História Red of Roses and Thorns - Capítulo 10


Escrita por: ~

Exibições 73
Palavras 641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Só avisando que vou passar um tempinho sem postar (talvez)
Tirei uma nota meio baixa (6,0) e agora, minha mãe tirou o meu celular. Só que hoje, nos saimos pra caminhar, e quando eu voltei, tava em cima dos meus materias, na minha mesa. Aí eu peguei escondido, e até agora ninguém percebeu nada! Então quando eu parar de postar, e desaparecer por um mês, saibam que foi por causa do boletim (desculpa)
Capítulo pequeno, porque o tempo é curto!
Boa leitura ♡♡

Capítulo 10 - Feliz dia das Crianças, meu bebê!


Fanfic / Fanfiction Red of Roses and Thorns - Capítulo 10 - Feliz dia das Crianças, meu bebê!

Syana andava calmamente para fora da empresa. Há três dias atrás, ela e Chanyeol haviam estabelecido um forte laço. Quem visse, facilmente afirmaria que eram namorados. E ambos estavam contentes com essa posição. Como hoje era o dia das crianças, Syana recebeu diversos presentes dos fãs, que diziam que ela era uma bebê em corpo de adulto-adolescente. De certo modo, era bem fofo, ao ponto de vista de Syana, que ganhava muitos presentes nesta data.

Saindo da empresa, ela e KyungSoo se esbarram. O mai velho, abre um lindo sorriso ao ve-la.

-Oi! - KyungSoo a cumprimentou, informalmente.

-Olá, D.O. Sunbae! - Syana respondeu, se curvando ao seu superior. Ele riu do modo como ela o chamava, então tirou uma caixa do bolso.

-Chanyeol Hyung pediu para que lhe entregasse isso! - Ele falou, passando a pequena e enfeitada caixa para Syana.

-O que é isso? - Syana estava desconfiada de pegar o objeto a sua frente. D.O. apenas levantou os ombros, insinuando que não sabia.

-Ha! Ele também disse que não era para abrir antes de vê-lo, e que ele te explicaria tudo quando você fosse para o parque XXXXXXXXXXXXX - KyungSoo disse. Se curvou para Syana e soltou mais um de seus sorrisos em formato de coração, e saiu, sem dizer mais nada.

“SatanSoo? Esse menino é um anjo inocente! Ou esconde muito bem seu lado capiroto” Era exatamente isso que se passava na mente de Syana, que observava, atentamente, o mais velho se retirar do local, adentrando o familiar elevador, que tantas vezes fora citada {tantas, que poderia ficar até mais famoso que os próprios idols}.

(...)

Syana já estava no parque, a procura de Chanyeol, o que não foi muito difícil, já que ele estava cercado por pessoas. Era só acompanhar os gritos histéricos das fãs e os flashes das câmeras, que facilmente encontrariam o idol. Sem se importar com nada, ela foi até Chanyeol e lhe mostrou a caixinha, que segurava no bolso do casaco, mostrando que desejava uma explicação para aquilo.

-Vamos naquele café! Assim posso te contar, com mais calma! - Ele disse, e apontou para o café. Syana acenou com a cabeça, concordando. Ambos entraram juntos na cafeteria, chamando a atenção de muitos ali presentes. Eles não sabiam se era pelo fato de serem idols, ou simplesmente, por se encaixarem perfeitamente no padrão de beleza sul coreano.

Escolheram uma mesa bem no fundo e escolheram seus pedidos, antes de finalmente, falarem sobre a caixinha.

-Hey! O que significa isso? - Pediu Syana, não se contendo, sua curiosidade era grande, e ela queria logo abrir.

-Seu presente! - Chanyeol respondeu, mais casualmente impossivel.

-Por qual razão, circunstância, data, comemoração? - Pediu Syana, sem pausa nas palavras.

-Feliz dia das Crianças, meu bebê! - Chanyeol disse, e apontou para a caixa, fazendo com que Syana entendesse a situação.

-Quantos anos o povo acha que eu tenho? - Syana sussurrou, enquanto abria a caixinha cuidadosamente. Chanyeol riu de seu comentario. Logo, a mais nova se surpreendeu com o que havia dentro da caixinha. - Rainha? - Syana rapidamente traduziu o que estava escrito no bracelete [capa do capítulo]

-Pulseiras de casal! - Chanyeol falou, levantando o braço e mostrando sua pulseira. As diferenças eram visíveis. Enquanto a de Syana era azul marinho, e estava escrito queen com um lindo pingente de chave; a de Chanyeol era escura {negro}, com a palavra King e um pingente em formato de coração com uma fechadura.

Syana sorriu involuntariamente, e colocou a pulseira, mostrando como havia ficado para o mais velho, que ficou feliz com sua empolgação.

-Agora somos oficialmente um casal! - Ele afirmou, minutos depois, foram entregue os pedidos do “casal”.

E assim foi o dia de Syana, calmo e alegre, exatamente como devia ser muito tempo atrás. E novamente, ela se perguntava se realmente gosta de Chanyeol.


Notas Finais


Desculpa o capítulo pequeno, mas é só pra desejar um feliz dia das crianças!

♡Kissus XOXO♡e até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...