História Rehab (Camren) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila, Camren, Lauren, Romance
Exibições 572
Palavras 1.821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Camila?


Lauren's POV

Fomos para o quarto e pegamos nossas malas,seguindo a Demi pelo corredor enquanto ela nos dava o número do seu celular,para o caso de acontecer alguma emergência. Ela explicou que quando eu voltasse,faria um exame toxicológico e ela saberia se eu tivesse usado drogas,o que me deixou um pouco desconfortável.

-Vocês podem me ligar a qualquer hora. -Ela explicava nervosa,enquanto seguia até a sala de espera,onde os pais da Camz nos esperavam. -Camila,se você ficar nervosa tome apenas um remédio e fique perto da Lauren.

-Ok. -A Camz disse com dificuldade em levar sua mala

-Enquanto vocês estiverem juntas vai dar tudo certo.

-Sim. -Falei

-VADIAS! NEM VÃO SE DESPEDIR.-A Dinah corria atrás da gente.

-Dinah,esse seu vocabulário não é apropriado. -A Demi disse com uma careta.

-Desculpa. -Ela falou sem se importar e me abraçou,abraçando a Camz logo depois. -Aproveitem os dias fora daqui!

-Nós vamos sentir tanta falta de vocês. -A Jessy disse ao lado da Dinah,elas eram inseparáveis.

-Nós também. -A Camz falou um pouco sem graça,por causa do abraço inesperado.

-Vamos? Seus pais estão esperando,Camila. -A Demi chamou impaciente,provavelmente porque tinha outros pacientes para atender.

-Vamos! -A Camz disse e jogou sua mala em cima da Dinah. -Você me ajuda com isso.

-Tudo bem. -A Dinah falou e também pegou a minha mala,jogando na Jessy.

-Só dessa vez. -A Jessy disse depois de um tempo analizando a mala.

Fomos para a sala de visitas conversando animadamente,enquanto as meninas me zuavam pela quantidade de roupa que eu levava na mala. Assim que entramos na sala uma garotinha sai correndo e abraça a Camz,que lhe levanta com dificuldade.

-Kaki! -Ela gritou enquanto abraçava a Camz pelo pescoço

-Sofi,que saudades! -A Camz disse enquanto retribuia o abraço dela.

-Você vai voltar para casa! -A garotinha falou animada

-Sim. -A Camz colocou ela no chão.

-Oi. -Falei para a garotinha,que me olhou curiosa.

-Oi. -Ela disse e sorriu,um pouco tímida

-Essa é a minha irmã,Sofia. -A Camz me apresentou. -Sofi,a Lauren vai passar esses dias com a gente.

-Que legal! -A Sofia falou animada. -Eu precisava mesmo de mais uma princesa para brincar.

-Vamos brincar o dia todo! -Falei,tentando conquistar a pequena.

Fomos até a Demi que estava conversando com os pais da Camz e dando algumas dicas e o número do seu celular. Assim que nos aproximamos ela parou de falar e se despediu da gente.

-Eu confio em vocês! -Ela falou com sinceridade. -Quero que uma cuide da outra,ok?

-Ok. -Respondemos juntas.

Ficamos ali por mais algum tempo enquanto as meninas conversavam com a família da Camz,que respondia animadamente. Assim que elas deixaram,nós saimos da clínica e entramos no carro dos pais da Camz. Assisti aliviada enquanto o carro passava pelo portão e entrava na pista de terra,passando pelas árvores que pareciam não ter fim e indo para a cidade.

-Você também está na clínica de ajuda? -A Sofia perguntou com inocência.

-Sim. -Respondi normalmente.

-Por que? Qual problema você tem?

-Sofi! -Seu pai lhe advertiu no mesmo instante

-Tudo bem. -Falei para ele e logo pensei em como responder essa pergunta para uma criança . -Eu fiz amizades ruins,que me ajudaram a ter problemas...

-Mas o que importa é que a Lauren é forte e está melhorando! -A Camz disse.

-Oh,é claro. -A Sinu se apressou em dizer,certamente a Demi já havia lhe deixado ciente dos meus problemas. -Você é muito forte,Lauren.

-Obrigada. -Forcei um sorriso.

Continuamos conversando normalmente e brincando com a Sofia. Depois de algumas horas de carro,finalmente chegamos perto do local onde a Camz mora.

-Você mora por aqui? -Perguntei olhando animada pela janela do carro.

-Sim. Por que? -A Camz perguntou,percebendo a minha animação.

-Eu moro a cinco quadras daqui. -Falei ainda sem tirar os olhos da janela.

-Que legal! -A Camz se animou. -Quem sabe depois passamos lá.

-É...ia ser legal. -Tentei disfarçar a minha animação,o que não deu muito certo.

Depois de mais alguns minutos paramos o carro em frente a uma casa branca de dois andares,onde já havia um carro vermelho parado na grama verde em frente a casa. Assim que paramos o carro a Sofia abriu a porta rapidamente e a Camz saiu,olhando em volta como se não acreditasse que estava em casa. Pegamos nossas malas e seguimos em direção a sua casa,onde a Ally já esperava com a mesma animação de sempre.

-Que saudades! -A Ally falou enquanto abraçava a Camz,que retribuia o abraço.

-Também senti sua falta. -A Camz disse

-Hey,Lauren! -Ela me abraçou logo depois,com um sorriso no rosto

-Olá! -Falei

-Eu fiz um lanche para vocês,sabia que voltariam com fome. -Ela falou animada.

-Oh,obrigada. -A Sinu falou enquanto entrava com as malas da Camz. -Lauren,você vai ficar no quarto da Camila,ok?

-Ok. -Falei e coloquei a mala no chão,admito que eu realmente não precisava ter trazido tantas coisas.

-Não se preocupe,eu levo suas malas até o quarto. -O Alejandro apareceu e pegou minha mala antes que eu falasse algo. -Nossa,isso está pesado. -Ele falou com uma careta.

-Ah..É...Eu trouxe muitas coisas. -Falei sem graça.

-Tudo bem. -Ele pareceu não se importar. -Vamos colocar a mala no quarto.

Subimos a escada e entramos na segunda porta do canto esquerdo. O quarto da Camz era todo rosa e delicado,com uma prateleira cheia de livros e outra cheia de ursinhos, perto da porta havia uma mesa onde estava um computador e alguns cadernos e sua cama estava bagunçada.

-Está tudo do jeito que eu deixei. -Ela falou enquanto observava o local com brilho nos olhos.

-Sim,hija. -O Alejandro falou enquanto colocava as malas no canto do quarto.

-Vamos descer? A Ally fez lanche! -Ele parou na porta e ficou encarando sua filha.

-Vou ficar um tempo aqui -Ela falou.

-Nada disso! Você acabou de chegar,não quero que já fique trancada o dia todo no quarto. -Ele fez uma cara de preocupado.

-Tem razão. -Ela disse e tentou parecer mais disposta. -Vamos descer.

Antes de descermos a Camz me mostrou toda a casa para,finalmente entrarmos na cozinha e nos sentarmos na mesa,onde todos já comiam as panquecas que a Ally havia feito. Assim que entramos os pais da Camz já deram um jeito de me incluir na conversa,o que fez eu me sentir acolhida e confortável. Quando a Camz pegou suas panquecas o clima ficou tenso e todos pareciam olhar disfarçadamente para ela,o que lhe fez ficar nervosa.

-Amor,não pense em nada. -Eu lhe disse e segurei sua mão por baixo da mesa,enquanto seus pais tentavam disfarçar conversando entre si. -Você consegue.

-É...-Sua mão estava suando.

-Uma garfada de cada vez. -Eu disse e começamos a fazer igual ao primeiro dia na clínica.

Os pais da Camz olhavam uma vez ou outra e pareciam ficar cada vez mais felizes ao ver sua filha comendo,pensei no quanto deve ter sido difícil para eles ver a Camz perder peso dia após dia,sem conseguir comer ou sair de casa.

-Está ótimo,Ally! -A pequena pareceu ficar animada com o meu elogio.

-Obrigada. -Ela respondeu com um sorriso no rosto.

-Gostei dos seus olhos. Parece uma princesa de verdade. -A Sofia disse enquanto me observava com atenção

-Oh. -Sorri tímida. -Obrigada Sofia.

-De nada. -Ela disse e sorriu,um sorriso que lembrava o da Camz.

Assim que terminamos de comer fomos para o quarto da Camz e brincamos de princesa com a Sofia que parecia não se cansar nunca,só conseguimos sobreviver por causa da Ally que tinha quase a mesma energia que ela e ficava correndo pelo quarto com as bonecas em sua mão.

-Ok,eu cansei. -A Ally disse e caiu na cama,ao lado da Camz.

-Ahh...mas já? -A Sofia perguntou e se sentou.

-Sofi,ninguém tem tanta energia assim. -A Camz disse.

-Ah..-Ela ficou triste e deixou a boneca de lado.

-Depois a gente brinca,ok? -Eu falei e estiquei minha mão fechada,para que ela tocasse

-Ok. -Ela disse e se apressou em dar um leve murro em minha mão.

Ficamos ali deitadas na cama enquanto a Camz e a Ally me contavam sobre a época da escola e como foi difícil para a Ally se aproximar da Camz,a garota que não falava com ninguém e sempre cobria o rosto com o capuz da blusa. Escutei com atenção as histórias,era sempre bom escutar coisas novas sobre a Camz. Depois de um tempo elas ficaram sem ter muito o que falar e o assunto passou a ser as bonecas da Sofia.

-Você quer tomar banho? Está suando muito. -A Camz disse quando a Sofia começou uma discussão com a Ally sobre uma das bonecas.

-Tudo bem...-Fiquei meio sem graça mas aceitei,o calor de Miami é insuportável.

Peguei minha toalha e roupas limpas e a Camz me levou até o banheiro que ficava na porta ao lado do seu quarto.

-Qualquer coisa é só me chamar. -Ela disse quando eu entrei.

-Ok. -Falei e fechei a porta.

Olhei em volta um pouco perdida,procurei um cabide e rapidamente achei. Coloquei minhas roupas limpas ali e me despi,entrando no Box e girando a válvula do chuveiro o máximo possível ,tentando acabar com o calor que eu estava sentindo. Assim que terminei de tomar banho tentei desligar o chuveiro,mas quando girei a válvula ela quebrou e eu fiquei desesperada,olhando o objeto que estava em minha mão e me xingando por ter feito merda logo no primeiro dia que eu estava ali. Corri ainda desesperada e peguei minha toalha,cobrindo meu corpo e tentando encaixar a válvula novamente no lugar.

-CAAAAMZ! -Resolvi chama-la

-Já estou indo! -Escutei seu grito vindo de longe.

-Vem logo! -Gritei de volta

-To aqui. -Ela respondeu do outro lado da porta.

-Entra aqui! -Falei com tanto desespero na voz que ela não hesitou em entrar.

-Oh meu Deus,Laur. -Ela se aproximou,olhando para o chuveiro com uma cara divertida.

-Eu acho que quebrei. -Falei e levantei minha mão,mostrando o objeto que eu havia quebrado.
-E agora?

-Deixe-me ver. -Ela pegou a válvula de minha mão e só então percebi que eu não havia coberto meus braços,mas naquela hora o desespero para concertar aquilo era maior.

-E agora? -Perguntei

Ela não falou nada,apenas tentou fechar o chuveiro com um sorriso no rosto. A água estava caindo com força,o que lhe deixou totalmente molhada,mas ela não pareceu se importar no momento.

-Pronto. -Ela disse após desligar o chuveiro. -Essa válvula ta estragada desde quando eu fui para a clínica.

-E por que não me avisou?

-Esqueci. -Ela falou rindo. -Foi legal ver sua cara de desespero.

-Droga,Camila! -Falei e ela continuou rindo. -E não consigo ficar com raiva de você porque amo sua risada!

-Que bom. -Ela falou

-Vem aqui. -Segurei seu rosto na intenção de lhe beijar,mas tirei minha mão rapidamente ao lembrar das cicatrizes expostas.

-Hey,quando vai perceber que está tudo bem? -Ela disse e tentou segurar meu braço,mas alguém bateu na porta.

-Camila? Você está ai? -A Sinu chamou do outro lado da porta. No meio de tudo a Camz deve ter fechado a porta sem perceber


Notas Finais


Oeeeee
O que acharam do capítulo?
Leitores invisíveis,comentem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...