História Raposinha - Capítulo 75


Escrita por: ~

Exibições 9
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Tudo que fazemos, criamos e decidimos tem um poder em nossas vidas e nas dos outros, sei que já falamos desse tema e que já sabemos que as palavras tem um forte poder para determinar nosso futuro, mas eu não falei sobre como isso é usado pelos "outros", nesse episódio vou falar um pouco de Karma. é claro que o tema é muito amplo e eu estou estudando meios de passa-lo dentro da história. Caso tenha uma opinião ficarei muito feliz em saber.

Capítulo 75 - O karma, Atacar ou fugir


Não podia ser real, qual o motivo de ter inventos meus espalhados no mundo de Nerak? Deveria ser uma alucinação ou qualquer outra coisa, todavia eu precisava chegar mais próximo de Maurício e Felipe, mas não conseguia, precisava ajudar o Maurício.

- Mille? Preciso de ajuda.

- Senhorita?

- Acho que estou alucinando, há inventos meus em todo o lugar (uma explosão aconteceu ao meu lado), estou danificada.

- É real senhorita a força e o nível de energia está subindo a cada dez minutos, precisa intervir na esfera de energia, segundo os relatórios tudo irá explodir daqui a menos de uma hora, contando de agora.

- Uma hora? Não consigo chegar próximo há invenções demais.

- Senhorita Aska?? (chamou Miller), pode ajudar?? Acho que sei o que está acontecendo é um espectro se aproveitando do Karma (ou carma significa ação, em sânscrito (antiga língua sagrada da Índia) é um termo vindo da religião budista, hinduísta e jainista, adotado posteriormente também pelo espiritismo, na física chamado de lei, é usado para explicar os resultados colhidos ou os feedbacks da vida no caso Mille tinha razão tudo que eu havia feito estava sendo usado e se voltando contra mim).

- Mille, Zoe? Estou “aqui”, mas, não posso me envolver diretamente, tem razão é o Karma, tudo que Zoe fizer irá se voltar contra ela.

 

Isso explicava tudo seja lá quem estiver por trás disso tudo, é muito inteligente, fiz poucas contribuições positivas durante o tempo em que vivi em meu mundo, a construção de armas e inventos nocivos era o que mais fazia, não importava para quem iria fabricar, o que importava era conseguir financiar o “controle do tempo” fiz isso até ter obter o  controle após, furtava as idéias e usava em benefício próprio, combinando os meus desejos com o que estava disponível, criando meios para alcançar o meu antigo sonho.

Devido a esta danificada me afastei da esfera de energia, fiquei o mais distante possível, eu percebe que o “Karma” estava protegendo a esfera, não estavam me atacando, quem controlava tudo estava usando o Maurício e o Felipe para retirar um poder maior das duas luas. De longe eu via uma bola roxa ligada às luas em um fluxo de energia algo semelhante ao encanto de elo que fizemos em Arrom, abri minha armadura, sai e verifiquei o corpo robótico, este estava muito danificado. (Graças a uma tecnologia que inventei a qual permite guardar objetos diversos em meu jaleco apenas diminuído os átomos, foi assim que eu tirei o corpo robótico o qual chamo de armadura robótica, foi assim também que eu havia guardado o violino em minha capa no capítulo da cerimônia dos dragões), enquanto consertava eu chamei a Aska, eu apenas ouvi sua voz um pouco distante.         

- Aska ? Jack Hock está aqui?

- A pergunta seria como reverter o Karma,preste a atenção em você o que está pensando ou o que está falando, isso tudo se volta contra você mesma, destino e Karma andam quase que juntos.

- Por isso que não pode intervir? Iria causar um paradoxo gigante... Agora compreendo o motivo de não está aqui. Aska as coisas estão bem complicadas de onde estou, vejo a esfera, há um raio de energia sendo direcionado para as duas Luas, o sol ainda está se pondo no horizonte, segundo os relatório temos apenas trinta minutos para intervir, caso a contrário a esfera irá explodir, agora eu não sei se quem está por trás quer unir as luas, criar mais uma ou usar o poder para abrir algo... Sabe onde estão a Karen e a Vitória?

- As duas venceram a Solidão e estão bem, mas esse não é o nosso maior problema Zoe, tenha certeza disso, só você e o Mauricio podem resolver esse sozinhos.

- Mas e a Lonely ela voltou ?

- Sim Zoe ela está muito bem e deseja muito te dar um abraço (Aska riu parecia está tudo no seu controle o que eu achei um pouco estranho).

- Boa notícia!!! (isso me renovou de um jeito, saber que Lonely estava bem e que a Karen havia conseguido vencer a Solidão), mas e a Alai onde está (ela não me respondeu minha pergunta).

- Bem Zoe confio em você pense em uma forma de reverter o Karma, o use ao seu favor. Ele é umas das coisas da vida que são neutras assim como o destino, ele depende de suas escolhas para agir.     

Reverter ? Reverter o Karma... Certo eu pensei em todas as minhas invenções antes de agir... Isso certamente se tornou um reflexo de minha ação o que ocasionou a criação e materialização de meus inventos e armas conforme o meu desejo...

Claro!!! As palavras de Frank Outlaw que surgiram no mundo de Karen (Frank Outlaw era um fora da lei, ele foi um gerente de supermercado que fundou os supermercados Bi-Lo na Carolina do Sul. Ele desempenhou um gerente de supermercado em "Raising Arizona." Há diversos mistérios por trás da citação, porém eu consegui resolver o meu próprio com a citação).   

 

"Cuidado com seus pensamentos, pois eles se tornam palavras.

Cuidado com suas palavras, pois elas se tornam ações.

Cuidado com suas ações, pois elas se tornam hábitos.

Cuidado com seus hábitos, pois eles se tornam o seu caráter.

E Cuidado com seu caráter, pois ele se torna o seu destino."

 

Na verdade ninguém realmente sabe a forte dessas palavras e eu mesma não quis verificar, todavia fala de um ciclo de vida e conduta, tudo que se faz retorna de alguma forma e cria algo novo, o que faz as mudanças ou os padrões existirem se comparar com o livre arbítrio, é possível usar para o bem ou para o mal, no caso não devo atacar tenho de fugir.              


Notas Finais


Nos próximos episódios nosso verdadeiro vilão irá aparecer, como está saga é da Raposinha e de Lonely, nosso vilão esta ligados a elas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...