História Submissive Red Blood (imagine jungkook) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, UNIQ
Personagens BamBam, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Mina, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Wang Yibo, Yuna, Zhou Yi Xuan
Tags Ação, Romance, Sobrenatural, Violencia
Visualizações 23
Palavras 1.355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá de novo...
Fiz mais um cap. Para vcs
Será q tem Hot hoje???
Hum....
Recadin as palavras em negrito são os pensamentos da _____

Capítulo 2 - Você é louco!


Jeon estava segurando a barra da minha blusa preste a tirá - la. 

Quando alguém bate na porta, e Jeon não parava de me beijar eu sabia que se a pessoa entrasse eu iria passar muita vergonha.

- Senhor Jeon....tem alguém batendo na porta.-falei tentando afastá lo de mim.

-qual é o problema?-o Senhor Jeon falava enquanto beijava meu pescoço. 

A pessoa batia mais e mais na porta.

- SENHOR JEON...-gritei fazendo o mesmo parar - pare tem alguém na porta-falei saindo de cima do seu colo- atenda a porta, eu vou tomar banho.

- quem você pensa que é para falar assim comigo?- Jeon falou levantando e ficando de frente para mim. garoto bipolar.

-por que? Você vai me bater de novo?-falei o desafiando, e esperando o pior.

- eu...-ele foi interrompido por Mark batendo na porta mais uma vez, estava eesperando que ele disse se mais alguma coisa, mas o que ele fez foi sair sem me dizer nada.

Então agora eu pude tomar banho tranquila. Depois de um tempo eu sai do banheiro.

-festa - se nos vamos encontrar minha mae, ela quer conversar seriamente comigo.

- okay.-esperei o mesmo sair e fui trocar de roupa (link na descrição)

desci as escadas esperando encontrar o Senhor Jeon já me esperando, mais não encontrei. Apenas vi Mark sentado no sofá. 

- Oi...-Mark disse me chamando a atenção. -eu quero te dizer algo sério sobre o Senhor Jeon.

- tem mais coisas dele que eu não sabia?

- tem bastante coisa.

-então fala. -sentei junto a ele no sofá esperando ele dizer.

-o Senhor Jeon tem muito mais submissas do que você imagina, ele tem mais sete submissas.

- é o que? como assim? mais....mais...que?

-assim ele vai te levar na mãe dele, e ele vai te dizer que o casamento foi cancelado, aí ele vai te levar em outra casa que é a verdadeira casa dele, e depois você vai ver as outras.

-mais porque ele não havia me falado antes?

- sei lá você foi a única que ele não levou na primeira casa direto.

- ele é muito retardado. 

-quem é retardado _____?-ouvi uma voz rouca vindo da escada.

-ah.........nada.

-vamos.- disse o mesmo descendo as escadas e indo para fora de casa, entrando no carro .

     QUEBRA DE TEMPO

um tempo se passou e  já estávamos na empresa de Jeon. Passamos por uma enorme entrada  e depois um corredor imenso, seguimos o corredor até um elevador. Entramos no elevador.

- Senhor...-falei enquanto não chegávamos. 

- hum...-respondeu parecendo nem ligar para o que eu iria falar.

- o Senhor já se apaixonou de verdade, assim já soube amar?

-vamos. -disse após ver o elevador abrir chegando ao andar desejado, e nem se quer respondeu minha pergunta.

andamos mais um pouco passando por várias salas e pessoas. Até chegarmos na mesa de uma secretária. 

- bom dia Senhor Jeon -falou a bonita e elegante secretária. 

- onde que está a minha mãe? 

- a Senhora Jeon está na sala dela Senhor, quer que eu a chame?

- não, muito obrigado Jennifer.-Andamos até a sala que eu acho que é da Senhora Jeon. 

- Olá mãe. -Jeon disse após adentrar a sala da mesma.

-Oi meu filho, como vai?

-o mesmo de sempre mãe. 

-ah....e quem é essa?

- minha namorada futura noiva.a vai mentir pra outra.

-é sobre isso que eu queria falar  com você meu filho.

-como assim mãe? -começou o teatro.

- é que meu filho nossa empresa já vez parceria com outras empresas, e você não vai precisar casar-se agora.

-ainda bem mãe eu e minha namorada não vamos precisar nos preocupar, né amor?!

-claro.-falei mais usando o famoso tom de sarcasmo.

- então eu presido falar a sós com você meu filho.-disse em olhando, e eu simplesmente não falei nada só saí. 

     POVS. JUNGKOOK

-meu filho por quê você tem essa obsessão?- falou minha mãe. 

-do que você tá falando mãe? 

- de sua obsessão em comprar mulheres, uma só não basta?

- mãe você sabe o por que de eu comprar elas.

- meu filho... a Solar se foi você tem que esquece ela

-mãe com certeza deve ter alguma mulher igual a ela por aí no mundo, e a senhora sabe que eu não gosto de entrar neste assunto. 

-eu sei meu filho, claro que tem outras, mais, você não desapega comprar e não as deixa ir embora depois, você estraga a vida delas, você já pensou nos sonhos que elas queriam realizar e não pode?

- mãe eu te prometo -ajoelhei- eu te prometo por tudo nesse mundo que quando eu achar a pessoa certa eu deixo todas ir.

- filho o que você diz é bom mais, você não ver que a pessoa certa pode está no seu lado e você não percebe?, você com certeza já viu todas e nem uma delas é a que você procura.

- mais qual é o problema mãe? 

- filho eu só quero que você pare com isso, é as deixe em paz, você pode ter todas que querer sem comprá - las você sabe bem. Só as deixe em paz.

- okay mãe. 

-eu não me convenci disso, me prometa que essa será a última, me prometa pela vida de sua amada que o espera, só me prometa.

- mais mãe. 

-filho eu nunca neguei, o fato de você comprar mulheres, só me incomoda, você não as deixar partir, você sabe que eu tenho experiência nisso. 

- okay mãe, eu prometo que essa será a última que eu compro, eu prometo pela vida da minha amada que me espera.

- ótimo -me ajudou a levantar- filho saiba que o que eu estou fazendo e para o bem de todos.-terminou me dando um selar na testa.

- eu sei mãe. - me despedir dela com um abraço. 

Então sai da sala da mesma encontrando a _____ conversando com um dos meus melhores amigos, aquilo me deu uma raiva mais eu não sei o por que. 

- posso saber o que é isso?-cheguei atrapalhando a conversa dos dois.

- nada de mais. -a _____ falou olhando para mim e depois olhando para o Jimin.

- iae Jungkook meu amigo quanto tempo...-Jimin tirou sua atenção da mesma e virando pra mim e dando tapinhas nas minhas costas. 

- é você tem saído muito, esses dias.

-meus pais me deram um aumento na mesada e eu fui curtir um pouco.

-ah...vejo que já conheceu a _____.

- é a conheci muito bem, e Jungkook eu vou te parabenizar essa foi a mais bonita que você comprou, e além disso tem um corpo que...fico até excitado. 

- você acha.-Jimin confirmou com a cabeça. -é ela é bonitinha, e tem um corpo diferente das outras mesmo.

- mais eu não sei como você consegue, submissas dão trabalho por isso que eu prefiro prostitutas. 

- esse é a conversa mais nojenta que eu já ouvi na minha vida.-disse _____ interrompendo a gente com uma cara de desgosto. Então o celular do Jimin toca.

- alô...pai...Não eu vim visitar o Jungkook...sim...ta bom...Tchau. -desligou o telefone. -bom Jungkook meu pai está precisando de mim agora vou ter que ir até mais, e _____ foi um prazer conhecer você.-disse dando um tapinha nas minhas costas,  e um selar na bochecha da _____.

- Tchau Jimin.-disse a mesma se curvando ao mesmo.

Jimin foi andando até sua silhueta desaparecer pelo elevador.

- vamos embora você já tá fazendo gracinhas demais pro meu gosto.

- mais o que eu fiz?

- você acha que é normal, ficar recebendo beijinhos de caras desconhecidos.

- ...- ela nada respondeu, só deu de ombros, eu nada falei só segurei em sua mão e a levei até o elevador.

     POVS._____

Eu e o Senhor Jeon não trocamos nem uma fala até o trajeto da saída daquela empresa, fomos até o carro.

     QUEBRA DE TEMPO

ficamos um tempo na estrada até chegarmos. Mais quando eu sai do carro pode ver uma casa muito diferente, ela era maior e mais bonita.

- Senhor Jeon que casa é essa?

- a minha.

- mais...e aquela casa?

- ah...ela era só de passa tempo mesmo.

O Mark me avisou que iríamos em outra casa e aqui estamos, será que eu irei ver as outras submissas.

- vamos tenho uma surpresa.- o Senhor Jeon me disse e puxando pelo pulso. 

Adrentamos a casa e eu pode ver uma filha horizontal de sete meninas vestidas com uma roupa nada legal.

-bom...essas são as minhas outras submissas....SURPRESAAAA. 







CONTINÚA....



Notas Finais


Bom e esse foi mais um cap. Espero que tenham gostado, a eh...tentei fazer um cap. Grande okay?!
Roupa da _____:

https://goo.gl/images/6RSuOv

Obrigadinho por lerem.♡3♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...