História Reciprocidade? Percabeth - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Bianca di Angelo, Calipso, Connor Stoll, Frank Zhang, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Percy Jackson, Piper Mclean, Piper McLean, Poseidon, Silena Beauregard, Thalia Grace, Travis Stoll, Tyson, Will Solace
Exibições 104
Palavras 1.885
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aaaaah eu sumi, eu sei, mas voltei com um capítulo cheio de amor pra vocês ❣tortinhas, estou extremamente feliz com os comentários e favoritos da fic e amo falar com vocês então continuem me dando ideias, e críticas, ok?

Capítulo 3 - Bélgica


~ autora ~ 
Acabaram comendo todos juntos em uma lanchonete perto da escola e depois cada um foi para sua devida casa, exceto Annabeth que foi com Thalia. As duas no banco da frente do carro extremamente "humilde" da morena e Percy no banco de trás; o silêncio praticamente reinava no lugar até que a loira resolveu ligar o rádio 
- aaaah eu amo essa musica!! - Thalia grita repentinamente aumentando o som do carro e cantando junto com a música 

~ Annabeth ~ 
A presença dele estava me deixando nervosa, então liguei o rádio pra dar um descontraída no clima que estava ali, logo Thalia cantava, gritava, a letra da música quase fora da melodia sendo acompanhada das risadas do seu primo, deus que sorriso de tirar o fôlego!! Fiquei encarando ele e quando o mesmo percebeu me encarou de volta fazendo o sorriso sumir de seus lábios e consequentemente me deixando corada, envergonhada por ter sido pega no flagra voltei-me para frente novamente e fiquei quieta até deixar ele em sua casa. 
- tchau Lia, tchau loira - disse saindo do carro
- Tchau - murmurei quase de forma inaudível e observei enquanto ele caminhava calmamente para a porta de sua casa 
- Uiii, "loira"? - Thalia disse me olhando com um sorriso maroto nos lábios enquanto voltava a dirigir 
- Nem vem não Lia, ele é meu primo - disse simplesmente, tudo bem que eu sabia da "história" dela sentir uma atração pelo Nico, mas minha situação é diferente! Pelo menos a dela é recíproca embora ela não queria admitir isso 
- Ah "loirinha" cala a boca vaai - respondeu me provocando 
- Para com isso!! Você quer ouvir o que? Eu curto ele Thalia, mas adianta de que? Porque alguém como ele ia olhar pra mim? An? Pior! Ele me vê como da família - disse me exaltando - nunca vai rolar - murmurei mais pra mim mesma do que para ela 
- Então vamos mudar isso caralho! -
- Respondeu enquanto estacionava o carro em sua garagem - vamos tirar essas roupas de homem e fazer você mostrar o tanto que é gostosa - disse se dirigindo ao seu quarto, corei com comentário é apenas a segui 
O discurso sobre como eu deveria mudar e que eu era linda e tinha que mostrar isso pra ele! Que tinha que provocar ele até ele comer na minha mão durou mais uns 10 minutos, eu já não estava aguentando mais e senti dentro de mim que enquanto eu não aceitasse aquela porra toda ela não ia calar a boca. 
- se eu disser sim, você cala a boca Lia? - perguntei cansada de tanto ouvir
- Claramente - sorriu vitoriosa pegando as chaves do seu carro de novo - vamos às compras loirinha - terminou indo em direção à garagem novamente; eu estava simplesmente f-o-d-i-d-a e não tinha mais saída 

~ Jason ~ 
Minha vida? Até que era bem de boa acho, sou irmão da Thalia o que complica um pouquinho as coisas porque ela definitivamente não facilita as coisas, mas eu amo ela. 
Sendo irmão dela, pode-se tirar a conclusão de que sou filho de Zeus e que sou rico, não que ligue muito para ambas as coisas. Sou um bom aluno, mas apronto todas na escola já fui parar na diretoria várias vezes por brigas ou "demonstrações exageradas de carinho" (o que acho ridículo já que nunca trepei na escola, ainda). Tenho um caso com a Piper, mas ambos não damos muita exclusividade pra isso embora em nosso círculo de amizades eu não tenha vontade de ficar com ninguém além dela e vice-versa. 
Thalia deu carona para o percy e para a Annie hoje, então cheguei em casa mais cedo, comi e fui para o meu quarto tirar o famoso cochilo pós refeição já que ninguém é de ferro, mas sou interrompido por minha irmã exagerada dando praticamente uma palestra de autoestima pra loira, tadinha dessa menina. 
Já tinha adotado ela como minha irmã de tanto que ela ficava em casa, e diversas vezes escutei conversas da Lia com ela sobre o nosso primo, assim como sei sobre a "quedinha" (precipício cof cof) que a rebelde lá tem pelo Nico; mas nunca abri minha boca pra não me meter em confusão.. Odeio gente fofoqueira 

~ Nico ~ 
Cada dia era mais foda de esconder o tesão eterno que eu tinha pela minha prima, eu sei que é errado e incesto e blá-blá-blá, mas que mulher é aquela! Só pode ser o gene da família porque, caralho ein. 
Hoje acabamos nos encarando e quase saiu faísca tamanha era intensidade do olhar que trocávamos, no fundo eu sabia que ela também nutria um desejo por mim, não que eu fosse muito atraente mas dava pro gasto. 
Bianca, Hazel e eu somos filhos de um dos grades donos de imprensa daqui (Hades) e ela filha do irmão dele, Zeus. Eu e Bianca somos do primeiro casamento do meu pai então somos bem parecidos, bem branquidos já a Hazel é do segundo (sua pele é um pouco mais escura). Hoje meu pai não é casado e morando "apenas" nós quatro na mansão. 
Sou um bom aluno, mentira, e mantenho minha vida pessoal as sete chaves, meus amigos respeitam isso o que eu realmente aprecio, mas sinto que nunca tenho muita coisa pra fazer, fico constantemente trancado no meu quarto e quando saio é apenas para festas com meus amigos, às vezes fico bem louco e beijo algumas bocas a real vontade que eu tenho é puxar minha prima pela cintura fina dela e não soltar mais. 

~ Leo ~ 
Quem sou eu? Bom, vamos dizer apenas que eu sou foda, porque? Bom, meus amigos são de mais e eu namoro uma das meninas mais gatas da escola, Calypso, fora que eu sou lindomaravilhosogostoso, básico. 
Hoje o dia foi bem de boa, as aulas passaram rápido e aos poucos nossa turma foi terminando o almoço e indo embora fazendo com que ficasse apenas eu, a Calypso, Piper e a Hazel no recinto. 
- gente, tava pensando, meu pai vai viajar a negócios daqui uns meses e disse que a casa tá liberada - Hazel comentou em quanto mastigava 
- Mas porque agora já? Faltam dois meses ainda - Piper comentou se interessando, afinal como a filha de uma das modelos mais badaladas da cidade não curtiria uma oportunidade de festa, Hazel apenas olhou pra mim e sorriu cúmplice, entendi na hora. 
- Não entender Piper? - perguntei como se fosse óbvio - dois meses para organizar uma festa nos dá o tempo perfeito pra fazer A Festa - fiz uma pausa dramática antes de continuar atraindo a atenção da minha namorada também - lembram da última festa que organizamos com tanto antecedência? - perguntei e as três concordaram sorrindo sapecas - foi a festa mais comentando o ano todo. 
- Acho que deveríamos combinar tudo certinho esse final de semana, aí podemos avisar o pessoal já - Calypso entrou na conversa parando de mexer no celular 
- Simm, poderíamos dormir todos lá como fizemos nas férias passada - disse Piper já animada.  
Com certeza seria a festa, e pelo jeito que as coisas estavam indo no nosso grupo ia rolar uma putaria adoidada, ainda bem que já tenho a garota mais linda pra mim, pensei sorrindo ao ver Calypso me abraçar. 

~ Percy ~ 
Annabeth me tira do sério, hora ela parece lésbica, hora parece apenas santinha e hora ela me encara mordendo o lábios inferior no carro? 
Lia me deixou em casa e fiquei um pouco atordoado pelo clima levemente constrangedor que estava no carro, entrei e comi com meu irmão e subi para o meu quarto pra jogar um pouco, acabei pegando no sono e acordei quase na hora da janta. 
Tomei um banho estudei um pouco para não deixar a matéria acumular e desci para a janta, meu pai e Tyson estavam colocando a mesa e eu resolvi ajudar. 
- filhos, eu vai ter uma conferência na Bélgica - meu pai iniciou uma conversa que eu sabia onde iria chegar 
- Ah pai de novo? - meu irmão perguntou tristemente, era sempre assim! Todos os anos nos passávamos meses sem ver nosso pai e tínhamos que ficar com nossa mãe, Tyson gostava mais do que eu porque nossa mãe amava ele por ser o caçula, já eu era o filho rebelde que sofria de TDH, o filho da notas baixas e por aí vai 
- Desculpem - meu pai disse largando os talheres no prato e depois voltando sua atenção para nós com um olhar cansado - eu sei que não é fácil essas viagens e mudanças sempre de última hora - continuou tentando achar palavras - mas é necessário para a empresa.. Vocês sabem. - terminando de falar é praticamente dando uma sentença de cadeia pra nós se levantou, colocou seu prato na pia e voltou ao seu escritório para trabalhar. 

~ Poseidon ~ 
Eu amava meus filhos e fazia todo o possível para ficar o máximo com eles, mas não era fácil! Com todas as reuniões e viagens da empresa eu quase não parava em casa; sempre que viajo deixo os meninos com a mãe deles mas nunca gostei de fazer isso, não por ela, é apenas que sinto que eles acham que abandono eles; que dou prioridade à empresa. 
Disse a eles sobre a Bélgica hoje no almoço, e a reação carrancuda de Percy e o comentário triste de Tyson, era sempre assim quando ia viajar.. O mais novo apenas sentia minha falta, mas o mais velho não gostava de passar meses na casa de sua mãe. 
É uma decisão meio louca a que tomei um pouco antes de dormir, e talvez Atena nem se quer concordasse, mas eu aí tentar ao menos, tinha duas semanas para resolver isso. 

Xx uma semana depois xX

~ Annabeth ~ 
Uma semana depois do meu "passeio" com a Lia no shopping eu e ela estávamos no meu quarto assistindo netflix já que eu convenci ela que faria a mudança quando estivéssemos mais perto da festa na casa da Hazel, mas ela só aceitou com a condição de eu ficar muito louca na festa junto com ela; uma escolha difícil mas acabei aceitando. 
Estávamos comendo o brigadeiro que fizemos ontem e vendo um filme de ação quando escuto uma batida na porta e depois a cabeça da minha mãe entrando por uma frestinha. 
- filha será que podemos conversar um pouquinho aqui fora? - perguntou - oi Thalia, filha por favor é importante - pediu, sai do quarto e ela fechou a porta atrás de mim 
- O que foi mãe? - perguntei um pouco preocupada, coisa boa não era 
- Poseidon me ligou pedindo um favor - com certeza não é coisa boa - parece que ele vai passar três meses na Bélgica - Atena fez uma pausa e me analisou tentando ver em meu rosto o que estava achando da situação até o presente momento - e, aparentemente, seu filho mais velho não quer ficar com a mãe nesse período - aí caralho - você se importaria se Percy passasse esse tempo aqui em casa? - não era uma pergunta, eu sabia, ela estava apenas me contado e eu estava FODIDA. 


Notas Finais


Gostaram? Contem pra tia Duda e aguardem que daqui pra frente vou focar mais no casalzinho principal 😍 e fazer essa futura "relação" evoluir
Beijinhos de 🍫, e até a semana que vem tortinhas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...