História Relembrando - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Amores, Briga, Confusões, Drama, Naruhina, Narusaku, Naruto, Recordações, Romance, Sasusaku
Visualizações 47
Palavras 1.767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Demorei mas voltei

Capítulo 19 - Confiança


Pov Miki:
   Eu esperava comendo na casa de Sakura e Hatake me observando . Iria demorar muito ainda para ele confiar em mim.
  Logo vejo a porta se abrindo.
  - Naruto essa é...- Sakura começa a falar mas a atrapalho
  - Deixa eu mesma me apresentar, sou Mike Ytse. Vou ser direta antes que seu antigo amigo aqui influencie você . Meu irmão ,Zemit, irá o matar em alguns dias. Eu sou a única que conheço que podendo deter, mas meu pior problema é que se houver uma luta acabo matando todos ao meu redor. Meu autocontrole com meus poderes não é bom. - digo
  - E você quer matar todos aqui?! Você é louca-Naruto diz e tapo a boca dele, já sabia da fama dele falar muito 
  - Ainda não terminei- digo seria e retiro minha mão de sua boca- Pode olhar bem para mim, não estou mentindo, conheço os Uzumakis a anos, Kakashi sabe bem disso. Admito já odiei todos que estão nessa vila e em várias outras , mas deixei de lado esse tanto ódio depois de verificar o seu caminhar Uzumaki.  Ainda não morri de paixões por sua família , mas você é o único capaz de deter meu irmão sem o matar. Ele não quer  saber da verdade e ao menos esquecer de seu passado. Se você me treinar e seguir meu plano nada ocorrerá de demais . Sua esposa está bem por enquanto e seu amigo já não posso dizer o mesmo.- termino e Naruto olha pra kakashi 
  - Ela é perigosa, não confio nada nela depois do que ela já fez- ele diz
  - É passado !!! Quantas vezes tenho que dizer que não sou mais a psicopata de antes ?!- digo a ele  irritada
  - Ela varia muito de humor como pode ver. Mas se ela estiver dizendo a verdade- ele começa mas atrapalho de novo
  - É verdade!- digo e ele me fuzila e dou de ombros
  - Zemit consegue ser pior que ela. Melhor estarem separamos do que juntos . Se só tiver essa escolha a treine. Não vou entrar nessa para me machucar de novo não - Hatake diz 
  - Obrigada velhinho- digo bagunçando os cabelos dele- E aí Uzumaki, qual a decisão ?
  - Aceito. - falo o plano direito a ele só para ele ouvir-Mas com uma condição - Naruto diz por fim
  - Qual?- digo
  - Seu irmão terá que abrir mão de seus poderes para sempre - ele diz, afinal Sakura havia dito tudo que sabia na versão do Hatake para ele
  -Feito. Você quer que diga a Karin para ela te dar notícias de Hinata?- pergunto no fim e vejo Sakura indo sair e Naruto a segura
  - Eu sei que ela irá se virar. Eu apenas farei a minha parte . Você faça a sua . Se algo der errado você irá matar seu irmão de qualquer jeito , entendeu?- Naruto me diz- E depois se der quero saber notícias de Sasuke- ele quando diz isso percebi que ele queria mesmo era notícias da esposa mas por causa da Haruno ele falou isso
  - Se nada der certo faço isso.- garanto a ele e o mesmo sai com Sakura
  - Me siga- Kakashi diz mandão 
  - Você se tornou rabugento - digo enquanto o seguia
  - Olhe cá Ytse, não tenho a obrigação de  gostar de você e nem confiar em você . Então fique na sua e nada de surtar- ele fala com raiva para mim
  -Relaxe Hatake. Mudei. Eu só quero minha família unida pelo um bem maior além de vingança . Vocês têm seus princípios . Eu observo todos a anos e vocês nem sabiam que estava por perto. Essa é a minha jogada. Poderia ter atacado todos sem ninguém saber. Fiz isso? Não . Acredite no que vou fazer em breve e você irá tomar na cara e vai ver que estava certa. Não perca por esperar Sensei- brinco no fim e ele continua andando e me mostra o local o de ficaria.
  - Vou ter guarda costa por acaso?- pergunto brincado
  - Você não tem jeito- ele revira os olhos e chama as pessoas que iriam me vigiar e entra no quarto.
  Parecia mais uma cela do que um quarto. Sabia que tinha quem iria me vigiar ,se fugisse tudo ia se complicar muito. Então fico só encarando o teto na tentativa do tempo passar. Quando ia dormir ,Naruto aparece.
  -Hora de praticar - ele fala 
  - São 2 da manhã . Você não dorme não ?- pergunto irritada
  - Vem logo- ele fala e começa a andar e o sigo
  - Mais tarde vou falar com Karin. Sua esposa está se saindo muito bem por enquanto. Seus filhos estão seguros?- pergunto enquanto andávamos 
  - Estão sim, mas chegaram acabados. Casos eles tivessem morridos alguém iria pagar. Você terá que seguir certinho o que está planejando, se não você ou seu irmão vão pagar por isso.- ele me diz
  - Hokage, eu sei que vacilei muito no passado. Mas quero o meu irmão de volta. Ele está pirado . Eu sei que se eu falar com ele quando ele estiver fraco convenço ele é preciso que você me treine e ginga que é uma isca minha. Só preciso disso. Confie em mim pela última vez. Prometo sumir depois disso. E eu vou proteger seus filhos mesmo de longe. Já fiz isso com Karin no passado. A livrei do clã que fundei. Ela abriu os olhos antes que fosse tarde demais - falo a ele
  -Como assim?- ele para me ouvir após chegar no local que iríamos 
  -É difícil , você verá se olhar nos olhos das pessoas . Vamos começar logo?- pergunto e ele começa . Por mais que ele treinasse que confiasse nele durante o treino sempre quase o matava
  - Desse jeito não iremos conseguir melhorar nada em você  - ele fala depois de 13 horas seguidos tentando e não conseguindo nada .- O que ocorreu no seu passado para você ficar assim?
  - Não é da sua conta- digo rapidamente . O que ocorreu para eu deixar meu irmão como estava hoje não quero falar para ninguém 
  - Melhor você seguir sozinha com seu plano então - ele me fala, ele estava acabado e aparentemente irritado comigo.
  - Eu não sou de confiar em ninguém depois de tudo que passei. Eu quero te ajudar mas isso é algo muito pessoal. Ninguém sabe de toda a minha história , para eu te contar teria que ser muito próxima de você , coisa que nunca seremos . Apenas no futuro irei garantir que seus filhos fiquem vivos . Eu nunca ia deixar eles morrerem. Eu segui eles quando eles voltaram para cá . Caso seu filho desmaiasse eu iria cuidar deles, tentaria na verdade, não sou boa cuidando de ninguém , e assim que eles estivessem melhores os traria para cá . Vamos voltar pro treino?- digo tudo de vez
  - Não . Você precisa se auto ajudar. Me procure amanhã caso consiga confiar totalmente em alguém - ele diz cansado, não insisto que ele volte. Ele está com a cabeça a mil, afinal até eu ia demorar pra confiar em alguém que queria os destruir até uns 2 anos atrás.
  - Vem comigo- Sakura do nada aparece ou estava muito distraída e não percebi ela lá . Não digo nada e a sigo e ela me leva até um local onde se estamparam os hokages dessa vila
  - Se quiser ter a confiança do povo daqui aprenda a gostar de toda nossa história , aprenda a respeitar todos que já governarem aqui e acima de tudo querer o bem daqui-ela me diz
  - Por que está me falando isso? Você não era uma das pessoas que não confia nada em mim- deixo claro para ela
  - Querendo ou não você é a única que pode deter o maluco do seu irmão . Tinha que escolher, ou a morte dos Uzumakis ou seu plano louco que também pode resultar em morte. Preferi seu plano, acredito que tudo pode ter uma salvação - ela diz
  - Sasuke está machucado, ele está sendo forte para manter tudo no lugar. Tudo depende de mim agora, a vida de muitos está em jogo, nem eu confio em mim, melhor eu parar de falar e agir- digo sem pensar
  - Não faça besteiras- ela diz e sai
  - Besteiras é seu sobrenome - Alguém diz e me viro e era Karin
  -Quem se machucou?- pergunto logo
  -Você só tem 2 dias. Sasuke está sendo machucado cada vez mais. Ele não vai resistir muito. Melhor você aprender o que precisa- ela me avisa
  - Você  está sendo torturada também ?- pergunto por perguntar 
  - Sempre, eles sabem que estou contra eles , mas não tem coragem de me matar porque querem fazer isso na frente de Naruto. Não tenho muito tempo. Acredito que você fará a coisa certa- ela diz e sai. Se não conseguir me controlar o jeito será eu me matar e assim mato meu irmão .
  Volto pro campo de treino e fico lá treinando muito. Logo amanhecia e Ainda estava lá . Por mais que tentasse vários flashbacks vinham na mente e destruía algo. 
  Não percebi a chegada de Naruto e quase o matei. Quando percebi meu ato volto com tudo para trás 
  - Me desculpe...- digo de longe Ainda com os poderes ativos 
  - Deixa eu te ajudar- ele diz se aproximando de mim
  - Não ! Não vou te colocar em risco. Já tenho um plano que envolve apenas eu e meu irmão . Então tchau- falo já indo embora e ele me segura
  - Não se mate. Não vou deixar isso. Você consegue , deixa eu te ajudar, não se afasta do passado, mas não o deixe dominar seu corpo- ele me diz
  - Não vou repetir de novo , me solte- digo olhando sério para ele, ele me solta mas me seguram de novo e dessa vez foi o filho de Naruto
  - Não faça isso- ele diz e quando olho a maioria da vila me olhava transmitindo a mesma mensagem.
  Me sento no chão e observo todos
  - Por que estão confiando assim em mim? Se fiz tudo isso?- mostrou a todos as coisas que me atormentam e quando termino todos estão chocados- Sou o perigo por aqui
  - Mas esta corrigindo seus erros- Hatake fala- Te julgo muito por tudo, mas você quer evitar um massacre. Eu vou te ajudar.- ele se pronuncia me ajudando a me levantar
  - Obrigada...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...