História Raptada - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Wilmer Valderrama
Personagens Demi Lovato, Wilmer Valderrama
Tags Demi Lovato, Dilmer, Marissa, Wilmer Valderrama
Exibições 68
Palavras 313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora



Capítulo 35 - Longe do seu mal humor.


Duas semanas haviam passado, Demi e eu trocávamos poucas palavras e na maioria das vezes terminava com berros da Demi, choros e me fazendo dormir no sofá com mais frequência. Marissa vinha de três á quatro dias por semana, ate mesmo Callahan não "suportava" as mudanças de humor de Demi e pior que ate pro Batman havia sobrado.

--- Boa sorte! - Callahan falou, frustrada.

--- Te expulsou de novo? - ela assentiu.

--- Precisam começar urgentemente com a psicologa.

--- Ela não quer. - suspirei. --- Tô cansado de brigar com ela.

--- Sei que sim...mas vocês precisam procurar ajuda.

--- Vou marcar uma consulta.

--- Ok! - ela deu de ombros e fez um carinho no Batman. --- Faça um chocolate quente com marshellow, ela irá gostar, ta frio e pode acontecer de vocês terem um momento sozinhos. - ela cruzou os dedos.

--- Gracias! - sorri de leve.

--- Me ligue qualquer coisa, ok? - assenti e Callahan partiu.

--- Sobrou para nós amigão. - ele latiu e fiz um carinho em sua cabeça.

Levantei e ele me seguiu. Fiz o que Marissa falou e subi, Batman me acompanhou, mas voltou assim que ouvimos Demi berrar.

--- Medroso!- revirei os olhos. - entrei e fingiu não me ver. --- Trouxe chocolate quente.

--- Cadê o Batman?

--- Na sala, acho.

---Como assim acha? Nem pra olhar nosso filho você presta.

--- Desisto! - bufei, coloquei a bandeja na cama e já ia saindo.

--- Onde vai?

--- Qualquer canto longe de você e seu mal humor.

Saí e ouvi um palavrão. Peguei a carteira e as chaves e saí dali. Entrei no carro e peguei o celular, disquei o número e aguardei.

" Podemos nos encontrar? - uma pausa. --- Ok! Onde? - pausa. --- Ótimo! Me passa o endereço?!- outra pausa. --- Ok, em vinte minutos estarei aí. "


Notas Finais


Não me matem U.u! Ate semana que vem !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...