História Relatos de um Kumamon indignado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Visualizações 9
Palavras 530
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Único: indignação


Fanfic / Fanfiction Relatos de um Kumamon indignado - Capítulo 1 - Único: indignação

Eu amava as formas, as cores, os sabores do Japão, em geral.

 Mas, pra mim, viver no Japão era sinônimo de comer sushi, falar japonês, sorrir e conseguir achar acessórios de animes sem dificuldades. 

O problema, é que eu nunca imaginei que eu teria que vestir uma fantasia quente e abraçar pessoas.

 Eu sou Min Yoongi, ou Kumamon, se preferir. 

Ok, eu sei que parece vergonhoso, e realmente é.

 Mas sabe, eu só estou nesse emprego por necessidade mesmo, acredite.

 Eu realmente precisava de um emprego meio-período pra me manter no Japão, afinal, minhas economias tinham ido embora com o meu apartamento e com a matrícula da faculdade. 

Ou seja, euzinho fui colocado dentro de uma fantasia de Kumamon. Não é nada agradável ter que seguir pessoas, abraçar criancinhas e ainda derreter e passar fome dentro daquele bicho gordo com bochechas permanentemente coradas.

 Falando assim, parece que é o inferno, ne? 

Pois então, é exatamente isso. Todo dia eu repetia aquele mantra fortalecedor que uma vidente de rua me propôs: "Se você não seguir em frente, você vai se foder". 

Eu já estava me fodendo muito dentro daquela fantasia, mas eu não queria me foder mais ainda se tirasse ela antes do expediente.

 A pior parte é que tem um pirralho chamado Jimin que vem todo dia na lanchonete que eu trabalho, só pra me dar um abraço. 

Ele diz que as pessoas merecem ter os dias mais coloridos, ou alguma baboseira assim. Eu quase nunca presto atenção, geralmente eu estou ocupado vomitando por conta do açúcar que as palavras daquela criança contêm. 

Fazer o que se ele é meloso demais? Pior que Jimin, só o pai. Aquele homem não sabe o tempo que ele está perdendo levando o filho pra tornar o dia de uma pessoa como eu colorido. 

Ah, se ele soubesse que a fantasia é quente, tem cheiro de atum estragado e gruda na pele quando você sua, com certeza me deixaria em paz. 

Mas a melhor hora é a hora do almoço. Não posso chamar aquilo de almoço, já que é só um pacote de batata frita, mas pelo menos é uma batata grande, ne?

 É nessa hora que eu tiro a cabeça do Kumamon e começo a devorar minhas batatas, tacando meio litro de shoyu. 

Também é nessa hora que sempre brota uma criança e começa a chorar, dizendo que eu matei o Kumamon e etc. Aí eu termino de comer, coloco a cabeça do Kumamon de volta e dou um pirulito pra criança, dizendo que se ela parar de chorar, vai receber mais de onde veio aquele. 

Talvez seja suborno, mas sempre funciona. As crianças japonesas se amarram em um docinho, ainda mais se for dado por um moço fantasiado de Kumamon. 

Minha vida é uma bosta, como pode ver. Eu ainda estou esperando o dia em que eu vou poder processar o dono dessa loja e sair pelado da loja mostrando o dedo do meio. 

Tá, pelado já é exagero, mas você me entendeu. Eu só vou sair desse lugar se eu conseguir um processo antes, porque lidar com crianças catarrentas e não ganhar mais por isso é um absurdo!! 

GRAVE MINHAS PALAVRAS!


Notas Finais


talvez esteja muito bosta, mas nn desiste de mim (talvez tenha capitulo extra ou sla sccr)
~e pra quem lê a fic de ptg, saiba que eu não esqueci dela e to escrevendo o capítulo novo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...