História Realidade Dolorida - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Kizashi Haruno, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Assassinato, Drama, Drogas, Madasaku, Traição
Exibições 44
Palavras 1.339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oioi gente ;3 Aqui mais um capítulo quentinho para voces <3 Boa leitura <3

Capítulo 5 - My best


Fanfic / Fanfiction Realidade Dolorida - Capítulo 5 - My best

Fiquei a espera da ligação do Madara...Será que ele ia mesmo me ligar? E se ele esqueceu...? Estava tão perdida em meus pensamentos que não percebi o celular tocar, meu coração disparou e eu fiquei paralisada...E se for ele? O que eu digo...?

Peguei meu celular e logo atendi na expectativa de ser meu moreno...

- Testuda!!! Estou morrendo de saudades amiga! – Era só a Ino...Mas ainda sim, era melhor do que nada. –

- Também estou morrendo de saudades, vem aqui em casa...Dorme aqui, o que acha?

- Aaahh!!! Claro testuda, em dois minutos eu to ai, fui. – A mesma desligou sem mesmo me deixar responder. –

Fiquei desapontada por não ser ele...Mas tudo bem, pelo menos terei a minha amiga...Ino foi e ainda é uma amigona...Ela não sabe o que acontece na minha vida aqui dentro dessa casa, mas ela entende o meu lado e disse que vai esperar eu estar pronta pra desabafar...

E por um momento, varias lembranças vieram a minha cabeça...Como no primeiro dia que a vi, estava chovendo e eu estava andando com meu irmão vindo da sorveteria...Ela estava chorando...Tinha se perdido da mãe dela...Meu irmão e eu ajudamos ela a voltar pra casa e desde então, somos melhores amigas inseparáveis.

Estava distraída em meus pensamentos quando Helena bateu na porta do meu quarto.

- Com licença Haruno, sua amiga escandalosa está aqui.

Como ela ousa chamar a Ino de escandalosa? Ela gosta de me irritar essa mulher, só pode...Mas eu não vou deixar ela falar assim da minha amiga.

- Mas respeito com a minha amiga. Você é apenas a empregada e está aqui pra servir. Respeite seus superiores. – Levantei da cama e passei por ela a olhando de canto e pude ouvi-la resmungar algo. –

Ignorei totalmente aquela mulher e corri pra sala me deparando com uma cabeleira loira.

- Ino! – Corri até ela e a abracei forte. –

- Nossa testuda, até parece que não me vê a anos. – Ela sorriu e me abraçou me apertando. –

- Pra mim foi. – Sorri a puxando pro meu quarto. – Fora que amanhã começa a faculdade...Melhor do que ficar em casa.

- Não sei por que você não gosta Sakura, sua casa é linda, o jardim é lindo...seu quarto então...perfeito!

Realmente...Meu quarto era enorme...Era todo em rosa bebê, o chão era de madeira, minha cama era uma Queen de casal com o lençol rosa e branco, tinha um enorme espelho na parede e um enorme closet também, acima da minha cama havia dois quadros de bailarinas, eu cheguei a fazer aula...mas balé não é pra mim, havia uma coluna do lado da minha cama na cor rosa bem clarinho, quase branco com várias fotos...Tinha só minha, minha e da Ino...Minha e do meu irmão e da família toda unida...Tinha um abajur ao lado da minha cama, do outro lado havia uma pequena mesinha com meu note e uma cadeira de transparente, tinha uma varanda enorme...Uma porta de vidro, também na cor rosa...Um pequeno banco acochoado  perto da porta da varanda, o teto era em gesso com algumas lâmpadas na lateral...

- Pois é... – Sorri de canto e me joguei na cama. –

- E então...Vai me contar o que ta acontecendo? Você está tão abatida...Triste...E eu não sei por que...

- ...Um dia te conto, mas ainda não está na hora.

- Okay...Mas e as novidade?

- Ah! – Me levantei sentando na cama. – Advinha quem voltou.

- Quem? – Ino se sentou na cama me olhando curiosa. –

- Ele...Madara Uchiha...

- OMG! Aquele moreno delícia?!

- Cala a boca escandalosa! – Coloquei a mão na boca da Ino a impedindo de falar mais besteira. –  Mas sim...Ele mesmo. – Tirei minha mão suspirando. –

- Mas me conta...Como foi?

- A gente quase se beijou...

- Quase? Por que quase? Ele recuou?

- Porque o maldito do meu pai atrapalhou tudo.

- Saky...Não fale assim do seu pai...

Não podia contar a ela...Não ainda...Logo a porta se abre e quem entra? Ela mesma...Helena.

- Precisam de alguma coisa meninas?

- Não Helena, obrigada. – Disse Ino educadamente. –

- E você senhorita Haruno?

- Sim, que vá embora dessa casa e nunca mais volte.

Ino me olhou surpresa e depois olhou pra empregada.

- Só quem pode me demitir senhorita, é seu pai. Já que o mesmo me contratou.

- E nós duas sabemos bem o motivo, não é mesmo Helena? – Vi a empregada me olhar surpresa, provavelmente não imaginava que eu sabia toda a verdade. –

- Não entendi o que você quis dizer Senhorita...

- Óbvio que você entendeu. Agora some daqui e não ouse dirigir a palavra a mim. – Helena saiu do meu quarto bufando e Ino me olhava surpresa... –

- Saky....O que foi isso...? Por que a tratou tão mal?

- Tenho meus motivos Ino. Logo você vai descobrir. – Respirei fundo e tratei de mudar de assunto. – Vamos pra piscina?

- Vamos! – Ino tinha os olhos brilhando, como era fácil mudar de assunto com ela. –

Colocamos nossos biquínis e fomos em direção a piscina, ficamos a tarde toda jogando conversa fora e nadando...Logo meu irmão chegou em casa, nos viu na piscina e foi nos atormentar...

- Opa loira...Ta linda hen, ta mais gostosa...Oh na minha cama. – Meu irmão mordia o lábio olhando pra Ino como se ela fosse uma presa indefesa. –

- O-Obrigada Yukio... – Ino estava mais corada do que um tomate, eu tinha que acabar com isso. –

- Não mexe com a Ino. Fica longe dela.

- Ah maninha...Não posso me divertir com ela?

- Como se diverte com a... – Olhei pra Ino que me olhava curiosa, voltei o olhar pra Yukio que me olhava com raiva. – Com as putas que trás pra casa?

- Tsc...Um dia Sakura, você não vai estar perto pra proteger sua amiguinha e ela será minha. – O mesmo olhou pra Ino e piscou. – Cuidado loirinha.

Meu irmão entrou na mansão sumindo de nossas vistas, Ino me olhava assustada...Ai meu deus...E agora...?

- S-Saky...O que ele quis dizer com isso...?

- Nada...Já ta tarde...Vamos entrar....E Ino...

- Sim?

- Fica longe dele...Pro seu próprio bem...

- H-Hai...

Nos enxugamos e seguimos pro quarto, trocamos de roupa e pedimos pizza pra jantar, jantamos no meu quarto mesmo e ficamos assistindo series até tarde, até que recebo uma mensagem, pego meu celular um Iphone S6, meu coração quase para...Era ele...

- Ino...

- Humm... – Ino estava completamente vidrada no Dean. –

- É ele...O Madara...

- Sério? Deixa eu vê. – A mesma pegou o celular da minha mão lendo a mensagem. –

Oi minha pequena...Desculpa não ter ligado, eu estava exausto da viagem e acabei dormindo...Acabei de acorda...

- Ai meu deus Saky! Responde logo! – Ino me entregou o celular e digitei um pouco nervosa. –

Tudo bem Mada-kun...Eu entendo.

Enviei a mensagem e em questão de segundos ele respondeu.

Amanhã começa suas aulas...Certo?

Oi? Como assim?

- Menina, esse homem é vidente ou anda te vigiando...Só pode.

- To nervosa Ino...

- Aff, me da isso Saky. – Ino pegou meu celular respondendo a mensagem. –

Como você sabe disso? Sim, será bom, pois ficarei menos tempo em casa...Por que?

Logo em seguida ele respondeu.

Tenho meus informantes. Posso lhe levar?

 Fiquei pasma...

- Aceita Saky!

- Certo.

Pode, mas eu estou com uma amiga...Tem problema?

Claro que não princesa.

Certo...Pode me pegar que horário?

As 7 estarei ai.

Tudo bem, boa noite Mada-Kun...

Boa noite minha flor. Durma bem, beijos.

Olhei pra Ino e a mesma me dava um sorriso malicioso.

- Uiiiii!!! Ele quer seu corpo nú, Saky!

- Para com isso Ino – Estava totalmente corada. –

- Hahaha Vai dar casamento e eu serei madrinha.

- Okay okay, agora vamos dormir que ta tarde.

- Okay mamãe

Desliguei tudo sorrindo, Ino me ajudou a levar as coisas pra cozinha e coloquei encima da mesa, um pouco de trabalho pra vagaba não faz mal. Voltamos pro meu quarto, Ino se jogou na minha cama, desliguei a luz e deitei pensando num certo moreno...Será que ele gosta de mim...? Bom...Eu vou descobrir isso amanhã...Amanhã irei descobrir...Acabei pegando no sono...Amanhã seria um grande dia...


Notas Finais


Deixem seus comentários <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...