História Retorno Inesperado - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance Drama
Visualizações 6
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


após semanas sem contato Stacy e Jhon, vivenciarão um amor Estilo Romeu and Julieta... será que a raiva da Stacy irá passar?

Capítulo 4 - MÁSCARADOS


Fanfic / Fanfiction Retorno Inesperado - Capítulo 4 - MÁSCARADOS

Caracterizei-me como uma ''PRINCESINHA'',  coisa que nunca irei ser, de tanto minhas colegas me encherem para ir a este baile, decidi não fazer desfeita, vestido branco curto, com volumes, boca vermelha, colar, e uma sapatilha azul, acho que estava pronta naquela noite, más meu coração não estava. Pegamos um uber, até o palace camps, que ficava a 10 km, de nosso local, a festa seria lá. Eu nunca lidei com bailes, essas coisas e talz, mas que custa ir dançar e dar uma de daminha de castelo. eu só animei-me quando escultei a música Cherry da lana del rey que a proposito é minha diva favorita, então sai do carro empolgadinha....

Lauren: -  ou Stacy vou ao balcão pegar umas taças de suco para nós duas. ok?
- tudo bem, pode ir , enquanto isso vou a pista de daça, ver a caracterização da festa.

 Eu estava em pé , observando as pessoas naquela pista de dança, naquela noite, bom pensei que ficaria para vela . Havia um  rapaz máscarado sentado com um copo a mão juntamente com uns amigos, mas parecia que estava enteressado em olhar-me do que na própia converssa com os parceiros, ele começou a  mover-se, e vim em minha direção, virei de costas e comecei a andar para sair dali, quando chego a porta do jardim do baile, sinto um mão tocar a minha, e sua boca se aproximar do meu ouvido

Jhon: -  CALMA SENHORITA, EU SÓ QUERO UMA DANÇA.

Ele puchou-me rapidamente,em um impulsso tão forte, que fez colar seu corpo ao meu, eu já sentia aquilo e já desconfiava de algo , era como se eu já tivesse vivenciado aquilo a pouco tempo, era o Jhon eu sabia que era o Jhon , eu tive a certesa quando o rapaz exprimiu essa frase

Jhon: - '' É SÓ COLOCAR UMA MÃO NA MINHA ''

- EU TE CONHEÇO. (ainda o olhando )

Jhon: -  É MESMO ? ( DISSE A COMEÇAR A DANÇAR, GIRANDO-ME )

- sim, o conheço.

Jhon: - Então eu tenho uma sorte grande moça.

- PENA QUE FINGI NÃO LEMBRAR.
Jhon: - XIU! VC FALA DEMAIS, MOCINHA. ( DISSE AO ME PUCHAR NA VALSSA, PARA MAIS PERTO )

- VEM ME CALAR!

Jhon: - tudo bem, vc que pediu. ( ergo o queixo da Stacy , beijo-a)

Naquele momento a raiva que sentia pelas faltas , havia aniquilado,  tudo que importava era nós dois, a sintonia, foi um beijo tanto roubado, más tenso, um beijo que parecia completar algo que faltava ao mesmo tempo beijo desesperado, beijo que dizia adeus, era um beijo de pressa, ele tinha pressa,eu o amava de todo meu coração. 

Jhon: - não preciso tirar-lhe a máscara , eu sei que vc é minha Stacy minha,o grande amor de minha vida . eu te amo princesinha.
- EU TE AMO KANASHI.

Ele retirou a minha máscara com cuidado ao desatar o nó do laço, fiz o mesmo a dele. Aquela noite foi bastante longa para todos que estavam alí, converssamos muito durante 3 hrs, ele me contou que não manteve contato por que estava trabalhando, e doente, mentalmente falando, o rapaz saudavel que eu conhecia, o amor de minha vida, meus olhinhos azuís , SOFRIA DE DESTÚRBIO MENTAL!, ISSO FOI UM BAQUE PARA MIM. Agora percebo o por que das mudanças dele, todo ar psicótico, romantico, pegajoso. Mas eu jurei a mim mesma, que iria enfrentar isso junto á ele , que custasse até minha mente mas eu iria o ajudar o quanto possivél, porque eu o amava, porque o amor supera tudo e todos, porque o AMOR É NAS HRS DÍFICEIS TAMBÉM''. Eu o amava , ele me amava assim como ele prometeu-me estar alí para sempre, eu também o prometi. Aquela noite fujimos do baile e fomos a uma floresta perto de minha casa , olhamos as estrelas,  e toda a natureza na parte noturna, ao deitar-mos na grama...

Jhon: - sabe o que eu mais gosto nesse céu ?

- não. o que vc gosta?

Jhon: é que  nele contém estrelas e as estrelas me lembram vc. ( colocou seu braço sobre mim , e me fez deitar em seu peito).

- Obrigada, isso foi  exagerado e fofo te amo.

Jhon: - eu te amo, minha linda, sabe eu quero casar com vc, viver ao seu lado para sempre ver a casa com um monte de pirralhas correndo pela nossa casa, te chamar de minha dama, meu amor, minha princesa, minha esposa, minha Stacy. 

Aquela noite foi a qual marcou para sempre..... eu o amava. isso não saia de minha mente.
 


 

 


 

 

 


Notas Finais


irei começar os dramas , vai ser triste, espero que tenham gostado deste.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...