História Rainha da Máfia - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada)
Exibições 143
Palavras 870
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vlw mesmo pelos comentários e obg quem favoritou

Capítulo 4 - Inesperado


Fanfic / Fanfiction Rainha da Máfia - Capítulo 4 - Inesperado

Regina mandou me deixarem em casa. Não na boate. Em casa. 

-emma, onde você estava? Minha mãe pergunta e agradeço a deus por já ter trocado de roupa 

-eu estava trabalhando, não precisa se preocupar. 

-seu trabalho é muito perigoso, como não vou me preocupar? 

-tudo bem dona dália, viu sua filha loira maravilhosa já está em casa agora pode ir se deitar. 

-Menina. Ela ri

-a senhora precisa descansar. Lembro. 

-tudo bem, boa noite querida. Ela me dar um beijo na testa e se afasta 

-e Emma, eu tenho orgulho de você. Diz antes de sair pela porta. 

-orgulho de mim... Meu peito aperta de angústia. Ela não pode descobrir. Nunca. 

Me deito na cama com a barriga para cima

-Regina... Murmuro seu nome e sinto meu sexo esquentar. O jeito como ela me tocou com sua língua... Me levou completamente a loucura e os sons que saiam de sua garganta, Deus! Fazia vibrações por todo meu corpo... Sua língua, seus lábios, seus dedos... E aqueles seios. Aqueles seios grandes e perfeitos.. Será que eles eram tão macios como aparentavam? Como ficariam depois que eu os mordesse? Depois que eu tocasse seus mamilos com minha língua.. Os colocasse na boca e os... 

-Merda! Digo sentindo minha calcinha molhada. Pare emma! Você ouviu que a Rainha quer uma garota nova a cada noite, ou seja ela não repete a dose! Então pare de fantasiar com seus peitos! Mesmo que forem os mais perfeitos e tentadores que já viu... 

-argh! Resmungo frustrada com meu sexo latejando 

-só uma vez... Prometo antes de meus dedos descerem pela minha barriga e entrarem em minha calcinha. Toco meu clitóris e não chega nem perto do que senti quando Regina me tocou... Sua língua... Ainda posso senti-la entre minhas pernas, dentro de mim... Seus lábios macios esmagando minha carne e suas unhas cravadas em minha pele... 

-hummmm..... 

Aumento a pressão em meu clitóris e depois uso dois dedos tentando chegar cada vez mais fundo.. E mais rápido... Mordo o lábio quando sinto o começo do orgasmo 

-porra... Murmuro com a respiração pesada e os dedos encharcados. Olho para meus dedos e lembro quando os lábios de regina estavam molhados com meu gozo e ela os chupou e disse: 

-"você tem gosto de vinho, sabe disso emma?" 

-talvez só mais uma vez... Murmuro. 

***

-bom dia filha. 

-bom dia e tchau. Falo pegando uma maçã 

-como assim "tchau"? Você chegou tarde ontem, pensei que teria o dia de folga. Minha mãe diz me olhando por cima do encosto do sofá 

-eu preciso resolver algumas coisas, nada de mais. Completo rapidamente 

-tudo bem então. 

-Tomou os remédios? Pergunto indo lhe dar um beijo na cabeça 

-sim, eu que sou sua mãe sabia? Ela resmunga 

-eu sei minha velha. 

-Emma! Ela exclama e eu rio saindo pela porta. 

***

Depois de alguns minutos de caminhada chego a hot doll

-oh, aí está você loira! Rubi me cumprimenta alegremente assim que passo pela porta

-por que essa alegria toda? Pergunto desconfiada 

-ah, loira e eu alguma vez te tratei mal? Não seja tão desconfiada! Venha, vamos sentar e beber alguma coisa... 

-Eu não bebo. A corto - agora o que aconteceu? Você fumou maconha e tá achando que eu sou a Lady Di? Ela ri 

-já disse que gosto de você menina? Você tem espírito. 

-obri.. gada... agradeço meio incerta 

-parece que a rainha gostou de você e... 

-Regi.. Me interrompo - a rainha?! Você falou com ela?! Quando? O que ela disse? Rubi me lança um olhar estranho mas divertido 

-não falei com ela é claro, mas phil veio aqui ontem depois de deixa-la em casa presumo.. Ele me comunicou que a rainha quer exclusividade e vai pagar bem por isso. 

-exclusividade...? Murmuro atordoada 

-sim garota! Ela mandou inclusive dinheiro para comprar roupas, perfumes e tudo que você quiser.

-espera, ela me mandou dinheiro pra comprar roupas? 

-Sim e tudo mais que quiser. Ela revira os olhos -A propósito seu cheque está aqui. Ela tira um papel embolado do sutiã verde limão e me entrega 

-tudo isso?! Ofego olhando os zeros

-é mais que o dobro que ela costuma dar. Ressalta rubi. 

Isso já da pra pagar a hipoteca! Penso animada 

-e quado vai fazer as compras...? Poderia me levar com você né? Eu sou ótima em escolher roupas e... 

-eu não vou. Respondo guardando o cheque 

-o que?! 

-eu não vou comprar nada, nem roupas, nem perfumes, nada. 

-mas.. Mas.. Por que?! 

-vou com minhas próprias roupas. Digo ignorando sua pergunta

-você só pode ser louca! Ninguém desobedece ordens da rainha! Diz ela com olhos arregalados 

-pensei que era um presente e não uma ordem. Além do mais não me sinto confortável com isso. 

-Mas... 

-não vou aceitar, essa é minha resposta final rubi. Ela suspira e balança a cabeça 

-espero que saiba o que está fazendo loira. 

Saio da boate direto para pagar a hipoteca e quando tudo está resolvido parece que um peso saiu de meus ombros me deixando leve como uma pluma que tomou Red Bull 

-Emma Swan? Olho para trás de mim e vejo Phil com seu terno preto em pé perto de um carro cinza 

-oi? 

-A rainha deseja falar com você. Ele diz abrindo a porta do carro


Oh merda! 


Continua... 



Notas Finais


Vlw quem chegou ate aqui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...