História Rainha dos Mares - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~PUDIMDOSPUDINS

Exibições 12
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!!

Capítulo 3 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Rainha dos Mares - Capítulo 3 - Capítulo 2

~Luna~

Eu não conseguia parar de gargalhar.

-Você pode, por favor, me levar a sério?- Jade me repreendeu! Hoje realmente era um dia fora do normal.- Você pode ser punida!- gargalhei mais alto- O que foi?

-E quem vai me punir?- sorri e dei de ombros- Eu mesma?- gargalhei.

-Bom argumento...- fala com a mão no queixo, pensativa- Mas mesmo assim!- ela se exalta novamente- Você era para ser a responsável Luna! O que tem de errado com você? Normalmente eu sou a imprudente.- sorri.

-Você está certa.- olhei-a, não conseguia conter o sorriso- Acho que o jogo virou!- gargalhei e nadei na frente, criando bolhas atrás de mim que estouraram no rosto dela, fazendo ela soltar um grito de incredulidade.

-Luna!!- Jade grita- Você está me preocupando!- fui até ela e pus uma mão em cada ombro seu.

-Jade,- falei em um tom brando- é só hoje, ok? Deixe-me ser a irresponsável uma vez na vida.- falei com olhos ardendo e lembrando de como perco momentos de diversão com minhas irmãs graças a minha responsabilidade com todos no mar- Eu preciso disso- seu olhar transbordava culpa.

-Me desculpe Luna, eu...- ela balança a cabeça e logo solta um sorriso maravilhoso.- Eu vou te proporcionar o dia mais divertido de todos, vamos- sorri.

*Quebra de tempo*

~Jin~

Sinto a água do mar tocar a ponta dos meus pés, sinto sua presença nela.

 Ouço sua voz me chamando para acalmar os meus mais terríveis sentimentos. 

Não. Eu não iria desistir de encontrá-la. Vou ficar nessa praia até o fim da vida se for preciso. Vou esperar nem que seja para vê-la só mais uma vez. Eu...preciso tocar ela. Preciso senti-la por que ela me fez sentir. 

Cada quebra de onda era uma tortura. Arregalo os olhos. FINALMENTE. Vejo uma movimentação na água, braços e pernas batendo em minha direção. Quando o rosto é liberado me decepciono.

Era Irahyn com uma máscara de natação. 

Suspiro. Ele não poderia ter aparecido em um momento pior.

-JIN!- ele corre em minha direção de forma desajeitada pulando sobre as águas.


           ~Jade~ 

Já tinha passado um mês desde Luna havia se aberto para mim. Um mês desde a única vez que à vi sorrir verdadeiramente. Agora ela estava mais séria e fechada do que todos, até mesmo comigo. Ela sempre fora assim, nunca deixava seus sentimentos atrapalharem suas responsabilidades, enfiava seus demônios e suas dores no fundo de sua mente e trancava à sete chaves, mas eu á conhecia bem demais. Sabia muito bem o porquê de ela estar daquela forma e me sentia horrível por não fazer nada.

Eu estava indo em direção à praia daquele mesmo dia, afim de pensar e esclarecer algumas ideias. Então vi uma cena que me fez prender a respiração: Luna atras de uma rocha com lágrimas nos olhos, olhando um dos garotos que ela viu naquele dia. Aquele partiu meu coração. Mas quando ele olha em direção à Luna eu sinto o sangue sair de meu rosto. Começo a nadar rápido em direção à um garoto na praia que eu já conhecia. O levei comigo e na quebra de onda o troque de lugar com a Luna. Tudo vai ficar bem, eu espero.

-Você tá ficando louca?!- Grito com ela gesticulando as mãos de forma agressiva. Eu sei da sua situação emocional, mas ela deve pensar no todo para não sermos expostas.- Nunca pensei que te veria tão irresponsável, estou decepcionado com você!

Me arrependi de minhas palavras no momento em que elas saíram da minha boca, no momento em que lágrimas saíram dos olhos da minha irmã. 

-Me desculpe.

Foi a última coisa que eu ouvi antes de ela de virar e sumir na imensidão do mar.

*Quebra de tempo*

Luna não falava comigo desde o dia que eu tinha falado aquelas coisas e eu não sabia o que fazer para me redimir.

Até que minha mente se acendeu.

 

Quebra de tempo*

 

Eu estava próximo a areia de uma praia de Jeju, esperando a nossa sereia terrestre aparecer. Tínhamos apelidado ela assim desde que ela deixou de viver conosco no mar para seguir seu sonho de ser cantora. Ela se aproximou de mim, com seus lindos cabelos ruivos cobre e um sorriso estonteante no rosto.

-O tempo tem sido cruel com você não é mesmo?- brinquei e ela jogou água em meu rosto com as mãos e se sentou na areia deixando os pés.- Esqueceu que eu já estou molhada?- fiz uma careta.

-Sinto saudades do mar, sabia?- disse com um tom cansado.

-Você anda tão ocupada assim que não pode vir nadar?- perguntei indignada- Você não abriu mão da sua calda, só tem uma vida dupla...

-Ando bem ocupada...- ela massageou as têmporas, suspirou e logo depois sorriu abertamente- Em fim, por quê me chamou aqui?

-Primeiramente:-levantei o dedo indicador para indicar o número “um”- estou com saudades, vamos nadar juntas?- ela abriu ainda mais o sorriso.

-VAMOS!- ela pulou e retirou as roupas que não aguentariam a correnteza do mar, considerando a velocidade em que costumávamos nadar.

-Segundamente: -falei no momento em que sua calda apareceu- Luna passou por um momento que está confundido as emoções dela e eu fiz uma besteira, agora preciso de sua ajuda para algo que eu planejei.

-E quando mesmo você não faz besteiras?- rimos.- Jade, não prometo ajudar, porque não quero me meter com suas ideias loucas.

-Não é louca eu juro! Vem, te explico no caminho.

 

~Irahyn~

 

Aquela garota, eu sabia muito bem o que ela era. Apesar de ter fingido não ter visto ninguém eu fui o que a sentiu com mais clareza. Eu já havia visto ela em algum lugar. Sem prestar atenção nos meus passos eu já me encontro de cara com a porta do quarto de Tae, aperto o cabo do bule com chocolate quente. Precisava acalmá-lo de algum jeito.

Abro a porta sem bate e dou de cara com Taehyung trajando apenas uma cueca branca e sinto minhas bochechas esquentarem. Estava com a cara enfiada no seu celular e quando nota minha presença ele olha em minha direção.

-Pode entr...O QUE TEM NESSE BULE?- ele pergunta se animando. Sorri travesso.

-Chocolate...- dou uma pausa dramática e jogo a cabeça de lado- quente!

Ele corre em minha direção e me dá um abraço forte.

-Ah, Irahyn-ssa, o que eu seria sem você?- ele pergunta abismado.

-Eu também não sei, baby, realmente não sei.

Ele me dá outro abraço e eu acaricio seus cabelos. Sentei na cama com ele e passamos o resto do dia jogando vídeo-games, conversando e tomando chocolate quente.


Notas Finais


Quem será a nova personagem?
Espero que gostem!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...