História Rejeição - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 274
Palavras 3.597
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal.
Eu gostaria muito de agradecer vocês pelos comentários que me deixam cada dia mais inspirada e motivada para continuar minha fic. Estou muito feliz que vocês estão gostando ! Eu sou muito grata a vocês.
Beijinhos e boa leitura a todos <3

Capítulo 5 - A festa de Hinata


Sakura POV’s ON :

 

A noticia que eu tinha acabado de receber me pegou de surpresa. Se Orochimaru havia sido morto , significava  que Sasuke não precisaria mais ceder seu corpo e ter sua alma mantida dentro daquele monstro. Ele deveria ter atingido o poder que ele tanto queria e depois ter matado Orochimaru. Sei que é errado ficar feliz com a morte de alguém, mas Kabuto e Orochimaru eram pessoas terríveis. Só de pensar que Sasuke não morreria cedendo seu corpo e que ninguém mais sofreria nas mãos do sanin, meu coração ficava mais tranquilo.

 O mestre Jiraya estava triste, eu podia ver em seus olhos. Não era para menos, antes de Orochimaru virar o que  virou, Jiraya era muito amigo dele, e mesmo com as maldades que ele cometia, Jiraya nunca deixou de gostar dele.

- Eu sinto muito mestre Jiraya, eu sei que apesar de tudo, você sempre gostou dele como um irmão.

- Sabe Sakura, eu nunca me conformei dele ter traído todos nós e se tornado um ser tão cruel.

 Eu não sabia o que dizer para ele, sua feição era muito triste e desanimada. Eu não sabia como melhorar as coisas.

- Quando ele fugiu da aldeia, assim como Naruto e você, eu fui atrás dele tentar fazer com que ele voltasse, mas ele nunca me escutou. Talvez se eu tivesse me esforçado mais, insistido mais, ele não tinha se tornado um ser tão monstruoso.

- O senhor não tem culpa mestre. As pessoas escolhem seus próprios caminhos.

 Ele me olhou sério bebericando seu chá e concordou com a cabeça.

- A parte boa dessa historia é que não vamos mais perder o Sasuke para ele. – Mestre Jiraya disse me dando uma piscadela. – Creio que Orochimaru fez dele um ninja muito poderoso, pois ele era muito habilidoso para ser morto tão facilmente.

- Agora ele com certeza vai atrás do irmão vingar o clã e depois não sei o que será dele. – Eu afirmei.

- Espero que Sasuke siga o caminho certo minha pequena Sakura.

- Eu também. – Respondi.

- Bom Sakura, eu vou indo. Preciso resolver uns assuntos com Tsnuade, eu ainda não lhe dei a noticia.

- Tudo  bem mestre Jiraya. Obrigada por vir aqui me avisar !

- Não foi nada !

 Acompanhei mestre Jiraya até a porta e só entrei quando ele sumiu das minhas vistas.

O que será de Sasuke-kun agora ? “ pensei.

 

Sakura POV’s OFF.

 

 Após Jiraya ter ido embora da casa da Haruno, foi direto para o gabinete da hokage. Ela precisa saber que o antigo amigo havia sido morto pelo nukenin de Konoha.

  Jiraya bateu na porta da sala da hokage e foi atendido pela própria !

 - Jiraya ! O que você está fazendo aqui ? Achei que sua viagem demoraria mais.

- Houve uma  mudança de planos.  Podemos conversar ?

- Claro, entre !

Tsunade apontou para que ele se sentasse na cadeira em sua mesa, fazendo com que ele ficasse de frente a ela.

- Bom, não sei como dar noticias de forma delicada, mas vou ser direto. Orochimaru foi morto por Sasuke. 

Tsunade arregalou os olhos e tampou a boca aberta com as mãos.

 - Meu deus, o Uchiha chegou a um nível tão superior assim ?

- Sim. Se ele se revoltar, pode apresentar perigos para a aldeia.

- Sim ! – Respondeu Tsunade com um semblante triste. – Eu não me conformo de termos perdido Orochimaru, mas muitas pessoas estão salvas das garras dele agora !

- Por mais triste que esteja sendo para mim, também penso igual ! – Disse Jiraya.

- E aquele capanga dele, o Kabuto, aonde ele está ? – Perguntou a hokage.

- Ele também foi morto !

- Esse garoto Uchiha está se tornando uma pessoa fria. Espero que ele não os tenha matado por pura maldade. Esses tempos ele tentou matar Sakura e Naruto. Imagine só como eles ficaram arrasados.

- Espero que agora ele não se perca para o mal, com certeza vingara seu clã matando o irmão !

- Espero que ele comece a pensar no que é melhor para a vida dele e volte para Konoha junto com os amigos. Eu estou até preservando o distrito Uchiha para se um dia ele for voltar.

- Você acha que um dia ele voltara ? – Perguntou Jiraya com um tom sério.

- Eu torço para isso acontecer ! !

Jiraya deu um sorrisinho de canto para Tsunade.

-  Vamos para o Shushuya ? Estou precisando de um bom saquê.

- Pode ser. Você espera eu me arrumar ? Estou horrível !

- Você nunca está  horrível Tsunade.

- Quer ter suas costelas quebradas novamente ? – Disse Tsunade com um sorrisinho.

 Ela fingia ser durona, mas tinha adorado o elogio por dentro.

- Pare de ser dramática é apenas um elogio.

- Me espere aqui, eu vou me aprontar rapidinho.

- Mulheres ...

Tsunade demorou quase uma hora, o que fez Jiraya cair no sono enquanto esperava a hokage.

 - JIRAYAA ! – Gritou Tsnude.

Ele levantou em um pulo. Jiraya morria de medo de Tsnude e acordou assustado esperando por uma surra.

 - Você demorou muito, eu acabei pegando no sono, me perdoa ! – O sábio disse olhando para o seu antigo amor.

 Tsunade estava linda e Jiraya não deixou de notar.

- Pare de me olhar com cara de bobo e vamos !

- É ... é claro !

Os dois conversavam o trajeto inteiro até o restaurante. Os dois viviam brigando, mas se davam muito bem e eram muito íntimos.

 No restaurante comeram  yakitori assados acompanhados de muito saquê. Os dois ficaram bebendo até de madrugada. Eles riam e relembravam as surras e os momentos que passaram junto de Orochimaru na infância.

 Os dois foram embora bem bêbados ao ponto de Jiraya ter de carregar Tsunade até sua casa.

  Jiraya depositou a hokage em sua cama, ela havia acordado e ria sem parar.

- Tsunade você bebeu demais. Durma e descanse para no outro dia acordará melhor.

- Fique aqui comigo Jiraya, eu estou muito sozinha.

- Tudo bem, eu vou dormir no quarto de hospedes se não se importar.

Tsunade puxou o sábio para um beijo. O que deixou ele muito surpreso e feliz, ele sempre gostou de Tsunade.

 -  Durma bem Jiraya !

Antes dele responder, ela havia caído no sono de tão bêbada. Ele a olhava com um sorriso enorme no rosto. Ele amava demais aquela mulher e a achava maravilhosa mesmo bêbada e desmaiada.

 Ele se aproximou de sua amada e selou um beijo em sua testa e depois foi para o quarto de hospedes descansar.

 

 Sakura POV’s ON :

 

O dia amanhecera lindo, o que me fez acordar mais disposta. A festa surpresa de Hinata era daqui a um dia, e Ino combinou de passar aqui depois do almoço para irmos juntas comprar os preparativos para a festa.

 Eu havia acabado de comer e coloquei um roupa bem confortável. Ino chegou alguns minutos depois.

  Fomos até uma feira que ficava no centro de Konoha. Lá havia muitas lojas que vendiam de tudo um pouco, encontrei até coisas que eu nem sabia que existia. Ino era muito empolgada e passou em umas 50 lojas de roupas. Aproveitei que estávamos ali e acabei comprando algumas peças para mim. Eu gostaria que Hinata estivesse aqui para me ajudar a escolher, ela tinha um belo gosto para escolher roupas para mim, mas nós não poderíamos trazer ela para comprar as coisas de sua festa surpresa.

  Ino queria que eu levasse roupas totalmente extravagantes que não combinavam comigo. Ela pegou um monte de blusinhas que aparecia a barriga e saias muito curtas.

 - Porquinha, você sabe que eu não uso roupas assim.

- Porque você é boba ! Você tem um corpo maravilhoso para se esconder.

- Não enche porquinha ! Vou levar essas aqui. São a minha cara. – Eu disse mostrando algumas roupas que eu havia escolhido.

- Só vou deixar você levar porque são bonitinhas.

Dei uma risadinha mostrando a língua para minha amiga.

Nós fomos embora para minha casa lotadas de sacolas, havíamos comprado muitas coisas para a decoração e para o preparo da comida.

- A festa da Hinata vai ser um arraso de linda. – Disse Ino dando pulinhos de empolgação.

- Tenho certeza que sim, nós escolhemos as coisas mais bonitas.

- Vamos deixar as coisas guardadas aqui Saky, não quero ter que andar mais com essas sacolas pesadas.

- Pode ser Porquinha, vamos guardar as comidas na geladeira antes que elas estraguem.

 Ino e eu guardamos todas as coisas no meu quarto de hospedes, no outro dia teríamos que levar na casa dos Hyūga para no dia da festa prepararmos tudo.

- Bom Saky, eu vou indo embora. Amanhã cedo eu passo aqui para irmos fazer as unhas e levar as coisas para a casa de Hinata.

- Tudo bem Porquinha, até amanhã !

Nos despedimos com um abraço e depois Ino foi embora.

Assim que ela se foi, resolvi dar uma volta pela vila.

 Fui até uma praça e fiquei sentada em um banco que dava vista para um laguinho.

 A praça estava lotada, inclusive até Naruto estava lá com Sai que foram caminhando até mim quando me viram.

- Olá Sakura-chan, quanto tempo ! Aonde você se meteu ?

- Eu passei alguns dias doente e outros cuidando da festa da Hinata com a Ino.

- Engraçado, eu perguntei para a Hinata que horas seria a festa surpresa dela e ela me disse que não estava sabendo de nada. – Disse Sai com uma cara confusa.

- VOCÊ FEZ O QUE ? – Disse Naruto e eu em couro.

- O que tem de errado nisso ? – Perguntou Sai.

-Sai, não faz sentido ser uma festa surpresa se ela estiver sabendo. – Disse Naruto com a mão na testa.

- Eu vou matar você Sai ! – Eu disse com os punhos fechados.

- Por favor não me bata ! – Disse Sai fugindo correndo.

Eu e Naruto caímos na risada, mas depois ficamos nos lamentando por Sai ter estregado a surpresa.

 Depois de quase morrermos de rir, Naruto ficou sério. Sua cara era de preocupação.

- Você está bem Naruto ? De repente você parece estar preocupado.

- É a Hinata, Sakura-chan, eu não sei o que eu dou para ela de aniversario. Eu queria que fosse uma coisa especial, quero conquistar ela.

- Não se preocupe Naruto, você já conquistou ela faz tempo. A Hinata gosta demais de você, qualquer coisa que você der para ela, a deixara muito feliz.

- Você acha que ela gosta de mim ?

- Naruto você é muito bobo para não perceber uma coisa tão obvia. Todos sabem que a Hinata te ama, você é muito ingênuo por não perceber.

- Ah Sakura-chan isso me deixa muito feliz, eu também gosto muito dela, mas não sei o que eu faço.

- Faça alguma coisa de coração e tudo dará certo no final, fique tranquilo.

- Obrigada pelo concelho Sakura-chan, vou dar o meu melhor para surpreender ela.

- Não tem de que Naruto ! – Respondi dando um sorriso com os olhos cerrados.

 Eu e Naruto estávamos conversando sobre a festa e de repente escutamos Hinata nos chamar.

- Olá Sakura e Naruto-kun. Sai me contou que vocês estão planejando uma festa surpresa para mim. – Ela disse sentando ao nosso lado.

- Ah Hinata, nos perdoe, era para ser uma surpresa. – Eu disse lamentando.

- Tudo bem Saky. Ele não fez por mal, estou muito feliz que vocês se importam comigo, vamos fazer a festa juntos !

- Ah Hina, você é maravilhosa ! – Eu disse apertando suas bochechas.

Ficamos nós três conversando por um tempo, até que deixei os dois sozinhos e fui para a casa da Ino lhe contar que Hinata já sabia da festa.

- ELE FEZ O QUE ? –Ino gritava vermelha de norvoso.

- É Ino, a festa não é mais uma surpresa. Mas a Hina está feliz, ela quer que continuemos com a festa e também quer ajudar, seria bem legal.

- A Hinata é tão fofinha, vai ser divertido organizarmos a festa juntas. Mas eu queria ver a cara de surpresa dela.

- Eu também queria, mas nosso amigo já nos entregou. – Eu disse rindo. – Bom Porquinha, eu só vim aqui para te avisar. Amanhã passe cedo em minha casa, Hinata vai estar lá também e ai podemos ir todas juntas para o salão nos arrumar.

- Ok testa de marquise, até amanhã ! – Ela disse com um sorriso no rosto.

Voltei para minha casa já de noite. Estava tudo quieto. Ficar sozinha já não me fazia tão bem. Como de costume, meus pensamentos foram tomados por Sasuke.

 Eu não conseguia parar de pensar no beijo em que ele me deu aqui no meu quarto. Foi tão maravilhoso, eu queria sentir aquela sensação a todo momento. De repente batia uma saudade no meu peito junto com uma angustia. Eu não sabia aonde ele estava nesse momento, meu coração morria de preocupação. Eu não suportaria se algo acontecesse a ele. A saudade era tanta que não cabia mais em meu peito e acabei me derramando em lagrimas.

 Eu não podia ficar chorando a noite toda, eu tinha a festa de minha amiga para ir no outro dia, e não podia aparecer lá cheia de olheiras. Me acalmei e fui tomar um banho para distrair a cabeça.

 Após meu banho, me vesti em meu pijama e dormi.

 

Sakura POV’s OFF.

 

Sakura acordou pela manhã e fez sua higiene diária, esperou suas amigas chegarem e foram juntas para um salão na aldeia.

 Todas fizeram as unhas,  as sobrancelhas e arrumaram os cabelos, elas queriam estar bem preparadas e bonitas para a festa.

  As kunoiches ficaram muito bem arrumadas e logo após se produzirem, foram almoçar churrasco no  Yakinku. Hinata foi a que mais comeu, Ino e Sakura ficavam impressionada com o tanto que a garota comia sem parecer ter fim.

- O que vocês estão olhando ? – Perguntou Hinata corada.

- Aonde cabe tudo isso Hina ? Você parece não ter fundo.

- Não exagere Ino, eu não comi nada.

 As três caíram na risada e ficaram conversando sobre missões, roupas e os preparativos da quase festa surpresa.

Saindo do restaurante, as três foram para a casa de Sakura pegar os preparativos e depois foram para a mansão Hyūga.

 Chegando na casa de Hinata, Ino e Sakura cumprimentaram Hiashi que estava com uma cara agradável e Hanabi.

  Elas começaram com os preparativos. Fizeram uma decoração maravilhosa.

A mesa gigante que ficava na sala de jantar foi toda decorada com jogos americanos, guardanapos bordados, vasos com flores e as almofadas brancas que era os assentos foi trocadas por almofadas violetas, que era a cor da decoração. A mesa do bolo e a casa toda estava muito bem decorada com velas e enfeites. As kunoichis haviam feito um belo trabalho, que deixou Hinata emocionada.

  Com a decoração pronta, era hora de preparar a comida.

 Seria servido mitarashi, anko, dango, suchi, sashimi. A variedade de comida era enorme e foi muito bem preparada pelas kunoichis e com a ajuda de uma criada de Hinata.

As garotas conseguiram terminar no fim da tarde, o que fez com que elas dessem um abraço coletivo.

- Bom trabalho garotas ! Agora é hora de se arrumar porque já já os convidados começam a chagar.

 Ino e Sakura iriam se arruma na casa de Hinata para ser mais rápido.

 As três estavam maravilhosas.

 Sakura estava radiante usando um vestido que comprara mais cedo, era um vestido rosa que batia um pouco acima do joelho. Ele tinha um corte nas mangas. Sua maquiagem era leve e seus grandes cabelos estavam soltos e brilhantes.

 Ino usava um vestido decotado roxo que ia até metade das coxas, e seu cabelos estavam soltos também.

 Hinata estava com um vestido lilás que batia até os pés, ele tinha um pequeno decote, que mostrava um pouco dos seus seios grandes.

  As meninas tiraram um fotografia juntas para guardar aquele momento importante.

Hinata deu um abraço nas duas emocionada.

- Meninas vocês são maravilhosas comigo, eu estou muito feliz pela festa incrível que vocês estão fazendo para mim ! Obrigada, eu amo muito vocês.

- Ahhh que fofinha !!! – Eu e Ino dissemos em couro.

 

 O tempo havia passado e os convidados iam chegando.

 Os primeiros a chegarem era Rock Lee, Ten Ten e Neji.

 Hinata ficou muito feliz que seu primo estava lá. Ela o considerava como irmão e adorava a presença dele.

 Logo depois chegou seus colegas de equipe Kiba e Shino, eles lhe deram parabéns levantando ela no colo, o que a deixou roxa de vergonha, mas ela estava se sentindo muito especial aquele dia.

  Quase Konoha inteira estava na festa.

 Estava presente Kakashi, Shikamaru, Kurenai, Sai, Choji, Jiraya, a hokage, Yamato e mais outros ninjas de Konoha. A festa estava lotada e animada, todos comiam a vontade e dançavam. Mas quem Hinata mais queria presente ainda não havia chegado. Hinata ficou esperando Naruto chegar por um bom tempo e quando já tinha se esquecido da ausência do garoto, ele apareceu todo arrumado em direção a ela. Seu coração palpitava de emoção. Ele chegou mais próximo dela e deu um abraço bem apertado.

- Parabéns Hinata !

- Obrigada Naruto-kun ! Pensei que você não viria mais.

- Eu nunca iria deixar de vir na sua festa. Você é muito importante para mim. – Hinata ficou corada com as palavras de Naruto.

- Hinata, eu não sabia o que eu te dava como presente, e Sakura-chan me aconselhou a fazer alguma coisa de coração.

- Oh Naruto, não precisava se preocupar com ... – Naruto interrompeu a garota colocando o dedo em suaa boca a fim de cala-la.

 Naruto tirou uma caixinha do bolso e se ajoelhou. Quando ele abriu a caixinha, Hinata podia ver alguma coisa brilhante, até que se deu conta de que era uma aliança.

- Hinata, nesse tempo em que ficamos próximos, eu me dei conta de que quero você sempre por perto. Eu nunca te disse isso mas, eu te amo e quero compartilhar minha vida com você. Eu estou fazendo isso porque é o que meu coração deseja. Hinata Hyūga, você aceita namorar comigo.

 Todos na festa pararam para olhar o pedido de Naruto.

 O coração de Hinata parecia que iria saltar pela boca. Os olhos da menina estavam marejados de emoção, ela estava vermelha e sem pensar duas vezes disse :

- Naruto-kun, mas é claro que eu aceito. Eu sempre amei você !

 O rapaz colou uma aliança no dedo da kunoichi e se levantou selando seus lábios no dela. Todos na festa aplaudiram, inclusive o pai da garota que estava com uma cara séria.

 Aquele tinha sido o melhor e mais feliz dia de Hinata.

 Nada poderia ser mais perfeito. Seus amigos estavam todos reunidos prestigiando a garota e seu amado a havia pedido em namoro. Hinata estava muito feliz.

Sakura estava muito feliz pelos amigos, mas bateu uma invejinha em seu coração. Ela queria um dia receber uma declaração de Sasuke, mas ela já se conformava que aquilo nunca aconteceria.

 Todos se divertiram na festa. A pista de dança estava cheia.

Ino, Sakura e Ten Ten dançavam como se não houvesse amanhã. Até que começou uma musica lenta e todos começaram a dançar em pares. Naruto dançava com Hinata, Ten Ten com Neji, Kiba dançava com akamaru, Kakashi dançava de maneira engraçada com Yamato, até a hokage estava dançando com o sanin Jiraya e os dois pareciam muito felizes. E até a espertinha da Ino estava dançando com Sai, e Sakura podia jurar que viu a loira roubando um beijo do garoto, que pareceu confuso com a sensação.

 Sakura estava sozinha, de repente bateu uma tristeza em seu coração. Ela queria que Sasuke estivesse ali com ela, dançando juntinhos como todos os casais ali. Rock Lee percebeu a tristeza da garota e a convidou para dançar, ele não queria ver a garota tão cabisbaixa na festa.

- Dança comigo Sakura ? Vai ser divertido.

- Tudo bem Lee, mas sem abusar. – Disse Sakura brincando.

-Seremos o par mais habilidoso da pista de dança com a força da juventude ! – Ele disse com as mão fechadas olhando para o teto.

Sakura lhe deu uma bufetada na cabeça e cruzou os braços.

- Para com isso Lee. Vamos dançar logo.

Após a dança, havia chegado a hora do parabéns. Todos cantaram animadamente para Hinata e foi servido bolo para todos.

A festa havia acabado de madrugada.

 

Sakura POV’s ON :

 

Fui embora com Ino, que me acompanhou até minha residência. Na porta de minha casa eu a havia questionado sobre o beijo que ela roubou do Sai, o que a deixou vermelha de vergonha.

- Não conte para ninguém em rosada.

- Minha boca é um tumulo Porquinha, pode confiar em mim. – Eu disse dando um sorrisinho.

 Nos despedimos em um abrço e ela seguiu seu caminho.

Entrei dentro de casa tirando minhas roupas e indo tomar um banho bem gelado para dormir. Após terminar minha higiene. Fui dormir, pois eu estava exausta depois daquela festa.

De manhã bem cedo eu havia sido acordada com alguém batendo em minha porta. Assustada, vesti meu roupão e fiquei surpresa que era o Kakashi-sensei essa hora.

 - Bom dia Sakura, me desculpe te acordar, mas acho que você devia saber.

- Bom dia Kakashi-sensei. Não precisa se desculpar, o que aconteceu ? – Eu perguntei preocupada.

- Sakura, o Sasuke voltou para a aldeia !

 


Notas Finais


E agora Sakura ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...