História Rei e Rainha ou Príncipe e Princesa de illéa? - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Tags Drama, Família, Mistério, Novela, Saga
Exibições 129
Palavras 1.011
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Mistério, Saga
Avisos: Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa Leitura!

Capítulo 19 - O Que Aconteceu?


Fanfic / Fanfiction Rei e Rainha ou Príncipe e Princesa de illéa? - Capítulo 19 - O Que Aconteceu?

                                                                                             *Maxon*

Estava no escritório com o meu pai, estava em uma reunião bem chata a única coisa que eu conseguia pensar é que eu seria pai de dois garotos na qual eu poderia ensinar a jogar bola e pai de uma garotinha que eu iria mimar e proteger sempre, mas meus pensamentos foram atrapalhados pelo sinal, estávamos sendo atacados, estávamos bem perto do esconderijo real mas eu lembrei que America estava no salão das mulheres e que talvez não conseguisse chegar a tempo no esconderijo real, sai da sala correndo em direção a escada que daria ao salão das mulheres porém fui atrapalhado pelo meu pai.

Clarckson: Maxon vá para o esconderijo- Disse

Maxon: Mas a America está lá embaixo eu preciso ir até ela- Disse

Clarckson: Eu vou atrás dela, você vai direto para o esconderijo – Disse

Maxon: Mas...- Disse

Clarckson: Agora Maxon- Disse me cortando

Segui em direção ao esconderijo e quando entrei as portas foram fechadas, percebi que minha mãe estava lá dentro e ela me abraçou

Amberly: Cadê seu pai? Onde está America- Perguntou

Maxon: Meu pai mandou que eu viesse para cá e foi buscar America no salão das mulheres- Disse

Amberly: E se os rebeldes o pegarem no caminho? E se os rebeldes chegarem na America antes do Clarckson? – Perguntou receosa

Maxon: Vai ficar tudo bem- Disse a abraçando, eu também estava com medo mas não poderia passar isso para ela, não poderia ve-la chorar

Horas se passavam e eu ficava cada minuto mais apreensivo, até que os guardas abriram as portas e eu e minha mãe saltamos para fora.

Maxon: Onde está meu pai, e a America? - Perguntou

Guarda: Estão conferindo todos os abrigos a procura deles senhor- Disse e eu sai também para conferir os abrigos precisava encontrar eles.

Os guardas chegavam até mim sempre dizendo a mesma coisa “Não tem ninguém nesse abrigo” ou “apenas criadas” e o meu coração estava ficando cada vez mais apertado.

Guarda: Acho que os rebeldes levaram a senhorita America e o Rei Clarckson, alteza- Disse e eu junto com minha mãe ficamos despedaçados

 Mas antes que eu dissesse algo eu vi um guarda passar com um rebelde preso e o outro dizer que tinham achado meu pai e Meri, e que eles estavam na ala hospitalar eu e minha mãe corremos até lá e ao chegarmos lá ficamos chocados com a cena. Meu pai estava completamente machucado deitado em uma maca os médicos tentavam o reanimar, e eu me desesperei pensei que iria perder o meu pai, minha mãe correu em sua direção e eu corri em direção de America que estava deitada em outra maca com muito sangue na cabeça.

Douglas: Sou o médico que está acompanhado a princesa America e o Rei Clarckson- Disse e eu e minha mãe nos aproximamos dele- O Rei levou uma facada um pouco perto do coração e um tiro nas costas encontramos uma bala alojada no local mas já retiramos e ele passa bem vamos fazer um curativo e esperar com que ele acorde, A Princesa levou apenas uma pancada na cabeça mas irá ter que fazer vários exames pois a pancada foi feia, mas deve passar bem também estamos esperando ela acordar, enquanto aos seus filhos o susto foi grande mais todos três passam bem. – Disse e eu e minha mãe ficamos um pouco aliviados.

                                               #2 Semanas Depois#

Estava no meu quarto quando alguém bateu na porta e eu corri para abrir.

Amberly: Maxon, seu pai acordou- Disse radiante e corremos até a ala hospitalar e realmente meu pai tinha acordado, minha mãe correu e o abraçou e eu fiz o mesmo.

Clarckson: Pensei que iria morrer- Disse- Eu Amo Vocês- Disse e eu me surpreendi nunca tinha escutado o meu pai dizer isso- Principalmente você Maxon- Disse e eu o abracei mais forte- America!- Disse quase se levantando porém foi impedido pela minha mãe

Amberly: Onde o senhor pensa que vai? - Disse

Clarckson: America, onde está America- Disse e aquilo me surpreendeu

Maxon: Ainda está desacordada, mas passa bem, pai o senhor lembra o que aconteceu com o senhor, o porquê de ter levado um tiro e uma facada? - Perguntei

Clarckson: O tiro que eu levei nas costas foi pelo fato do rebelde ir atirar em America mas eu a protegi a abraçando e levei o tiro no seu lugar, já a facada foi quando as portas do esconderijo se abriram porém não foram abertas por um guarda e sim por um rebelde, eu entrei em luta corporal com ele, porém ele me empurrou fazendo com que eu caísse no canto do esconderijo e partiu para cima de America ele já foi com a faca pronto para atingir ela mas eu fui mais rápido e me joguei na frente dela levando a facada no lugar dela, ao escutar os guardas vindo ele deu apenas uma coronhada na cabeça dela com o cabo da faca e eu apaguei o resto eu não sei o que aconteceu- Disse e cada palavra dele me fazia ter orgulho dele e raiva do rebelde que fez com que ele e Meri passasse por isso.

Maxon: Nossa eu nunca pensei que você iria fazer isso pela America- Disse surpreso

Clarckson: Ela é da família é o meu dever protegê-la, sem contar que ela está grávida- Disse e eu e minha mãe sorrimos porém fomos atrapalhados quando o médico chegou.

Douglas: A princesa America acordou se quiserem vê-la – Disse e eu assenti me despedi dos meus pais, e me retirei eu tinha que ver a minha esposa-  Alteza, antes de tudo eu preciso contar uma coisa a você- Disse parando em frente ao leito onde estava America, porém eu queria vê-la e logo.

Maxon: Creio que o que você tem para me contar pode esperar um pouco – Disse e antes que ele dissesse algo eu entrei no leito dando de cara com uma America com os olhos bem arregalados. - Meu amor que bom que você acordou- Disse indo em sua direção

America: Quem é você? – Perguntou me deixando confuso.


Notas Finais


Bom espero que tenham gostado, até o próximo capítulo e comentem a fanfic <3
_BeijoDaGeo_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...