História Rain in Love; Jikook - Capítulo 65


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bangtanboys, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Lemon, Yaoi
Exibições 799
Palavras 938
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Finalmente consegui atualizar!
Então boa leitura :'D

Capítulo 65 - This is not funny


Ouvi uma risada esganiçada tomar conta do local e eu encarei o remetente. Ele ria como se alguém tivesse contado a melhor piada do século, mas esse não era o caso.

Eu esperava qualquer reação vinda de Hoseok. Esperava que ele gritasse ferozmente comigo dizendo que Jeon era perigoso, esperava que ele ficasse com ciúmes, qualquer coisa, mas ele só riu.

—Fico feliz por vocês. —Falou sorrindo e eu coloquei a mão na testa do mesmo, verificando se a temperatura estava normal.

Não era normal o meu amigo concordar com aquilo, ele morria de raiva de Jeon. —Obrigado, Hope, você é um amigo incrível! —Falei enquanto abraçava o garoto de topete. —Obrigado também por me ajudar chamando Jeon! —Falei ainda abraçado no garoto.

Logo senti Jeon me afastar de Hoseok. O olhei confuso, a expressão do moreno era algo como raiva e ciúmes. Aquilo era realmente engraçado, o meu namorado tinha ciúmes até de um abraço? Teríamos de conversar sobre isso depois.

Já a expressão de Hoseok era divertida, ele sorria, parecia muito feliz e não havia nada que mostrasse o contrário. —Chega de abraços. —Falou Jeon e Hoseok riu.

Depois de uma breve discussão sobre abraços entre Jeon e Hoseok, eu e Taehyung fizemos alguns aperitivos e decidimos todos assistir um filme. A chuva lá fora só deixava as coisas mais aconchegantes.

Jeon causava uma tempestade em mim.

Assim que o filme acabou, Taehyung já estava no décimo terceiro sono, então eu e Jeon decidimos deixar Hoseok cuidando do acastanhado e fomos para o quarto. Pedi para o moreno dormir aqui, não queria que ele fosse embora, estava muito tarde.

Eu estaria mentindo se dissesse que não rolou nada nesse tempo, eu realmente irei chamar Jeon de coelho secretamente. No outro dia foi uma rotina completamente normal, a única diferença era que Jeon me mandava mensagens algumas vezes ao dia.

Na loja de conveniência meu amigo loiro estava tão feliz que poderíamos dizer que ele ganhou na loteria. Descobri que na verdade ele já havia visto o Jeon chegando perto do prédio na noite passada e por isso me beijou, disse que sabia que um choque de ciúmes faria o moreno correr atrás de mim. Então de fato Jaebum me ajudou. Ele também me falou que estava gostando de alguém e para o alívio do meu subconsciente esse alguém não era eu. Ofereci ajuda e ele aceitou, logo ele me diria quem era a pessoa para que eu pudesse ajudar.

Jaebum era um bom amigo.

No horário de ir embora eu e o loiro saímos da lojinha e seguimos conversando até o prédio em que eu morava. Jeon não podia me buscar no trabalho pois seria o horário de trabalho dele e o garoto acabaria se atrasando, então Jaebum ainda me acompanhava. Me despedi do loiro e entrei no apartamento implorando internamente para não dar de cara com uma cena de —quase— sexo na minha sala de estar.

Não aconteceu.

Hoseok não estava mais em casa, já havia ido para o trabalho e pelo visto Taehyung também. Por instantes havia me esquecido que ambos estes três trabalhavam juntos. Não poderia conversar com meu amigo de topete e não poderia me amassar por aí com meu namorado pois ambos os dois trabalhavam juntos no mesmo expediente. Mas eu ainda tinha Jin e eu espero sinceramente que ele não esteja no meio de uma noite de núpcias com Namjoon, pois irei ligar para ele.

Disquei o número do loiro e fiquei esperando o mesmo atender —o que demorou muito— e assim que ouvi a voz do loiro falar “alô” eu sorri. Falei que era eu, Jin parecia estar meio distante e logo em seguida perguntei se o mesmo estava ocupado e apesar do garoto dizer que não eu conseguia ouvir alguns gemidos ao fundo e aquilo era certamente estranho. Presumi que sim, ele estava em uma noite de núpcias e decidi desligar. Fiquei vendo algumas coisas na televisão e quando comecei a ficar com sono eu simplesmente apaguei as luzes e diminui o som vindo da televisão. Dormi por um tempo e só acordei com o som estrondoso do meu celular tocando.

O apartamento estava escuro, notara que havia voltado a chover e tudo que iluminava a sala de estar era a luz da televisão. Atendi o telefone e tudo que pude ouvir foi um “É legal ficar sozinho, Park?”

Gelei. A voz não parecia com a de ninguém que eu conhecia, era grossa e estranha, senti um nó se formar na minha garganta e logo então uma risada baixa pode ser ouvida ao fundo. Arqueei a sobrancelha e fiquei ouvindo a ligação.

“Você não tem medo de ficar sozinho assim, Park? No escuro, apenas com a luz da televisão?” Disse a voz vinda do celular fazendo eu olhar ao redor notando que essa era realmente minha situação e aquilo me fazia pensar que era alguém me observando.

Pude ouvir um “Pare com isso, ele vai ficar assustado.” bem baixo, no fundo e logo em seguida uma risada que parecia ser segurada, a pessoa parecia querer se segurar para não gargalhar e aquilo estava ficando mais estranho a cada segundo que passava. Logo em seguida a pessoa de antes voltou a falar ouvi um “Eu estou por perto, Park e eu irei lhe matar.”

Definitivamente agora eu estava morrendo de medo.

Depois disso tudo que ouvi foi alguém caindo na risada enquanto alguém suspirava em reprovação e finalmente eu ouvi uma voz conhecida gritar ao fundo. “Que porra, eu mandei parar de fazer isso agora ele deve estar assustado!”

Espera. Aquilo tudo era coisa do Taehyung, Jungkook e Hoseok?!


Notas Finais


Está tudo tão bem né?

Seria uma pena se
Algo ruim acontecesse


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...