História Remember - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 18
Palavras 281
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Droubble, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - One Shot


Lysandre tinha uma péssima memória, esquecia-se de tudo.

Esquecia-se da pipoca no microondas e só se lembrava quando a fumaça disparava o alarme de incêndio. Esquecia-se de onde tinha estacionado o carro e sempre no final do expediente ficava rodando à procura até recordar-se que o sedã preto na porta da editora era o seu.

Esquecia-se de colocar a roupa na máquina até o cesto no banheiro transbordar. Pobrezinho do coelho, esquecia-se de levar Watchmaker ao veterinário! Esquecia-se de levar o guarda-chuva quando saía mesmo quando via a previsão do tempo. Esquecia-se que nem só de café se vive um ser humano e só se lembrava quando o estômago não aguentava mais a fome.

Lysandre esquecia-se de uma infinidade de coisas e por isso anotava-as no bloquinho.

Mas, não esquecia-se de nada a respeito dela. Lembrava-se de tudo.

De como seus cabelos loiros eram sempre uma bagunça de cachos. De como seu sorriso parecia ter luz suficiente para iluminar o mundo. De como seus pés descalços moviam-se ligeiros e silenciosos no assoalho do apartamento e de como seu corpo balançava como uma folha ao vento tamanha a leveza quando caminhava.

Lembrava-se de como suas unhas eram sempre roídas e sujas de tinta. De como ela sempre comia as bordas de tudo primeiro e de como ela sempre sujava o nariz quando tomava sorvete.

De como seus corpos se encaixavam bem quando dormiam de conchinha a noite e de como podia ouvir seu coração bater.

De como seus lábios eram doces e de como era bom beijá-la.

Dela, lembrava-se de tudo sem precisar anotar em seu bloquinho e amava-a cada dia mais.

Mesmo que ela já não estivesse mais entre os vivos.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...