História Renegades - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 4
Palavras 432
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom gente, essa é a minha primeira fic. O primeiro capítulo é meio paradinho mesmo, mas prometo que vai melhorar. Eu vou tentar postar toda semana mas não posso prometer porque estou em época de provas e minha escola tem muito conteúdo para estudar, mas vou fazer o meu melhor, espero que gostem.
OBS: A história terá apenas a mitologia e lenda sobre os vampiros de The Vampire Diaries, porem, não colocarei os personagens da serie na fic.
Aproveitem o primeiro caitulo
XOXO

Capítulo 1 - Where it all began.


  Amanheceu um dia ensolarado em Corning Hall, uma pequena cidade de LA. Mary acordou achando que o dia seria normal, como qualquer outro, já que nada de diferente acontece na cidade, mas uma coisa estava pestes a acontecer, e que iria mudar sua vida complemente.

  Levantou- se e foi ao banheiro, tomou um banho e escovou os dentes, vestiu uma roupa qualquer e desceu para tomar café. Sua mãe, Meredith, fazia panquecas enquanto Mary tomava uma xícara de café. Comeu e saiu para a escola.

  Chegando lá, encontrou seus amigos, Stephany, Chace e Jhonny. Não conversaram por muito tempo pois o sinal logo tocou, o que foi conveniente para Mary, já que estava evitando Chace.

  Havia algumas semanas que Chace estava escondendo algo de todos, e parecia que apenas Jhonny sabia, quando o questionavam sobre o que estava acontecendo ele mudava de assunto e desviava a conversa para outro lugar, Mary não gostava disso, eles eram melhores amigos, nunca esconderam nada um do outro, e por conta desse segredo brigaram e estavam a se evitar sempre que possível. 

  As primeiras aulas se passaram rápido, chegou a hora do intervalo e Mary viu Chace e Jhonny saírem de carro. A garota não pensou duas vezes em segui- los, se um dia tivesse que descobrir o que era esse segredo, esse dia seria hoje.

  Pegou o carro e foi atrás dos dois, sempre de longe para não perceberem. Não demorou muito e chegaram a um galpão abandonado.

  Eles entraram e Mary os seguiu. Ao que parecia, Jhonny tirava coisas da mochila, o galpão era escuro e não dava para enxergar direito o que era. 

  Mary tentou se aproximar, chegou a ver coisas no chão, mas não conseguia identificar o que era. Tentou chegar mais perto, mas nessa tentativa, a garota, tropeçou em uma coisa muito barulhenta, não conseguia ver o que era por estar muito escuro, mas também não conseguiu ver pelo susto que levou quando Chace e Jhonny viraram- se. 

  Mary correu e se escondeu rápido, mas não sabia se os dois tinham visto a amiga. A resposta pra essa pergunta veio logo em seguida, quando a figura de Chace fez- se do seu lado. 

 -Chegou mesmo ao ponto de me seguir?- disse Chace com uma voz irônica.

  Mary ia começar a se explicar, mas ouviram outro barulho, Chace pegou o braço da amiga e correu até Jhonny, quando, ali, Mary conseguiu ver o que havia no chão, e não sabia o que pensar, o que perguntar primeiro, só sabia que não entendia e que estava chocada com o que acabara de vir.

 


Notas Finais


Mary- Crystal Reed
Chace- Chace Crawford
Stephany- Carlson Young
Jhonny- Nat Wolff
(Daniel Sharman e Shailene Woodley entrarão só daqui um tempo na história)
Espero que tenham gostado, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...