História Reborn (Imagine Taehyung - V) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Taehyung, Jeon Jungkook, Jikook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kookmin, Min Yoongi, Park Jimin, Sope, Yoonseok
Visualizações 78
Palavras 861
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello sweets~

Quem aí morreu quando viu a foto que a Big Hit postou do Jungkook?? Eu trabalho de coveiro no tempo livre se precisarem kkk

Eu mesma tive um treco quando vi aquela belezinha em uma cadeira de rodas; Chorei? Chorei, achei triste ele sentadinho lá.

Voltando a fanfic, tenham uma boa leitura bebês ♡

Capítulo 22 - ▪20▪


Fanfic / Fanfiction Reborn (Imagine Taehyung - V) - Capítulo 22 - ▪20▪

Point of view ____

-Hey Jin!! – Gritava para o garoto que sentava em uma mesa sozinho. – Venha aqui antes que eu vá aí te buscar! – Todos no refeitório olhavam para mim, mas eu não ligava.

- Tem certeza que quer alguém com fama de viciado sentando aqui? – Ele se aproximava.

- Aqui só tem estranho, a principal é a ____, pode sentar.

- Sempre cheio de calúnias pra cima de mim, né senhor faça um bolo pra mim por favor? – Imitava a voz do garoto.

- Você me devia um favor e pagou com o bolo, qual o problema?

- Tá muito abusado Taehyung.

- Vish, eles começaram cedo demais hoje. – Jimin olhava pro namorado.

- Pode ir se acostumando Jin, aqui é assim mesmo. – Dizia para o garoto que sentava ao meu lado.

- Não me ignore ____.

- Ignoro mesmo. – Mostro a língua para Taehyung, e os dias normais voltaram novamente.

.

.

A mesma rotina nos sonhos aconteceu, o Jin criança aparece, diz obrigado e vai para a luz.

E enquanto o dia 15 não chegava eu pensava atentamente em o que fazer no dia da maldição - havia dado tal apelido para o mesmo - pois nesse dia coisas boas não aconteciam. E dessa vez eu precisava impedir Taehyung.

15 de julho,2016

Como na última vez, eu havia conseguido segurar ele em casa, mas dessa vez eu disse que queria fazer maratona de filmes a madrugada toda, assim ele não sairia de perto de mim. E também havia escondido o celular dele no meu quarto, na verdade eu joguei ele embaixo da cama, e desliguei para garantir, afinal quem olha embaixo da cama?

Já era quase 4 horas da manhã e ainda estávamos ali, se a maldição acontecer só no dia 15, pode significar que ele já está livre. Eu estava quase dormindo quando vejo meu amigo se mexer.

- Onde vai? – Pergunto assustada.

- No banheiro. – Ele ri de minha preocupação, mas ela tinha fundamento, ele só não sabia disso.

Point of view Taehyung

Deixo ____ quase dormindo na sala e vou para o banheiro, mas ao passar em frente ao quarto da garota vejo algo refletindo por conta da luz em baixo da cama dela, vou a passos lentos olhar o que ela escondia lá, porém acabo encontrando meu celular.

Então era aqui que você estava; penso.

Pego o aparelho e ligo o mesmo, logo vendo cair algumas mensagens de um número desconhecido. Abro curioso e tudo desmorona.

- Vovó. – Sussurro antes de pular a janela do quarto e sair.

.

.

.

Point of view _____

Acordo com preguiça de abrir os olhos. Espera eu dormi? Taehyung? Pulo e percebo que estava na cama, ele me trouxe aqui? Ele não saiu, não é? Olho no calendário com medo e vejo dia 02 de junho.

Na mesma hora começo a chorar e entrar em desespero, se aquilo não havia dado certo, afinal o que era preciso fazer? Como ele achou o celular? Será que tem alguma força sombria por trás disso? Tudo é possível afinal eu posso voltar na merda do tempo.

Não, não, não, de novo não.

Lembranças do sonho corriam por minha mente, agora eram duas vozes diferentes, mas elas diziam a mesma coisa “eu não consigo viver sem seu amor”.

Com minha mente se quebrando aos poucos eu me arrumo para mais um dia de provas.

.

.

- ____? Você está bem mal, aconteceu algo? – Chimchim se preocupando de novo.

- É as provas. Vamos buscar o Jungkook e o Jin. – Saio na frente e ouço ele dizendo “Eu ia falar isso agora”.

.

.

Jin havia contado que tudo aconteceu no mês de abril, eu já nem tentava mais descobrir sobre essa mudança de datas.

- ____? Sangue no seu nariz.– Taehyung diz preocupado colocando a mão em meu nariz, mas logo eu desmaio em seus braços.

.

.

.

Acordo sentindo alguém segurar minha mão, olho lentamente para o lado e era Taehyung.

- Tae...

- Ela acordou doutora. – Ele olha para a enfermeira da escola.

- Olá ____, eu preciso fazer algumas perguntas, você pode sair Taehyung. – Ouço a porta se fechar e a mulher sentar ao meu lado. – Você esta se alimentando bem?

- Estou. – Digo sincera.

- Está passando por alguma fase difícil?

- Fase difícil?

- Sim, eu acredito que você esteja passando por algum tipo de estresse mental. – Estresse mental, isso definitivamente é culpa das voltas no tempo, mas como contaria isso a ela, seria taxada de louca.

- Eu estou bem, só me preocupei um pouco com as provas. – Tento parecer o mais verdadeira possível.

- Entendi, tente descansar bem, e acalme seus nervos, no futuro isso pode prejudicar sua saúde, se lembre disso.

- Okay. – Saio para fora pensando no que ela disse e vejo todos meus amigos me esperando.

- Você está bem? – Taehyung perguntava aflito.

-O que você tem?

- É grave?

-Você não precisa ir pro hospital? – Fui bombardeada de perguntas.

- Eu estou bem gente, calma, eu só tive uma pequena crise nervosa por causa das provas. – Desculpa pessoal, eu não posso contar a verdade a vocês. – Vamos ir agora?


Notas Finais


Hohoho, efeitos colaterais das viagens no tempo? Tadinha, a cabeça dela deve de tá explodindo.
Desculpe por te fazer sofrer S/n, miane ♡

Ah, e essas teorias do BTS hein? Doces? Flor? Cadeira de rodas? Alice? Não estou entendo mais nada, e novamente estou sendo trouxa por coreanos.
Mas ainda sim, adoro ler as teorias, se você tiver uma, pode me contar, eu leio tá.

Kisses da Tia Bi~♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...