História Reflexo Escondido - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 6
Palavras 443
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Finalmenteeee, eu perdi o rascunho então tive q escrever tudo de novo, mas ta aí

Capítulo 2 - Viagem



—Está tudo bem com ele?
—Não sabemos, — disse num tom baixo e triste — faz quase 2 semanas que ele desapareceu e não temos notícia dele e... — uma lágrima cai vagarosamente do meu olho e aos poucos se tornam milhares
—Espere, não chore! Vocês vão encontrar ele, tenho certeza que ele está bem — o sorriso dela me deixa mais tranquila apesar de ter o conhecimento que não vamos encontrar o mesmo
  Parei de chorar e me acalmei, olhei em direção ao relógio suspenso na parede salmão do pequeno aposento, já tinha acabado a sessão, passaram-se cerca de uma hora comigo apenas contando toda história do meu pai. Vejo que ela olha na mesma direção, levanto da poltrona macia e levemente desgastada, nos despedimos e saio da sala. 8:46 da manhã, uma sessão um pouco mais demorada que outras, talvez porque nessa eu apenas descrevi minhas últimas semanas de caos total, preciso falar com o Rafa.
  Saí do prédio em que se encontrava o consultório e fui em direção da calçada, pensei na possibilidade de chamar um táxi já que se passavam tantos naquela avenida, — era a avenida principal de cidade — mas eu não tinha dinheiro suficiente para chegar no meu prédio, era muito distante, teria de ir a pé, lembrei que o Rafa morava aqui perto, e ele tinha carteira de habilitação, apesar de não dirigir muito bem, é a única solução. Peguei meu celular no meu bolso de trás e mandei mensagem para ele.
Mensagem on
-Rafa vem aq me levar p ksa
-Onde q tu ta
-Na clinica
-Blz to indo

Mensagem off
 Esperei nem cinco minutos e ele já estava aqui, entrei no carro e sentei do banco de passageiro, ficamos conversando o percurso todo, até chegarmos em meu prédio, me despedi dele com um beijo na bochecha e fui até o portão. A rua estava silenciosa, apenas o som dos passáros piando ecoava na rua vazia enquanto o barulho do portão de ferro se arrastando no concreto se manifestava ali perto. Adentrei lentamente no local e me direcionei até o elevador, mas meu foco foi em direção ao estacionamento, que avistei minha mãe com uma das mãos ocupada por uma mala pequena e a outra pelo celular, provavelmente a mesma estava se preparando para viajar de carro, por que ela não me avisou de nada?
—Mãããe?!
—Ah, olá Lua — ela estava distraída
—Vai viajar?
—Vou sim, por que? 
—Ah é que, você não me avisou de nada e... — fui interrompida, ela estava ficando brava
—Lua essa viagem é necessária, não posso dizer aonde vou, agora com licença estou atrasada, se cuida — ela deu um beijo na minha testa e partiu
 


Notas Finais


favoriteeem e comentem se quiserem q eu continue hehe ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...