História Red Eyes - Sterek - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Corey Bryant, Derek Hale, Hayden Romero, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Mason Hewitt, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Scott McCall
Tags Drama, Lemon, Revelaçoes, Romance, Sobrenatural, Sterek, Yaoi
Visualizações 261
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Leiam as notas finas!!
Boa leitura

Capítulo 8 - Bad night


P.O.V Stiles

O que mais eu poderia fazer? 

Derek está irritado e ele iria arranjar algum jeito de acabar comigo. Então graças a minha boca que não conseguiu ficar calada - algo já normal - estou corrigindo as provas em uma noite de sábado... na casa do Derek.

Oh, não... vocês não leram errado. Isso mesmo, na casa do Derek.

Ele não queria que ninguém soubesse ou desconfiasse então mandou eu inventar uma desculpa e vim para cá. E segundo ele, dessa forma, ficará "de olho em mim".

- Estou cansado... - Resmunguei largando a caneta e deitei minha cabeça nos papéis - É sábado e... está ficando tarde. - Continuei a choramingar 

- Não aja como se eu estivesse te prendendo aqui. - Derek respondeu concentrado em seu notebook, logo deu um gole em seu refrigerante.

- Onde tem mais refrigerante? - Levantei sentindo meu traseiro dolorido por passar tanto tempo sentado.

- Nao irá beber refrigerante até terminar! - Derek olhou-me me fazendo xinga-lo mentalmente. - Pense pelo lado bom, quando você acabar estará livre de biologia.

- Eu deveria estar me divertindo com meus amigos. - Voltei a choramingar caminhando até o Derek. - Eu falei que iria sair com o Danny e confesso que preferia estar fazendo isso.

- Eu realmente não me importo. - Derek voltou a me encarar colocando a garrafa de refrigerante vazia no criado-mudo - Quanto mais fizer... mais rápido será. - Referiu-se as provas. 

Ignorei-o e me sentei em sua cama fazendo-o não tirar os olhos de mim.

- Isso não te lembra nada? - Dei meu melhor sorriso malicioso, subindo lentamente na cama.  

- O que está fazendo? 

- Por quê não me procurou depois do acampamento? Ficou mesmo magoado?

- Stiles...

- Hum?

- Está de sapatos em cima da minha cama.

Desviei o olhar para os meus pés e bufei.

- Como consegue estragar esses momentos? 

Derek apenas riu, fechando o notebook.

- Não tente isso, não vai funcionar. - O mesmo levantou-se pegando a garrafa vazia no criado-mudo mas acabou derrubando-a.

- Alguém realmente ficou magoado... - Deitei-me em sua cama sorrindo divertido.

- Magoado? Com as palavras fúteis de um garoto que tem medo de perder a virgindade? - Derek fez uma careta encarando a garrafa quebrada no chão.

- Assim você me ofende. - Fiz biquinho - E isso mostra que você realmente está magoado.

- Não estou magoa... droga! - Murmurou a última coisa grunhido logo em seguida 

Engatinhei pela sua cama até chegar até ele

- Conseguiu se cortar com cacos de vidros? - Revirei meus olhos após ver o sangue em suas mãos. 

- Também concordo em você ir para casa. - Murmurou irritado se levantando. 

- Agora é sério, está mesmo magoado?

Seu olhar ameaçador enquanto limpa o sangue foi o suficiente.

- O que queria que eu fizesse? Contasse para a Lydia sobre nós dois?

- Um "nada aconteceu" não bastava?

- Eu conheço a Lydia e não, não bastava.

Derek se manteve em silêncio caminhando até os cacos e vidros e dessa vez limpando tudo por completo.

- Não vai embora? 

- Não quer que eu continue?

- Deitado na minha cama?

- Não falei o que eu ia continuar. - Eu sorri fazendo Derek me encarar 

- Não lembro de você assim da última vez. - O mesmo riu caminhando até o banheiro 

Levantei-me indo atrás. 

- Não está interessado no que você ainda não viu? - Encostei-me no batente da porta olhando o Derek levar as mãos 

- Está disposto a me mostrar? - O mesmo sorriu para o espelho começando a secar suas mãos.

P.O.V Derek

Antes que pudesse raciocinar, senti os lábios do garoto sobre os meus e retribui ao beijo desesperado. Sua língua se pressionou contra a minha e nossos corpos se chocaram. Deixei minhas mãos descerem por sua lombar, apertando um pouco sua cintura até chegar no cós da calça jeans escura. Meus cabelos foram puxados para trás e eu gemi audível em antecedência, apertando suas nádegas entre minhas mãos. 

- Derek... - Ele ofegou, caminhando para trás até que seus joelhos se pressionassem contra a minha cama.

Sorri sacana quando ele me puxou para deitar sobre seu corpo, sentindo sua ereção apertar-se em minha coxa. Aumentei o atrito, empurrando ainda mais minha perna em direção ao seu corpo e fiquei com o joelho apoiado na cama, entre suas pernas. Stiles se contorce a cada vez que eu me movo minimamente, me deixando satisfeito.

Sua língua se empurra contra a minha, enlaçando-as de forma sensual enquanto o garoto tenta se entregar mais aos meus lábios.

Agarrei suas coxas, separando-as antes de me sentar entre elas e as apoiar ao redor de minha cintura. Ele impulsionou o quadril para cima, esfregando-o ao meu e ofegando com o toque. Deixei minhas mãos adentrarem o tecido fino de sua camiseta e arranhei seu abdômen.

- Der... - Ele sussurrou. 

Levantei meu rosto e deixei que nossos lábios se esbarrassem, vendo-o fechar os olhos com força.

- Vá para casa, Stiles. - Sussurrei fazendo o mesmo abrir os olhos lentamente.

- ... Hum? 

- Está tarde e... - Tirei-o de cima de mim levantando-me - Você precisa ir!

- Não, não preciso! - Stiles sentou-se na cama ainda controlando a respiração. - O que deu em você?

- O que deu em mim? - Eu ri irônico caminhando até a mesa onde está as provas. - Está esperando estarmos quase nus para me dizer que não ''podemos continuar''.

Stiles se manteve em silêncio.

- Leve para sua casa, quando terminar me entregue no colégio. - Arrumei as provas em sua mochila mudando de assunto. 

- Eu sou um desafio pra você, não é mesmo? - Stiles tomou a mochila de minha mão, irritado. 

- E eu não sou digno de tirar virgindade... não é mesmo? - Cruzei meus braços encostando-me na escrivaninha. 

- Não, sinto muito não te dar essa honra!

- Então saiba que eu já passei da fase dos beijos, Stiles. Se quiser me acompanhar, sabe onde me encontrar.

O mesmo não respondeu mais nada, saindo do meu quarto o mais rápido possível. 

- Humanos... tão complicados. - Isaac entrou sorrindo após a saída do Stiles 

Suspirei esfregando minhas mãos no rosto.

- Fala isso como se não fosse um antes de eu te transformar. - Eu sorri debochado.

- Eu era muitas coisas antes de você me transformar, Derek. - Isaac começou a se aproximar sorrindo. - Um humano idiota, maltratado pelo pai, xingado, desprezado por todos, sozinho... virgem. 

- ... De nada. 

- E você sabe que eu estou sempre tentando te compensar, não é? - Isaac me encarou parado em minha frente, não muito longe do meu rosto. - Esqueça o Stiles... em pouco tempo nos veremos livres dele e de todo o resto. - O mesmo continuou a falar me guiando até a cama.

Antes de mais algum comentário Isaac selou nossos lábios dando início a um beijo calmo que com o tempo se tornou selvagem...

 

 

 


Notas Finais


Então leitores... peço desculpas se houver demora para os capítulos serem postados, o que acontece é que as minhas aulas estão acabando, as provas finais começam semana que vem. Eu estou quase reprovando em história e matemática, ou seja, terei que estudar muito e minha mãe também não deixará eu ficar muito no celular (onde faço os capítulos)
Tentarei compensar com mais um capítulo no feriado que está por vim ou até mesmo antes. Espero que compreendam e tenham gostado do capítulo.

Beijos e até o próximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...