História Remember Me To Her - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Kakuzu, Karin, Konan, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yahiko
Tags Itaizu, Memórias, Naruhina, Naruto, Sasusaku
Exibições 16
Palavras 270
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Fanfic postada por mim também no Wattpad. E espero que gostem ^^

Capítulo 1 - Prólogo


Nagoya - Japão

Há dezessete anos atrás...

Corriam pelas ruas escuras e mal-iluminadas. Podia-se ouvir tiros sendo disparados atrás deles, e a criança sendo segurada pela mãe chorava incessamente, deixando a mãe aflita sem poder ajudá-la a parar de chorar.

O marido ajudava a esposa a correr, enquanto ele mesmo olhava para trás para saber dos seus perseguidores e atiradores.

— Entreguem-se! — gritou o homem, junto de outros quatros.

— Jamais — recusou-se o pai —, corra, querida.

Ambos teriam que correr ainda mais para despitar aquele grupo e entregar a criança a uma família.

O marido levou um tiro no peito, logo o sangue quente e carmesim molhava seu terno.

— Ai, meu Deus — disse a esposa. — Querido, você está ferido... meu Deus!

— Acalme-se, eu estou bem — ofegava ele. — Entregue a criança, rápido. Precisamos fugir imediatamente.

A esposa concordou entre as lágrimas. Ela correu com o marido ferido, ela jamais imaginou que sua vida acabaria assim. Muito menos não cuidar do seu filho.

No encontro de uma mansão, ela correu a escada, e bateu na porta descontroladamente. Escutou os tiros atrás, e deixou a criança chorando na porta, dando-lhe um beijo na testa, e colocou um pequeno papel nas mãos do seu filho.

E logo após isso, ela correu escadaria a baixo, e correu com o marido entre as ruas escuras de Nagoya.

A porta fora aberta, por um mãe jovem e bonita.

— Querido... acho que... — pegou a criança no colo, e tirou o papel da mão dela. — Oh, meu Deus.

Ela fechou a porta e levou a criança consigo...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...