História Relações Perigosas - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Laura Prepon, Orange Is the New Black, Taylor Schilling
Personagens Laura Prepon, Taylor Schilling
Tags Drama, Fic, Laura Prepon, Laylor, Lesbian, Orange Is The New Black, Story, Taylor Schilling
Exibições 471
Palavras 2.155
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Red Bull


Fanfic / Fanfiction Relações Perigosas - Capítulo 12 - Red Bull

(Laura POV)

Eu passei na casa da Tay e peguei-a. Ela entrou no carro me deu um beijo e seguimos para o set. Eu ainda estou tranquila, não estou com sono, mas em breve certamente irei sentir, eu estou preocupada com a Tay, espero que ela consiga gravar hoje. Enquanto eu dirigia eu fazia carinho no rosto dela e ela fazia carinho na minha perna.

- Dorme um pouquinho, vai demorar pra chegar.

- Se eu dormir agora eu só acordo no final do dia.

- Eu também, mas aproveita e dorme um pouco, eu te acordo quando a gente chegar.

- Não Lau, eu não acho justo, sem contar que se você me ver dormindo vai acabar sentindo sono. Eu só quero que você pare em algum lugar pra eu comprar energético.

- Tá bom teimosa, quando eu chegar perto do set eu paro pra você comprar energético.

- Ok!

Eu continuei dirigindo por um tempo e quando se aproximou do set eu parei em um posto e a Tay desceu pra comprar energético. Ela voltou com duas latas e me deu uma, ela abriu a dela e a minha, em seguida ela deu um gole na dela e colocou as duas no suporte do carro.

- Não vai tomar agora?

- Antes eu quero um beijo de energético!

- Ai que sacrifício ter quer fazer isso! – Disse ela colocando as duas mãos no meu rosto.

A Tay olhou para os lados para ver se tinha alguém por perto e em seguida me beijou com aqueles lábios gelados e com gosto de energético. Eu finalizei o beijo com um selinho e dei partida no carro e segui para o set.

(Taylor POV)

Nós chegamos e a Lau estacionou o carro, eu e ela descemos com a latinha na mão e entramos pra dentro do set e nem nos tocamos que daria a entender alguma coisa o fato de estarmos as duas com latinhas de energético nas mãos. A Tasha nos viu chegar juntas e sem disfarçar ela olhou direto para as latinhas.

- A Jenji mandou avisar que vai ter uma reunião antes de começar as gravações de hoje gente!

- Tá bom Tasha, estamos indo.

- Ok Tay.

A Tasha foi na frente e eu e a Lau fomos atrás. Nós entramos na sala que já estava parte do elenco e nos sentamos. De frente pra nós estava a Jenji, Kendall, Lauren e outros roteiristas da série. A Jenji só queria passar algumas informações e dizer que já teria algumas divulgações da série em breve. A Kendall não parava de me encarar e eu fazia questão de olhar pra ela também entre um gole e outro no meu energético. Quando a reunião acabou eu me levantei na frente da Lau e fui saindo, quando eu olhei pra trás eu percebi que a Jenji se aproximou da Lau e disse alguma coisa. Quando a Lau saiu eu perguntei o que tinha acontecido.

- O que a Jenji queria com você?

- Disse que quer conversar comigo quando eu tiver um tempo.

- Provavelmente seja por causa daquele lixo humano que ela chama de filha né?

- Talvez Tay!

Eu e a Lau continuamos andando e fomos cada uma para um trailer nos trocar. Eu fiquei pronta primeiro e fui de volta para o set, antes de começar a gravar a Tasha veio falar comigo.

- Pelo visto alguém não dormiu essa noite.

- Está tão visível assim?

- O que você acha? As duas bonitonas chegaram tomando energético.

- É Tasha, eu e a Lau acabamos passando a noite juntas. Me julgue!

- Não vou te julgar boba, fiquei feliz pelo menos por você ter tido a coragem de ter terminado com a Carrie antes de ter transado com a Prepon.

- Então você já está sabendo?

- Sim, eu tive que consolar ela ontem. Ela me contou que você pediu um tempo, mas se eu bem te conheço foi só uma maneira menos grosseira de ter dito que terminou com ela.

- Isso mesmo Tasha, eu decidi dar uma chance pra esse romance, eu estou apaixonada pela Lau e não há mais o que fazer.

- Eu quero que sejam vocês felizes e isso é o que importa. Tay, por favor, mata a minha curiosidade?

- Que curiosidade?

- Como é a Prepon na cama?

- Ah eu não acredito que você está me perguntando isso Tasha. - Disse rindo um tanto sem jeito.

- Não pense que eu estou cobiçando ela não tá? Até porque ela é minha amiga também, mas é que ela tem um "sex appeal" e uma cara de quem manda muito bem na coisa.

- Bom, eu não vou te responder diretamente, então tire as suas próprias conclusões. Eu e ela passamos a madrugada inteira fazendo amor e não paramos pra dormir. Eu tive três orgasmos com um curto período de espaço entre um e outro. Agora é com você Tasha, tire a sua própria conclusão de tudo isso.

- Prepon representando a raça como sempre, que orgulho dessa mulher!

- Para de ser palhaça Tasha! - Disse rindo

- Ah é verdade Tay e não fica vermelha não!

- Boba!

A Tasha me deixou muito sem graça ao fazer essa pergunta, mas eu precisava compartilhar com alguém o que tinha sido essa noite com a Lau. Após conversarmos eu, a Tasha e o restante do elenco começamos a gravar e seguimos a manhã inteira assim.

(Laura POV)

Meu corpo dá sinal que eu preciso dormir. Minha concentração está completamente afetada pela falta de sono, eu consegui errar por diversas o texto que eu já tinha decorado e foi assim a manhã inteira. Quando fizemos aquela pausa para almoçar eu fui logo procurar a Tay que estava gravando em outro lugar pra perguntar se ela ia dormir um pouco, só que no caminho eu acabei encontrando com a Kendall.

- Atrás da sua putinha?

- Kendall hoje não tá? Estou sem saco pra você!

- Estou com nojo de você!

- Está mesmo? Jura pra mim?

- Sim estou!

- Que bom então, só assim pra você me deixar em paz!

- Mas não pensa que eu vou deixar barato, eu vou infernizar a sua vida. - Disse ela pegando no meu braço.

- Eu não tenho medo de você! - Disse tirando lentamente a mão dela do meu braço.

- Deveria!

Eu sorri e fiquei olhando pra ela, nesse momento a Tay apareceu e encarou a Kendall.

 

- Tá tudo bem por aqui Lau?

- Tudo sim. Eu estava te procurando, vamos lá pra fora?

- Sim!

Antes de ir com a Tay para o lado de fora eu olhei pra Kendall e sorri ironicamente pra ela.

- Tenho pena de você. - Disse baixinho.

- Eu te odeio Laura. - Disse ela pegando novamente no meu braço.

- Não encosta em mim. - Disse tirando a mão dela de mim com força.

Eu sai andando e fui com a Tay para o lado de fora e fomos para o meu trailer.

- Que vontade de encher aquela cara dela de porrada quando ela pegou no seu braço. Ela te machucou?

- Não Tay, mas vamos falar de outra coisa? Como tá o sono ai?

- Ok. Estou morrendo de sono e só de pensar que ainda tenho que gravar a tarde inteira me dá mais sono ainda.

- Você tem fome?

- Eu comi algumas coisas entre uma pausa e outra e você?

- Eu também, vamos dormir um pouquinho então? Temos uma 1 hora pra dar uma descansada.

- Vamos!

Eu e a Tay deitamos na cama que tinha no trailer e antes de dormir nos beijamos e até nos empolgamos um pouco, eu puxei ela pra cima de mim e começamos aumentar a intensidade do beijo intercalando com leves mordidas nos lábios.

- O combinado era dormir! - Disse ela interrompendo o beijo.

- É verdade, parei, vamos dormir.

Ela me deu um selinho e deitou virada de costas pra mim, eu coloquei o celular pra despertar e agarrei a sua cintura.

(Taylor POV)

O despertador tocou e eu e a Lau acordamos no susto. Eu me virei dei um selinho nela e ela abriu os olhos.

- Acho que eu consegui dormir o suficiente, estou me sentindo recuperada.

- Não exagera Lau, mas quebrou um galho, estou um pouco mais disposta também.

- Mas mesmo assim eu pedi que comprassem mais energético. Pega ai no frigobar pra gente?

- Pego meu amor.

- Me sinto tão sua quando você fala assim!

- Como assim?

- Quando você me chama de meu amor!

- Sério? Às vezes sai sem pensar, é uma forma carinhosa de te chamar.

- Linda!

A Lau me puxou e me deu um beijo rápido, pois não podemos mais enrolar, já era de voltar a gravar. Nós saímos do trailer dela e demos de cara com a Carrie.

- O que você tá fazendo aqui?

- Eu que te pergunto o que você tá fazendo saindo do trailer dela?

- Carrie, por favor, eu preciso ir gravar!

- Tay eu estou indo, vê se não demora. - Disse a Lau nos interrompendo.

- Pode deixar.

- Anda Tay, o que você estava fazendo no trailer dela que não estava no seu que é do lado?

- Carrie eu não te devo satisfações esqueceu?

- Ok, mas eu estou te perguntando numa boa.

Nesse momento antes que eu pudesse responder, a Kendall apareceu misteriosamente e interrompeu a conversa.

- Ué Taylor sua namorada ainda não está sabendo que você e a Laura estão tendo um caso e que inclusive passaram essa noite juntas?

- Como Taylor?

- Cala a sua boca Kendall!

Ela saiu dando risada e eu fiquei a princípio sem saber o que dizer pra Carrie.

- Então tá explicado essa latinha na sua mão e o fato de você estar no trailer dela. Nunca pensei que você teria coragem de fazer algo desse tipo.

- Carrie desculpa, eu assumo eu errei, eu me envolvi com a Laura e acabamos nos apaixonando.

- Não precisa falar mais nada, você é um monstro Taylor, torce pra Laura não cruzar o meu caminho porque eu não sei do que sou capaz de fazer.

- Isso é uma ameaça?

- Entenda como quiser!

Ela saiu andando e eu voltei para o set pra poder continuar gravando.

(Laura POV)

Eu gravei algumas cenas no lado de fora do set e depois voltei pra gravar aqui dentro com a Tay e percebi que ela estava com uma carinha esquisita.

- Aconteceu alguma coisa?

- A Carrie descobriu de uma maneira chata o que está rolando entre a gente.

- Como ela descobriu?

- A desagradável da Kendall viu a gente conversando e foi e se intrometeu e falou a verdade.

- Tinha que ser ela, mas enfim, ela foi grossa com você? Te machucou?

- Não, apenas disse que não quer te ver, pois não sabe do que seria capaz de fazer.

- Uma pena que eu não tenha medo de ameaça!

- Enfim, parece que agora temos um caminho livre pra nós duas.

- Ou não né Tay? Sabe-se lá o que essas mulheres vão ser capazes aprontar.

- Eu espero que nada né? Estou cansada dessa confusão já!

- Eu também!

Nós começamos a gravar e seguimos assim o restante do dia. Por sorte hoje as gravações não foram até tarde, então terminamos de gravar e fomos nos trocar para ir embora. Eu fiquei pronta primeiro que a Tay e esperei-a dentro do meu carro. Depois de um tempinho ela veio e nós fomos embora. O caminho é um pouquinho longe e ainda pra ajudar conseguimos pegar um pouco de transito devido a algumas obras na rodovia.

- Você deve estar morrendo de sono né meu amor? Quer parar o carro e eu dirijo um pouco?

- Não precisa, eu só estou bem cansada, mas eu posso dirigir.

- Então tá bom.

Entre uma parada e outra que eu fazia devido ao trânsito eu aproveitava para dar selinhos na Tay. Depois que passamos pela parte que estava interditada, nós nos livramos do trânsito e eu aproveitei e acelerei. Em questão de minutos já estávamos na frente da casa da Tay. Eu e ela demos um beijo longo e nos despedimos, eu iria adorar repetir a dose da noite passada, mas definitivamente precisamos descansar. Assim que ela entrou eu dei partida no meu carro e fui para a minha casa, chegando lá eu tomei um bom banho e me deitei. Eu arrumei o travesseiro e antes de apoiar a cabeça eu cheirei e senti o cheiro da Tay e sorri, não vou dormir com ela, mas pelo menos vou poder sentir o cheiro dela a noite inteira e isso já ajuda. Sem muito esforço eu me virei e logo acabei pegando no sono.


Notas Finais


💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...