História Red Smoke: Rupture (Segunda Temporada) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Exibições 9
Palavras 687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hum... vejamos. Mais um semana e mais um capítulo. Dessa vez é da minha mozao, a Lola! ♡
Bom, essa semana vou agradecer à nahty321, UnicirnioLoko, D_Hayashida e uttyoongi. Obrigada por favoritar! ♡ ♡ ♡ ♡
Música - Hush - Miss A

Capítulo 15 - Parte 6: Lola - Hush - 01


Fanfic / Fanfiction Red Smoke: Rupture (Segunda Temporada) - Capítulo 15 - Parte 6: Lola - Hush - 01

Lola P.O.V’s On

   Eu só tinha que dançar com eles, era bem simples. Estávamos filmando um mv. Eu e o Got7. Há alguns meses já tínhamos gravado a música, que entraria no novo álbum deles e agora tinha o vídeo.

   Meu cabelo tinha crescido um bocado, mas YongNam falou que eu não podia cortar. Por causa disso, minha franja ficava caindo no meu olho o tempo todo. É um saco. Luzes e holofotes, a coreografia era difícil, mas nada impossível para nós. Não vou negar que foi cansativo, mas também foi divertido. 

   Quando demos um intervalo me afastei e fui para o meu camarim, por ser mulher, enquanto todos do Got7 são homens, eu tinha meu próprio camarim enquanto eles dividiam um. Logo que entrei tirei a blusa que estava usando, deixando que o ar frio do ar coondicionado encontrasse minha pele. Eu estava ofegante e relativamente cansada, então me servi de um copo de água filtrada e me sentei na cadeira giratória em frente ao espelho. Coloquei meus fones de ouvido por um instante e baixei os olhos para ver um vídeo que uma das meninas havia enviado no nosso grupo do whatsapp. Acho que eu fui ingênua.

   Com minha atenção total voltada para o telefone, eu não vi quando ele entrou. Quem sabe se eu estivesse pelo menos sem os fones, eu o teria ouvido. Isso com certeza teria evitado a briga. Mas não, eu estava distraída quando Jackson entrou. Ele veio de mansinho e colocou a mão em meu ombro, fazendo com que eu tomasse um susto e quase derrubasse meu celular.

   - Mas que merda, Jackson! O que está fazendo aqui?!

   Mas ele não respondeu. Só nesse instante percebi que eu estava só de sutiã e ele não tirava os olhos dos meus peitos. Ignorei Jackson e comecei a procurar a minha blusa, só depois de achar e vestir alguma coisa é que me virei novamente para ele.

   - O que você está fazendo aqui?

   - Eu queria falar com você. - ele respondeu - Eu bati na porta algumas vezes, mas você não respondeu. - ele se adiantou antes que eu reclamasse disso.

   - Não tinha porque entrar.

   - Tinha sim! - ele insistiu - Eu bati várias vezes e você não respondeu, achei que tivesse acontecido algo.

   Eu apenas desviei os olhos, irritada. Afinal, Jackson tinha acabado de me ver só de sutiã.

   - Mas afinal, o que você quer aqui?

   Jackson trocou o peso de pé, parecendo ansioso e nervoso. Levou a mão até a nuca e bagunçou o cabelo.

   - Bem... Nosso manager nos contou que a JYP vai fazer uma festa de gala daqui a um tempinho. Então eu meio que queria saber se quer ir comigo.

   Quando terminou de falar, ele olhou para o outro lado da sala enquanto corava. Era a última coisa que eu esperava dele. Me senti desconfortável, mas isso não mudava o que eu responderia.

   - Não, obrigada.

   Jackson me encarou por um instante e então desviou, bufando.

   - Por que você sempre é tão séria e não me da uma chance?

   - Desculpa te surpreender, mas eu não tenho obrigação nenhuma de aceitar os teus flertes.

   - Eu não estou flertando com você, Lola. Estou te chamando, numa boa, pra uma festa.

   - E eu estou dizendo, numa boa, que não vou. - eu falei, ao mesmo tempo me apoiando na mesa com espelho atrás.

   - Ok. - ele disse.

   E então veio aquele silêncio desconfortável.

  Eu não vi quando ele se mexeu, não vi quando ele chegou tão perto. O que eu sei é que, quando me dei conta, o rosto dele estava a alguns centímetros do meu. Eu podia sentir a respiração dele. Mas então ele me beijou.  Um beijo simples, com as mãos na minha cintura, me trazendo uma sensação estranha de nostalgia. Mas não, não dele. Então empurrei Jackson, tirando ele de perto de mim, deixando que entre nós houvesse espaço.

   - Não toque mais em mim. - mandei.

   Para então sair do camarim em disparada, apenas com um objetivo: me afastar dele e me livrar dessa sensação.


Notas Finais


Obrigada por ler, desculpe qualquer erro!
Já já posto o próximo.
~chu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...