História Red Line (Imagine Kai) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Kai
Exibições 76
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Está é a minha segunda fanfic e desta vez ela é com o Kai da EXO, então espero que vocês deem muito amor a ela.
Se tiver algum erro por favor me avisem ou simplesmente ignorem. Sempre reviso, mas algo sempre passa.
Eu imagino a personagem principal como a Irene do Red Velvet, mas vocês tem toda liberdade de imaginar outra kidol ou você mesma.
A Krystal não está como personagem principal pelo simples fato de ela ter outro papel na história. Só para deixar bem claro que não tenho NADA contra ela, pelo contrário, já que ela é minha utt da F(x) e eu super apoio Kaistal.
Acho que é isso, espero que gostem do enredo e da minha escrita.
XOXO Unnie.

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction Red Line (Imagine Kai) - Capítulo 1 - Prologue

EunBi estava sentada em um mesinha afastada ao fundo de sua cafeteria preferida, tinha em mão um café preto e a sua frente havia um enorme pedaço de torta de limão. Já era cliente a tanto tempo desse local que os atendentes não mais faziam questão de dar-se ao trabalho de anotar seu pedido.

Ela esperava sua melhor amiga, Ji-Eun, que como de costume estava atrasada novamente. Não que Eunbi incomodava-se com esse fato,já estava acostumada com o jeito destrambelhado da mesma, além do mais ela adorava apreciar a decoração vintage da cafeteria enquanto esperava pela amiga.

Seus olhos pousaram na porta de entrada assim que a velha sineta tocou anunciando a chegada de novo clientes, a garota esperava ansiosamente pela chegada da amiga, por conta da faculdade e do trabalho de meio período Ji-Eun quase não encontrava tempo para sair com Eunbi que diferente de sua melhor amiga é filha de um dos donos de algumas da maiores e mais importantes empresas da Coreia do Sul, e pelo fato de só precisar estudar a deixava com muito tempo livre, não que ela gostasse do fato de ser sustentada por seus pais, mas seu pai não era o tipo que aceitava não como resposta e Eunbi mesmo com seu temperamento todo explosivo, nunca ousou contrária-lo, ou seja, o que ele dizia era lei e esse era um dos motivos de ela estar fazendo administração em vez de artes plásticas. Mas a verdade era que Eunbi daria tudo para poder ter a liberdade que Ji-Eun teve de escolher o que desejaria fazer de sua vida, diferente dela que como a irmã mais velha ficou com todo o peso e obrigação de continuar o império da família.

Voltando a realidade a garota observou duas pessoas passando pela porta, o homem era alto deveria ter mais de um metro e oitenta, sua pele era levemente morena o que o destacava no meio daquela multidão homogênea de coreanos pálidos, tinhas cabelos castanhos penteados em um topete e seus olhos pareciam ter a mesma cor de seus cabelos e ela trazia no rosto um belo sorriso de dentes alinhados e extremamente brancos que era direcionado a pequena garota que ele trazia em seu colo e que parecia tagarelar sem parar. A pequena garota não aparentava ter mais de cinco anos, reparando melhor, ela era um cópia feminina do garoto que a trazia nos braços. 

Os dois sentaram-se na mesa ao lado da mesa em que Eunbi estava sentada o homem pediu apenas em café preto e a garotinha optou por um milk shake e uma torta, ambos de morango e depois de alguns minutos terem se passado foi impossível para a garota não começar a prestar atenção na conversa dos dois.

-Appa, eu preciso ir ao banheiro. – A pequena garotinha falou fazendo Eunbi surpreender-se, havia imaginado que ambos eram irmãos, não pai e filha.

-Então vamos. – Ele falou ameaçando levantar-se da mesa, mas foi impedido pela pequena garota.

-Não, appa, quando eu era menor mamãe disse que garotas devem ir apenas no banheiro de garotas. – Eunbi riu imaginando que a probabilidade de o moreno já ter levado a pequena garota para fazer suas necessidades no banheiro masculino eram de cem por cento.

-Mas querida, appa não pode entrar no banheiro da meninas. – Ele falou calmo.

-E eu não posso entrar no banheiro dos meninos. – Ela retrucou logo após cruzando os braços e fazendo um biquinho extremamente fofo, o que fez Eunbi rir baixo novamente.

A garota passou seus olhos pelo restaurante logo após os fixando em Eunbi que disfarçou tomando um gole de café no momento em que os olhos da pequena brilharam.

-Aquela unnie pode me levar. – Ela falou apontando para Eunbi que se engasgou com o café e depois de alguns segundo encarou as duas pessoas da mesa ao lado.

-Você me leva unnie? -  Ela pediu inflando as bochechas fazendo com que a mais velha se derretesse por inteiro. Aygo sempre fora seu ponto franco.

-Claro, sem problema nenhum. – Eunbi falou levantando-se de onde estava sentada e dando a mão para a garotinha que havia dado um pulo da cadeira quando ouvira a resposta.

-Não precisa fazer isso, eu posso me virar. – O homem falou a encarrando envergonhado.

-Não preocupe-se com isso, voltamos em menos de cinco minutos. – Ela falou virando e acompanhando a garotinha até o banheiro.

(...)                                                                                                                       

-Como é seu nome unnie? – A pequena perguntou enquanto Eunbi ajudava a mesma a lavar suas pequenas mãozinhas na pia.

-Go Eunbi e o seu?

-Kim Yuna. Foi minha omma quem o escolheu. – Ela falou sorrindo para o espelho enquanto Eunbi arrumava os cabelos castanhos claros da garota.

-E porque sua omma não veio junto com você seu appa?

-Ela agora foi para o céu, appa falou que ela virou um anjo e que sempre vai cuidar de mim lá de cima. – Ao terminar de ouvir a garota Eunbi lembrou-se de sí mesma quando menor;

Ela fora criada pelo pai, sua mãe havia morrido quando a mesma tinha cinco anos e reparando melhor agora, havia até semelhanças físicas entra as duas mesmo havendo uma enorme diferença de idade entre els. Eunbi também tinha cabelos castanhos claros apesar de agora os mesmos estarem tingidos de loiro, não tinha mais do que 1,68 de altura, era pálida e tinha olhos castanhos.

-O que acha de eu lhe pargar um sorvete? – Eunbi perguntou para a menina na intenção de mudar de assunto.

-Só se for de morango. – Yuna falou sorrindo.

-Certo, então vamos logo antes que seu appa comesse a se preocupar. Ele deve achar que sou uma destrambelhada e te deixei cair no vaso.- A mais velha falou arrancando uma gargalhada da menor.

-Me leva no colo unnie? -  Yuna perguntou fazendo uma carinha fofa.

-Claro pequena. – Eunbi falou enquanto a pegava no colo.

As duas saíram do banheiro e foram direto comprar o sorvete, o pai de Yuna parecia concentrado em algo em seu celular, então elas foram direto comprar o sorvete, ambos de morango.

O homem só voltou a prestar atenção quando viu Yuna sendo colocada gentilmente na cadeira que estava sentada anteriormente enquanto se deliciava com um enorme pote de sorvete de morango.

-Ah, obrigada, e vou devolver-lhe o dinheiro do sorvete.

-Não se preocupe, ela não deu trabalho nenhum e acima de tudo é uma gracinha, não precisa dar-se ao trabalho de devolver o dinheiro do sorvete, aliás, sou Go Eubi. – A garota falou estendendo a mão e sorrindo para o moreno.

-Kim Jongin. – O moreno falou dando um de seus maravilhosos sorrisos logo após.

Cotinua... 


Notas Finais


Eai monas, amaram? gostara? odiaram?
Comentários e favoritos são sempre bem vindos
então expresse sua opinião, não vou ficar incomodada com criticas.
é isso, até o próximo.
Xoxo Unnie.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...