História Replay - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Miley Cyrus
Personagens Justin Bieber, Miley Cyrus
Tags Drama, Jiley, Namoro, Romance
Exibições 15
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hi bitches 💜
Boa leitura! ;)

Capítulo 6 - Nothing she had ever seen before ..


                  Miley ON

Acordei no outro dia com os raios de sol batendo em meu rosto, abracei um travesseiro e só consegui pensar no quanto aquela cama era macia e boa, bem diferente da qual eu era acostumada. Levantei da cama e caminhei em direção ao banheiro, onde fiz minhas higienes e tomei um banho demorado. Após sair, caminhei em direção ao closet e vesti um short jeans claro e uma regata preta, escrito "Normal people scare me", sim, eu sou fã de AHS. 

Amarrei meu cabelo em um coque frouxo e sai do quarto, desci as escadas indo em direção à cozinha e me deparei com todos sentados na mesa, fui até meu pai e beijei sua testa.

— Bom dia.. 

— Bom dia maninha.. – Jackson falou para minha surpresa, olhei para ele e sorri.

— Tem que ir mesmo, Billy? – Justin perguntou.

— Infelizmente sim.. 

Me servi e olhei para meu pai.

— Terei que viajar filha.. Por tempo indeterminado.

— Mas.. Acabamos de nos conhecer. – Suspirei fundo.

— Quando menos esperar estarei de volta. 

— Tudo bem. Teve notícias da minha mãe?

— Então.. Procuramos sua mãe, e não conseguimos encontra-la em nenhum lugar. 

— C-como assim? – Senti meus olhos se encherem de lágrimas, pois, pensei na possibilidade de o Carlos ter feito algo com ela. 

— Mas nós iremos acha-la, não se preocupe. 

Apenas assenti e tomei meu café em silêncio, assim como todos os que estavam presentes na mesa. 

— Bom, terei que ir agora.. Miley, encarreguei o Justin de cuidar de você e do Jackson.

— Como assim? O Justin? – Tive que rir– Sei me cuidar pai, não precisa se preocupar. 

— Depois você entenderá.. Bom, tenho que ir. – Ele beijou minha testa e bagunçou o cabelo do Jackson e do Justin, se despediu e foi. 

— E então maninha, você é bem bonita. – Jackson falou.

— Oh obrigada... Você também. 

— Sempre quis ter uma irmã mais nova, pra poder mandar nela. Já que é o lema: os mais velhos mandam na porra toda.

— Err.. Eu sou mais velha que você.. 

— Sério? Ah não.. 

Tive que rir da sua feição, meio decepcionado.

— Não se preocupe, vamos fingir que você é mais velho. 

Pisquei para ele e me levantei, levei meu prato até a pia e comecei a lavar o que havia sujado, até que uma senhora parou do meu lado.

— Menina, deixe essa louça para mim! Não precisa se preocupar.. 

— Oh, deixe que eu lavo, não tem problema. 

— Senhora... 

— Miley. Me chama de Miley. – Sorri.– Não se preocupe, eu gosto de lavar a louça, não é incômodo.

Vi um sorriso se formar no rosto cansado da senhora.

— Está bem.. Mas não se acostume. 

— Eu já sou acostumada.. 

                         [...]

Estava na sala, sentada no sofá assistindo um programa de culinária, Jackson e Justin haviam saído, e o tédio era grande, mas nada que não me tenha acontecido antes. Fiquei lá o resto da tarde, nem almocei, mudei daquele programa e coloquei em Bob esponja. Depois de longas horas, ouvi a porta da frente sendo aberta e os dois entraram, Jackson estava sozinho, se sentou ao meu lado e beijou minha bochecha, já o Justin, entrou acompanhado de uma garota, os dois subiram e o Jackson me olhou.

— Não ligue, isso é o comum do Justin. Quase todos os dias vem uma garota nova. 

— Ah, entendi. 

Olhe para a TV e fiquei assistindo com o Jack.

— Que fome, está com fome mana? 

— Não muito.. 

— Pizza!!

Logo Jackson estava falando ao telefone, pedindo uma pizza e pensei em ter ouvido um grito, ou coisa do tipo. Olhei para TV achando que era um som do desenho, mas os gritos só aumentavam, olhei para o Jackson que já estava vindo se sentar do meu lado e ele me olhou rindo.

— Apenas tente ignorar, essas vadias quando estão no cio ficam assim mesmo. Já já você escuta o grand finale.

Por um momento entendi, e depois preferi não ter entendido, pois a garota deu um grito muito alto, e depois tudo ficou em silêncio. 

— E.. Fim. – Jackson gargalhou, e eu, apenas ri para não o deixar só na risada. 

Alguns minutos se passaram e a garota desceu as escadas andando estranho, suas pernas estavam tremendo e sua roupa estava desajeitada.. Ela passou por nós e saiu. Logo após, Justin desceu só de cueca, no momento em que o vi, desviei meu olhar para minhas mãos. 

— Isso é traje? – Jackson perguntou.

— Nada que ela nunca tenha visto antes.. 

Justin passou para cozinha, e eu, eu só fiquei parada, olhando para a TV tentando parecer intertida com o desenho que passava... 








Notas Finais


Bitches, sei que o capítulo ficou pequeno, mas, eu prometo que no próximo eu faço um bem maior pra compensar. 💜
Para as leitoras fantasmas: Se esconder causa espinha no cu.
Beijons, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...