História Overdose {Taejikook} - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Taehyung, Taejikook, Vkook, Vmin
Exibições 218
Palavras 910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Gotas.


Estávamos a duas horas fazendo esse trabalho que parecia não ter fim.

Pra piorar Seul, inventou de fazer um calor mais quente que o próprio inferno e Jungkook e Jimin tiraram a camisa.

Nunca vi coisas tão maravilhosas na vida de uma vez só.

Nota mental: Ter o corpo do Kook e do Jimin quando crescer.

- Tae... quer água também? - Jungkook me despertou

- ah... sim obrigado - sorri minimamente ele assentiu e saiu do quarto deixando eu e Jimin a sós.

Eu tentei voltar toda minha concentração por trabalho mas o Jimin não deixava.

- Tae? Tudo bem? Está pensativo? - ele perguntou com uma cara fofa

Eu to é fodido se você e o Jungkook não colocarem a merda da blusa agora! Eu não respondo pelos meus atos se eu pular em cima de vocês!

Mas não foi isso que eu respondi.
Por mais que eu quisesse, não foi isso.

- Só estou com calor - Respondi seguindo o pingo de suor que desceu de seu abdômen e parou na Barra de sua calça
- E-eu vou ajudar o Kook - Levantei e antes dele abrir a boca corri pra cozinha.

Chegando la o Jungkook, bebia água e aguns pingos escorregava de sua boca e descia pelo seu abdômen até se perderem na Barra de sua calça.

Eu ja posso sentir a minha ereção crescendo.

Por que vocês tem que ser tão.... tão fodidamente gostosos? Eu acabei de perder meus pais tenham mais consideração!

- Ah... você tá aí - Jungkook me notou - Ah quanto tempo está aí?
- Acabei de chegar - menti

- Pode levar pro Jimin? Aquele preguiçoso não tira a bunda daquele chão até ouvir o nome comida - ele me entregou uma jarra e dois copos

- Você não vem? - fiquei confuso

- vou preparar algo pra comermos - ele sorriu eu assenti e subi.

Entrei no quarto e Jimin estava escrevendo.

- Trouxe água - Dei um copo a ele é o enchi de água, Jimin bebeu em um piscar de olhos
- Mais? - ele assentiu e eu enchi o copo novamente.

Não sei se foi sem querer ou querendo mas... Ele deixou com que pingos de água caíssem da sua boca, os mesmo faziam a mesma trilha que faziam no Jungkook, me deixando de boca aberta e pensamentos impuros.

- Vocês... São... - eu nem sabia o porque eu tava falando

- somos? - Jimin indagou vindo até mim

- Gos... fortes! - me reprime - Você e o kook... se conheceram.... onde? - eu realmente não sei conversar com uma pessoa sem camisa.

Eu realmente não sei conversar com o jimin sem camisa.

[...]

- Então quantos anos tem Jimin? - Minha avó indagou.

Estávamos no meio da janta e Jimin e Jungkook graças ao G-Deus se vestiram direito.

Porém o pijama que eles trajavam agora continha uma regata que mostrava os músculos e muito.

Esses dois tiraram o dia pra provocar.

- 17 senhora - ele sorriu fazendo com que seus olhos formassem apenas dois riscos adoráveis

- Ai que fofo - Minha avó não se conteve e apertou as bochechas dele me fazendo rir junto com meu avô

- Tem a idade do Jungkook - meu avô comentou - Mais velho ou mais novo?

- Velho - respondeu

- Então por que não o chama de Hyung? Jeon Jungkook seu cabeça de vento - Minha avó deu um leve tapa na cabeça do kook me fazendo rir

- Eu vou subir tenham um bom jantar - meu avô se levantou.

Eu estava achando ele estranho depois que foi ao médico será que ele tem algo?

- Então... também é Gay? - eu sinceramente acho que minha avó não tem filtro assim como minha mãe.

Jimin engasgou, começou a tossir vermelho. Valeu vovó agora ele vai morrer engasgado com o suco!

- Jimin se acalma - Eu levantei rindo e dei água a ele o mesmo bebeu tudo de uma vez deixando as gotas caírem.

As malditas gotas.

- Vovó o que faz pensar que sou gay? - Jungkook perguntou confuso

- Meu filho eu conheço os netos que tem - ela sorriu - Eu fingo que não vejo que o Tae tem uma queda por você - Ótimo! Agora eu que to tendo um ataque de engasgo com minha própria saliva.

O que deu nela hoje? Tirou o dia pra matar adolescentes de vergonha?!

- N-não gosto do kook - respondi olhando pro meu prato agora vazio

- Ok, Ok - ela riu - Jimin? Não vai me responder?

- Sim, eu sou - ele respondeu me fitando.

Agora sim eu to com vontade de pular nele.

Senti um olhar pesado em cima de mim, era Jungkook.

Olhei pra ele e o mesmo olhava fixamente pros meus pulsos, segui seu olhar e vi as marcas ainda visíveis.

Tentei esconder os pulsos mais ele os segurou com força mas sem me machucar.

Eu tinha vergonha daquilo, ninguém precisava saber o que eu passava ou ter pena de mim, eu não quero pena de ninguém, não quero que ninguém saiba pelo que eu passava.

Olhei de volta pra ele e o mesmo tinha os olhos marejados.

Ele levantou e me levantou junto.

- já vamos subir - ele disse ainda olhando pra mim
- Boa noite vovó, até mais Jiminie - ele disse me arrastando escada a cima.

Ótimo! Agora vou ter que me explicar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...