História Recently Divorced - Capítulo 30


Escrita por: ~

Exibições 105
Palavras 1.331
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meus amores ♥
Como vocês estão?
Bom desculpa pela pequena demora, estava em semana de prova, entrega de trabalhos, ou seja, estava completamente enrolada com algumas coisas.

Espero que gostem do capítulo..
Está bem proximo do nascimento dos trigêmeos ♥

Ah e vocês vão entender o Motivo da Hailey está na foto de capa assim que começar a ler.
OBS: não me matem..

Boa Noite

Boa Leitura ♥

Capítulo 30 - Two Months Later


Fanfic / Fanfiction Recently Divorced - Capítulo 30 - Two Months Later

Dois meses depois..

                      Lucy P.O.V

Dois meses se passaram e algumas coisas mudaram tipo o fato de que agora eu não trabalho mais já que os trigêmeos podem nascer a qualquer momento então Karen, e o pessoal achou melhor assim.

Outra coisa que mudou foi o Bieber, não sei que bicho o mordeu mais depois de uma pequena viajem que ele teve que fazer ele voltou estranho, passou a me ignorar e pelo oque as meninas falaram ele agora está namorado uma tal de Vanessa. Confesso que no começo fiquei triste até porque nos beijamos algumas vezes e tal até pensei que ele estava gostando de mim, porém enganos acontecem não é mesmo?

Voltando aos meus filhos que são mais importantes, eles estão muito bem graças a Deus, Juan cresceu e está bem saudável assim como as meninas também. Karen me garantiu que se eu continuar com o repouso correto como estou até agora eu consiga tê-los aos nove meses certinho o que fez meu coração acelerar de tanta felicidade.

Por falar em felicidade além de saber que meus filhos estão melhor, Ryan se recuperou totalmente e o Chris está quase cem por cento, já está dando alguns passos com a ajuda da muleta, ou seja, a cadeira de rodas foi completamente dispensada mês passado. Definitivamente a felicidade está reinando aqui nessa casa.

- advinha quem conseguiu o número do gatinho da padaria. Cait entrou em meu quarto gritando.

- quer que sua afilhada nasça antes da hora? Que susto porra. Falei realmente assustada.

- desculpa meu amor, estou empolgada por ter conseguido o número do gatinho da padaria.

Cait parecia essas adolescentes de 15 anos que consegue se aproximar do cara que é afim

- ótimo agora parte para o próximo passo antes que ele arrume outra melhor que você. Falei e prendi o riso.

- está dizendo que eu sou pouca coisa pra ele? Lucy Smith você ficou louca?

- jamais quis dizer isso amiga, quer fazer um favor pra mim? Estou com muita vontade de comer empadão de camarão pede a Lara pra fazer que eu já vou descer por favor. Falei com a boca salivando

- por isso que está gorda desse jeito. Cait falou rindo e saiu do quarto me deixando rindo sozinha.

Levantei com um pouco de dificuldade afinal não é nada fácil carregar uma barriga com três crianças dentro, não vejo a hora dos meus três anjinhos nascerem logo, quero ver os rostinhos deles, com quem eles vão se parecer, qual vai ser a primeira palavra que eles vão dizer.

Minha mãe quando soube desmaiou na hora, Pattie foi do mesmo jeito, meu pai queria bater no Justin oque foi muito engraçado já o Jeremy não voltou a perturbar pelo menos é isso que vejo até agora.

Longos minutos depois.

Desci as escadas com certo cuidado já que qualquer coisa eu posso cair escada abaixo ai já era né.

- sabe quem não era pra você descer a escada sozinha né. Ryan falou assim que me viu chegar à sala.

- e você sabe que sua afilhada não merece ficar com fome. Meu empadão de camarão já está pronto?

- ainda não, Lara pôs no forno agora. Cait falou vindo da cozinha.

- certo. Alguém pode fazer uma massagem nos meus pés? Falei me sentando no sofá e colocando minha perna pra cima.

Chaz como sempre sendo um anjo sentou-se em minha frente e começou a massagear meus pés que se encontram absurdamente inchado.

                         Ryan P.O.V

Dois meses se passaram e graças a Deus eu já estou totalmente recuperado, assim como o Chris que está quase lá.

De uns tempos pra cá eu e os meninos temos ficado mais aqui na casa da Lucy, do que na nossa, o motivo? Ninguém suporta a nova namorada do Drew na verdade ninguém entende o porquê dele está namorando aquela garota chata.

- Ryan amorzinho? Quer pegar um copo de suco pra mim? Lucy perguntou enquanto o Chaz faz massagem em seus pés.

- só vou pegar porque pode ser um desejo da minha afilhada.

Ela riu assim como o resto do pessoal. Peguei o tal suco dela e voltei pra sala avisando o pessoal que o jantar já estava pronto, oque fez a Lucy colocar os pés no chão em dois tempos.

- vai com calma gordinha. Falei e ajudei a mesma a se levantar.

- sua afilhada e seus sobrinhos que estão me deixando assim agora chega de falar e me leva pra comer.

Caminhamos até a cozinha e nos sentamos junto com o resto do pessoal.

- Cait, larga esse celular agora e coma. Lucy falou brigando com a amiga.

- estou falando com o Gustavo. Cait respondeu e não entendi o porquê mais me deu um pequeno aperto no coração.

- não importa Cait, estamos na hora do jantar, por favor, fala com ele depois. Lucy falou fazendo seu drama.

Ela não curte muito esses lances de mexer em celular durante as refeições e tenho que concordar com ela. Cait não pensou duas vezes e largou o celular quando pensei que jantaríamos em paz Justin, entra na cozinha acompanhado da sua nova namorada..

Percebi que a Lucy ficou incomodada com a presença dos dois porem preferiu ignorar.

- Boa noite família. Ele falou ainda de pé.

Respondemos um boa noite bem seco e ele sorriu tentando disfarçar o clima ali presente.

- essa é a Vanessa pra quem não conhece minha namorada. Justin falou e a sonsinha sorriu. – podemos nos sentar para comer com vocês?

- pode, pode só não toquem no meu empadão de camarão. Lucy falou pela primeira vez.

                         Lucy P.O.V

Ter trago a namoradinha dele aqui não está sendo uma boa ideia, mal chegaram e já querem comer da minha comida? Oras vê se pode, ainda bem que a Lara fez outros tipos de empadão já que o Chaz tem alergia então ela fez no mínimo três sabores.

- que isso vai comer ele todo? A loira aguada perguntou.

- sim, alguém problema?  Respondi rude.

- não acha que vai engordar comendo tudo isso?

- não me importo, continuo gostosa mesmo gorda então. Falei e coloquei um pedaço enorme de empadão em meu prato.

Justin me olhava com os olhos arregalados, quer dizer todos os meninos me olhavam assim mesmo as meninas que estavam curtindo muito tudo isso.

Depois do jantar.

Eu comi o empadão quase todo, sim comi mesmo estava com desejo oque sobrou pedi pra Lara colocar no micro-ondas já que é bem provável que de madrugada me de vontade novamente.

Nesse momento estou sentada em meu sofá confortável observando o pessoal conversando animadamente sobre alguma coisa.

- Lucy, quem você acha que vai nascer primeiro? Mia perguntou séria.

- creio que a Lilian nasça primeiro? Por que? Perguntei confusa.

- Ryan acha que o Juan vai nascer primeiro. Ela respondeu sorrindo.

Assenti e voltei a prestar atenção no nada. Levantei minha blusa e comecei a acariciar minha barriga sentindo chutes fortes.

- AIIII. Gritei assustando o pessoal

- oque foi Lu? Eles já vão nascer? Cait chegou ao meu lado rapidamente.

- não. Ri. – os três mexeram de uma vez só e acabou me causando um incomodo. Falei acalmando minha amiga que colocou a mão na minha barriga recebendo chutes em resposta.

Quando eu vi tinha varias pessoas a minha volta com as mãos em minha barriga curtindo o momento de chutes dos meus filhos, essa é a primeira fez que os três mexem juntos.

- posso colocar a mão também? A loira azeda perguntou pondo as mãos em minha barriga.

- tire essas mãos imundas da minha barriga agora. Gritei e acabei assustando todo mundo.

- ficou louca Lucy? Justin perguntou sério.

- a barriga é minha, o corpo é meu e nele toca quem eu quero o mesmo serve para quando os meus filhos nascerem. Agora me deem licença que eu vou subir.

Falei e sai da sala deixando todos ali sem entender nada..

 

Continua..

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...