História Rapitada. - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Bea Miller (Beatrice Miller), Fifth Harmony, One Direction, Shawn Mendes, The Vamps
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Bea Miller, Bradley Simpson, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Ally Brooke, Austin Mahone, Bea Miller, Bradley Simpson, Camila Cabello, Dinah Jane, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Shawn Mendes, Zayn Malik
Visualizações 33
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Twenty-girls


POV LMJM

--- Preciso de sexo! Ouviu Camz? Preciso de Férias. R-O-L-A, FÉRIAS. - ri e a ouvi gemer. --- Deve ta difícil aí, hein? - segurei o riso e a ouvi dizer um palavrão.

Gargalhei e resolvi pegar minha roupa e ir ao quarto de Taytay. Sem querer havia acordado o Gato - se espreguiçou e pulou da cama. Camizinho continuou dormindo.

--- Esse é dos meus! - sorri e fui ao quarto de Taytay, seguida por Gato.

Taytay não estava no quarto e meio que agradeci por isso. Tomei meu banho sossegada e me vesti. Ouvi um berro e saí do banheiro.

--- Ah não! Laureeeeeeen. - Taytay gritou e eu sorri de leve. --- Cara, o Gato sempre destrói meus ursos, fazendo essa pouca vergonha. - ela apontou para o gato que "transava" com o urso.

--- Eu te dou outro! - revirei os olhos.

--- Não é a mesma coisa, Lerda! - ela falou brava. --- Quero que tire esse tarado daqui e o urso também. - ela cruzou os braços.

--- Olha o respeito! Meu filho não é um tarado, ele é um pegador, né neném? - falei emocionada. --- Cresceu tão rápido. Tenho muito orgulho de você, Neném. - o peguei nos braços e saí dali.

Taylor berrou algo e eu ignorei. Entrei no quarto e Camz estava pronta.

--- Camz, nosso filho já transa!

--- Temos que capar ele.

--- Mas vai doer, Camz!

--- Um mês ta sarado!

--- Grosso! Vou mandar capar você também e um mês tá sarado e sem prestar pra nada. - ela arregalou os olhos e dei de ombros.

--- Você não faria isso!

--- Logico que não. - revirei os olhos. --- Vamos comer que estou com fome.

Coloquei Gato no chão e descemos. Fomos almoçar e me surpreendi ao ver Dinah.

--- Uê, não foi dar? - ela ficou vermelha e minha mãe me repreendeu.

--- Lauren! - eu e Laur sentamos.

--- Digo, você não ia almoçar fora?

--- Fui e já voltei! Sabe que horas são? - franzi o cenho. --- São 15:00 horas.

--- Nossa! - fiquei surpresa. --- Por isso estou com tanta fome.

--- Vou servi-los.

--- Lauren andei pensando e até comentei com a tia e a Taytay sobre a minha ideia e quero saber o que acha de fazermos um chá de baby?

--- Não...de jeito nenhum. Eu posso comprar tudo o que meu bebê precisa.

--- Não seja orgulhosa, Lauren. Seria uma forma de juntar todos da família, não é Mila?

--- Dinah e seus foguetes. - ela sorriu, constrangida. --- O que Lauren decidir esta bom.

--- Ótimo! - lhe dei um selinho. --- Não iremos fazer e tá decido. - Dinah revirou os olhos.

--- Seria legal fazer um vídeo assim.

--- Demoraria muito. Preciso fazer o vídeo logo.

--- Lauren tem razão! - mamãe concordou.

Nos serviu e sentou perto de Dinah.

--- Oi e tchau. - Taytay falou ao entrar, ir ate a mãe e lhe da um beijo.

--- Já vai? - mãe perguntou e ela assentiu. --- Se cuide!

--- Onde vai? Que horas volta? Vai com quem? Quem vai te levar?

--- Me poupe, Lauren. - ela revirou os olhos. --- Beijos e ate logo! - ela saiu.

--- Mãe, viu aquilo? Cresceu e cospe no prato que comeu. - todos riram e eu bufei.

---- Você a sufoca, Lauren. - Dinah falou.

--- Eu? - ela afirmou. --- Eu só me preocupo.

--- Taytay é uma adolescente e sabe o que faz.

--- Dinah tem razão.

--- Ok, depois acontece o pior e a culpa vai ser de vocês. - deixei de comer e sai dali.

Estava irritada. Será que ninguém entendia que eu só queria protegê-la? Ela ainda era o meu bebê.

Subi ate o quarto e ouvi meu celular tocar. Fui ate onde estava e o peguei, o atendendo e sentei na cama.

" Oi! - falei fria."

" Lauren? É o Shawn! Ta tudo bem? "

" Shaaaaaaawn! - falei animada. --- Quero todos os detalhes da sua noite com a Ally. "

Houve um silencio e um suspiro longo. Vi Camz entrar no quarto e sentar ao meu lado.

" Como soube? "

" Conheço a Ally e a você também. Vocês estavam estranhos."

" Sua amiga é louca. - ele suspirou. "

" Claro, se não, não seria minha amiga. - ele riu. --- Céus, Shawn! Você sente algo por ela? "

" Eu não sei...não sei o que sinto, mas não consigo esquecer o que houve. "

" Woow...está apaixonado, Shawn! Meu outro bebê está crescendo. - ele riu. "

" Está falando do meu afilhado? "

" Não, do Gato! "

" Ta sendo irônica? "

" Não, não desta vez. - rimos. --- Gato precisa de uma namorada. - ele riu. --- Ele já quer comer pepeca. - rimos. "

" Lauren...você me faz ri. Não tem como ter um péssimo dia falando com você. "

" Eu sei...você me ama."

" Convencida! Mas você tem razão. "

" Sempre! "

Ficamos conversando por um bom tempo e quando desliguei, deixei o celular de lado e Camz me abraçou.

--- Te amo! - ela falou e eu sorri.

--- Você não comeu, não foi? - perguntei frustrada.

--- Não muito!

--- Desculpe.

--- Tudo bem...eu prefiro ficar com você.

--- Te amo...- me virei um pouco e lhe dei um selinho e ela sorriu.

--- Shawn está gostando da Ally? - assenti. --- É uma morte horrível. - rimos.

--- Malvada.

--- Ally não gosta de compromissos ou estou enganada?

--- É... - suspirei. --- Mas vou juntá-los.

---- Boa sorte!

--- E você vai me ajudar.

--- Vou?

--- Vai! Ainda não sei o que fazer, mas vou pensar em algo.

--- Espero que consiga! Talvez ele consiga colocar juízo na cabeça oca da Ally. - rimos.

--- Você tá terrível, Camz!

--- Ok, parei! O que acha de assistirmos?

--- Perfeito!

Ela levantou e pegou o controle. Ligou a TV e colocou em um filme de ação. Ficamos assistindo, agarradinhas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...