História Rei TOPper e sua jornada michigo pelas montanhas - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Banda Calypso, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Caverna do Dragão, NCT 127, UNIQ
Personagens Cho Seung Yeon, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Joelma, Park Bom, Personagens Originais, Sandara Park, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang
Tags Alguém Me Mata, Big Bang, Bultaoreune, Crack Fic, Crack!fic, Crossover, Drogas, Espadão, Felipe Smith, Gdragon, Gtop, Memes Ruins, Não Usem Drogas
Exibições 74
Palavras 660
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HELLO
N fiz capa e só pus o primo mesmo pq to no celular (bem provável que o texto fique estranho tbm, meu irmão n sai do lol pra mim postar então ne)
PENULTIMO CAPITULO BITCHES
NÃO USEM DROGAS
Kie ama vcs <3 (Kie sou eu u_u)

Capítulo 5 - Mãe, meu cachorro morreu


Fanfic / Fanfiction Rei TOPper e sua jornada michigo pelas montanhas - Capítulo 5 - Mãe, meu cachorro morreu



 

- Meu deus, sinto muito. - O lancei um olhar de console. - Mas, ela quem?

- A… Gela… - GDragon murmurou, opa, Jiyong.

- Gela? - O olhei confuso.

- Hm…

- Que? - Um silêncio constrangedor se fez no ambiente enquanto eu encarava aquele dragão cor de rosa.

- Panque meu queixo.

- Han?

- Panque meu queixo. - Repetiu me deixando ainda mais confuso.

- …

- Você não queria me matar? Vá em frente. - Disse terminando seu sanduíche.

- Isso foi antes de saber que você é humano. - Respondi sério.

- Ta… E agora?

- Vamos desfazer o feitiço. - Falei como se fosse a coisa mais obvia do mundo.

- E como? - Me perguntou.

 

 

- Eu sei lá.

- Hm…

- Nas histórias, um beijo sempre salva a princesa… - Comentei.

- Ah, e você vai me beijar? - Perguntou incrédulo.

- Vou, chega aí. - Falei me aproximando mais dele, tocando suas escamas e lentamente levando meus lábios ao encontro dos seus, e então os selei em um simples beijo, sentia os lábios quentes e ásperos do dragão. Nos separamos depois de alguns segundos.

- Isso foi… - Podia notar as bochechas dele ficarem ainda mais rosas. - Nojento, como você tem coragem de beijar um dragão? Caralho. - Falou se levantando e pegando mais suco.

- Não funcionou… - Murmurei chateado.

- E agora? Vai voltar para seu castelo? - Questionou-me

- Não posso. - Falei encarando minhas mãos, minha mãe vai me matar. - Não por enquanto…

- Então pode ficar o tempo que quiser. - Disse sorrindo. - Ia ser legal ter uma companhia por um tempo. - Falou baixinho

- Valeu, mas ai, me conta qual é a do mestre dos magos? - Pedi o encarando.

- Ele… - Jiyong riu antes de continuar. - Ele que me deu essa caverna e alimentos, ele meio que me adotou e depois sumiu. Ele nunca fica mais do que um minuto por perto. - Explicou sorrindo.

- Entendi.

- Me conta sobre você agora. - Me pediu colocando mais suco pra mim.

- Bem, meu nome é Choi SeungHyun, todo mundo me chama de T.O.P ou de Top mesmo. Gosto de arte, nao sou hetero mas sou ativo. Sou filho dos reis desse reino Sul, meu pai morreu e minha mãe quer que eu me case com uma princesa para poder suceder o trono. Mas eu nao curto princesAs, então ela simplesmente pediu pra mim matar o dragão que tava por ai que no caso é você, mas eu não quero te matar porque você não é de todo um cara mau. - Falei sorrindo fraco.

- Que gracinha. - O dragão riu de mim.

 

E se passaram alguns dias que eu estava morando com Jiyong, Daesung me ligou falando que foi pra casa com meu cavalo porque eu não voltei. Tirei selfies com o GD e mandei pra ele falando que passaria uns dias aqui. Minha mãe me ligou pra me xingar e nos fundos da ligação eu ouvia Daesung e sua mãe brigando e ele berrava “MÃE MEU CACHORRO MORREU” e no final falou algo sobre uma cobra e um rato terem picado o magrelinho e não entendi nada. Já estavam completando duas semanas que eu estava ali, Jiyong é um cara bacana e conversamos bastante, ele cozinha bem e também canta. Estávamos muito próximos um do outro, eu já me sentia perdidamente apaixonado pelo garoto preso no corpo de um dragão, e eu queria muito transformá-lo de volta em humano.

 

- Jiyong - O chamei.

- Oi. - Respondeu sorrindo pausando o jogo que jogava no seu XBOX de última geração.

- Gosto de você. - Me confessei.

- Também gosto de você. - Respondeu com um sorriso inocente.

- Não, Jiyong. Eu amo você. - Lhe afirmei, lhe disse a frase, aquela frase que eu não havia dito para ninguém antes. Eu estou fodido. 


Notas Finais


Obg por ler <3
Comenta ai, pf aushkas
Teorias sobre o fim disso? Quem é Gela? Como desfazer o feitiço? GDragao vai corresponder? Como sera q ele fica usando roupa de menina? PAPAPAPAPAPAPAPAPAN
DESCUBRA TERÇA (amanhã)
N escrevi o final, sua teoria pode virar o final, sejam criativos.
Bjos na boca <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...