História Remember Me? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Visualizações 66
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha quem voltou? Oi minhas lindas
Quero agradecer pelos favoritos Ok? Estou muito feliz de ter o apoio de vocês aqui

Chega de papo e bora ler

Capítulo 2 - Capítulo 2


Uma garotinha correu apressada em direção a praia e pulou nos braços da morena parada perto do mar, eu encarava aquela cena bonita do abraço da duas. 

A menor sorriu largamente e se virou para mim, seu sorriso desmanchou e ela pulou do colo da morena com uma feição de preocupação, a mulher de olhos verdes se virou para mim e arregalou as esmeraldas.

As duas correram em minha direção, meu corpo ficou tão fraco de repente e eu simplesmente cai no chão, as duas abaixaram do meu lado e me encararam

A dona das esmeraldas se abaixou um pouco e pôs as mãos em minha barriga logo levanto as mãos novamente, desvio o olhar para sua mão e vejo sangue, arregalo os olhos e tento me sentar mas meu corpo se rejeita a fazer quaisquer movimento, tento gritar mas não consigo. Fecho meus olhos com força torcendo para aquela angústia passar... Eu não queria mais sentir aquela dor

Narração Lauren 

Quarta-Feira

7:30hrs

Eu encarava o teto deitada naquela cama gélida, me viro para o lado e encaro o travesseiro de Camila ao meu lado, abraço o mesmo respirando fundo e inalo o cheiro doce de Camila.

Faz dois dias que não saio deste quarto, desde que Taylor apareceu na minha casa aquela noite com a notícia....


 Encontraram o carro dela, Lauren - falou - Não sabem que rumo tomou o corpo dela e do motorista do caminhão, alguns disseram que o caminheiro a levou para alguns hospital mas como o caminhão estava sem placa e sem documentos não conseguiram encontrar o dono. Lauren... Camila, está desaparecida e não sabemos se ela está bem ou não.


As palavras de Taylor não saiam de minha cabeça, eu estava sem o amor da minha vida, sem Camila... Por que com a gente meu Deus? Estávamos tão bem, lutamos tanto para estarmos aqui juntas e agora estamos novamente separadas e eu nem sei onde ela está, estou destruída por dentro. 

Eu queria ter chorado quando Taylor me contou, eu queria ter gritado, eu queria ter corrido atrás de Camila mas eu não consegui nada disso, eu não consegui proteger minha esposa. O que será de mim sem ela? O que será de minha filha? 

Tantas perguntas e nenhuma resposta. Eu só queria conseguir acordar deste pesadelo. 

A porta de meu quarto se abre e Dinah adentra apenas sua cabeça, suspiro sem me mexer 

- Lauren... Posso entrar? - apenas assinto

Dinah, se aproxima de minha cama, a loira sentando na beirada da cama e sorrio fraco alisando o travesseiro de Camila que estava ao meu lado 

- É o travesseiro dela né? - perguntou - Tem o cheirinho dela

Fecho os olhos fortemente e os abro novamente 

- Eu tenho certeza que ela está bem ok? - falou - Ela sempre consegue sair dessas, Lauren. É a Camila né? Ela nunca abandonaria sua esposa e sua filha sem antes se despedir. Vamos encontrar Ok? Eu te prometo, Lauren. 

- Dinah, eu estou com medo de nunca mais rever minha mulher - sussurro 

- Você vai abraçar ela novamente - assentiu várias vezes - Eu não vou desistir sem antes encontrar ela e nem você. Vamos juntas atrás dela, vamos lutar e procurar por ela em todos os hospitais deste país mas vamos encontrar ela. 

- Obrigado por estar aqui, Dinah - sorrio fraco 

- Agora você precisa sair deste quarto por mais que não queira, a Alícia precisa de você. Ela está lá na sala perguntando sem parar se você está passando mal ou só está evitando ela. 

Sento na cama e prendo meus cabelos em um coque frouxo

- Tudo bem... Eu já desço Ok? 

- Ok, vou te esperar lá 

Assinto e Dinah sai do quarto, suspiro e levanto da cama indo até o banheiro, paro na frente do espelho e encaro meu reflexo, meus cabelos estão desgrenhados, meus lábios esbranquiçados e ressecados, bem de baixo de meus olhos as olheiras profundas marcam minha pele. Adentro de baixo do chuveiro e deixo a água quente relaxar meus músculos. 

Saio do banho e visto uma calça moletom e um blusão preto, prendo meus cabelos novamente e desço para sala, vejo Alicia brincando no chão da sala com suas bonecas​

- Filha? 

Alícia se vira em minha direção rapidamente e sorri correndo até mim, a pego no colo 

- Pensei que você estava dodói, papa! - falou 

- Só estava descansando minha filha - sorrio fraco - Já jantou meu anjo? 

- Não, estou esperando a mama chegar para comermos juntos 

As palavras de Alicia cortaram meu coração em milhares pedaços

- A tia Dinah me prometeu que ela estava vindo para casa - falou - Então estou esperando ela. Ela vai voltar né papa? 


Notas Finais


Perdoem o capítulo pequeno e comentem o que acharam ok? Quero muitos comentários pois amo ler a opinião de vocês! Desculpem os erros e ate o próximo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...