História Reflexos - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Karin, Konan, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Ação, Aventura, Naruto, Romance
Exibições 10
Palavras 2.396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá leitores, de volta a civilização internet wifi ilimitado kk espero que curtam o cap.

Capítulo 11 - Apresentações parte 3


Fanfic / Fanfiction Reflexos - Capítulo 11 - Apresentações parte 3

Sakura on

Estava uma pilha de nervos mesmo com tudo pronto, a letra da música que havia escrito a algum tempo expressava tudo que queria falar pra ele e ainda não havia dito. Resolvi fazer uma lista mental para ter certeza. O arranjo da música tá ok, a letra ok, eu bem a Hinata e a Temari ficaram de me ajudar então acho que está ok também. Falando nisso, acho que já está na hora de ir pra casa da dela me arrumar. 

Inner: Vamos arrasar Shanaroo.

Sakura off

Hinata on

Com certeza essa foi umas das melhores tardes que já tive na vida, Sakura, Temari, Hanabi e eu recebemos tratamentos de beleza enquanto nos divertimos e jogamos conversa fora. 

Já que havia metido a rosada nessa comigo resolvi elevar o nível e contratar cabeleireiro, manicure, maquiadora e tudo que tínhamos direito. Como disse a Hanabi tinha que desfrutar do dinheiro dos Hyugas então praticamente Trouxe uma das melhores lojas do shopping pra casa. 

Depois de muita insistência a rosada escolheu um vestido perfeito, ela com certeza iria arrasar corações essa noite. 

Eu estava tão feliz por poder ajudar uma das minhas únicas amigas que nem me importava mais com meu fracasso amanhã. Já estava quase na hora hoje resolvi dispensar a carona do ruivo e fiquei de encontralo lá. 

— Vamos ?- perguntei para as meninas.

Elas apenas acentiram ainda eram seis da tarde mas a Sakura tinha que chegar mais cedo. O motorista nos conduziu na BMW preta.

— Estou me sentido uma Princesa Hina nem sei como agradecer.- disse Sakura ao entrar no carro.

— Não precisa, você me acolheu tanto no primeiro dia de aula que só estou retribuindo.

— Hoje você tem que arrasar com aquela Loira aguada.- disse Temari.

— Para Tema já estou nervosa e me apresentar no mesmo dia da Ino já é desvantagem.- disse a rosada.

— Claro que não Sakura, você canta super bem e está linda, seja qual for o nível da Ino você está a altura ou até melhor.- respondi.

— A verdade é que não me importo com a competição claro que ganhar a bolsa do intercâmbio seria legal, mas apenas quero subir no palco e fazer meus sentimentos alcançarem o Sasuke.- confessou Sakura.

— Você vai conseguir, eu vi como ele sorriu pra vc quando disse que ia se apresentar - completei 

— É mesmo Hina?.- perguntou a rosada.

— uhum 

—Chegamos.- anunciou o motorista e logo abriu a porta para nós.

Entramos no colégio a Sakura se dirigiu ao auditório seguida por nós, estava mais calma. Ino também já havia chegado ela passou por nós e cumprimentou apenas a rosada desejando sorte o que me pareceu sincero da parte dela, talvez não fosse tão ruim assim.

 Dexei as meninas na coxia e fui beber água, antes que o colégio lotasse, Temari orientou Sakura e depois foi guardar nossos lugares na frente para apoiar nossa amiga.

 Ao passar pelo corredor avistei alguém conhecido fiquei séria e voltei a realidade um pouco mais a minha frente estava um dos alunos preferidos de Danzo. 

Caminhei com urgência até ele que não esboçou reação por me ver, havia poucas pessoas no corredor então indiquei o caminho para uma sala deserta e ele concordou em me seguir.

— Olha se não é a princesinha do Itachi?-disse com sarcasmo.

— O que faz aqui papel?- tá apelido parece bobo mas era o codinome dele na organização pois sempre estava rabiscando algum desenho. E sim ele era um dos melhores.

— Não se preocupe, apenas estudo artes plásticas, já estou aqui desde o começo do ano, foi uma surpresa te ver, eu te evitaria mas tenho uma dívida pra pagar. Ah meu nome agora é Sai.

— Dívida?não me lembro de ter feito algo por você pensei até que queria revanche pelo que aconteceu com Danzo.

— Não gostava dele apenas obedecia, você me fez um favor quando o eliminou.

— Como você soube ?

— Na noite da sua fulga eu vi voce sair da sala dele. Ele e seus capangas estavam mortos.Todos acham que foi Itachi não se preocupe.

— Não estou preocupada Sai, mas porque você me deve algo?

— Como você também deve ter descoberto, o teste de graduação era matar seu companheiro, para provar lealdade. Graças a você eu não precisei lutar com o meu irmão.

— Entendo, se for por isso não me deve nada, tem mais algum de vocês aqui?

— Não meu irmão morreu de câncer a seis messes, não resistiu ao tratamento mas apesar disso pude estar ao lado dele. A Ambu se dicipou com a morte de Danzo e todos os bens dele foi distribuído entre os órfãos mas acho que isso você já sabe pois foi o que ele deixou no testamento. Além da ideia de criar um abrigo para órfãos ligado com um convento. Foi ideia sua?

— Voce não precisa saber, dispenso qualquer retribuição apenas viva como tem vivido não quero problemas.- dito isso sai de lá a História foi convincente mas iria ficar de olho.

— Mais uma coisa, Itachi também sabe que foi você e sabe que estou aqui. Não sei o que pretende, mas se precisar estou às ordens- Sai afirmou antes de eu passar pela porta então me virei e  respondi com um sorriso fake.

— Já suspeitava que ele soubesse, a propósito me chamo Hinata,e  como você apenas vim estudar, não é necessário que se preocupe comigo.- sai em direção ao auditório.

Meus extintos indicam que não devo me preocupar com Sai ele sempre foi na dele e fazíamos algumas aulas psicológicas juntos. 

Ao chegar no auditório já estava meio cheio,  segui até Temari e encontrei um ruivo um pouco chateado ao lado dela. Naruto havia voltado estava sentado do outro lado do do Shikamaru e próximo a ele estava Sasuke.

— Foi fabricar água?-perguntou Temari em tom de brincadeira.

— Não apenas fiquei papeando com um velho conhecido. Boa noite Gaara, Shikamaru, Sasuke e Naruto.

— Que bom que chegou Hinata mal posso esperar pra te contar da minha viagem disse Naruto com seu sorriso habitual.- Sasuke e Shikamaru apenas acentiram com a cabeça.

— Boa noite.- respondeu Gaara 

— Vejo que correu tudo bem. Afirmei 

— Melhor impossível! Só voltei pra apoiar a Saky, você finalmente conseguiu convencer ela a sair dos bastidores- respondeu o loiro abobado de felicidade.

— Não fui exatamente eu, foi o cara que ela gosta.- disse e consegui confirmar minhas suspeitas, Sasuke me encarou de cenho franzido. Dei um olhar cúmplice para Temari que pegou a idéia no ar e continuou.

— É musica que a Sakura vai cantar é especialmente pra ele, super romântico.

— Não sabia que a Sakura estava com alguém.- Disse Naruto olhando para o Sasuke que continuava me encarando parecia esperar mais alguma informação.

— Não está.- Vi Sasuke relaxar então completei olhando para o loiro.- Mas depois de hoje vai estar com certeza.

Me sentei ao lado do ruivo que segurou minha mão, sorri cúmplice para Temari que também compartilhava o segredo. Tive a impressão que Shikamaru pegou o que acontecia no ar pois ele me  esboçou um meio sorriso e balançou a cabeça. Fazer o Sasuke se ligar já havia dado certo, tenho certeza que ele vai prestar atenção na letra da música, agora é com a Sakura.

Estava tão nervosa que fiquei imaginando se amanhã estaria assim também. Mais uma vez Tsunade entrou instruiu todos a votarem pelo portal do aluno e  anunciou a Ino. Olhei para o Gaara ele não esboçou nenhuma reação. 

Ino entrou com várias dançarinas e a apresentação começou com uma música lenta que foi crescendo até explodir em uma batida forte, a letra da música se resumia a ofensas então não quis prestar muita atenção mas não pude deixar de notar quando a letra dizia.                   

 Seus olhos me dizem tudo. Mentiroso, mentiroso, mentiroso, não me engane mais Eu não quero mais saber. Eu não quero saber, não, não. Está tudo acabado.                             Nós dois estávamos perdidamente apaixonados.Eu fui arrastada por aí como uma idiota. Como se eu estivesse louca. Como você pode, você estava convincente. Eu odeio você, hey, não, não.                              Eu não preciso de você, hey, não, não.

— Você realmente sabe como fazer uma garota te odiar.- disse próximo ao ouvido de Gaara.

— Isso não é problema, o problema é fazer elas se apaixonarem e  acreditar em mim. - disse com um sorriso debochado.

— Eu acredito.- disse sinceramente. 

— Mas não está apaixonada.

Não havia resposta, não poderia mentir eu não estava apaixonada por ele.

— Não é exatamente um problema.- disse tentando argumentar.

— Não vai ser por muito tempo.

Apenas sorri e percebi que era a vez da Saky, salva pela rosada mais uma vez.

— Ela está linda, não é Sasuke.-disse Naruto.

— Hum.- como  sempre respondeu o Uchiha.

Sakura entrou parecia nervosa mas logo que nos achou ganhou confiança, ela estava linda parecia uma pintura no centro do palco com apenas  um microfone. A melodia da música começou tocar, ela olhou para Sasuke e fechou os olhos em seguida. Respirou fundo e começou a cantar.

Hinata off

Sakura on

Eu estava tremendo mas não iria voltar atrás, assim que fui anunciada entrei vi meus amigos e ganhei forças. Olhei para o Sasuke e implorei mentalmente pra ele perceber que a música era pra ele, então fechei os olhos e cantei com todo meu coração:

Eu sempre te observei à distância

Porque você se parecia com meu amor

Eu pensei que você se sentia da mesma forma.

Embora você estivesse olhando para outro lugar.

Como o vento, como a poeira

Eu não posso te alcançar, eu não posso te ver.

Lembre-se que te amo

Eu te amo. Eu acreditei que fosse amor

Eu o chamei de destino

Lembre-se que te amo

Eu te amo

( Eu o amava, sempre amei desde que o vi pela primeira vez, um amor assim que dói só de pensar, mesmo que ele  nunca tenha me dado um sinal e que estivesse com outra, eu continuei  amando um amor solitário mesmo sem querer, mesmo que de longe. Mesmo sem poder te-lo  junto a mim eu continuo  amando. Tudo que eu quero é que ele saiba nada mais importa.)

Eu estou vivendo em seus olhos

Respondo apenas à você

Segure-se em mim quando eu estiver balançando

Meu amor, meu amor

As lágrimas que caem na janela do meu coração

(Só de me  olhar você tira meu fôlego, não há mais ninguém, nunca ouve apenas você, eu durmo e acordo pensando em você, apenas uma vez, apenas hoje olhe para mim e veja que é você no meu coração.)

Elas respondem-me

Você é alguém que eu não posso ter

Uma pessoa que tenho que esquecer

Meu amor está chegando muito longe

Eu preciso te deixar ir porque isso não sou eu

( Eu queria que fosse real, que você me amasse mas quanto mais eu amo, mais me sinto sozinha. Mesmo que eu queira desistir eu não consigo deixar vc ir.)

Lembre-se que te amo, eu te amo

Eu acreditei que fosse amor, eu o chamei de destino

Lembre-se que te amo, eu te amo

Eu estou vivendo em seus olhos

Respondo apenas à você

Segure-se em mim quando eu estiver balançando

Meu amor, meu amor

Eu senti uma lágrima solitária decer no meu rosto estava feito eu havia dito. Todos aplaudiam mas eu não ouvia som algum, olhei em direção ao Sasuke-kun ele me olhava sério. Naruto também não sorria, parecia petrificado, Hinata e Temari me aplaudiam de pé assim como Gaara e Shikamaru.

Sai do palco, Tsunade me parabenizou mas eu apenas queria me esconder ele não entendeu, não reagiu o que eu faço agora?Senti uma imensa vontade de chorar, mas não podia com certeza já estariam vindo me ver. Resolvi trancar meus sentimentos mais uma vez essa foi minha última tentativa.

Lá estavam eles assim que me aproximei começaram 

— Sakura-chan você parecia um anjo, parabéns você foi muito bem. Tô certo.- disse Naruto animadíssimo.

— Você foi perfeita.- Hinata disse me abraçando.

Então quando eu ia responder Sasuke me puchou pelo braço eu não entendi apenas o segui, olhei pra Hina e ela piscou  pra mim. Não, não, não será que ela disse algo?, Não ela não faria isso.  Será que ele ficou com raiva ? 

Chegamos ao telhado estava escuro, o céu estrelado a lua iluminava a face de Sasuke ele estava sério demais. Olhei para baixo. Achei que ele iria me soltar mas ele apenas deceu a mão até a minha. 

— Sakura.- sua voz grave  me despertou dos meus pensamentos.

— Hum.- ainda não o olhava nos olhos, não podia.

— Aquela música é pra alguém não é?-ele parecia calmo.Meu coração parecia que ia falhar.

— Sim.- respondi em um fio de voz. Ele ficou mais tenso.

— Então me diz pra quem é?- sua voz trasparecia irritação. Eu não consegui, apenas apertei os olhos para não chorar.

— Me diz, Sakura, me diz quem é o idiota que você ama tão desesperadamente.- soltou minha mão, mas não se afastou eu levantei os olhos até encontrar os dele. Não conseguia falar então apenas levantei a mão e com o dedo indicador toquei o peito dele.

Ele pareceu não entender então meus olhos encheram de  lágrimas eu finalmente encontrei minha voz.

— É você, você é o idiota que eu amo tão desesperadamente.- minha voz estava carregada não aguentava mais guardar esse sentimento. 

Sasuke olhou dentro dos meus olhos parecia procurar qualquer sinal de dúvida eu apenas mantive meu olhar firme nos dele. 

Então ele se aproximou bruscamente e me beijou. Meu coração parecia que ia explodir no peito. Senti suas mãos em meus ombros, era um beijo carregado de sentimentos, apenas tocávamos os lábios mas era como se o mundo ao meu redor parasse e tudo que eu conseguia sentir era seus lábios nos meus.

 Ficamos assim por um tempo até que o beijo se aprofundou, levei minhas mãos até seu rosto. Ele segurou minha nuca e nos entregavamos um ao outro, nossas  línguas travavam uma batalha para ver quem ditava o ritmo, continuamos assim até nos separar por falta de ar.

—Sasuke-kun.- disse como em um sussuro. Ele me abraçou e disse no meu ouvido.

— Minha Sakura, você é minha, mesmo que a sua resposta fosse outra. Eu iria até o fim do mundo pra trazer você divolta pra mim.- algumas lágrimas teimosas deciam do meus olhos, e iam de encontro com a camisa do Sasuke, mas essas eram lágrimas de felicidade.

 Ficamos abraçados por um tempo eu não queria desfazer o abraço e Sasuke parecia sentir o mesmo. Quando nos separamos ele me deu um selinho e  limpou  meu rosto molhado. 

— Vamos?.perguntou  com um sorriso no rosto enquanto entrelaçavam minha mão. Apenas assenti.

Eu não precisava de mais nada, ele estava a meu lado então eu tinha tudo.



Notas Finais


Look da Saky :
https://www.polyvore.com/tulle_pink_dress/set?id=208573065

Música da Saky
https://youtu.be/qhy-Dzvb3Fs
Música da Ino, não gosto muito 4 minutes tem várias melhores.
https://youtu.be/KE5h4S-r7z8


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...