História Remember me? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Johnny, Ten
Tags 2sad4you, Bibisback, Gay, Johnny, Johnten, Nct, Ten, Yaoi
Visualizações 64
Palavras 546
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tô feliz pela crush estar me notando mas eu só consigo escrever coisa triste

Capítulo 1 - Selfish


Oi

Lembra de mim?

Não acho que tenha esquecido, mesmo depois de alguns anos.

Lembra do tempo que passamos juntos?

Lembra?

Eram tempos tão felizes…

Muito melhores que agora.

Sinto falta daquilo.

Sinto falta de olhar nos seus olhos e sinto falta de quando recebia uma chamada sua.

"Hyung, porque você está me ligando assim de repente? Sentiu saudades?"

"Eu sempre sinto, Ten".

Era relaxante ouvir sua voz grossa do outro lado da linha, falando bobagens apenas para eu poder dormir melhor com o som da tua voz.

Lembra quando jogávamos vídeo game juntos? Quando eu ganhava e você ficava irritado, mas eu sabia que era só fingimento, afinal você até que gostava pois eu sempre pedia um beijo como recompensa por ter vencido.

Os beijos...

Não sente falta deles?

Quando você me acordava com um leve selar na testa, ou esquentava meu nariz vermelho com os lábios quentes no frio de inverno. Quando selava meus lábios rapidamente no caminho para a faculdade ou quando trocavamos beijos necessitados em cima do sofá cama da sala.

Você lembra?

Eu quero acreditar que sim.

As vezes eu acordo no meio da noite com essas lembranças e penso comigo mesmo por horas sobre o que foi e o que poderia ter sido.

A dor não pode ter ficado inteiramente comigo, eu acredito que você também pensa em mim as vezes.

Você pensa?

Uma vez eu estava andando pela rua, cabeça baixa e pensamentos altos.

Eu bati em alguém e esse pessoa pediu desculpas. A voz. Era a sua voz. Quando virei para trás tive certeza que era você. Da mochila pendia um chaveiro, aquele chaveiro que te dei no natal e que eu costumava brincar quando estava entediado. Eu parei no meio da calçada, sentindo a multidão passar e me engolir. Fiquei te observando partir pela segunda vez.

Realizei que mesmo esbarrando em você por acidente, eu queria te tocar de novo, eu queira te abraçar e beijar, cantar com você no karaokê da esquina, dormir nos seus braços enquanto você fazia aquela maratona entediante de Star Wars, tomar longos banhos quentes na sua companhia, sentar no seu colo e… espero que você leia esta carta sozinho quando recebê-la. Eu sei que vai na verdade, porque você sempre foi de fazer tudo sozinho. Eu sempre oferecia ajuda, mas você só a aceitava em alguns poucos casos. Erro meu não ter percebido que você precisava de ajuda mais do que demonstrava.

Lembra das minhas lágrimas antes de você partir?

Você pediu pra mim chorar um rio por você.

Se ao menos você soubesse quantos oceanos eu chorei por ti naquele dia… ou nos próximos doloridos meses que se estenderam.

Fico me perguntando se algum dia vou amar de novo. Amar o suficiente para fazer com que todos esses cacos que cortam meu interior voltem a se juntar.

Afinal essa é a ilusão do amor. Você acha que ele te salva, mas ele apenas destrói.

Enquanto não me conformo que a destruição também faz parte do bom funcionamento da vida, continuo escrevendo cartas que nunca vão chegar a lugar algum, mas ainda é difícil superar o fato de que você se foi, Johnny. Eu tento todos os dias, mas o seu cheiro ainda penetra meus poros quando vou dormir nos teus lençóis.

É egoísmo demais pedir um fim a essa vida miserável para mim poder enfim me juntar a você?

Se for, eu serei a pessoa mais egoísta do mundo.

                                             Ten


Notas Finais


That's all folks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...