História Real - segunda temporada de Dream - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Barbara Palvin, Dream, Justin Bieber
Visualizações 157
Palavras 1.197
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem angel's 💙 ALERTA DE CAP FOFO

Capítulo 18 - Melhor parte de mim


Acariciei as costas  de Aliya, enquanto ela dormia serenamente. Estávamos a poucos dias do dia marcado para o nascimento dos trigêmeos, o que estava deixando Aliya nervosa e irritada, tento ao máximo deixar ela tranquila, pois o médico disse que isso pode fazer com que os bebês nasçam antes.

-Justin - Aliya resmungou se Mexendo na cama, me tirando os meus pensamentos.

-Amor? - ela resmungou novamente, me deixando preocupado.

-Doi - encarei sua barriga, e logo vi o lençol manchado de sangue, me levantei correndo.

-Forbes, arrume o carro e ligue para o Dr. Carter - fui até Aliya, vendo que ela chorando me deixando mais nervoso. - fique calma ok? - ela assentiu, a peguei no colo, agradecendo  por não termos ido dormir sem roupas hoje. - pegue as malas dos bebês e me encontre no hospital - me sentei no banco de trás com aliya.

-Ele está nos esperando - assenti, vendo ele começar a dirigir.

-Estou com medo de pé… - a cortei.

-Shhhh isso não vai acontecer, estamos chegando ok? - ela assentiu, pousei uma de minhas mãos em sua barriga, e a outra limpando suas lagrimas. - Forbes tem como ir mais rápido?

-Esta maior trânsito cara - ela businou, e colocou a cabeça para fora do carro, gritando algo como mulher grávida, e logo uma guarda de trânsito, abriu caminho entre os carros para nós.

-Nao seriam seus filho, se não…. Aí...chamassem atenção - Aliya sussurrou me fazendo rir levemente.

-Fazer o que são Bieber's - percebi que o carro parou, então  ajudei Aliya a descer do mesmo.

-O que aconteceu? - dr. Carter me ajudou a colocar Aliya na maca.

-estávamos dormindo e derrepente ela acordou com dor e começou a sangrar - ele assentiu.

-Espere aqui - neguei com a cabeça - Justin me de quinze minutos, e eu chamo você para ficar com ela - bufei mas concordei, me encostei na parede.

-Cade Aliya? - encarei robert.

-Eles levaram ela, disseram que já me chamam - ele soltou um suspiro e se sentou no sofá que havia alí.  Meia hora, fazia meia hora que eu não recebia notícia de Aliya.

-Justin, se acalma. - Forbes pediu pela terceira vez.

-nao, minha mulher está lá a mais de quinze…

-SR. Bieber - me virei encarando o enfermeiro, me aproximei dele, ele ficou tenso.

-Cade Aliya? Eu quero ver ela?

-Dr. carter, está preparando ela para o parto, você gosta…

-claro que sim - gritei fazendo ele assentir, e pedir para segui-lo.

-Como ela está? - Robert perguntou assim que entrei na sala de espera.

-Dormindo - suspirei. Aliya passou cinco horas para ter nosso filhos, foram as horas mais cansativas e felizes das nossas vidas.

-Como eles estão ? - bela perguntou.

-Bem, os três, angel foi um pouco mais difícil mais ela está bem - sorri lembrando dos pequenos, eles eram perfeito.

-podemos vê-los - concordei indo em direção ao berçário.

-Você pode entrar, e os outros olham daqui de fora ? A enfermeira disse, assenti, a segundo - são os do canto - caminhei até eles, sentindo meu coração bater de maneira diferente, batendo  por eles agora.

-Parece que essa cara, não está com sono - encarei a pulseira em seu bracinho, vendo que era enzo, sorri, olhando seus olhos azuis iguais os de Aliya. Depois de mostrar todos eles para o pessoal, fui para o quarto de aliya. Beijei sua testa, fazendo seus olhos se abrirem.

-Justin, cadê nosso bebês- sua voz estava fraca.

-Estao dormindo, faça o mesmo, e amanhã você verá eles - ela concordou com a cabeça, cansada demais para negar.

-Vamos lá angel, abra seus olhos pro papai - pedi pela última vez. Enzo e henzi já haviam aberto seus olhos, Enzo tinha os olhos de Aliya, enquanto henri tinha os meus, e bom estávamos esperando para ver qual seria o de Angel.

-Se for igual ao seu, vamos fazer outro filho para ficar igual - Aliya me encarou indignada.

-Entao procure outra mulher, chega de filhos para nós - ela murmurou, enquanto dava de mamar para Enzo.

-só mais um amor - pedi, e elas negou me fazendo bufar, riso fraco me fez olhar para meus braços, onde estava angel e Henri. - Deus - sussurrei olhando os olhos de angel, me levantei, colocando Henri na cama, e me aproximando de Aliya com angel.

-Sao lindos - ela sussurrou, os olhos de angel eram castanhos azulados, a mistura perfeita dos meus  com os de aliya. Eu e Aliya estávamos olhando os três, que estavam um do lado do outro na cama dormindo.

-eles são lindos - sussurrei, acariciando a mãozinha de Henri que segurava meu dedo indicador.

-Sim - encarei Aliya.

-Obrigado - me estiquei selando seus lábios - você me deu o melhor presente que eu poderia querer, e eu amo muito você - ela sorriu.

-Eu também amo você - selei seus lábios novamente.

Um mês depois.

-Shhhh princesa - pedi, assim que ela começou a chorar, todos estavam dormindo, e Aliya não dormia a mais de duas noites, então hoje deixaria ela dormir até mais tarde, angel era a mais agitada dos três, e manhosa também, chorava por qualquer coisa.

- vamos tomar banho? - ela parou de chorar na hora, me fazendo rir. De uma forma estranha angel amava tomar banho, diferente de Enzo e henri, que abriam a boca a chorar. Depois de que terminei de dar banho em angel, desci as escadas com ela no colo.

-Vamos ver o que está passando na tv- ela me olhava atentamente, me fazendo sorrir, me deitei no sofá, colocando ela em meu peito, acariciando suas costas, em poucos minutos ela estava dormindo. Aliya desceu as escadas correndo.

-angel, está aqui - assenti, mostrando angel deitada no sofá, com as almofadas em sua volta, ela suspirou.

-Enzo e he…

-Estao dormindo também, agora venha aqui - mandei, ela caminhou até mim, se sentando em meu colo - relaxe ok? - segurei sua nuca, puxando ela para um beijo calmo, que me deixou excitado. Desde que os bebês nasceram nós não tínhamos tempo para nós, Aliya sempre me aliviada mas eu sentia falta de ter seu corpo.

-Jus… - ela arfou, me deixando mais louco ainda, estava pronto para tirar minha camisa dela e chupar seus seios quando o choro vindo do segundo andar.

-Eu vou - tirei Aliya de meu colo com cuidado - leve angel - pedi, e ela assentiu, em poucos minutos estava no quarto deles. - seu empata foda - peguei Enzo, que parou de chorar no mesmo momento.

-Ola chorão - Aliya sussurrou, beijado a bochechas de Enzo, e colocando angel no berço. - olha quem está acordado - Henri era o mais tranquilo dos três, era difícil ve-lo chorar, peguei Henri dando Enzo para Aliya da de mamar.

-prometo ajudar você a fugir a noite para comer as gatinhas cara - sussurrei para henri, e ele sorriu banguela, me fazendo rir.

-Eu ouvi Bieber.

-Olha só, Sra. Bieber você não pode me negar sexo e ficar jogando esses peitos na minha cara - mudei de assunto fazendo ela rir. Ela me entregou   enzo que estavam quase dormindo e pegou Henri, que segurou seu peito possessivamente, Henri até agora era o mais apegado a Aliya, e era um dos motivos que o faziam chora, o colo da mãe. Eles eram a melhor parte de mim.


Notas Finais


Estou escrevendo pelo celular, então desculpa qualquer erro.

Aaaaaáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa eles nasceram 💚💚💚💚

Comentem 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...