História Rejeição - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Kurenai Yuuhi, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 144
Palavras 3.674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoal ! Estou postando o capitulo um pouquinho mais tarde porque demorei para começa-lo por conta da escola ¬¬
Fiz um capitulo bem especial, espero que gostem.
Mais uma vez queria agradecer por todos os comentários ! Vocês são a minha motivação. Saber que existem pessoas que estão acompanhando e gostando de meu trabalho me traz muita inspiração. Obrigada do fundo do coração leitores lindos !
Beijinhos e boa leitura a todos <3

Capítulo 6 - Retorno.


- Kakashi-sensei, não brinque comigo !

- Sakura, você acha mesmo que eu mentiria sobre algo desse tipo ?

As pernas da garota haviam perdido as forças com a noticia, o que fez com que ela caísse sentada na varanda de sua casa.

 Kakashi se agachou ficando de frente para a garota preocupado, ele sabia que Sakura ficaria surpresa, mas não esperava que ela ficasse passada.

 Sakura parecia estar em estado de choque, ela olhava fixamente para Kakashi com seus grandes olhos verdes arregalados.

- Sakura você está bem ? Posso te levar para o hospital se precisar. – Disse Kakashi colocando suas mãos sobre os ombros da garota.

- Kakashi, eu vou ...

 Sakura tinha perdido totalmente suas forças e acabou desmaiando. Antes que a menina caísse e batesse a cabeça no chão, Kakashi consegui segurar ela. Sua pele estava gelada e pálida. Ele não pensou duas vezes antes de pega-la no colo e levar a menina correndo para o hospital de Konoha.

 

Sakura POV’s ON :

 

 Abri os olhos lentamente, minha visão foi invadida por um clarão. Minha cabeça parecia que a a qualquer momento explodiria. Tudo parecia girar ao meu redor.

 Sentei assustada na cama em que eu havia acordado, minha memória estava falha, eu não sabia aonde estava e nem porque. A única coisa que eu me lembrava era de Kakashi- sensei me acordando pela manhã dizendo que Sasuke havia retornado para a aldeia.

 - Não pode ser. Eu devo estar sonhando !

 Tentei me levantar, mas senti uma dor por conta do soro que estava perfurando meu braço. Pensei em arrancar aquela coisa do meu braço e ir encontrar Sasuke. Eu não sabia aonde ele estava exatamente, mas eu procuraria por Konoha inteira se fosse preciso.

 Quando estava prestes a arrancar aquela agulha de mim, fui interrompida.

- Sakura, o que você pensa que está fazendo ?

Era Tsunade. Ela estava parada na porta me olhando com os braços cruzados. Ela caminhava até minha cama sem tirar seus olhos de mim.

- Nem pense em fugir Sakura. Só irei libera-la quando você estiver totalmente recuperada.

- Mas .. mas eu preciso ver o Sasuke ! Por favor, me deixe encontra-lo Tsunade-sama.

- Sasuke esteve aqui agora pouco. Ele ficou no quarto com você enquanto estava inconsciente, mas ficamos com medo de sua reação ao ver ele quando acordasse e concordamos que era melhor ele não estar aqui quando  isso acontecesse.

- Ele ficou aqui comigo ? – Perguntei curiosa.

- Sim, ele me parecia bem preocupado.

- Ah ... – Eu disse com os olhos brilhando.

 Sasuke preocupado comigo ? Pensar nisso fazia meu coração feliz. Eu não consegui conter o grande sorriso que me veio no rosto perto de Tsunade.

- Sakura, eu sei que você gosta muito dele. Eu estava torcendo para que ele voltasse para você e o Naruto.

- Eu torci para que isso acontecesse durante anos !

 Tsunade sorriu para mim e me deu um abraço, o que me fez ficar feliz, eu gostava muito dela.

- Sabe Sakura, sinto que o Uchiha esta começando a ter sentimentos por você. Se cuide e vá atrás dele, não o deixe fugir novamente. Eu só quero ver a sua felicidade.

- Você acha que ele esta sentindo algo por mim ? – Perguntei com o coração palpitando.

- Tenho quase certeza !

Dei outro sorriso largo. De repente um sentimento de felicidade me invadiu. Tudo o que eu sempre desejei era que Sasuke se importasse comigo. E só de pensar que isso poderia estar acontecendo, me subia um frio na barriga.

- Bom Sakura, você acabou ficando emocionada demais com a noticia de que Sauke havia voltado e acabou entrando em estado de choque, você perdeu a consciência e desmaiou.  Coloquei alguns remédios no soro para você voltar a ficar forte. Logo você já vai estar totalmente recuperada e poderá votar para casa. 

- Você acha que levara quanto tempo ? – Perguntei desanimada. Eu queria sair daquele hospital logo.

- Isso dependera de você.

-Ahh que chatice !

- Seus pais estão aqui, eu disse que eles poderiam te ver quando você acordasse. Posso chama-los ?

- Claro, estou morrendo de saudades dos dois !

Tsunade fez um sinal de positivo com a cabeça e se retirou do quarto.

Alguns minutos depois da hokage ter deixado meu quarto, chegaram meus pais. Minha mãe entrou correndo no quarto com cara de choro. E meu pai veio atrás com uma cara preocupada.

- Sakura minha filha, eu quase morri de preocupação com você ! Achei que você morreria. –Ela disse me dando um abraço que mais parecia que ela me mataria sufocada.

- Não exagere Mebuki, ela vai acabar morrendo se você não parar de sufoca-la. – Disse meu pai com um sorriso alegre para mim.- Estou muito feliz que você esteja melhor. Eu e sua mãe ficamos muito preocupados.

- Estou muito feliz que vocês estejam aqui. Eu estava morrendo de saudades.

 

Sakura POV’s OFF.

 

Os pais de Saskura ficaram algumas horas com a garota. Mataram a saudade conversando e trocando carinhos. Sakura havia ficado muito feliz com a visita dos pais, já fazia um tempo que eles não se viam.

 Logo após eles irem embora, Ino chegou no quarto morrendo de preocupações com a amiga. 

 - Testa de marquise, não me mate do coração ! – Ela disse dando um abraço forte em Sakura.

- Não se preocupe Porquinha eu já estou bem melhor ! Foi só um susto.

- Também não é para menos, fiquei sabendo que o Sasuke voltou. Eu te disse que ele voltaria ! Estou muito feliz por você.

- Eu ainda não o vi. Estou muito ansiosa para encontra-lo, mas ao mesmo tempo estou nervosa e quero evita-lo. Só de pensar em vê-lo meu coração parece que vai parar.

- Isso é normal Saky, você ama ele e fica ansiosa.

-Ai Ino, estou tão insegura.

- Calma testa de marquise, esquece isso e foque em se recuperar.

 

 Ino  ficou com Sakura por alguns minutos e foi embora. Logo após ela sair do quarto, entra Tsunade para conversar com a rosada.

 - Sakura, seu quadro de saúde está melhorando. Amanhã de manhã você já pode voltar para casa. Eu não poderei vir aqui de manhã, então já vou lhe avisando. Você deve se alimentar bem e evitar esforço e passar nervoso. Vou indicar algumas pílulas para evitar que você entre em choque de novo.

- Obrigada por cuidar de mim Tsunade-sama.

- Não tem de que minha pequena. Quando eu soube que você estava no hospital, vim correndo para te tratar. Eu me preocupo muito com você. – Ela disse passando a mão na cabeça da garota. – Queria poder ficar mais aqui, mas se eu deixar a Shizune sozinha cuidando das coisas, essa aldeia virará um caos.

 As duas gargalharam juntas e após as recomendações. Tsunade foi embora, deixando Sakura descansar, pois já era noite e ela precisava de repouso.

 

Sakura POV’s ON :

 

Eu estava em um sono profundo quando fui acordada por uma enfermeira do hospital. Ela tinha cabelos negros e não tirou seu sorriso do rostodesde que me acordou.

- Está se sentindo melhor Sakura Haruno ?

- Estou me sentindo muito bem, obrigada !

- Vou tirar esse soro de você e te dar uns papéis para sua alta.

Senti um pouco de aflição sentindo aquela agulha sendo retirada lentamente de dentro de mim. A enfermeira mantinha seu sorriso mesmo concentrada.

- Prontinho, suas roupas estão ali em cima, você pode se trocar quando eu sair daqui. – Ela disse apontando para um criado mudo que ficava no canto da parede perto da porta.

 Dei um sorriso como resposta. Ela saiu do quarto fechando a porta. Logo após ela sair, me levantei da cama me espreguiçando. Eu quase não sentia minhas pernas por ficar o dia todo deitada em uma cama.  Andei cambaleando para o criado mudo pegar minhas roupas. Minhas pernas formigavam. Peguei minha troca de roupa limpa que Ino havia trazido no hospital e fui para o banheiro me aprontar. Quando já estava vestida, dobrei a camisola do hospital deixando-a em cima da cama e sentei na mesma esperando a enfermeira me dar alta.

 Não passou nem 2 minutos e escutei ela dando dois toquinhos na porta.

- Posso entrar ? – Eu escutei ela perguntar atrás da porta.

- Pode ! – Disse com um tom de voz mais alto.

Ela abriu a porta lentamente e quando me viu fez aquele bendito sorriso enorme.

- Me acompanhe.

Ela me levou até uma salinha, e pegou uma espécie de formulário preenchido.

- Pegue esse papel e leve até a recepção, assim eles liberaram você para ir embora. – A enfermeira disse sorrindo. “ Será que essa mulher não cansa as bochechas por sorrir tanto?” , pensei.

 - Obrigada por tudo ! Tchau. – Eu disse e tentei imitar o sorriso dela.

- Boa recuperação. Se cuide !

Me despedi da enfermeira sorridente e fui até a recepção do hospital entregar os papéis para minha liberação. Entreguei na mão de uma recepcionista que me deu um sorriso igual o da enfermeira, ela entregou uma sacolinha com alguns remédios dizendo que a Tsunade havia mandado me entregar e então me  liberou e não tirou os olhos de mim enquanto eu não sai pela porta. As pessoas daquele hospital estavam começando a me assustar com aqueles sorrisos. Será que constava nos critérios de contratação que os funcionários deviam estar sempre sorrindo ou essa gente só era feliz mesmo ? Bom, era melhor eu nem saber.

 Sai de lá e vi Naruto sentando em um banco que ficava na entrada do hospital. Ele parecia ter ficado feliz ao me ver, então andei em direção a ele.

- Olá Naruto, como está a Hinata ? – Perguntei sorrindo.

- Olá Sakura-chan, a Hinata está bem. Ela está em casa junto com a irmã. Eu vim aqui porque eu soube que você ficou muito emocionada com a noticia. Eu não quis deixar você voltar para casa sozinha, então vim aqui te acompanhar.

- Obrigada por se preocupar comigo Naruto. – Eu disse como os olhos cerrados. – Você já soube da noticia de Sasuke ?

- Fiquei sabendo um pouco antes de você. Kakashi-sensei foi até minha casa bem cedo me comunicar.

- Você já viu ele ? – Perguntei curiosa roendo as unhas.

- Sim ! Nós conversamos, ele me pediu desculpas por tudo, mas não quis falar muito sobre a sua fuga de Konoha. Sasuke finalmente voltou para nós Sakura-chan. Eu não consegui diretamente trazer ele de volta e cumprir a promessa que lhe fiz, mas ele está de volta. Não é demais ? – Ele disse bem animado.

- Nem acredito que ele voltou Naruto, estou muito feliz ! – Eu disse dando um abraço apertado em meu velho amigo.

- Sabe Sakura-chan, ele estava bem preocupado com você. Quando conversamos ele não parava de perguntar por você. Ele perguntava se eu sabia se você já tinha acordado. Ele até veio no hospital te visitar, mas você ainda estava desacordada. Então ele achou melhor ir embora para não prejudicar sua recuperação.

 Meu coração parecia que iria parar com as palavras de Naruto. Eu não sabia lidar com a ideia de Sasuke estar preocupado por mim. Eu sempre fui rejeitada por ele, agora ele estava completamente mudado comigo. Ele havia me beijado, me agarrado, ele estava sendo carinhoso comigo, e eu não sabia como lidar e o que pensar sobre isso. Teria ele voltado para Konoha porque eu pedi para ele ? Eu não sabia, eu queria respostas e precisava encontrar ele para isso.

- Naruto, você sabe aonde Sasuke está ?

- Ele estava no distrito Uchiha organizando as coisas. A casa dele parecia estar um pouco empoeirada. Mas acho melhor você não ir agora para lá. Você precisa se alimentar e tomar um banho. Fique bem cuidada e depois podemos ir juntos para lá.

 Eu não queria que Naruto fosse junto comigo, eu queria ter um momento a sós com ele. Mas eu estava com tanto medo desse encontro, que acabei concordando. Só de pensar em ficar sozinha com Sasuke, me gelava a espinha e meu coração parecia que sairia pela boca.

- Vamos então Sakura-chan. Vou te acompanhar até sua casa.

- Vamos Naruto !

No caminho, Naruto não parava de falar sobre o namoro com Hinata e o quanto ele estava feliz por Sasuke estar de volta. Tudo o que nós dois sempre sonhamos era salvar e trazer o Sasuke de volta. Toda Konoha estava feliz pelo retorno dele. Todo o trajeto para minha casa, eu via pessoas cochicharem olhando para mim e Naruto. Todos sabiam da nossa persistência por Sasuke e com certeza estavam falando sobre isso.

 Naruto me deixou na porta de casa e me deu um abraço de despedida.

- Se cuide Sakura-chan, durma um pouco e depois do almoço eu venho aqui te buscar. – Ele disse passando a mão em meus cabelos, deixando o topo dele com alguns fios bagunçados.

 - Obrigada por tudo Naruto. Até mais ! – Eu disse dando um soquinho carinhoso em seu braço.

- Credo SAkura-chan, isso dói !!! – Disse Naruto com cara emburrada.

- Pare de ser frouxo Naruto, foi um soquinho de leve.

- Eu não quero nem estar perto quando você quiser me dar um soco forte.

- Quanto exagero ! – Eu disse balançando a cabeça.

Naruto foi embora e entrei para dentro de casa. Eu estava feliz por ter ido embora daquele hospital. Coloquei a sacolinha que Tsunade-sama havia mandado entregar para mim em cima da mesa e peguei um papelzinho que estava lá dentro.  Nele estava escrito alguns horários e os respectivos nomes dos remédios para cada horário.

- Será que é necessário tantos remédios ? Eu só dei um desmaio de emoção, quanto exagero.

 Já estava na hora de tomar um que as pílulas eram azuis. Peguei um copo de água gelada e tomei junto com o remédio. Depositei o copo na pia e fui até o meu quarto pegar algumas coisas para tomar um banho. Passei por frente do espelho que ficava no meu quarto e me espantei com o que vi.

- Credo Sakura você está horrível ! – Falei para mim mesma.

 Peguei minhas roupas e fui para o banheiro fazer minha higiene. 

 Depois de tomar um banho bem quente, cai na cama, pois ainda estava cedo.

 Dormi pelo menos umas  três horas e acordei para almoçar. Abri a geladeira e tinha um pote com um lámen que aparentava estar delicioso. Nele havia um pequeno bilhetinho, era de minha mãe :  

“ Se cuide querida,  quero ver minha menina bem saudável. Beijos, mamãe.”  

Minha mãe era tão carinhosa comigo, depois do ocorrido, todos pareciam estar muitos preocupados com minha saúde, o que me deixava muito feliz, eu estava gostando de tantos mimos e atenção.

 Minha mãe devia ter trazido a comida nessa manhã, pois aparentava estar bem fresquinha. Eu havia dado a chave de minha casa para ela assim que me mudei para cá. Mas ela nunca havia entrado aqui quando eu não estava, ou muito menos sem avisar.

 Comi meu almoço e resolvi tomar outro banho, minha ansiedade era tanta, que só um banho bem gelado poderia me acalmar e conter meu nervosismo.

 Coloquei um conjunto que eu havia comprado com Ino na véspera do aniversario de Hinata. Era uma blusa rosa sem mangas e um short da mesma cor, ele era bem comportado, eu estava me sentindo muito bonita com aquela roupa. Penteei meus longos cabelos rosas e fiz um rabo de cavalo, o que destacou meus olhos esmeralda. Passei uma maquiagem bem leve e um batom levemente rosado.  Eu queria estar linda para me encontrar com Sasuke. Minha ansiedade era tanta, toda hora eu colocava a cara na janela esperando Naruto chegar. Já tinha passado a hora do almoço e eu não aguentava mais de ansiedade.

 Esperei Naruto durante uma hora e nem um sinal dele, resolvi então que não esperaria mais por ele e fui sozinha para o distrito Uchiha.

 No caminho meu coração batia descontroladamente, minha barriga parecia que iria abrir. Eu nunca tinha me sentido tão nervosa por encontrar Sasuke-kun. Meus sentimentos por ele estavam mais intensos por conta da saudade, eu queria tanto abraça-lo,  tê-lo em meus braços e ter seus lábios colados aos meus. Eu desejava muito que ele me beijasse de novo. Eu só queria ter Sasuke pra mim.

 Quando cheguei na entrada do distrito, pensei que desmaiaria de novo. Parei e fiquei olhando lá dentro. Eu já havia vindo aqui várias vezes com Naruto na casa de Sasuke, eu sabia qual era o caminho. Mas minha vontade era de sair correndo dali.

- Coragem Sakura, você esperou anos por isso ! – Eu disse determinada.

 Ergui a cabeça tomando coragem e entrei. Caminhei até chegar a casa de Sasuke. Subi as escadas que davam para a porta de entrada. Meu coração gelou e eu parecia não ter forças para bater na porta.

“ Força Sakura, nós chegamos até aqui ! “

  Minha mão parecia ter ganhado vida própria e deu alguns toquinhos na porta.

  Agora eu já não tinha mais como fugir, a coisa certa a se fazer era encarar e esperar até que ele atendesse.

 Passados alguns segundo ele atendeu a porta. O que me fez perder as forças das pernas.

 - Sakura ! – Ele disse me envolvendo em um abraço muito forte.

 Ele segurou em minha mão e me puxou para dentro de sua casa.

 - Sakura eu estava muito preocupado ! Você está melhor ?

- Eu estou bem melhor !

- Que bom ! Eu fui te visitar quando você ainda estava inconsciente.

- Tsunade-sama e Naruto me disseram. – Eu não sabia o que dizer para ele, eu estava muito nervosa. – Sasuke-kun  ?

- Hm ? – Ele respondeu segurando meus pulsos sobre seu peito.

- Eu estou muito feliz que você tenha voltado. Eu não estava suportando a ideia de perder você para sempre. – Meus olhos estavam marejados de lagrimas.

 Eu não acreditava que ele estava em minha frente e acabei dando um forte abraço nele. Ele correspondeu colocando uma de suas mãos em minha nuca e a outra em minha cintura.

 - Sakura não chore, e estou aqui ! Eu nunca mais vou embora daqui. – Ele disse segurando meu queixo.

- Sasuke, você desistiu da sua vingança ?

- Eu ainda estou pensando muito sobre isso. Mas eu precisava voltar para cá.

- Por que Sasuke-kun ?

- Porque eu não estava mais suportando ficar longe de você. – Ele disse me olhando com seus lindos olhos negros.

 Por um momento achei que fosse ter um infarto com o que Sasuke tinha acabado de dizer.

- Ah Sasuke-kun eu ...

Eu fui interrompida por um beijo. Sasuke me pegou no colo, fazendo com que minhas pernas entrelaçassem seu corpo. Eu me segurava em seu ombro e somente retribuía seu beijo. Ele segurava em minhas nádegas com força, e me beijava com muito desejo. Eu estava me deliciando daquela sensação. Nós estávamos nos beijando com mais intensidade do que da primeira vez. Parecíamos ter fome um do outro, eu com certeza não iria interromper esse beijo como da primeira vez. Ele deu alguns passos para trás e se sentou no sofá me mantendo em seu colo.

  Uma mão dele segurava meu cabelo que estava preso em um rabo de cavalo e a outra passava por minhas coxas. Agora que eu estava em cima dele podia sentir seu membro duro sendo pressionado em mim. Aquilo fez com que minha intimidade ficasse úmida, aquilo só havia acontecido na primeira vez que nos beijamos.

 Eu desejava Sasuke mais que tudo.

 - Sasuke eu quero você agora !

Sasuke deu um sorrisinho malicioso e beijou meu pescoço bem devagar, o que me fez arrepiar inteira e soltar um pequeno gemido. Quando Sasuke estava prestes a tirar sua camisa, alguém nos interrompeu batendo na porta, fazendo que cessássemos com o nosso beijo.

 Eu amaldiçoei mentalmente quem estivesse nos interrompendo.

 - Droga ! – Ele disse nervoso.

 Levantei-me do colo dele sem graça e sentei no sofá, enquanto ele foi atender porta.

 Eu quis matar Naruto quando vi ele entrando pela porta.

 - Nossa Sakura-chan, me desculpa pelo atraso. Acabei tendo que ajudar Konahamaru com algumas coisinhas. Mas não se preocupe, eu já estou aqui !

- Ahhh .. t-tudo certo Naruto ! – Eu disse fervendo de raiva por dentro.

- Entre Naruto ! – Disse Sasuke olhando para mim com os olhos virados para cima.

Naruto ficou pelo menos uma hora falando sobre seu treinamento para desenvolver seu jutsu novo e sobre o namoro com Hinata. Peguei Sasuke me encarando várias vezes. Ele parecia  não prestar muita atenção no que Naruto dizia. Até que quando o loiro finalmente parou de falar, Sasuke olhou para ele sério e disse :

 - Encontrei Jiraya hoje, ele estava procurando por você dizendo que precisava te ensinar um jutsu novo que ele desenvolveu exatamente para você. Mas ele não estava te encontrando.

- O QUE ? – Naruto disse gritando. – Bom, sendo assim eu preciso encontra-lo imediatamente, sinto muito Sasuke e Sakura-chan, mas vocês sabem como eu dou importância para meus treinos.

- Claro Naruto, não tem problema, pode ir. – Disse Sasuke atencioso.

- Sasuke, leve Sakura-chan para casa depois.

- Pode deixar Naruto, cuidarei dela ! – Sasuke disse dando um sorriso de canto para mim.

- Tchau pessoal, até mais ! – Disse Naruto abanando a mão.

Nos despedimos de Naruto e depois entramos para dentro novamente.

- Que legal, eu não sabia que Jiraya desenvolveu um jutsu para Naruto.

 Sasuke deu uma risadinha depois do meu comentário, olhou para mim balançando a cabeça e disse :

- Ele não desenvolveu jutsu nenhum, só disse isso para nos livrarmos dele.

 Fiquei surpresa com a declaração dele e arregalei os olhos.

- Por que Sasuke-kun ? – Eu perguntei fazendo um biquinho.

Sasuke ficou bem próximo de mim e me puxou, colando meu corpo no dele.

- Para continuar o que começamos sem sermos interrompidos. – Ele disse me olhando maliciosamente. 


Notas Finais


Me perdoem pelos erros, eu não tive tempo para revisar a historia. Mas assim que eu tiver tempo, venho aqui para conserta-los.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...