História Resiliência - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Drama, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Romance
Exibições 41
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom gente, é minha primeira fanfic Camren e a minha primeira fic escrita nos últimos dois anos. Tenho seis capítulos prontos e não será uma fanfic muito longa, talvez uns vinte capítulos se virar.
É um universo completamente alternativo, nada haver com músicas, turnês e etc.
Espero realmente que gostem!

Capítulo 1 - Capítulo I


- Lauren, você precisa ir, o almoço com o pessoal da construtora vai começar em alguns minutos. – Mais uma vez a minha secretária batia em minha porta, me alertando do horário. Olhei para o relógio do computador e logo em seguida passei os olhos pela a apresentação do trabalho no tablet. Tinha que estar perfeito.

 

-Ok, Ally. Obrigada. – Passei a mão pelos meus cabelos, já sentindo uma pontada de desespero, não estava pronto, mas eu sabia improvisar bem. – Peça para trazerem meu carro, vou descer. – Ela concordou com a cabeça, e saiu pela porta dupla.

Eu poderia dizer que tinha a vida profissional perfeita. Sou pós graduada em comunicação empresarial e marketing digital, hoje eu sou gerente de comunicação e marketing da maior empresa de administração imobiliária de São Paulo, e posso dizer que só vivo para isso.

Levantei rapidamente, peguei minhas coisas e fui em direção ao elevador.

- Ally. – Chamei minha secretária ao passar próximo a sua mesa. Ela levantou a cabeça e sorriu. – Tenho interesse em uma estagiária. Pode providenciar com o RH? Veja se aprovam o pedido o quanto antes. – Sorri simpática e entrei no elevador que acabara de chegar no meu andar. Apenas vi ela concordar com a cabeça e anotar algo em sua agenda. Sai pelo elevador pronta para mais um dia de reuniões.

 

 POV Camila

Meu celular estava tocando em algum lugar da cama e eu não o encontro.

-Merda! Cadê você? – Encontrei após alguns toques o iphone com a tela completamente trincada, fruto de uma noite de muita bebida, revirei os olhos ao não conseguir atender de primeira, e após mais duas tentativas passando o dedo pela tela, eu consegui.

-Camila, bom dia. – Tentei soar séria, já que o número não estava salvo na minha agenda.

Uma moça muito simpática me disse que eu havia sido selecionada para realizar uma entrevista de estágio em uma grande corporação. Claro que eu aceitei. Desliguei o telefone com o papel das anotações na minha mão, tremendo um pouco.

 

Eu estou no terceiro ano da faculdade de comunicação, procuro estágio desde o primeiro semestre, mas nenhuma boa oportunidade apareceu, até agora. Meu sonho é crescer e quem sabe, me tornar gerente de alguma área fodona da comunicação.

Sai saltitando do meu quarto, minha mãe Sinu, ainda não havia saído para trabalhar e olhou para minha cara, estava sorrindo com a minha animação, tomou um gole do seu café e comentou:

-Que bicho te mordeu hoje? E por que não saiu da cama ontem o dia todo? Que horas chegou no sábado? – Droga... Questionário matinal de boa mãe.

 

-Bom, fui à uma balada, cheguei as seis da manhã, acordei a tarde, adiantei alguns trabalhos, tomei banho, comi e fui dormir. E não usei drogas. – Frisei a última parte, minha mãe insistia nessa idéia louca desde que viu um colega meu fumando maconha na rua, eu já era um pouco retardada, imagina se usasse drogas.

-Chegou tarde, podia ter me ligado e eu te buscava. Metrô esse horário é perigoso. Mas me diz, que animação toda é essa? – Ela colocou a xícara na pia e caminhou até a geladeira pegando uma garrafa de água, mania louca.

 

-Recebi um convite para uma entrevista de estágio, na administradora que cuida do nosso condomínio, inclusive. Administram quase todos os prédios daqui do estado, é quase um pecado eu recusar.

 

-Mas é para sua área mesmo, não é? – Ela perguntou arqueando uma sobrancelha.

 

-Sim, mamacita. Se eu conseguir, vou trabalhar com a gerente de Comunicação da empresa. – Meus olhos brilharam ao falar isso. Ela sorriu, mandou eu comer algo e fazer as tarefas de casa.

 

-Não esquece de fechar as janelas quando sair para a aula. – Ela passou pela porta do pequeno apartamento, mas voltou rápido para beijar o topo da minha cabeça, e voltou a passar pela porta, trancando-a em seguida.

 

Minha relação com a minha mãe é a melhor que existe, ela engravidou nova, minha avó ajudou a me criar até minha mãe terminar a faculdade e se estabilizar, agora que tenho vinte anos, ela tem um bom cargo como funcionária pública e temos uma relação muito amigável, incluindo saída para baladas juntas e shows de rock com direito a muita bebida e bate cabeça.

De certa forma, eu estava muito ansiosa para a entrevista no dia seguinte, então fui me preparar para que tudo estivesse bom. Arrumei cabelo, unhas e tudo o que tinha direito.

 

Deixei as roupas separadas em um canto, fiz minhas obrigações e fui para a faculdade.

 

POV Lauren

-Lauren, a última candidata acabou de chegar, posso pedir para entrar? – Ally avisou pelo ramal.

-Peça cinco minutinhos para ela. – Respondi rapidamente e desliguei antes que a minha secretária falasse algo.

Respondi os e-mails acumulados, pensando em cada uma das garotas que tinha entrevistado, nenhuma delas era boa o bastante, ou eram muito tímidas, ou não entendiam bem o que era o serviço, estava quase desistindo da contratação.

Olhei o currículo da última, ótimo faz o mesmo curso que me graduei, mas mais nada, apenas as línguas que foram pedidas na vaga. Arqueei a sobrancelha pronta para gritar com quem chamou essas garotas para a entrevista sem experiência alguma, apenas suspirei, a menina já estava aqui e eu nada podia fazer. Pedi para Ally trazê-la até minha sala.

 

Ela entrou sorrindo incrivelmente confiante.

 

-Boa tarde... Camila. – Eu disse olhando para o currículo em minha mesa. Ela usava uma roupa muito parecida com a minha e eu sorri. Levantei para cumprimenta-la e pedi para que sentasse. Ela tinha os olhos fixos nos meus, transmitindo uma sensação gostosa de paz.

 

-Boa tarde, Lauren não é? Já ouvi falar de você, vi até uma entrevista sua na televisão. -  Ela parou por um momento, com um movimento e fiz com que ela continuasse, dando uma certa liberdade. -Lembro-me até de uma palestra sua na minha universidade, ganhei muitas horas complementares nesse dia. – Levei um pequeno susto, a garota me conhece, fora o sorriso que deu na última frase. Olhei mais uma vez para o currículo, claro... Ela estuda na mesma Universidade que me formei, dou várias palestras gratuítas na instituição.

 

-Assessoria de Impresa é uma área bem legal. –  Eu disse brevemente, ela sorriu. – O que acha? – Eu lembro que quando estava no mesmo período dela, meu sonho era ser assessora.

 

- Bom, eu gosto bastante dessa área, embora eu prefira algo mais... intenso, como o planejamento. – Ela fez uma careta, claramente ela achou que disse alguma besteira, mas para mim, foi perfeito.

 

- Ótimo, preciso de alguém que tenha a cabeça trabalhando bem para me ajudar com essa parte. – Sorri largo, e continuamos a entrevista de uma forma bem espontânea.  Essa garota me lembra muito a mim mesma há seis anos atrás.

 

Conversei um pouco em inglês com ela, tentei um pouco de espanhol, mas notei certa dificuldade, tentei o françês e aparentemente era a sua maior dominação. Touché.

 

Seus olhos eram castanho, quase mel quando estavam contra a luz fraca da minha sala, era alguns centímetros mais baixa que eu, cabelos castanhos escuros, era magrinha e possui um sorriso encantador e inocente. Tem um jeito divertido e espontâneo, entende do que fala e o que de fato é a nossa área.

 

Ela saiu de maneira formal, mas entre as frestas da porta a vi saltitando, provavelmente estava animada, o que me animou também. Se comparada ás outras meninas, a conversa com ela durou três vezes mais e mais produtiva também.

 

- Ally, venha até a minha sala, por favor. – Chamei minha secretária pelo telefone. Em alguns segundos, ela estava parada em minha porta. Sorri de maneira simpática. – Mostre o relatório das entrevistas para o RH, e me mande a planilha com os eventos da semana. Aliás, recebi um e-mail de uma emissora, estão nos difamando na web, agende um horário para eu falar com eles, temos que prezar a imagem dessa empresa. – Falei já imaginando o trabalho que teria para tirar esses carrapatos da mídia do nosso pé.

 

A empresa é da família, entrei aos dezoito anos e desde então cresci aqui dentro, por mais que fosse da minha prima, eu tive que me esforçar até o último fio de cabelo para chegar nesse cargo. Eu tinha um cargo de grande responsabilidade, tinha que manter a imagem da empresa, buscar novos investidores, criar projetos para atingir mais clientes, buscar planos de satisfação profissional aos nossos funcionários e etc, eu precisava de mais ajuda. Com relação a minha vida amorosa, há tempos eu não saio definitivamente com alguém, a minha última experiência foi desastrosa, fazendo com que minha vontade de me apaixonar fosse zero.


Notas Finais


Bom, para dúvidas, pedidos e etc, já sabem como funciona ;) Postarei ainda hoje caso alguém peça, se não, apenas amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...