História Reinado - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção, Reign
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Livros, Novela, Romance, Serie, Suspense
Exibições 19
Palavras 1.943
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Droubble, Famí­lia, Fantasia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Acompanhe Serena no seu primeiro dia no castelo....

Capítulo 2 - O baile


Fanfic / Fanfiction Reinado - Capítulo 2 - O baile

Serena:

Depois de passar umas horas descontraídas com as minhas servas em meus aposentos digo para elas prepararem um banho bem relaxante para quando eu voltar. Desço e vou em direção ao salão aonde eram realisada as refeições. Hoje a tarde haverá um banquete e a noite um baile.

Chego ao salão e várias moças já estavam sentadas na mesa, a família real ainda não havia chegado. Olho para cada uma delas procurando se há alguma ali que valha a pena tentar uma amizade. Então, uma me chama a atenção. Ela parecia sorridente e conversava com mais duas meninas. Ela parecia ser simpática. Então me aproximo e sento ao seu lado. Ela olha para mim e eu sorrio e digo o meu nome. Ela sorri de volta e diz se chamar Lauree.

Serena: “-Fico feliz que há garotas simpáticas como você aqui, Lauree. Fiquei imaginando que seria bem solitário.”

Lauree: “-Claro que há. Está vendo essas duas? São Hannah e Jasmine. Nos conhecemos a pouco tempo mas já pegamos afinidade. Espero ser assim com você também.”

Serena: “-Claro. Eu ficaria muito feliz em fazer amigos aqui!”

Lauree: “-Bem...não estou querendo ser indiscreta mas todas nós notamos o jeito que os príncipes ficaram satisfeitos quando foram te cumprimentar. O que você disse a eles?”

Serena: “-Satisfeitos eles ficaram foi com aquela tal de Anne. Eles ficaram foram surpresos comigo, acho que eles perceberão que não estou nem um pouco a fim deles.”

Lauree: “-Como assim? Todas aqui fomos enviadas justamente por estarmos querendo conquistar os príncipes. É o que qualquer garota iria querer.”

Serena: “-Eu não quero. Fui obrigada pelos meus pais a participar disso. Por mim eu estaria na minha casa.”

Lauree: “-Ora mas por que Serena? Não consigo entender.”

Eu quero fazer amizade com ela né? Então acho que o mínimo que posso fazer é ser verdadeira.

Serena: “-Bem...é que eu já sou apaixonada por um garoto. Infelizmente jamais poderemos ficar juntos mas eu o amo. E quando você se apaixonada por alguém não consegue ter olhos para mais ninguém.”

Lauree: “-Entendo. Então boa sorte para você em não ser escolhida por nenhum dos dois.  E já que você não está na disputa poderia me ajudar com os príncipes,o que acha?”

Serena: “-Perfeito! Vou te ajudar hoje a noite a chegar neles e ter um dança!”

A família real chegou e logo o príncipe Hian fez as saudações ao invés do rei. O que todas nós estranhamos já que deveria ser o pai dele. Mas olhando por outro lado, todas as garotas estavam ali por causa dele. Nada mais justo do que ele nos saudar.

Hian: “-Obrigado a todas vocês que quiseram me acompanhar a esse banquete. Eu e minha família estamos muito felizes por ter jovens tão adoráveis como vocês em nosso palácio. Espero que tenham se contentado com os quartos e as servas que reservamos exclusivamente para vocês. O palácio está aberto para todas...qualquer uma pode passar tempo livre na biblioteca, no jardim ou até mesmo na sala de chá com a minha mãe. Ela ficará muito contente em conversar com vocês...minha mãe havia me dito que se sentia muito sozinha sem mulheres para conversar. Espero ver todas hoje a noite no baile e fico feliz em dizer que eu e meu irmão gostaríamos de dançar com cada uma de vocês. Bem, apreciem a refeição e aproveitem para se conhecerem melhor!”

Serena: “-Mas que droga Lauree.” –eu digo baixo para apenas ela poder escutar.

Lauree: “-O que foi?”

Serena: “-Eu vou ter que dançar com eles. Mas que saco!”

Lauree: “-Relaxa..vai ser só uma dança. O que você acha que devo fazer para impressioná-los?”

Serena: “-Bem...acho que você deve ter uma boa conversa, não entediá-los sabe? Você conhece algum assunto que interessaria homens?”

Lauree: “-Eu sei muito sobre caça. Meu pai caçava muito e sempre me contava os detalhes e dicas. Minha mãe odiava mas ele fazia assim mesmo. Você acha que é um bom assunto para se falar?”

Serena: “-Claro. Todo homem gosta de caça...provavelmente vai achar interessante uma garota que tenha conhecimento sobre o assunto.”

Observei e vi Anne sentada ao lado do príncipe Raonny . Fiz um sinal para eles para que Lauree pudesse saber que eu falaria deles.

Serena: “-Eles já estão bem próximos né?”

Lauree: “-Ela é rápida. Aposto que se passar de madrugada pela porta do quarto do príncipe irá ouvir os gemidos dela.”

Serena: “-Que horror!”

Lauree: “-Isso é uma competição para muitas aqui Serena. Muitas garotas nesse castelo estão dispostas a tudo para conseguirem o que querem. Deus nos livre dessa garota conseguir conquistar o coração do príncipe Hian. Imagine uma rainha como ela? Dizem que ela é cruel.”

Serena: “-Também fiquei sabendo disso e pensei a mesma coisa.”

Na mesma hora Anne olha em nossa direção e percebe que nós estávamos falando dela por estarmos olhando muito para ela. Então ela faz uma cara feia  e nós desviamos o olhar.

Depois da refeição vou ao quarto para me preparar para o baile. Lita, Arunes e Saara estavam me esperando para começarem a me arrumar. O vestido que eu usaria estava estendido sobre a cama e ele era perfeito. Ele era azul,tomara que cai com detalhes como se fossem mangas. Arunes me maquiava e Lite e Saara cuidavam do meu cabelo. Pedi para Arunes fazer uma maquiagem suave e meu cabelo foi prendido em um coque com finas camadas de fiapos de cabelo soltos nos lados. Eu estava deslumbrante. Fiquei um pouco apreensiva por estar tão arrumada mas elas me afirmaram que eu ainda estava simples.

Cheguei ao salão onde ocorreria o baile e fui logo ao encontro da Lauree. Ela estava delicada e fina. Usava um vestido rosa claro e seu cabelo estava solto atrás e a parte da frente preso para trás em uma presilha. Quando ela me vê logo sorri para mim.

Serena: “-Nossa! Está parecendo uma princesa!”

Lauree: “-Nada comparado a sua beleza! Olha lá a Anne já está em cima do príncipe Raonny.”

Ela estava dançando com ele e sorrindo. Pareciam já estar com intimidade um com o outro mesmo tendo se conhecido hoje! Ela estava bonita e provocante. Usava um vestido vermelho e sua maquiagem era forte. Ela estava com o cabelo solto e uma pregadeira vermelha ao lado de seu cabelo.

Hian: “-Olá senhoritas.” –eu levo um susto quando ouço a voz do príncipe.

Lauree: “-Principe Hian, olá!”

Hian: “-Vejo que fizeram amizade rápido.”

Serena: “-Sim. Se me permite dizer Lauree é uma das poucas garotas que valem a pena aqui alteza. Agora me dê licença que eu irei beber algo.” –digo e saio antes que eu corresse o risco dele me chamar para dançar.

Pego uma bebida e vejo Lauree dançando com o príncipe. Torço por ela e fico desejando que de alguma maneira o Allen pudesse estar aqui.

Logo vários guardas entram ao salão e são permitidos dançar com as moças. Pronto. Como se já não bastasse ter que dançar com os príncipes, agora também terei que dançar com os soldados. O príncipe Raonny se aproxima de mim e me pede uma dança, eu sou obrigada a aceitar.

Raonny: “-Então como está o seu temperamento hoje?”

Serena: “-Não muito bom. Não estou acostumada a dançar com estranhos.”

Raonny: “-Não precisamos ser estranhos. Podemos ser mais íntimos se assim você desejar.”

Eu fico envergonhada pelo que ele disse e imediatamente faço com que ele me solte parando a dança e vou para o outro canto da sala tentar recuperar o fôlego e acalmar a minha raiva.

O príncipe Hian vêm atrás de mim.

Hian: “-O que meu irmão fez? Está tudo bem?”

Serena: “-Estou bem. Ele não fez nada, só foi deselegante.”

Hian: “-Sinto muito.”

Serena: “-Tudo bem, só preciso de um tempo para me recompor.”

Hian: “-Está bem. Espero que ele não tenha a ofendido ao algo assim. Falo com você mais tarde.”

Fico parada no mesmo canto. Marlee estava conversando com Hannah e Jasmine. Eu pensei em me aproximar delas para conversar mas achei melhor esperar o meu humor melhorar. Logo um soldado se aproxima de mim por trás.

Allen: “-Olá Serena. Senti saudades.”

Essa voz. Só podia ser ele. Mas como isso era possível?

Serena: “-Ai meu Deus. Allen! Como você pode estar aqui? Desde quando você é soldado?”

Allen: “-Assim que você partiu vim ao castelo me oferecer para ser soldado. Eu não poderia ficar longe de você. Mas temos que ser cuidadosos para ninguém desconfiar que nos conhecemos.”

Serena: “-Claro. Faço qualquer coisa para continuar ao seu lado.”

Allen: “-Você está tão linda que eu não consigo tirar os meus olhos de você. Você me daria a honra de uma dança?”

~

Depois de dançar com o Allen tive que aceitar dançar com o príncipe Hian. Pelo menos ele era educado e não era galinha como o seu irmão. Ele ficou me perguntando sobre a minha família,o que gostava de fazer e outras coisas. Ele pareceu interessado em saber da minha vida mas deve ter feito as mesmas perguntas para as outras garotas. Enquanto isso o Allen dançava com outras garotas. Sei que ele estava fazendo isso porque era obrigado,assim como eu.

Quando deu meia noite fiquei feliz por já poder voltar aos meus aposentos. Volto para o meu quarto e minhas servas me ajudam a me arrumar para dormir. Elas saem e eu deito na cama.

Alguns minutos depois ouço batidas na porta e apreensiva fui ver quem era.

Serena: “-Allen. Por Deus, se te verem aqui! Rápido entre!” –eu digo e tranco a porta.

Allen: “-Serena eu sei que você está destinada a jamais ser minha mas eu preciso de você essa noite. Preciso sentir seu toque, poder te tocar.” –ele diz colado a minha boca.

Logo nos beijamos de forma fervorosa e deitamos na cama. Ele começa a beijar o meu pescoço e vai descendo até os meus seios. Eu estava enlouquecendo. Por tanto tempo quis sentir o seu toque. Ele começa a tirar a minha roupa bem devagar e delicadamente como se estivesse esperando eu pedir para ele parar. Mas eu não queria que ele parasse. Eu então tiro a blusa dele e a sua calça. Ele começa a beijar o meu corpo e vai descendo até a minha região íntima. Eu estava entregue de prazer e podia sentir a língua dele em mim. Mas eu precisava me controlar, ninguém poderia nos ouvir. Depois de alguns minutos com ele me torturando com a sua língua ele me coloca em cima dele e eu vou beijando o seu rosto,depois a sua barriga e assim vou descendo. Ele gemia baixinho de prazer enquanto eu coloca em minha boca a sua parte íntima. Assim fiquei dando prazer a ele até eu sentir o gosto dele dentro da minha boca.

Allen: “-Precisamos parar agora. Preciso sair daqui antes que faça alguma bobagem.”

Serena: “-Mas Allen,eu te amo. Não quero parar agora.”

Allen: “-Você não pode entregar a sua virtude para mim Serena. Eu não posso ser o seu primeiro. Eu não me perdoaria.Desculpe. “ –ele diz triste.

Serena: “-Eu não concordo isso.”

Allen: “-Eu preciso ir antes que sintam a minha falta na patrulha. Eu te amo. Amanhã virei te ver novamente.” –ele me dá um beijo, veste as suas roupas e vai embora.

Meu Deus...o que eu estava prestes a fazer? O que eu fiz? Há dias atrás concordávamos em nunca repetir o beijo que demos e agora chegamos a esse ponto tão íntimo. Como eu pude perder o controle e ter feito isso com alguém que nunca será meu? Volto a deitar na cama e tento dormir apesar dos pensamentos corriqueiros circulando em minha mente.

                                                                      ~continua ~

                                          

 

                                                                          

 

 

 

 

 


Notas Finais


Logo o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...