História Red Moon - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Counter Strike, Final Fantasy XV, Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 3
Palavras 593
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Saga, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - CAPITULO 1 - EPISÓDIO 1 - Início


Gabriel gostava muito de jogar jogos RPG, Irez já gostava mais de jogos de tiro, Henry preferia jogos 2D, mas um dia, todos se encontraram, fazendo o que mais gostavam.

Gabriel: Esse cara não morre!
Sozinho não dá pra matar esse chefão, vou arranjar alguém pra me ajudar.
(Gabriel entrou num famoso site onde gamers se encontravam para fazer amigos e jogar, enquanto isso, Irez estava jogando um famoso FPS online.
Irez: Galera, vão logo, vocês jogam muito mal!
Parceiro 1: Quem joga mal é você! Aprende á matar com a arma mais forte pelo menos!
Irez: Ah, vocês são muito chatos, vou encontrar outra pessoa pra jogar!

Esses caras são fumadões, vou achar outra pessoa.
(Henry jogava com seu amigo Doug, um jogo de luta 2D)
Henry: Hey maninho, vou parar um pouco, eu achei um novo site de gamers e quero tentar achar mais pessoas pro nosso torneio!
Sayan: Tudo bem, pode ir parça.
Henry: Falows!
(Todos entraram no site Kongregate, para tentar fazer novos amigos para seus jogos)
Henry: Alguém quer jogar Brawlhalla?
Irez: Que diabos é Braurrala?
Gabriel: Seus loucos.
Henry: Quem são vocês?
Irez: Só ler meu nome, lokão.
Gabriel: Sou Gabriel.
Henry: Sou Henry, você joga Brawlhalla?
Gabriel: Não, prefiro RPG's...
Irez: Seus idiotas, o negócio é jogar Counter-Strike e Overwatch, isso que é vida.

Gabriel: Cala a boca idiota.
Irez: ta ;-;
(De repente, todos escutam um barulho estranho, que poderia lembrar uma explosão, ou algo caindo no chão.)
Irez: AAA
Gabriel: Ué, aconteceu aí também?
Henry: Aconteceu!
(Todos vão lá fora ver, e encontram uma nave, com um exército de robôs armados.)
Robô: Mãos pro alto!
Irez: QQVCQUERCOMIGO ;-;
Robô: Fale direito comigo, eu posso te matar num piscar de olhos, seu tolo.
Irez: ;-;
Robô: Venha comigo.
(Irez entra na nave, e encontra duas pessoas.)
Irez: Quem são vocês?
Gabriel: Meu nome é Gabriel.
Henry: Peraí, Gabriel?
Gabriel: Sim ué.
Henry: Vocês são os caras da Kongregate?
Gabriel/ Irez: Sim!
Henry: Nós fomos teleportados pra cá!
Irez: eles vão NOS MATAR 
NAAAAA
Robô: CALADO!
Irez: nussa ;-;

(Os três são levados á um grande castelo, repleto de robôs.)


Robô: Venham.
(O Robô leva todos para uma sala com armas futuristas e normais.)
Robô: Bem, todos estão aqui, bem, por quê estão aqui.
Vocês foram selecionados, para salvar a Terra.
Irez: An?
Robô: Sim, me importo com esse pequeno planeta mal-desenvolvido.
Henry: Hey! Não fale assim de nós!
(O Robô saca uma espada, dá um dash pra trás de Henry, e coloca a espada em seu pescoço)
Henry: AA
Robô: Não grite comigo.
Bem, existe um vilão que está querendo destruir seu planeta.
Seu nome é Kuroth, ele tem um plano de transformar a lua em algo sanguîneo, a Lua Vermelha.
Por quê isso destrói apenas a Terra e não o Sistema Solar, por quê com isso ele não poderia mais viver, pois seu poder não é tanto assim, mas se destruir apenas a Terra, poderá fazer um novo planeta, usando praticamente todo o seu poder. Os outros planetas nem tem vida mesmo.
Henry: Uma pergunta, se os outros não tem vida, onde você vive?
Robô: Via Lactea é apenas uma galáxia.
Ninguém nunca explorou Andrômeda.
Henry: Ah.
Robô: Isso é tudo, amanhã preparem-se pois terão suas armas e poderes.
Irez: EBAAAA VOU SER MITOZO

Robô: (cara feia)
Irez: Digo... sim, senhor!
Robô: Certo, vão dormir agora, sigam me e mostrarei seus dormitórios, só pra lembrar, nossos hotéis são de alta qualidade, não se incomodem com os robôs e aliens.
Gabriel: Eca...
Robô: Vamos lá.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...