História Reason of Happiness - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kamigami no Asobi
Personagens Balder Hringhorni, Hades Aidoneus, Loki Laevatein, Personagens Originais, Thor Megingjard, Yui Kusanagi
Exibições 20
Palavras 1.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Sentimentos


Fanfic / Fanfiction Reason of Happiness - Capítulo 3 - Sentimentos

Pov's Selene On

Acordei devagar com vozes a meu redor. Fui abrindo meus olhos devagar e vi Takeru e Yui a nos encararem.

-Eles dormiram juntos? -perguntou Yui.

-Ele gosta tanto dela para deixa lá dormir a seu lado. -disse Takeru.

Voltei a fechar os olhos mas sem adormecer. Apenas não queria sair de onde estava. Senri uma mão acariciando meu cabelo. Olhei para cima e vi que Tsukito estava acordado. Ele me encara e sorri.

-Bom dia Selene-San.

-Bom dia Tsukito-San. -disse sorrindo.

-O que vocês estão fazendo aqui? -perguntou Tsukito para Takeru e Yui.

-Porque você dormiu com ela? -perguntou Yui.

-Porque eu quis. -disse Tsukito.

-Mas maninho... Você disse que não gostava dela... Logo quem devia dormir com ela era eu. -disse tentando provocar Tsukito.

Ele me abraçou forte.

-Maninho... Isso não é justo... -disse. -Você disse que não gostava dela.

-Eu não disse isso. -disse Tsukito.

-Pois não, mas vice não respondeu por isso é como se fosse um não. -disse.

-Se eu responder você para de me chatear? -perguntou.

-Sim. -disse.

-Então muito bem. -disse se levantando.

Ele estendeu sua mão para mim e eu peguei. Ele me puxa para si e me beija. Eu corei e bloquei. Olhei a volta e Takeru estava normal e Yui estava zangada. Quando nos separamos ele me abraçou.

-Agora parem de me chatear com isso. -disse Tsukito me puxando para fora do quarto.

-Eita... Tsukito-san... Porque você me beijou? -perguntei muito envergonhada.

-Me desculpe pelo atrevimento. Queria que eles me parassem de chatear. -disse.

-Não faz mal... Mas... Eita... Você....

-Hm?

-Você gosta mesmo de mim? Ou você  mentiu só para pararem de chatear?

-Depende... Você gostava que eu gostasse de você ou não?

-Eita... nunca pensei nisso... Acho que---

-Selene-chan. -Disse Apolo vindo até nos.

-Apolo-kun...

-Você quer ir até um parque com a gente? A fada preparou tudo. -Disse sorrindo.

-Claro. -digo sorrindo. -Tsukito-san você também vem?

-Sim. -disse.

-Muito bem vou avisar os outros. Vá se arrumar Selene-San. -disse me empurrando para meu quarto.

Eu tomei banho e me vesti. Coloquei um vestido azul escuro com pequenas bolas brancas que pareciam estrelas e coloquei uns sapatos rasos azuis escuros. Eu vesti um casaco de couro Preto para não se ver as minhas marcas. Como eu sou pálida o azul e o preto ficam muito bem com a minha pele. Coloquei o meu colar e fui la para fora a espera deles. Eles chegaram aos poucos. Primeiro foi Takeru, depois Apolo e Dionísio, seguido de Hades e Tsukito. Logo em seguida três meninos que ainda não conhecia e Yui.

-Selene-San que fofa que você está. Parece uma bonequinha.- disse sorrindo.

-O-obrigado. -disse sorrindo.

-Parece o céu estrelado. -disse Hades.

-É... É o meu vestido favorito. Faz lembrar o céu noturno e isso me acalma. -disse sorrindo.

Ele corou levemente mas virou a cara. Yui estava um pouco com má cara então fui ter com ela.

-Você também está muito linda Yui-chan. -disse sorrindo.

-Obrigado Mene-chan. Eu levo alguns bolos para nos. E fiz uns especiais para você é para o Hades. -disse sorrindo.

-Sério? E quais são? -disse curiosa.

-Bolinhos de arroz com morango. -disse.

-Obrigado Yui-chan. -disse abraçando ela. -Te adoro. Você é mesmo a minha melhor amiga.

Ela sorriu e eu sorri também.

-Você também gosta de bolinhos de arroz com morangos? -perguntou Hades.

-Sim. Minha mãe fazia eles quanto caía e ralava o joelho ou o cotovelo. Ela colocava eles em cima da minha cama com um chá de morango que ela sabia fazer. Depois ficava a ler história sobre Selene e eu ficava imaginando um dia eu ir ter com ela a lua. Imaginava ela poder me ajudar com todos os meus problemas. Minha mãe... Quem me dera voltar o tempo a trás... -disse.

Por momentos tinha me perdido em minhas lembranças e quando acabei de falar acordei.

-M-me desculpe... Eu não queria falar isto tudo... Estava pensando em alto... -disse.

-Você tem saudades de sua mãe, né Mene-chan? -perguntou Yui.

-Sim... Muitas mesmo.

-O que aconteceu a sua mãe? -perguntou Hades.

-Ela morrer com um cancro no pulmão direto. Os médicos queriam por ela ligada a máquinas, mas ela disse que não queria isso. Disse que era mais doloroso para mim e para ela... Eu chorei durante meses... As vezes, quando ninguém está vendo ainda saiem algumas lágrimas. -digo rindo de mim própria.

-Você tinha que idade quando ela morreu? -perguntou Hades.

-Sete anos. Faltavam 8 semanas para o meu aniversário. -Disse.

-Deve ter custado muito. -disse Hades.

-É.... -disse. -Mas vamos esquecer esta conversa. Nos vamos divertir no parque, né? -disse tentando animar.

-Sim. -disse Yui sorrindo.

Começamos a ir em direção ao parque. Hades foi a meu lado.

-Você tem uma foto de sua mãe? -perguntou ele.

-Sim. -disse tirando um.pequeno livro dentro de minha mala. -Aqui. -disse tirando a foto de dentro do livro.

-Mas... Você aqui tem o cabelo branco. -disse Hades confuso.

-É. Ele ficou loiro quando minha mãe morreu. Meu pai dizia que ela era psicopata com a mitologia grega e que de noite me pintava o cabelo de Branco. Eu nunca me queixei.

-Hm. Você já reparou que seus olhos também mudaram? -disse Hades apontando para a foto. -Eles estão brancos.

-Hm? Como assim? -encarei a foto e fiquei confusa. -Estranho... Não me lembro de ter os olhos dessa cor... Também eu raramente me olhava ao espelho... Será que minha mãe colocou lentes em mim?

-Não me parece... -disse Hades. -Foi sua mãe que deu esse colar para você?

-Sim porque?

-Por nada... -disse pensativo.

Chegamos ao parque e Apolo quis experimentar todas as diversões. Primeiro andamos na montanha-russa, depois nos carrinhos, em seguida fomos a uma casa assombrada. No almoço fomos para um parque de merendas que estava dentro do parque. Comemos o que a Yui trouxe. Depois ficamos falando um pouco mas eu quis ir buscar uns gelados. Então me levantei e fui sozinha. Estava uma fila enorme para os gelados, por isso decidi ir a uma barraca de gelados um pouco mais longe. Pedi os gelados e coloquei eles num saco. Quando estava voltando para o parque fui contra uma pessoa. Não a tinha visto se colocar na minha frente. Olhei e vi um rapaz moreno de pele molata e olhos roxos. Tinha a impressão que já o tinha visto em algum lado. Ele olhou para mim e sorriu, como se já não me visse à anos.

-Ka...bara... -disse.

-Quê... -disse confusa.

As pessoas normais não.falam assim, porém eu tinha entendido o que ele disse, não sei muito bem como, era como se já conhecesse aquela língua.

-Você me encontrou? Como assim? Eu nem conheço você. -digo confusa.

-Kabara... Ka bara bara... -disse tristonho.

-Me desculpe... Eu não lembro você... -digo com pena.

-Bara Kabara... -disse me pegando na mão e me puxando.

-Espere... Onde vamos?

-Kaba bara... -disse.

-Ter com quem?? -perguntei confusa.

Ele tinha dito que iríamos ter com o seu Mestre.... Mesmo não percebendo o que ele quis dizer, fui com ele.
Paramos em frente a uma atração do egípcio. Estava um homem de cabelos brancos, pele mulata e olhos roxos. Tinha a sensação que já o conhecia... Já tinha visto ele no meu sonho... Seu nome era Thoth... Thoth-Sama....

-Hoi... Anúbis... Já disse para você não arrastar pessoas com você.

-Kaba kabara bara... -disse. -Babara Kaba....

-Eita... Você está dizendo loucura, CE sabe... Eu não sou deusa nenhuma... -digo.

Thoth olhou para mim admirado.

-Você entendeu o que ele disse?

-Sim... Aprendi... De alguma maneira... -digo confusa.

-Sele... -disse baixinho mas consegui ouvir.

-Hmm? Já nos conhecemos? É que você sabe meu nome e eu sei o seu... Mas não me lembro de alguma vez termos falado...

-Você sabe meu nome? -perguntou confuso.

-Sim... Seu nome é Thoth... Hmm... Não... Thoth-Sama... -digo sorrindo.

-Você é mesmo ela então... -disse admirado.

-Sou quem?

-Selene... Minha pequena... Te encontrei finalmente...

Um ambiente estranho ficou entre nós, como se algo de importante tenha desaparecido de minha memória e eu esteja relembrando novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...