História Ranma 1/2:Uma história de amor? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ranma 1/2
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Romance, Yaoi
Visualizações 21
Palavras 595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um...

Capítulo 4 - Ranma um Neko?: Parte 2


Fanfic / Fanfiction Ranma 1/2:Uma história de amor? - Capítulo 4 - Ranma um Neko?: Parte 2

P.O.V Ranma (On)

Depois de tirar a tal foto na qual saiu boa acabei sentindo um toque na minha bunda,me fazendo massagem...me arrepiei e me  assustei na hora,quando ele me disse aquilo e notei quem era...gelei na hora,um tempo depois criei coragem e virei meu rosto em sua direção...

Eu:  -Na verdade este rabo não é falso e nem se meche sozinho...ele é de verdade e as orelhas encima da minha cabeça também são reais,não entenda mau,sou só um Neko...só um gato,OK?

Kuno:  -Só não...você é minha gatinha,apenas minha gatinha!

Diz ele me pegando e me pondo em teu colo...

Eu: -Kuno pare...me larga...aahhh,pare... 

Kuno:     -Calma...gatinha!

Eu:    -Não sou gata...sou gato,minha mãe que era gata já eu...sou o oposto de gata,me larga...é sério, mesmo sendo gato,sou hetero não homo,então me  solte...

Kuno:    -Não, não e não...não irei soltar o meu docinho,então sua mãe era uma gata...mas se você diz que é um gato e não gato como  pode provar se você tem dois grandes seios que já dizem que você é garota?

Eu:   -Não sou garota já te disse,acabei caindo num lago amaldiçoado e me transformou em garota sempre quandoa  água fria é jogada em meu corpo...sou garoto assim como você!

Kuno:  -Sei,sei...sou um lobisomem, sabia?

Eu:   -Jura,mesmo?

Kuno:   -Não!

Eu:    -Mas eu sou um garoto!

Kuno:     -Então prova!

Eu:   -Se eu fizer isto você vai passar a me odiar...não quero que isso aconteça, e se você contar pra alguém e este alguém espalhar pra todas as pessoas que conheço...e se a Akane saber que lhe contei e lhe mostrei o que sou,como meu pai saberá ao descobrir que eu lhe disse?

Kuno:    -Calma,calma...deixa isso de lado, esqueça e vamos  comer!

Diz ele e acabamos saindo pra comer...    

    - Quebra de tempo -

Depois de comermos fomos até o quarto dele dormir,só possuía uma cama de solteiro...ele me disse que eu dormiria na cama dele e ele no chão...insisti pra ele me deixar dormir no chão, mas ele negou...assim como neguei quando ele disse de dormimos na cama dele juntos...

Ainda estavo com aquele pijama, ele veio em minha direção,não tinha nenhuma luz acesa,ele me pós em seu colo e tirou a blusa de frio MD deixando só com a blusa de mangá, retirou em seguida as roupas de baixo...

Eu:   -Ei,pare...é sério,não quero...Kuno,pare por favor!

Kuno:    -Calma você amará isto!

Eu:   -Este não é o problema...acontece que somos homens, pare...Kuno...

Não tive respostas, mas meus protestos falados foram abafados pela sua boca na minha,eu acabei abrindo minha boca e deixando ele se aproveitar disto...permitindo que sua língua entrasse em minha boca,ele segurou minha cintura e colocou minhas mãos envolta do seu pescoço,depois ele retirou minha última vestimenta e já estavo completamente nu...

Eu:   -Pare...Kuno,aahhh o q-que vo...

Digo é quando ele me penetra com os três dedos de uma só vez...doeu.

Eu:   -Pare, por favor,isto dói muito!

Kuno:   -Não precisa se preocupar, a dor já vai passar e o prazer vai chegar!

Eu:  -Acontece que este não é o principal problema...

Digo e nesta hora ele tira seus dedos de dentro de mim e me penetra com seu membro de uma só vez acertando minha próstata...

Eu:   -Aaah,Kuno...

Digo e nesta hora acabo gozando...

Kuno:   -Geme mais uma vez,garota do rabo de cavalo!

Eu:  -Já lhe disse que é pra me chamar de Ranma!

Digo e ele sai de dentro de mim, mas volta com força e começa a massacrar e judiar com a minha próstata,pois sempre que estocava acertava ela...

Até que ele se lembrou do meu membro ereto esquecido e começou a me masturbar durante suas estocadas e então acabamos gozando juntos, ele dentro de mim e eu na sua barriga e caímos exaustos na cama dele...

-"Céus ainda não acredito que perdi minha virgindade com ele!"








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...