História Raven (Interativa) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Crazy, Drogas, Lutinhas, Mais Treta, Sangue, Suspense, Treta, Treta Dnv, Violencia
Visualizações 22
Palavras 873
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi, ola, tudo bem com vcs?
Como foi o halloween?
O meu foi fodastico c:
Bom, vms ler

Capítulo 22 - Blecaute


Dias se passaram, Hildegard, Sage e Tenshi conversavam baixo, aquilo se tornara um hábito.
A morena desejava sair daquele lugar, salvar seus amigos, fazer o que Black lhe pediu em wonderland.
Sua mãe havia aparecido para ela em seus sonhos, lhe dado armas e lhe explicado o que deveria fazer.
O anjo e o demônio a ajudavam com o que pudessem, espiando os médicos, recolhendo informações, roubando objetos, etc.
Eram exatamente 03:07 da madrugada, as luzes de todo o manicômio se apagaram, a energia caiu, era um blecaute!
As celas se abriram e os jovens, confusos, saíram devagar, olhando em volta, Hildy tirou uma lanterna do bolso de seu vestido vermelho escarlate, a ligou, iluminando o corredor e fazendo sinal de silêncio.

-Me sigam! -sussurrou, indo em direção á porta branca que levava para outro corredor.

Os jovens e os anjos/demônio a seguiram em silencio, ela parou em frente a porta e se virou para eles outra vez, enfiando a mão no bolso, tirando alguns frascos brilhantes de dentro.

-Aqui, peguem! Velocidade pra Jas e Pra San - disse entregando um frasco amarelado para Saniize e outro para Jasmine - Força pro Ori e pra Emma - Entregou um frasco avermelhado pra cada um dos dois jovens - Telecinesia pra Anne e pra Aly - Entregou um frasco azul pra morena e outro pra loira - E por fim, poder de fogo pra mim -exibiu um frasco alaranjado.

-Ei! Porque você ganha poder de fogo? -Orihara Sussurrou.

-Porque eu não me dou bem com superforça, hipervelocidade e nem telecinesia, então Mama me deu esse! - Hildy respondeu.

-Para de reclamar Betelgeuse! - Kiwazawa deu um peteleco no ombro do mais velho.

-Ok, bebam logo - Hildy destampou o frasco e bebeu o liquido que havia ali dentro, os outros a imitaram e então ela abriu a porta.

O corredor à sua frente era semelhante ao que ficaram internados, a única diferença eram as manchas de sangue em uma das paredes e os ossos numa das celas.

-O que será que aconteceu aqui? - Tenshi sussurrou.

-Não sei, mas não quero descobrir! - Sage respondeu.

-Acho que eram os internos antigos... - Aly sussurrou.

Os jovens avançaram pelo corredor rapidamente, abrindo a porta no final, um frio percorreu suas espinhas e então Hildegard alertou:

-Estejam preparados para o que quer que esteja do outro lado desta porta! - os jovens assentiram e então a garota iluminou o corredor à sua frente, esperando encontrar um monstro, mas tudo o que viram foi... Nada.

-Estranho... - Jasmine sussurrou.

-Esperem! Não vamos por aí! - Anne alertou. - Tem algo aí, eu sinto isso, é uma armadilha!

-Ja! - Hildegard fechou a porta e ouviu um baque surdo vir do corredor para o qual ela levava, engoliu em seco e então olhou para Anne. - Vamos por onde então?

-Por ali. - apontou para o duto de ventilação no teto. - vou levitar vocês, Alyssa, pode me ajudar?

-Sí! - A morena sorriu e segurou a mão da mais nova, as duas fecharam os olhos e concentraram-se em ajudar os amigos, logo, estes começaram a flutuar, indo na direção do duto de ventilação.

Ao alcançarem e entrarem no duto, as duas jovens os seguiram, Hildy ia na frente, iluminando o caminho.
Passaram pelo que pareciam ser inúmeras salas, onde haviam várias espécimes do que pareciam ser coelhos e gatos gigantes, sem entender nada, apenas seguiram seu caminho, em silêncio desta vez, chegando ao fim dos dutos, Hildy abriu uma das grades e desceu para o hall de entrada da Mansão/Manicômio, seguida pelos outros jovens, se dirigiu até a porta, onde havia um envelope azul colado, o pegou e abriu, tirando uma carta de dentro, começou a ler.

-Parabéns, Srtas. O'Connell, Kroll, Kiwazawa, Lidermann, Merano, Riders e Sr. Lamperouge! Vocês chegaram ao final do jogo! Estão livres para ir agora, suas vidas lhes serão restituídas e estarão livres assim que saírem por esta porta, obrigada por jogar!

Atenciosamente, Ronald Grayback Strauss, Aleister Claude e.. Nyan Black Angel Phantomhive...

Ela releu o ultimo nome perplexa, olhou para os amigos

-Blck estava por trás disso tudo?

-Hildy.. Ela era mantida prisioneira aqui, deve ter sido obrigada, ela era só uma criança, e está morta agora -Sanii sussurrou.

-Entendo... Monstros.. Usando uma criança... -Hildy xingou, e então guardou a carta no bolso do vestido, puxou as portas pesadas de mogno, as abrindo, á sua frente, estava um jardim cheio de lírios e um caminho de pedras polidas e a cidadezinha lá em baixo.

-É isso... Estamos... Livres...

-O ultimo a chegar na cidade é um ovo podre! - Orihara riu e saiu correndo, feliz, seguido por Emma e Jasmine, Hildy os seguiu rápido, esquecendo a mansão, sua prisão, Aly, Anne, Sanii, Tenshi, e Sage correram logo atrás, rindo e gritando.

O lobo e a raposa surgiram de trás de uma moita e observaram os jovens, em silencio.

De uma janela do ultimo andar da mansão, Black os olhava, um sorriso iluminou seu rosto.

-Adeus... Sanii... - acenou, mesmo sabendo que a outra não a veria, o demônio se aproximou, seguido pelo doutor.

-Hora de reiniciar o jogo, my lady?

-Ainda não... Espere até que eles estejam bem longe...

-Yes, My lady.


Notas Finais


Bem, antes q perguntem, não, esse n e o ultimo cap.
Ainda tem coisas pra esclarecer.
Bem, esse cap ficou menor doq eu esperava, mas fiz o possível, logo a fic vai acabar, e vcs estarão livres de mim.
Beijos no kokoro

Amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...