História Race of Life - Imagine J-hope - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Got7, Imagine, J-hope, Race Of Life, Você
Exibições 292
Palavras 1.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiii estou trazendo uma fic do nosso dlç J-hope (esse homem ainda vai me matar)

Espero que gostem

Autora: morta feat enterrada com esse gif

Capítulo 1 - Me lasquei, mas já?


Fanfic / Fanfiction Race of Life - Imagine J-hope - Capítulo 1 - Me lasquei, mas já?

Olá meu nome é (s/n) tenho 20 anos, tenho um irmão chamado Jungkook ele é dois anos mais velho do que eu. Ele é da equipe de Jung Hoseok ou J-hope um dos melhores pilotos da atualidade.

Eu sou assistente pessoal do J-hope, ou melhor, to mais para empregada do que para assistente, J-hope sempre é rígido nunca sorri, sempre frio sem expressão. Bom...eu não tenho do que reclamar de todos os empregos que eu tive esse é o único que eu fiquei por 2 anos seguidos e acho que eu não posso sair, pois Hoseok não é lá de se virar bem sozinho (ele nem sabe fritar um ovo sozinho), se eu for embora acho que a pessoa passa fome.

  Acordo com uma criatura pulando em cima de mim

-Jungkook se for você, cê tá lascado! –sim meu irmão me acorda pulando em cima de mim

Au

Escutei um latido

-Hã? Então é você Jujuba – peguei a pequena vira-lata no colo, eu a encontrei dentro de uma caixinha de sapatos no lixo

~~FLASHBACK ON~~

Estava chovendo muito, muito mesmo. Eu tinha acabado de sair do meu trabalho (eu trabalhava em uma padaria antes), meu irmão estava viajando junto com a equipe então não dava para ele me buscar. O caminho mais rápido para minha casa era por um pequeno beco que tinha ali.

Meu irmão realmente adiava que eu passava por ali, pois há vários relatos de meninas que foram estrupadas naquele beco, mas como estava chovendo muito e meu celular fora de área (pois é tudo dá errado logo hoje) e a idiota aqui esqueceu de chamar um táxi enquanto tava lá na padaria, fui apé mesmo.

Chegando lá, eu escuto um choro não um choro de gente e sim de um cachorro, eu então começo a procurar de onde vinha aquele choro, abro o lixo e lá tinha uma caixinha de sapatos e ela estava se mexendo abro ela e lá estava um pequeno e frágil filhote gravemente ferido. Ele tinha machucados no corpo todo, eu desesperada pego a caixinha com o cachorro e corro até uma clínica veterinária que tinha ali perto e entro desesperada.

Recepcionista: oi posso aju....

-Eu preciso ver a veterinária agora! –falei ofegante

Recepcionista: Nesse momento ela não está atendendo

-Por favor eu pago o quanto que você quiser, mas me deixe ver ela!

Recepcionista: Acalme-se, me diga o que aconteceu – ela disse tentando me acalmar

-Eu encontrei esse filhote dentro do lixo – falei abrindo a caixinha –por favor me ajude –supliquei

Recepcionista: Mas isso é horrível, vou falar urgentemente com ela espere um pouco

-Ok e obrigada – me sentei em uma cadeira que tinha ali e eu olhei o cachorrinho – não se preocupe vai ficar tudo bem

A recepcionista volta

Recepcionista: Pode entrar ela está te esperando

-Obrigada –entrei na sala

Veterinária: Vamos ver o paciente – ela pegou a caixinha da minha mão e pegou o cachorrinho que estava um pouco assustado –fique calmo eu não vou te machucar –Ela examinou o cachorrinho, e receitou alguns remédios, ração, alguns cuidados que eu tenho que tomar com ele –pronto aqui está

-Obrigada! Quanto que fica a consulta?

Veterinária: Nada!

-Como assim nada? Você examinou o cachorro – falei supressa

Veterinária: Você acabou de salvar uma vida, esse é meu pagamento. Fico feliz que existam pessoas boas que nem você hoje em dia

-Então, já que não posso te pagar com dinheiro eu irei te recomendar para os meus amigos

Veterinária: Fico grata

-Então eu vou indo

Veterinária: tchau e tchau coisinha fofa – ela brincou um pouco com o cachorrinho e fui embora

Comprei as coisas que precisava para o tratamento do cachorrinho. E ele ficou vivendo comigo, meu irmão o aceitou muito bem, depois de 3 meses ela melhorou e vive comigo até hoje.

~~~FLASHBACK OFF~~

Me joguei na cama de novo, e minha cadela começou a dar lambidas no meu rosto

-Certo Jujuba você venceu! –falei me levantando, e saindo da cama igual a um zumbi. – o que você quer? –A cadela saiu do meu quarto e voltou com a sua tigela de comida – Certo!

Fomos para a sala coloquei a tigela dela no chão e coloquei ração e Jujuba começou a comer. Enquanto isso eu fui até o banheiro tomei um banho, fiz minhas higienes e troquei de roupa, um moletom da Adidas, uma calça preta rasgada e um All star preto. (link notas finais), fiz um coque meio bagunçado e saí do meu quarto.

-BOM DIA MANINHA!!!-Meu irmão falou pulando em cima de mim me dando um abraço, quase nos derrubando no chão

-Bom dia Jungkook! –ele ainda continuou me abraçando –agora o senhor pode me soltar –falei rindo

-Foi mal – ele disse desfazendo o abraço, e coçando a nuca – não resisti - ele riu e eu acompanhei

-Huum...que cheiro bom é esse?-falei farejando igual a um cachorro

-Uma coisa que você gosta muito – ele sorriu

-Num sei, o Jimim?

-É...QUÊ!!! COMASSIM O JIMIM?

Eu caí na gargalhada

-Tô brincando –pus minha mão no ombro dele – É bolo de cenoura?

-E?

-Calda de chocolate? – Ele assentiu e fiquei alegre igual a uma criança – Te amo maninho!! Melhor irmão ever –dei um beijo na bochecha dele

-Vamos comer ,a senhorita vai se atrasar se continuar me mimando

-Acho quem me mima é você –rimos

Nós sentamos na mesa e começamos a comer

-Tô cheia – me sentei toda desajeitada na cadeira

-Também, você comeu 3 pedaços (s/n)

-Tá me chamando de gorda?! –o encarei

-Eu não

-Acho bom, agora com licença tenho que ir trabalhar- me levantei, peguei a chave de minha moto (sim é uma moto, porque eu quero e a moto é verde nem venham discutir), minha mochila com algumas coisas minhas (capa de chuva, celular, carregador e outras coisas), me despedi do meu irmão , da minha cachorrinha (Autora: quem nunca se despediu do animal de estimação? Eu sempre me despido).

Coloquei o capacete e segui para a mansão do Hoseok, quando eu passava na rua vários meninos ficavam olhando para a minha moto também né a moto é verde limão.

Cheguei na mansão do Hoseok e olho o meu relógio MEU DEUS DO CÉU TÔ 20 MINUTOS ATRASADA, vejo que vou levar uma bronca daquelas , entrei na casa de fininho, pelo visto o Hoseok ta dormindo, dei um suspiro de alívio

-Onde a senhorita estava?

VIXI ME LASQUEI 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, amanhã tem mais

e sobre a moto da (s/n) é essa aqui: http://www.arpem.com/motos/modelos/kawasaki/flash/2007/kawasaki-zx-6r/kawasaki-zx-6r-li1.jpg (sou apaixonada em motos assim NÃO ME JULGUEM)
Cadela (jujuba);http://2.bp.blogspot.com/_hVkNcjTqSRc/SyKvqOdNHmI/AAAAAAAAAnA/UWard5ODrJA/s400/Volcan+300.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...