História Red lines - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Jungkook
Exibições 10
Palavras 1.874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esta aqui o capitulo que demorei porque tenho outras fanfics pra atualizar, deve estar curta mas tudo bem.

Capítulo 9 - Segredos ....


Fanfic / Fanfiction Red lines - Capítulo 9 - Segredos ....

POV JUNGKOOK

Não conversamos mais , vai fazer um mes ,culpa minha .

Jungkook eu te amo ..........

Essas palavras ainda esta na minha mente.Me sinto um idiota por não me declarar de volta para ela, dizendo que a amo mais que eu mesmo.Não posso ficar com ela,a magoei ,me sinto horrivel por isso, o pior é que tenho que guardar esse segredo dela .

1 mes atras .

Saori esta caída no chão .

-Hey, acorda - balanço seu braço - voce bateu a cabeça , esta tudo bem? -ela não se mexia, estava desmaiada.

Pego ela no colo e levo até a cama, colocando delicadamente no colchão .Encaro seu rosto adormecido, de vagar dou um selinho na sua boca áspera,quando me levanto de volta  olho a parede do quarto dela e vejo o enorme quadro com um retrato perfeito meu.Me espanto na hora.

-Nossa -me levanto e me aproximo do mesmo tocando devagar, deixo escapar um sorriso no canto da boca - que garota talentosa.

Saio do quarto sem fazer muito barulho, estou sem sono .Desço as escadas devagar me assusto ao ver Kate jogando fora a garrafa de vinho.

-Jungkook ? -ela me olha - pensei que já estivesse ido dormir , onde esta a Saori ?

-Ela ta dormindo - acho melhor não falar que ela bateu a cabeça- eu durmo tarde então ,to sem sono .

-Entendo , Jungkook eu queria muito falar com voce sobre o caso da Saori - ela estava seria ,parecia outra pessoa .

-Acho que já deve saber que meu cunhado se suicidou, e minha irmã infelizmente faleceu -ela senta na mesa, sento junto.

-Espera eu não sabia que o pai dela se suicidou-se - falo.

-Foi um dia triste para todos, com certeza - ela dizia friamente - no começo eu não soube o por que dele se matar , já que ele era um homem feliz com a mulher e a filha , mas então minha irmã antes de adoecer me explicou - ela pausa - Jungkook , voces que tem esse dom da visão são na verdade anjos -caídos, representando o amor , mas aconteceu de existir os anjos do luto ..

Anjos do luto? Nunca ouvi falar desse nome .

-Anjos do luto são híbridos de anjos-caídos com humanos, eles representam o amor após a morte -ela explicava lentamente.

-Tudo bem mas o que tem isso ? -pergunto.

-O caso é que, não era pra existir isso, o pai da Saori .......... a Saori-ela completa- , são como falhas na natureza, anjos não podem ficar com humanos mas aconteceu,eles quebraram a ondem natural da vida e tiveram que pagar o preço, todos aqueles que nasceram de um anjo-caído e um humano sera amaldiçoado , quando achar sua felicidade ,ela terá que se matar ou matar o amado provando o amor mesmo após a morte, ficando nomeados como anjos do luto , foi isso que aconteceu com o pai da Saori , era ele ou minha irmã.

Não credito, eu não sabia que isso existia , estou perplexo com toda essa informação.

-No começo existiu muitos anjos do luto ,mas durante os séculos eles começaram a morrer muito rápido sem ter filhos e isso fez com acaba-se com eles - vejo algumas lagrimas escorrerem no rosto dela - tenho medo quando for a hora da Saori.

-Espera .... quer dizer que a Saori vai se matar ? -falo desacreditado

-Creio que sim, a maldição aparece quando esta amando o outro -ela passa a mão no cabelo levando para traz - e agora é tarde demais.

Saori gosta de alguém , meu peito doí quanto penso nisso. Droga , não posso deixar que isso aconteça com ela , não posso perde-la.Se algo acontecer com ela, eu não vu conseguir me perdoar.

-Não posso deixa ela ficar com ele -falo com confiança.- irei cuidar dela.

-Jungkook ..... voce ainda não se tocou -ela diz nervosa - tente ligar as peças, ela ama voce.

-O que ? Ela gosta de mim ? .

-É mais que obvio , o jeito como ela fala de voce , nunca vi ela dessa maneira .

Ela gosta de mim........ meu deus como estou feliz . A pessoa que eu amo ,também me ama.Na verdade isso não é bom .

-Eu sou um perigo pra ela agora -murmuro cabisbaixo .

-Voce também gosta dela certo - olho pra ela , estou chorando - não .... voce não gosta dela, voce a ama -ela encosta as costas na cadeira como se rendesse.

-Droga -coloco a mão no rosto , apoiando na mesa e puxando alguns fios do meu cabelo - o que eu faço ?

-Deixe a Saori viva - ela levanta - ela ainda não sabe sobre esse assunto,então haja normalmente ,como se nada tivesse acontecido, consegue fazer isso ?

-Consigo -murmuro.

-Voce vai fazer a coisa certa -ela beija minha cabeça - fará o melhor pra Saori , eu sei disso -a mesma passa a mão no meu rosto limpando algumas lágrimas e logo sai - Jungkook , obrigada .

-Tudo bem -levanto da cadeira e subo as escadas.

Quando chego no quarto dela vejo a mesma ainda dormindo.Ando até ela ,quando chego na cama me agacho pra ficar perto da sua cabeça.

-Eu te amo, Saori -beijo sua bochecha.

Atual 

Eu ainda me sinto péssimo por ter deixado ela ir pra casa sozinha, sabia que se eu pedisse para que ainda ficasse eu ia acabar me declarando pra ela.Eu me deixei levar, não podia ter beijado ela, o desejo de ter essa garota era muito grande ,depois daquele dia do nosso primeiro beijo ,me vejo perdido por ela.

'' - Jungkook ..... eu te amo ..... ''

Essa frase ainda esta na minha mente, o jeito que ela me olhou naquele momento , sinto que ela encarava a minha alma e lesse a minha mente.Mas quando eu não disse nada poderia ver sua cara de tristeza seu olhos traziam dor profunda para mim.

Acho que ela me odeia , suas expressões na escola é sempre série,eu deixei de falar com tudo mundo na escola , acabei tirando notas altas nas matérias , Saori passou a ser umas das piores da nossa classe , queria poder dar aulas paralelas pra ela.

Chego em casa depois de um dia longo na escola.Jogo minha mochila na cama e me sento na cadeira.Minha cabeça apoiada na mesma, me fazia encarar o teto daquele quarto escuro que só tinha a iluminação da lua que transmitia na grande parede de vidro.Penso na Saori, no dia que foi de maquiagem pra escola , ela estava tão linda.Tenho uma sensação estranha vindo da parte de baixo do meu corpo, sabia o que era,me arrumo na cadeira tentando ignorar a sensação.

Na minha cabeça começo imaginar eu e a Saori em meu quarto em um domingo a tarde na cama conversando , então ela me beija com vontade, acompanho colocando a língua, a sensação esta ficando maior, Saori senta no meu colo, ela me beija com paixão e necessidade .Abro o zíper lentamente, abaixando um pouco a calça com a cueca, estou ereto, imaginando uma cena que semanas estou desejando ter , minha excitação me perturba já faz um tempo, toco no meu membro, suspiro com o meu próprio toque.A cena da Saoroi me beijando me deixa louco, faço movimento para cima e para baixo repetidamente,com uma mão eu me masturbo e com a outro seguro a cadeira , estou indo ao delirio com isso , eu não sou um garoto que faz esse tipo de coisas, já tive namoradas antes, mas toda vez que penso na Saori eu fico excitado , essa é a primeira vez que faço isso pensando nela.Acelero a movimentação , me levando a loucura, gemo alto encostando a cabela na cadeira.

-AAHHNNN -coloco a mão na boca tentando abafar o som - hmmmmm .

Sinto ejacular , paro devagar a mão , estou suspirando cansado , me sinto satisfeito.

[...] Jantava uma salada velha com os meus pais , eles falavam sobre rabanete, assunto que poucos se interessam .

-Filho voce esta muito calado - minha mãe me encara - já sei o que vai te deixar feliz - ela levanta e pega um cartão ,no armário atras dela -aqui chego do correio hoje de manhã.

Pego o cartão que já estava aberto , vejo que é da protutora, meu coração acelera.

Esperamos a sua presença no dia 1 de outubro  as 15:00 para o treinamento de 3 messes .

-MÃE EU FUI ACEITO -dou um grito assustando os dois - EU CONSEGUI!!!

-Parabens .

-Espera 3 messes fora? - meu pai corta- e a escola ?

-Droga o que eu faço ? -murmuro.

-Que tal fazermos um acordo ,voce faz esses tres messes de treinamento , se não conseguir volta pra escola e depois trabalha pra mim até ser de maior ? -ele come a salada.

Era uma proposta encantadora tenho confiança que vou conseguir o que eu quero.

-Aceito -sorrimos juntos.

-Mas tera que me ligar sempre -  minha mãe choramiga .

-E claro .

Eles voltam a conversar meu pai e minha mãe sobre rabanetes , pego meu celular e procuro pelo nome da Saori , quando acho eu simplesmente não sei o que escrever ,acho que se for pra contar sobre isso acho melhor dizer pessoalmente.Desligo o aparelho e volto a saborear a comida.

Nos dias seguintes eu pensava em como ir conversar com Saori ,minha mente esta cada vez mais paranoica estou nervoso não quero de jeito nenhum me mudar sem fazer as pazes com ela, eu simplesmente me recuso.

[....]

-Eu soube já um tempo, mas eu não sabia como dizer pra voce, já que paramos de falar -murmuro.

-Mas e agora?-ela encara o chão -tudo bem se voltarmos a nos falar ? 

Meu coração enche de surpresa, pensei que ela não quisesse mais falar comigo.Meus sentimentos estão transbordando de mim , por um momento pensei que fosse chorar ali, minha unica amiga, minha pessoa amada.Abraço sua cintura e enfio minha cabeça no seu pescoço.Ela me abraça também nos fazendo ficar ainda mais proximos ,isso por favor abraça forte.

-Pensei que me odiava -falo com minha cara ainda escondida no seu pescoço - fiquei com medo medo de nunca mais podermos nos falar .

-Não iria conseguir ficar muito tempo sem falar com voce -ela me solta- mas agora temos bastante tempo pra conversar.

A não , eu vou embora logo .

-Ah droga-murmuro - deveria ter vindo falar com voce mais cedo -pauso - eu vou me mudar , ficar tres messes fora .

-O que ?Por que? -ela pergunta preocupada.

-Aulas especializadas de canto e dança -chuto a pedra no chão -parece que eles querem me estre-ar rápido.

-Mas e a escola não vai terminar? -ela pergunta.

-Infelizmente não .

-Seu pai aceitou numa boa ?

-A gente resolveu esse assunto , muitas coisas mudaram durante esse mes.

Consigo ver o seu olhar um pouco triste , sei que ela disfarça ,esta surpresa.

-Tudo bem vai ser bom pra voce - ela toma a compostura de volta,sorrimos juntos- estou feliz por voce.

-Estou feliz de podermos conversarmos de novo - cutuco ela.

 

 


Notas Finais


espero que gostem sorry a demora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...