História Razões para existir - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno
Tags Depressão, Naruto, Sakura
Visualizações 5
Palavras 433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Melancholy


▪Tristeza profunda

▪Distúrbio de sono

▪Pensamentos negativos

▪Desinteresse e apatia 

▪Baixa autoestima 

▪Desleixo com a aparência 

▪Dores físicas 

▪Isolamento 

▪Rejeição 

▪Irritabilidade 

▪Choro frequente 

▪Mudanças comportamentais bruscas

▪Rejeição a determinados assuntos 

▪Falta de vontade de fazer atividades simples

Eu demorei cerca de um ano para aceitar que estava com Transtorno Depressivo ou como é popularmente chamado depressão. 

Quando eu tinha 15 anos,fui obrigada a sair da zona de conforto denominada infância e fui arremessada em um mundo novo,onde o álcool, as drogas,o sexo se faziam presentes em cada corredor do ensino médio,as poucas amigas que eu tinha já namoravam ou ao menos tinham um crush em alguém. 

Mas eu não me sentia parte disso,desse universo novo,eu não me sentia bem quando estava com meus amigos,eu preferia a solidão do meu quarto e os romances dos meus livros.

Eu sempre fui insegura em relação a minha aparência, eu não era com a minha melhor amiga Yamanaka Ino,eu não era bonita,não tinha um corpo legal,meus peitos eram pequenos demais para minha idade,meu rosto era totalmente desproporcional, minha testa era enorme e de uns anos para cá meu nariz tem crescido mais do que deveria.

No geral,eu era feia.

E já havia aceitado isso,mesmo minha mãe e meus amigos me dizendo o contrário eu me olhava no espelho e tinha a certeza,que Drew sempre esteve certa,eu não era boa o bastante,não era bonita o bastante. 

Ninguém iria me querer. 

Essa minha insegurança me fez me afastar de todos os possíveis pretendentes que cruzaram a minha vida.

Quando Drew se mudou de cidade eu pensei que as coisas melhorariam para mim.

Afinal o meu carrasco estava indo embora.

Mas quando ela foi, eu percebi que o meu carrasco era eu mesma.

Perdi muitos quilos,de magra,passei a ser esquelética. 

Perdi o pouco de corpo que ainda tinha,mas quando me olhava no espelho eu me via gorda,com o rosto ridiculamente grande...

Nesse momento eu percebi que estava ficando anoréxica. 

Meu avô morreu no mesmo ano.

Com 16 anos,eu comecei a pensar em uma maneira de desaparecer, eu queria fugir dos meus problemas, da pressão de ser filha de quem eu era,meus pais eram médicos renomados na pequena cidade onde vivia e eu como filha única era obrigada a segui o legado da família. 

Mas eu não queria aquilo,não queria salvar vidas,não queria ser o orgulho da minha família. ..

Eu só queria conseguir viver, superar meus próprios medos e inseguranças, me apaixonar, mas eu não conseguia e com o decorrer dos meses eu me isolei ainda mais,eu vivia melancólica, não saia mais de casa,chorava compulsivamente sem nenhum motivo aparente,além de meus próprios pensamentos. 

Me sentia acabada.

E no final de tudo eu fui diagnosticada com depressão. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...