA DE AVISO SE VOCE OUSAR SE QUER CHEGA PERTO DELA VAI LEVAR MAIS DO QUE UMA SURRA -falou um Harry furioso

Harry tinha feito aquilo ao garoto pensou Hermione. Harry saiu com a garota que ainda estava assusta e chorando, ele passou por mione que o olhou como se quisesse alguma explicação

- Depois eu te explico tenho que levar ela para a enfermaria -falou seco passando por ela – que apenas assentiu

Quando Harry saiu levando a garota, minerva chega com Simas que provavelmente tinha chamado ela.

Na enfermaria Harry chegou com a garota chamando a madame pomfrey

- Meu deus!!! Potter o que aconteceu com ela

- Um idiota!!! Bateu nela, cuide dela por favor – pediu o garoto

- Claro, claro ponha ela aqui na cama

A garota o olhou já tinha parado de chora ela tentou falar alguma coisa, mas Harry não deixou

-Shh não fale nada a madame pomfrey vai cuidar de você. Eu já vou, mas amanhã eu venho ver você – falou dando o beijo na testa da garota 

 

Harry tinha entrou no salão comunal tinha acabado de sair da sala de minerva depois de explicar o que tinha acontecido.

- Harry falou – mione o abraçando forte

- Oi mione – falou sem animo

-  e aí cara como você esta?  Melhor como a garota esta – perguntou Rony

- Ela está bem a madame pomfrey esta cuidando dela disse que ela ficaria bem so precisaria de descanso amanhã eu vou lar ver como ela esta. - Falou triste

- Mas o que realmente aconteceu Harry – perguntou mione sentado ao seu lado e o abraçando

- Eu... estava indo em direção a aula quando e vi a cena... ele estava tentando abusar dela mesmo ela não querendo, ela tentou se soltar ele bateu nela mione! Como um homem pode fazer isso com uma mulher! - Ele suspirou passando as mãos no cabelo – eu não me segurei acabei indo para cima dele eu estava com tanta raiva que acabei...

- Você foi brilhante Harry esse cara e um babaca ele mereceu uma surra eu no seu lugar teria feito o mesmo.  -Falou Rony

- Rony!!! -Repreendeu mione -você não vê que o Harry Este mal com isso violência nunca resolve nada. –  O que aconteceu com ele – perguntou ela a Harry?

- Ele foi levado para o st. Mungus -nossa!!! Que surra foi essa -Rony o cortou, mas mione o lançou um olhar furioso a ele – e minerva falou, falou que vai haver uma reunião para decidir o que vai acontecer com ele, mas ela disse que com certeza ele será expulso -completou Harry

- E o mínimo por mim ele iria para a Azkaban -falou Rony

 - Bom eu vou me deitar – falou dando um beijo na testa de mione e dizendo obrigado,

- Harry e o jantar? – Perguntou mione quando ele já estava na escada

- Não estou com fome tudo que eu quero e ter um boa noite de sono.

 

Harry foi dormir pesando no que tinha acontecido, como ele tinha perdido o controle e agradeceu por não ter puxando a varinha por que com o ódio que ele estava provavelmente teria lançando crucio tão forte que poderia ter matado o garoto. Ele se lembrou das palavras Voldemort você precisa querer, e naquele momento ele queria muito faze-lo sentir dor, perdido nesses pensamentos ele adormeceu. 

 

 

 

Harry acordou no outro dia era um sábado ensolarado ele desceu tomou café rapidamente e se dirigiu a enfermaria para visitar a garota, ele chegou e foi fala coma madame pomfrey

- Ah senhor Potter veio vê-la

-  sim como ela esta?

- Ela está bem eu curei todos seus ferimentos e hematomas, mas ela ainda está fraca parece que ele vinha sofrendo isso algum tempo

-  o que!!! -Exclamou Harry incrédulo não conseguia acreditar que aquela não era a primeira vez

- Tente conversa com ela com calma, eu tentei falar com ela, mas ela não quis. – Ele assentiu foi em direção a garota que estava sentada na cama comendo.

- Oi lembra de mim? -Harry falou

A garota o olhou para ele, claro que ela lembrava o deus grego que a tinha salvo daquele ogro ela pensou, mas apenas falou -claro o que faz aqui – ela perguntou

- Ora vim saber se você está bem eu estava preocupado

- Eu estou bem so um pouco fraca, mas obrigada por vir

- Olha eu estava conversando com a madame pomfrey ela me disse que você já vinha sofrendo isso algum tempo

- Fazia duas semanas

- duas Semanas!!! – Por que não contou para alguém um amigo ou a diretora

- Ele me ameaçava para que eu não contasse para a diretora e bem... eu não tenho amigos - falou triste

- Bom agora você tem prazer Harry Potter -falou estendendo a mão -ela riu. Do que esta rindo tem alguma coisa no meu rosto ou no meu cabelo – falou bem-humorado – e ela negou ainda rindo

- Bom e que você e harry Potter todo mundo te conhece e você se apresentou para mim foi no mínimo engraçado.   

- Então ruiva com e seu nome -perguntou Harry

- Valerie Jones

- Muito prazer senhorita Jones – falou beijando o dorso da sua mão como um cavalheiro. Ela corou desviando o olhar para sua camisa.

- Gostei da sua camisa -ela falou 

- Ah você os conhece?

- Sim! Eu sou nascida trouxa sabe eu adoro arctic monkeys

- Ah que legal!!

Harry passou o dia na enfermaria com Valerie eles conversaram bastante, Harry contou várias histórias sobre ele.  E ela contou um pouco da sua vida a ele, como ela não tinha amigos desde que chegou em hogwarts e como os pais dela odiavam magia que era muito parecido com os tios de Harry.

- Bem acho que já está na hora deu ir -falou Harry

- Tudo bem -ela falou triste tinha adorado a companhia dele

- Amanhã eu venho ver você -falou ele dando um beijo na sua testa e se virando para sair quando ela o chama

- Harry!!! – E ele se vira para olha ela – posso te pedir o favor?

- Claro -respondeu sorrindo

- Você e o capitão Time de quadribol ne? -Ele apenas assentiu –eu queria fazer teste para o time, mas não sei se sou tão boa, sabe eu não queria passar vergonha.

- E você quer que eu te veja antes dos testes?  -Ela assentiu apreensiva -e ele sorriu -claro sem problemas em que posição você joga?

- Artilheira

- Ah legal ele falou sorrindo -então eu já vou até amanhã – falou indo para saída quando ela o chamou de novo

- Harry! -Ele se virou - obrigado -ela falou e ele deu aquele sorriso que já a encantava e saiu

 

 

 

 

Era noite Harry estava na sala comunal jogando xadrez de bruxo com Rony e mione estava sentada ao lado deles lendo um livro.

- Ah Harry a cho veio me pergunta sobre você hoje -falou Rony

- O que ela queria? Perguntou Harry

- Ela queria falar com você ela disse que você está evitando ela – e Harry suspirou – o que está acontecendo entre vocês

- Ela quer compromisso e isso ela vem me atormentando a dias -falou passando a mão no cabelo

- Mas por que o que aconteceu? – Perguntou Rony ainda sem entender

- Por que eu cedi, nós ficamos uma vez

- Uma vez? O ruivo perguntou desconfiado

- Também!  Foram algumas vezes, mas eu sempre deixei claro que não queria compromisso que era so diversão, mas parece que apagaram isso dá memoria dela. - E Rony riu

- Boa sorte com isso cara

- E eu acho que vou precisa mulheres são loucas -ei!!! Ralhou mione

- Desculpe mione, mas vocês são meio loucas -mione o olhou em repreenda -mas também não conseguimos viver sem vocês, não sei o que seria da gente sem você mione -falou e lê deu um beijo na bochecha – que a fez corar

Nesse momento descia Romilda Vane e parvati patil arrumadas para sair mas viram Harry e foram fala com ele

- Harry você não vai na festa? -perguntou Romilda

- Não meninas

- Por que? – Parvati perguntou 

- Por que amanhã eu vou fazer uma coisa e preciso estar sóbrio para isso

- Oh Harry vamos vai! As festas sem você não têm graça e você nem precisa beber – argumentou Romilda

- Qual a graça de ir uma festa e não beber? – Nesse momento Romilda falou alguma coisa no seu ouvido e depois o olhou com uma expressão maliciosa -ele sorriu

- E muito tentador Romilda, mas eu vou passar essa

- Também Harry -falou ela saindo com parvati

-  o que você vai fazer amanhã para recusar uma festa – perguntou Rony incrédulo, Harry desde que chegou em hogwarts ia em todas as festas possível ate quando tinha aula no outro dia e agora ele recusava ir numa festa no sábado à noite.

- Vou visitar a Valerie

- de novo vou passou quase o dia todo lá hoje.  -E Harry ficou em silêncio

- Ah entendi... cara você não deixa passar uma -falou Rony rindo deduzindo as intenções de Harry    

- Não cara não estou fazendo isso para pegar ela, admito que ela e bem bonita, mas ela so tem 14 anos

- 14!!! -Perguntou ron incrédulo

- E eu também tive a mesma reação quando ela me contou, ela aparenta ter uns 17 fácil, mas enfim desde que eu salvei ela daquele otario, eu simplesmente sinto que devo proteger ela sabe.

- O que seria de nos sem nosso herói Harry Potter para nos proteger – falou Rony dramaticamente e depois rindo

- Vai se ferrar!!!  E xeque mate

- Oque! Como! Você não era tão bom assim antigamente – e Harry sorriu

- Eu tive uma ótima professora, mas agora eu já vou indo dormir tchau mione -falou subindo as escadas do dormitório.

 

Os dias se passaram Valerie saiu da enfermaria para sua alegria tinha ficado muito amiga do Harry e consequentemente ficado amiga dos amigos dele, ela estava tão feliz nunca teve amigos agora tinha vários bons amigos mesmo ela sendo de do quarto ano e maioria deles do sétimo e sexto ano ela estava realmente feliz.

Estavam Harry, mione, Luna e Valerie todos tomando café na mesa da grifinoria, mesmo Luna sendo da corvinal ela sempre se sentava com eles.

- Eu acho que vou na cozinha pega pudim – falou Harry se levantando 

- Ah Harry traz para mim também – falou Luna pidona

- Claro -falou sorrindo -alguém mais que? -Perguntou as outras duas garotas que acenaram em negativa e ele saiu.

- Meninas como vocês conseguem em? - Perguntou Valerie

- Conseguimos o que -falou mione

- Ser amigas do Harry sem querer... vocês sabem... ele irresistível -e Luna riu   

- Acho que e porque nos conhecemos o Harry a muito tempo estamos acostumadas – falou mione

- Fale por você mione! Por que toda vez que ele me olha com aqueles incríveis olhos verdes ou da aquele sorriso eu tenho que me segura para não fazer nenhuma besteira. Antes Harry já era um gatinho, mas agora ele um verdadeiro deus gregos aqueles braços aquelas tatuagens meu Merlin -falou Luna fingindo se abanar -e Valerie riu

- Não liga não ela meio maluquinha -falou mione so para Valerie escutar –ela riu

- Mas aí então alguma de vocês já pegou ele? -Valerie perguntou  

- Eu não – falou mione

- Eu já -falou Luna – e as duas a olharam, mione incrédula já Valerie um olhar de admiração

- O que! Quando foi isso? Pergunto mione 

- Semana passada -respondeu com naturalidade

- E como aconteceu? Valerie perguntou curiosa

- Ah foi incrível so de me lembrar eu já fico tonta, eu estava no corujal eu ia envia uma carta para o meu pai quando eu ia saindo eu esbarro nele, eu o olhei e parece que fiquei hipnotizada nos aqueles olhos verdes quando de repente ele me beija, no começo eu fiquei surpresa, mas depois me entreguei aquele sentimento incrível parecia que eu estava nas nuvens – terminou ela suspirando

- E vocês transaram -perguntou Valerie sem rodeio – e mione ficou chocada com a pergunta, mas Luna pareceu não se espantar

- Não! Estávamos no corujal alguém podia nos pegar so demos mais alguns amassos e depois saímos, mas se estivéssemos em outro lugar talvez tivesse rolado – falou maliciosa -mione estava chocada com o rumo que a conversa tomou.

Nesse momento Harry chega com o pudim dele e de Luna

- Obrigado Harry -falou Luna pegando o dela

- E ai do que estavam falando?  -Perguntou Harry percebendo o silêncio desde que ele chegou

- De você -falou Luna concentrada no seu pudim

- Luna!! -Falou mione em repreenda

- O que! Ele perguntou e eu respondi

- Do que estavam falando de mim -ele perguntou

- Ah ela so estavam me falando de você por que eu perguntei so – falou Valerie

- Sei – falou Harry ainda desconfiado – bom vou indo tenho que acordar o Rony se não ele vai perder a aula.

- Eu vou com você preciso pegar uns livros que esqueci no dormitório – falou mione e os dois se despediram e foram

 

 

 

 

Era um domingo ensolarado Harry e Valerie estavam no campo de quadribol

- Tudo bem ruiva me mostra o que sabe -Harry falou

- Tudo bem -ela respondeu

Ela pegou sua vassoura e começou a voar muito rápido e com destreza em todos os movimentos, Harry estava encantado com o modo como ela voava por um momento ele se lembrou de outra ruiva e de como adorava ver ela voando, ele foi tirado de seus devaneios pela ruiva o chamando

- E aí o que achou -perguntou ela ainda no ar

- Você voa muito bem estou impressionado, mas, agora vamos ver como você desvia dos balaços. Esta pronta?  – E ela assentiu

E Harry começou a lançar os balaços em direção ela que desvia deles muito bem

- Muito bom, agora vamos ao principal -falou Harry pegando sua vassoura e indo até os aros-vamos testar seus arremessos eu não sou um ótimo goleiro mas dá para o gasto.

 

 Depois de algumas horas os dois estavam sentados no gramados muito cansados.

- E aí acha que eu tenho chance de entrar no time? – Ela perguntou

- Está brincando! Você muito boa, você ate... ah deixa para lá

- Eu o que agora fiquei curiosa

- E.…que você jogando me lembra uma pessoa

- A sua namorada que morreu, não é? - Perguntou ela receosa -ele apenas assentiu -eu sinto muito

- Obrigado -respondeu triste

- Você... – ela ia começar a falar, mas foi cortada    

- E melhor irmos logo e hora do almoço e precisamos de um bom banho – falou se levantando e estendendo a mão para ela

- Claro vamos

Os dois foram para os vestiários tomaram banho eles logo se arrumaram para saírem quando Valerie parou Harry

- Obrigado Harry desde que eu conheci você minha vida mudou para melhor obrigado por tudo- ela falou e o abraçou

- Não precisa agradecer eu também adorei conhecer você – ele falou ainda abraçado a ela

  Eles se separaram e ficaram se olhando ate que a ruiva não resistiu e o beijou, no começo ele se surpreendeu, mas depois correspondeu um beijo muito bom ele pensou por sinal, mas com o fio de consciência ele afastou ela

- Por que fez isso? - Ele perguntou

- Por que eu quis não gostou? – perguntou debochada       

- Isso não importa so não faça mais isso entendeu?

- Não, não entendi por que não posso fazer isso você tem namorada por acaso?

- Não!

- Não então o que impedi então?      

- Você e minha amiga não podemos fazer isso as coisas podem ficar estranhas

- Mas e a Luna?

- O que tem ela?

- Você já pegou ela

- como você sabe disso?

- Ela me contou

- E diferente

- Por que?

Isso já está ficando chato ele pensou suspirando

- Olhe escute Luna e uma bruxa maior de idade que já passou por muita coisa e sabe que o que rola entre nós e nada mais nada menos que pura diversão, apesar de você não aparentar você so tem 14 anos – nesse momento ele a olha dos pês a cabeça Valerie tinha um corpo incrível ninguém diria que ela tina 14 anos, ela era muito desenvolvida para sua idade – e pode confundir as coisas por isso não podemos fazer isso entende

- Eu vou te provar que eu também sei brincar – e ele arqueou as sobrancelhas

- E como vai isso? -Ele perguntou

- Você verá -ela falou e roubou um selinho dele e saiu

- Essa garota não existe – falou ele passou a mão nos cabelos

- Eu sei disso - ela gritou da porta e ele gargalhou  

 

                           


Notas Finais


então? cometem o que acharam
provavelmente eu vou demora pra postar de novo vocês entendem ne?

então ate aproxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...