História Relações Perigosas - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Laura Prepon, Orange Is the New Black, Taylor Schilling
Personagens Laura Prepon, Taylor Schilling
Tags Drama, Fic, Laura Prepon, Laylor, Lesbian, Orange Is The New Black, Story, Taylor Schilling
Exibições 475
Palavras 2.073
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Tudo acabado


Fanfic / Fanfiction Relações Perigosas - Capítulo 7 - Tudo acabado

(Taylor POV)

Eu acordei tomei um banho e me arrumei rapidinho. Quando eu estava saindo para gravar meu celular tocou e era a Carrie.

- Bom dia amor!

- Bom dia!

- Tudo bem com você?

- Tudo sim!

- Estou com saudade de você.

- Eu também meu amor!

- Então o que acha de sairmos juntas para almoçar? Afinal a gente tem que comemorar algo não acha?

- Comemorar o que?

- Completamos 3 meses de namoro hoje amor. Você esqueceu né?

- Nossa ando gravando tanto em tão pouco tempo que eu confesso que realmente eu esqueci. Me perdoa?

- Perdoo meu amor, faz parte. Mas então almoçamos juntas?

- Eu não tenho horário para comer você sabe, mas posso te avisar assim que eu conseguir fazer uma pausa pode ser?

- Claro amor, fico esperando você ligar então.

- Tá bom amor. Beijo!

- Beijo!

Eu nem lembrava que nós estávamos completando 3 meses hoje, já nos 2 meses anteriores eu era a primeira a querer comemorar. Assim que eu acabei de falar com ela eu dei partida no carro e segui para o set.

(Laura POV)

É tão difícil quando você está num relacionamento que não está bem porque qualquer pessoa que aparece pode acabar roubando o seu coração a qualquer momento, e é isso que está acontecendo com a Tay, foi difícil admitir pra mim mesma que eu estou me sentindo atraída por ela, mas depois de ontem não me restaram dúvidas que essa mulher está mexendo comigo em tão pouco tempo, mas isso não pode acontecer, eu apenas estou assim porque meu relacionamento não está bem, tenho que colocar isso na minha cabeça.
Eu me arrumei e a Kendall também, eu cheguei tão desorientada ontem que até esqueci que a Terasa comprou meu carro, eu fui ver quando eu desci para a garagem e a Kendall me perguntou que carro era aquele, eu então na hora liguei pra ela agradecendo.

- Tê bom dia!

- Bom dia!

- Cara eu esqueci completamente do carro, me perdoa por não ter ligado ontem, eu amei.

- Que bom que você gostou agora você já pode circular em NYC tranquilamente.

- Isso vai ser ótimo. Obrigada mesmo! Vou estrear ele agora.

- Arrasa minha amiga, ele é todo seu!

Estava na cara da Kendall que ela não gostou da ideia do carro, mas obviamente eu não liguei e antes de entrar no carro eu  avisei ela que temos que conversar.

- Hoje sairemos para almoçar juntas porque eu quero conversar com você.

- O que de tão importante você tem pra falar? Por que não fala agora? Tá apaixonada por alguém?

- Sem provocações. Sentaremos tranquilamente numa mesa e conversaremos como duas adultas.

- OK Laura, não vou nem me estressar com você logo de manhã.

- Faz muito bem. Agora tira o seu carro porque eu preciso sair com o meu.

- Palhaçada essa de ir em dois carros hein?

- Eu tenho o meu carro e você tem o seu, assim como eu tenho a minha casa e você tem a sua. São coisas naturais da vida!

Ela não respondeu nada e foi para o carro dela, assim que ela tirou o carro eu sai com o meu e segui para o set.

(Taylor POV)

Eu cheguei ao set e fui direto me arrumar, hoje pra variar eu já começo gravando uma cena de sexo com a Lau, como todos já sabem as cenas não são gravadas na mesma sequência que são exibidas, a cena que faremos daqui a pouco é uma cena que será exibida somente na 2ª temporada da série. Eu arrumei meu cabelo e fui para me deitar na cama, vou tirar meu roupão apenas quando a Lau chegar. Ela demorou um pouquinho e quando chegou veio direto para o estúdio, ela veio de roupão e tirou quando se aproximou da cama, era tão bonitinho ver ela com aquele shortinho de pijama. Eu puxei o lençol e tirei meu roupão, eu não tinha nada na parte de cima. Antes de começar a gravar ela deitou por cima de mim e me deu um beijinho no rosto, eu adoro esse jeito espontâneo dela ao me cumprimentar. A cena ia começar a ser gravada então eu aproveitei que ela estava por cima de mim e tirei o lençol, o corpo dela escondia os meus peitos, mas não por muito tempo, agora era hora de gravar e aquele beijo que não demos ontem acabou saindo em cena e é óbvio que eu senti a diferença, pois nem eu e nem ela fizemos esforço para nos beijar tecnicamente, a cena rolou tranquilamente.

- Obrigada por ter sido você!

- Obrigada por ter sido você Tay. Em tão pouco de gravações e a gente já acabou na cama duas vezes.

- Verdade Lau, eu já não sei onde enfiar minha cara! - Disse rindo.

- Como assim Tay? Seu corpo é lindo!

- Que bom que você acha pelo menos.

A Lau se levantou primeiro que eu e pegou o meu roupão e me deu, eu coloquei ele rapidinho no corpo, antes dela sair do estúdio eu me lembrei de perguntar pra ela sobre a Kendall.

- Lau?

- Oi meu amor! - Disse ela se virando pra mim.

- Você resolveu aquele assunto?

- Ainda não, ontem ela chegou um pouco doente, não consegui conversar com ela.

- Entendi, deixa eu adivinhar. Você resolveu esquecer tudo e deixou passar mais uma vez.

- Não Tay, ela já está avisada que iremos almoçar para conversar hoje.

- Disfarça que ela está vindo atrás de você.

Eu me levantei de roupão e sai olhando pra trás e vi que as duas ficaram conversando.

(Laura POV)

A Kendall se aproximou de mim e disse que já estava livre para almoçar, eu então fui até o meu trailer, me troquei e encontrei com ela no meu carro. Assim que chegamos no restaurante que ficava próximo ao set, nós nos sentamos e eu pedi um whisky pra mim e água pra ela.

- Podemos conversar como adultas?

- Sim, podemos.

- Então tá bom. Ken você sabe que o nosso relacionamento não anda nada bem né?

- Só se for pra você, pra mim tá tudo bem.

- Você sabe que não estamos bem. Estou cansada das suas cenas de ciúmes, estão ficando piores e cada vez mais frequentes.

- Amor eu morro de ciúmes de você e tenho medo de te perder, é só isso.

- Ken, eu não quero mais! – Disse passando a mão no cabelo jogando ele pra trás.

- Você está terminando comigo?

- Sim!

Ela começou a chorar instantaneamente, ainda bem que eu peguei uma mesa no andar de cima do restaurante. Eu tomei o restante do meu whisky enquanto ela chorava.

- Amor não faz isso, eu amo você!

- Ken não dá mais, você sempre diz a mesma coisa e nada muda. Eu estou enlouquecendo, então pra não acabar igual acabou da outra vez, eu te traindo, é melhor que a gente termine logo.

- É por causa da sua amiguinha de cena não é? Você já tá me traindo com ela?

- Ken a Tay não tem nada a ver com o assunto. Eu não aguento mais esse relacionamento, pra mim já deu.

- Não Laura, por favor, não faz isso. - Disse ela batendo na mesa.

- Kendall, sem show, por favor!

- Eu não quero ficar sem você!

- Vai ser melhor pra você também, confia em mim!

- Você não sabe o que é melhor pra mim.

- Eu sei melhor do que você própria, acredite. Eu não estou terminando com você pra ficar com ninguém, eu simplesmente preciso ficar sozinha e descansar a minha mente.

- Você ainda vai se dar conta da burrada que você está fazendo.

Eu fiquei em silencio e ela se levantou pegou a bolsa dela e saiu andando, eu ainda fui atrás dela já que ela tinha vindo comigo de carro, só que ela não quis saber e pegou um táxi pra voltar, eu a acompanhei entrando no táxi da entrada do restaurante e assim que ela foi embora quando eu ia entrando de volta no restaurante eu vi que a Tay estava chegando com a namorada, a Carrie balançou a cabeça me cumprimentando e foi indo na frente pra pegar uma mesa pra elas. A Tay parou e veio falar comigo.

- Tá tudo bem?

- Ainda não sei, só sei que a gente acabou de terminar.

- Ai que bom, precisamos comemorar Lau!

- Calma Tay, essa mulher não vai me deixar em paz tão cedo, tenho certeza!

- Vai deixar sim, vai dar tudo certo.

- Assim espero, agora vai lá que a sua namorada tá me olhando com cara feia.

A Tay sorriu e entrou, eu já havia pagado a água e o whisky então fui embora direto, assim que cheguei no set eu fui para o meu trailer e fiquei por um lá um tempo.

(Taylor POV)

Eu entrei rapidinho no restaurante e sentei com a Carrie, nós pedimos uma entrada e ficamos conversando, em alguns momentos eu me distraia pensando na Laura.

- Amor? Amor? Tay?

- Oi? O que foi?

- Eu te fiz uma pergunta, mas pelo visto você nem prestou atenção!

- Desculpa meu amor, eu tava viajando aqui.

- Pensando na Laura?

- Como assim? Lógico que não!

- Eu notei que vocês estão bem intimas.

- Amor para de besteira tá bom? Fala o que você perguntou e eu não prestei atenção.

- Perguntei se você quer viajar comigo esse final de semana, eu vou tocar fora outra vez.

- Ah que legal amor, mas eu não vou ir, não fica brava comigo, eu estou bem cansada, eu quero ficar em casa quietinha, essa semana foi tensa de gravação.

- Estou sentindo sua falta amor, faz tempo que não fazemos mais nada juntas.

- Amor eu sei que eu estou em falta no nosso relacionamento, mas é porque eu estou trabalhando muito e você também.

- Eu sei, só que eu sinto falta de você se é que você me entende.

- Entendo amor, tudo isso vai mudar OK? Deixa só eu me acostumar com essa rotina que eu juro que vamos voltar ao normal.

- Quero só ver!

Eu sabia que a Carrie uma hora ia me cobrar isso, parte do que eu disse foi verdade, eu realmente ando bem cansada, mas não é desculpa, eu simplesmente não ando sentindo vontade de ter intimidade com ela então prefiro não fazer nada do que fazer algo mal feito.
Depois que nós almoçamos eu voltei para o set e ela foi embora. Eu passei o restante do dia gravando sem parar.

(Laura POV)

No final do dia quando eu já estava indo embora eu encontrei com a Jenji nos corredores e ela pediu pra conversar comigo.

- Podemos conversar?

- Claro, precisamos mesmo.

- Você e a Ken terminaram outra vez né?

- Sim Jenji, não tava dando certo, eu e ela estávamos discutindo muito.

- Não precisa se justificar, eu não quero saber o motivo, eu apenas quero que você saiba que eu gosto muito de você e não quero que a nossa amizade mude em nada por mais que eu queira te matar nesse momento por estar fazendo a minha filha sofrer.

- Obrigada Jenji, eu já errei com ela uma vez então eu não quero errar de novo, um dia ela vai me agradecer por ter interrompido esse relacionamento.

- Eu acredito que sim. Vem cá me dá um abraço.

Eu me aproximei da Jenji e a abracei, eu sempre tive uma boa amizade com ela desde quando comecei a namorar a Kendall e fico muito feliz por ela ter me entendido.
Enfim era hora de ir pra casa, fui para o estacionamento, peguei meu carro e fui embora. Assim que eu cheguei em casa eu tomei um banho e deitei na minha cama, meu celular começou a disparar de mensagens e ligações da Kendall, estava demorando pra isso acontecer, lógico que eu não vou atender e muito menos responder, eu me sinto de dever cumprido principalmente depois do papo amigável que eu tive com a mãe dela. Talvez o melhor a fazer nesse momento seja dormir. Coloquei meu celular no silencioso, me virei e em questão de minutos peguei no sono.


Notas Finais


Gente, preciso saber como andam as coisas, será que tá legalzinha a fic? 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...