História Remembering the past - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Bobby Finstock, Gerard Argent, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Personagens Originais, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Ficção, Suspense, Teen Wolf
Exibições 7
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Esporte, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo da fanfic, para os poucos que me acompanham.

Capítulo 3 - Aceitação e Luto


  Foi só quando eu estava prestes a sair pela ultima porta a minha frente, escutei um ruivo, percebi que oque eu mais temia tinha acontecido. Logo atrás de min, todos estavam chegando, Malia estava arrastando Scott pelos ombros, junto com a Kira. No centro da camiseta, Scott tinha um grande corte em forma de circulo. Mantinha a cabeça baixa, quando ele a levantou seus olhos estavam vermelhos e cheios de lágrimas.

- NÃO, NÓS PRECISAMOS VOLTAR, ELE PRECISA DA NOSSA AJUDA. – Podia-se sentir a tristeza e a frustração em sua voz.

Stiles estava com a mão na boca, não sabia oque dizer, a melhor coisa a se fazer era ficar em silencio.

- Scott, todos vimos com os nossos próprios olhos, o corpo dele foi partido ao meio. – Kira foi a única que teve coragem de dizer algo.

- TEMOS QUE IR !! deixamos o carro estacionado na beira da estrada.- Lydia parecia não ter se abatido com o que estava acontecendo, nunca achei que ela fosse muito apegada ao Liam.

  Passando pela porta, a única coisa que se via era uma floresta, o lugar era totalmente isolado. Era coberta por uma vasta camada de escuridão, Kira tirou seu cinto, e o transformou em uma espada, não sei descrever o que ela fez, mas sua espada, estava emitindo uma luz amarela que iluminava metros de distancia.

- Quando foi que você aprendeu a fazer isso ? – Stiles perguntou surpreso.

- Essa foi a primeira vez que fiz isso.- Ela falou olhando para a espada meio confusa.

  Kira nós guiou por um caminho até chegarmos no carro. Scott não falou nada desde que saímos da ‘’ prisão ‘’, quando entramos no carro, Kira, Scott e Stiles sentamos nos bancos traseiros, Lydia dirigiu e Malia, ajudava ela a se lembrar como pegar a rodovia de volta para Beacon Hills.

- Ele era apenas um garoto, inocente que morreu por minha causa, eu só tinha que protege-lo, mas nem isso eu fiz, que tipo de Alfa eu sou ? – Sua voz era instável.

- Não se pode proteger todo mundo.- Kira tentava acalma-lo.

Não pareceu ajudar em nada, Scott começou a chorar, essa historia já tinha acontecido antes, com a Alisson, acho que ele nunca superou a morte dela, e nunca vai superar. O mesmo aconteceu com Liam, Scott não sabe lidar com a morte.

- Foi uma escolha dele se sacrificar, ele morreu para que nós fugíssemos. – Foi a primeira vez que falei desde que saímos da ‘’ prisão ‘’.

- Não era para ter sido assim, é tudo culpa minha.- Quanto mais Scott falava, mais ele chorava.

- Não podemos mudar o que aconteceu, Scott esse é o ciclo natural da vida, temos que aceitar.- Kira era a única que parecia estar raciocinando corretamente.

- Você acha isso normal ? nossos amigos morrerem por nossa culpa ? – Stiles resolveu abrir a boca.- Ele não tinha nada com isso, mas mesmo assim ele se sacrificou, por nossa causa.

 Ninguém sabia o que fazer ou dizer, então todos nos mantemos calados, apenas trocando olhares. Estávamos na estrada já fazia um tempo.

- Como vocês conseguiram nos encontrar ? – Perguntei esperando uma resposta.

- Tive uma visão no meio da festa, senti que alguma coisa de ruim iria acontecer nesse lugar.

- Realmente, coisas horríveis aconteceram hoje , o homem que matou o Liam, se chama Alludir, ele queria informações sobre todos nós, quando vocês chegaram, disse que conseguia sentir o medo de vocês, tudo foi planejado, foi um erro vocês terem aparecido.

- E íamos deixar vocês sozinhos ? como íamos imaginar que seria um de nós que morreríamos ?

  Ela tinha razão, não tinha como argumentar sobre isso, o melhor seria ficar em silencio. Depois do que se pareceu horas na estrada, chegamos a Beacon Hills. Todos fomos para casa do Scott.

- O que vamos dizer para os amigos dele? E para o pai dele ? – Stiles falou descendo do carro.

- Vamos dizer que ele foi atacado, estava bêbado e foi para a floresta, junto com mais alguns garotos, eles foram atacados juntos com ele, por algum animal noturno, Liam se sacrificou para que todos fugissem. – Foi a primeira ideia que me veio a cabeça.

- E o corpo ? o pai dele vai querer ver.- Kira tinha razão.

- Enterramos ele na floresta em sua memória para todos se lembrarem do que ele fez por eles, devíamos isso a ele.

- É uma historia aceitável, espero que ninguém fique desconfiado, se não estamos encrencados. – Lydia, parecia ser a que menos foi afetada por tudo isso, mas mesmo assim ela tinha razão.- E quem ira avisar o pai dele ?

- Eu quero ser o primeiro a contar a ele sobre isso, Liam ia querer isso.- Scott precisava fazer isso, talvez melhorasse na sua aceitação .

- Foi um dia que não quero me lembrar, estou cansado fisicamente e psicologicamente, Lydia me da uma carona até em casa ? – Eu precisava descansar, aquilo tudo era de mais para min.

- Kira ? você vem com a gente ? – Stiles parecia estar tão cansado quanto eu .

- Não eu irei ficar, Scott precisa de todo o apoio possível.

- Tudo bem, Scott nos vemos amanhã.

 No caminho ninguém disse nada um para o outro, a não ser na hora que nós despedíamos. Quando entrei em casa, não tinha ninguém, provavelmente meus pais tinham ido jantar em um restaurante. Tomei uma ducha pensando sobre o que Alludir tinha me falado, sobre tudo ser culpa do Scott, a morte do Liam e todas as coisas antes disso. Eu queria acreditar que ele estava errado, mas a razão na minha cabeça não permitia, mas eu não podia jogar toda a culpa sobre ele. Estava cansado de mais para pensar em alguma coisa, precisava dormir.

  Acordei com o barulho do despertador, era 7:00 horas, estava atrasado, pulei da cama escovei os dentes, coloquei uma calça e a mesma camiseta que usava para ir todos os dias para a escola, junto do meu tênis preferido. Desci as escadas correndo, meus pais estavam tomando café, atravessei a sala correndo sem nem me despedir de ninguém.

- Bom dia, Mal edu....

Bati a porta, sem ouvir o que minha mãe ia dizer, mas não fazia diferença eu já sabia o que era. Quando cheguei no ponto de ônibus ele já tinha passado, tive que ir correndo para a escola. Como já é de costume cheguei atrasado, a primeira aula era de Historia. Cheguei na sala, acho que nada poderia ser pior do que isso.

- Sr. Caloy ? me avisam sobre você, atrasado de novo ? logo no nosso primeiro dia de aula ? vou te dar um desconto, deve ter sido uma noite difícil.- Meu corpo estava paralisado, todos estavam olhando para min.

Era ele, o homem da noite passada, o assassino do Liam, Alludir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...