História Raptada - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Wilmer Valderrama
Personagens Demi Lovato, Wilmer Valderrama
Tags Demi Lovato, Dilmer, Marissa, Wilmer Valderrama
Exibições 49
Palavras 386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii desculpa o atraso vou recompensa vcs !

Capítulo 34 - Saía.


O clima ficou tenso entre todos, Wilmer nunca havia tratado minha mãe assim, apesar de ter achado grosseiro, também achei necessário. Minha mãe se metia muito em nosso relacionamento e isso incomodava a nós dois e muito.

Logo o carro parou em frente a casa da minha mãe.

--- Desculpe...- Wilmer falou.

--- Boa noite! - foi o único que ela falou e saiu do carro.

--- Boa sorte...- Maddie falou, tocando no ombro de Wilmer. --- Quem sabe um dia consiga o perdão dela. - ela saiu do carro e ele suspirou.

Ele parecia se sentir mal, eu sabia como acalma-lo, mas estava muito brava para isso.

No caminho todo fomos em silencio. Ao chegar, ele me ajudou a subir e me colocou na cama. Logo desceu para pegar as coisas que tinham ficado no carro. Me senti enjoada e mesmo com dificuldade fui ao banheiro. Bufei ao ver a roupa de Wilmer no chão, geralmente quem deixava tudo espalhado era eu. Me agachei perto do vaso e vomitei. Apos vomitar, lavei a boca e logo ouvi a voz de Wilmer. Peguei a sua roupa que estava no chão e ja ia reclamar por ele ter deixado aquele troço ali, ate que algo me irritou mais : o cheiro forte de bebida.

--- WILMER! - berrei.

Ele entrou desesperado no banheiro, mas logo seu olhar se transformou em culpa.

--- Me desculpe, Nena...- o interrompi.

--- DESCULPA UM CARALHO, WILMER! - funguei. --- VOCÊ PROMETEU.

--- EU SEI...MAS JURO QUE FOI UM COPO...- o interrompi.

--- NÃO ME INTERESSA QUANTOS COPOS, VOCÊ BEBEU...VOCÊ QUEBROU NOSSA PROMESSA. - joguei a roupa no mesmo e sai do banheiro. --- Estou magoada.

Ele me abraçou por trás e eu sai de seus braços.

--- NÃO ENCOSTE EM MIM, EDUARDO.

--- Me perdoe, Demi. - ele implorou.

--- SAIA!

--- Você não pode ficar sozinha, por favor, me deixe cuidar de você e do nosso bebê.

--- SAIA! NOSSO BEBÊ E EU SÓ FICAREMOS BEM SE VOCÊ FIZER O QUE DIGO.

--- Ok! - ele falou baixinho. --- Qualquer coisa grite.

--- Saía! - minha voz quase falhou.

Ele saiu e tranquei a porta. Sentei na cama e me permitir chorar. Ele havia quebrado uma promessa importante e não sei se o perdoaria ou quanto tempo demoraria a fazê-lo.


Notas Finais


Ate o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...