História Rascunhos Perdidos de Kishimoto - Capítulo 87


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Jiraiya, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju, Yamato
Tags Ação, Naruhina, Revelaçoes, Romance, Sasusaku
Exibições 31
Palavras 1.750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yo, minna-san!

Um pequeno atraso na postagem, gomen, ontem nosso capítulo já encontrava-se pronto, porém quis dar mais uma revisadinha :3
Pois pela semana inteira estive escrevendo entre os intervalos de um afazer e outro, o que me fez pensar numa necessária revisão (e o domingo foi curto pra quem ficou de ressaca dormindo até tarde u.u), desculpas de lado, finalmente está revisada e postada...

Espero que gostem, e, boa leitura!!!

Capítulo 87 - Atrito


De repente, uma tempestade de areia empurra Tsuki pra longe que logo sente ser presa em algo, o outro ser encapuzado era Takashi, que corre ao seu socorro, porém é preso pela areia.
- Gaara! - exclama Naruto ao vê-lo se aproximar.
- Reforços? - reclama Orochimaru recebendo um golpe de Kabuto.
- Bom te ver, Naruto! - cumprimenta o Kazekage.
- Todos aqui? - Sasuke pergunta.
- Sim! - Naruto assente positivo.
- Ótimo, vamos começar!
Com a seiji presa, os outros dois afastados, Orochimaru sente-se encurralado, mas:
- Não fugirei, posso enfrenta-los. - sorri maléfico.
- Desista, Orochimaru, não tem como nos vencer... - fala Sasuke.
- Sasuke-kun, deveria saber que não podia confiar em você novamente.
- Tem o meu respeito por ser tão sábio, mas você é uma ameaça a Konoha, e como aldeão devo erradica-lo.
- Entendo, Sasuke-kun nunca será fiel a mim... - conclui o vilão, que parecia conformado.
- Exato! - confirma o Uchiha.
- Então, deverá ser aniquilado, assim como os outros! - a expressão do sannin muda, nos seus olhos se via ódio, faz clones de si e parte para lutar com cada um que estava presente, inclusive, seu alvo primordial era Shikamaru, pois pretendia libertar a seiji para que o ajudasse, e assim o fez, o Nara sentiu-se obrigado a desfazer o jutsu para esquivar-se do clone.
- Mais de um pode entrar nessa brincadeira! - Naruto se anima e também faz clones.
Nesse momento, o Uchiha agiria, se não fosse por um chamado telepático.
- Sasuke-kun, me ajude!
"Tsuki?", indagou o ninja mentalmente, percebeu o tom de sua voz abafada e fraca.
- Kabuto, venha comigo! - Sasuke chama e separa-se dos demais.
- Não vão a lugar nenhum... - Orochimaru entrou em seu caminho, mas os clones de Naruto interromperam.
- Vai! - exclamou um clone Uzumaki.
Sasuke e Kabuto assentem e correm floresta a dentro.
******************************************
- Vamos ver o que pegamos, ne, Kuroari! - exclama Kankuro sorrindo vitorioso, abrindo apenas as duas primeiras fileiras da marionete, quando observa atentamente percebe de quem se tratara e isso o deixa estático.
Tsuki ainda desorientada por conta do impacto do ataque, levantava o rosto devagar e ao restabelecer sua consciência por completo, vê a face surpresa do ninja da areia.
- Nos encontramos novamente, ne? - ela conseguiu falar um pouco decepcionada de si.
- Começo a entender o porquê sua vila pensa estar morta. - diz Kankuro sem retirar os olhos da garota.
- Está entendendo tudo errado! - exclama Tsuki.
- Não, estar ao lado de Orochimaru já é explicação suficiente, e motivo válido para te executar... - o garoto diz mostrando-se indiferente e fecha as duas fileiras que havia aberto.
- Espere, Kankuro!
- NÃO ME CHAME PELO NOME! - grita irritado.
- Está cometendo um engano...
- Adeus! - foi a última palavra emitida pelo garoto de Suna, antes de iniciar o massacre com as armadilhas internas da marionete.
Sasuke e Kabuto chegam para interferir.
- Pare, Kankuro! - pede o Uchiha.
- Nani? - pergunta confuso.
- Ela é uma de nós! - afirma Sasuke.
- O quê? - indaga surpreso.
- Rápido! - insiste.
Kankuro engole a seco e abre Kuroari, libertando Tsuki, que cai enfraquecida no chão e a ponto de desmaiar, de acordo com o diagnóstico de Kabuto.
- Ela ficará bem? - pergunta Sasuke.
- Sim, mais um pouco e não sobreviveria..
- Que droga, ela era de grande importância para o plano. - reclama o Uchiha.
- Cuidarei pra que se fortaleça, volte a luta, Sasuke, Orochimaru é esperto e ainda tem aquela Akiyama. - diz o Yakushi.
- Tem razão! - concorda Sasuke partindo.
- Também irei... - diz Kankuro.
- Fique, devo manter minha atenção em Tsuki-san, então me dê cobertura. - pede Kabuto.
- Ah, está bem! - concordou o ninja da areia sentindo-se um pouco culpado.
Passado alguns minutos, Kabuto levanta-se e diz:
- Pronto, logo ela acordará, voltarei para ajudar Sasuke, não tire os olhos dela!
- Mas... - questionava o rapaz, quando é interrompido.
- Você foi o causador do estado em que ela se encontra.
- Tsc... - reclama, mas aceita a condição e se aproxima de Tsuki.
- Arigatou! - agradece sarcasticamente o Yakushi, partindo.
"Ótimo, agora ficarei de babá enquanto os outros se divertem lutando!", pensava Kankuro, cumprindo o que lhe fora pedido.
******************************************
Sasuke on:
Voltei ao campo onde lutavam e parei alguns instantes para observar em que situação estávamos.
Naruto parecia brincar com Orochimaru, Ayame havia sido libertada da sombra de Shikamaru, que tinha a ajuda de Temari e o Kazekage, Sai e Yamato haviam sido pegos pelo genjutsu de Tsuki e estavam fora, analisando assim, nossa situação não estava tão favorável, a seiji era mais forte do que pensávamos e logo venceria.
Tsuki teria um papel importante na estratégia, com seu Kekkei Genkai prenderia a Akiyama até que seu tempo de chakra terminasse facilitando a captura de Orochimaru, portanto, o sucesso da missão.
A única que poderia ocupar essa posição seria a seiji de Konoha, me aproximei de Naruto e perguntei:
- Onde está a Emi? - desviando de um golpe de Orochimaru.
- Ah, Kakashi-sensei não autorizou sua vinda.
- Tsc... por que? - não conseguia entender o motivo.
- Como posso explicar... - Naruto parou coçando a cabeça, pensando, baka, foi atingido pelo oponente.
- São tão confiantes assim? - Orochimaru questionou, provocando, tsc, ele tinha razão, estávamos muito despreocupados.
Critiquei o Naruto, mas estava fazendo o mesmo, a quanto tempo não lutamos juntos, e agora que temos a oportunidade, queremos nos divertir, o quão idiota eu também posso ser? Ria de mim mesmo por isso, o encarei e usando meu sharingan lutaria sério a partir de agora.
Consegui golpeá-lo, jogando-o pra longe, Naruto levantou e me parabenizou:
- Ainda está em forma!
- Idiota! - o xinguei. 
Sasuke off.
Ayame desviava-se das investidas de Shikamaru enquanto mantinha-se envolta de um campo de força que ricocheteava os ataques de Temari e Gaara.
- Droga, assim não vai ter fim. - a kunoichi reclamou assim que parou ao lado do Nara.
- Isso é uma chatice, mas continuem, um pouco mais e estará presa novamente... - falou confiante o ninja.
- Se você diz... - ela dá com os ombros e colabora mais uma vez com o irmão, juntos eles formaram uma tempestade de areia, que distanciou a seiji de Orochimaru, logo Temari se aproximou em meio a tempestade criada e iria atacar com Taijutsu, porém, a Akiyama havia se adiantado, ela também conseguia invocar parcialmente o tigre cujo fez contrato, e com isso conseguia enxergar todo o ambiente, assim como antecipar os ataques, golpeou a kunoichi de Suna primeiro, pegando-na pelo pescoço e levando-na ao chão.
A tempestade cessou e o que conseguiram ver foi Ayame jogando pra longe o corpo derrotado de Temari.
- Menos um! Hahaha. - ela sorria freneticamente.
Essa cena despertou tamanha fúria visível em Shikamaru, se causara em Gaara, o mesmo se manteve calmo e ajudou o Nara a alcançar seu objetivo, formando uma onda de areia, levou-o rapidamente para o outro lado.
- Errou o alvo, Kazekage! - provocou Ayame.
- Isso é o que você pensa... - respondeu Shikamaru por trás da garota, executando seu jutsu por completo.
- Não pode ser! - exclamou irritada.
- Estava tão confiante que nem percebeu... - provocou Shikamaru, ameaçando logo depois - agora, pagará pelo que fez a Temari.
- Gomen, ela era sua namoradinha? - retrucou sarcástica.
- Tsc, como pode provocar mesmo estando em desvantagem? - indagou o Nara.
- Haha, não é simples? Sou superior a vocês, não podem me derrotar! - sorria a oponente.
Shikamaru respira fundo, pega uma kunai e segura rente ao pescoço.
- E agora? - ele perguntou e ela fazia o mesmo movimento.
- Não seja tolo, se matará! - o alertou nervosa.
- Preocupe-se apenas com você.
A Akiyama abriu um sorriso de canto malicioso e simplesmente girou a kunai na mão e andou livremente.
- Mas, como...?
- Falar que sou superior não vale, ne? Tinha que me deixar demonstrar... vou explicar, - a expressão da garota era de tédio - me acostumei com o seu jutsu, não é culpa sua, sem frustrações, tá? E nada pessoal, mas vocês estão ATRAPALHANDO! - a seiji grita a última parte atacando o Nara com uma bolha de ar gigante, o que o tira da luta, vira-se para Gaara e diz sorridente - Menos dois!
O Kazekage franzi o cenho, respira fundo e se tranquiliza, analisando o oponente.
******************************************
Kabuto on:
Lá estão eles, brincando com Orochimaru, mas ficarão bem!
Estou mais preocupado com aquela garota que luta com o Kazekage, ela é extremamente fria, não temos conhecimento dos seus jutsus, sem falar que é muito habilidosa, derrubou dois ninjas de elite e agora se encontra frente a frente com Gaara confiante, tenho que fazer algo, mas daqui não posso fazer muito, tratarei dos feridos enquanto essa luta me da um pouco mais de tempo, no meu modo sennin ela não poderá me vencer!
Kabuto off.
******************************************
- Sakura! - Emi chama a Haruno na recepção do hospital.
- O que aconteceu? Está sentindo-se bem? - pergunta a médica já colocando um termômetro na boca, e verificando os olhos da seiji.
- Haha, não é isso. - a esposa do Hokage retira o termômetro e segura nas mãos da amiga. - Quero que me acompanhe...
- Pra onde iremos? - questiona confusa.
- Encontrar com o Sasuke!
- Não, Emi, não quero vê-lo, não sei do que sou capaz de fazer ao encontrá-lo...
- Você não tem escolha, é uma ordem direta minha, sou esposa do Hokage, esqueceu? - avisa puxando a Haruno pelo braço.
- Espera! - Sakura pede puxando seu corpo para o lado contrário, retira o jaleco e acompanha a Akiyama. - Pronto, agora podemos ir.
Emi sorri, caminham até a entrada/saída da vila, a seiji acena para os vigilantes e as duas partem.
Chegando mais a frente, Sakura concluí:
- Kakashi-sensei não sabe que estamos indo, ne?
- Claro que não, ele não daria autorização! - ela responde despreocupada.
- Isso não vai acabar bem... - sussurra a Haruno.
- Relaxa, eu assumo a responsabilidade! - Emi sorri.
- Por que está fazendo isso? - indaga preocupada.
- Porque ela estará lá! - diz a Akiyama pensando em Ayame.
Ambas apressaram-se, Emi sabia qual seria o ponto onde se encontrariam.
 


Notas Finais


A luta entre mocinhos e vilões começou, quem diria que Tsuki seria aliada e que logo de início iria ser atacada tão ferozmente...
O que será que acontecerá na luta de Gaara x Ayame, Orochimaru x Naruto e Sasuke?
Qual será a participação de Kabuto, Emi e Sakura?
Onde e como estão Sai e Yamato?
Humm.. muitas perguntas a serem respondidas, então não deixem de acompanhar os próximos capítulos!!!
~Mata ne~
Bjs, :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...